História Destinado a te amar - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7
Personagens Jackson, Jeon Jeongguk (Jungkook), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Mark, Park Jimin (Jimin)
Tags Bangtan Boys, Bts, Drama, Got7, Gravidez Masculina, Hentai, Jikook, Jungkook, Mark, Markson, Médico, Moda, Mpreg, Namjin, Pais Separados, Romance, Shoujo, Sonhos Eroticos, Yaio, Yoonseok
Visualizações 83
Palavras 3.713
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Famí­lia, Hentai, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 8 - Capítulo 8


Segunda-feira - 06 : 30 - carro do Jackson

Mark nem podia acreditar que já era segunda - feira e ele estava desempregado, isso o deixava desanimado e preocupado de mais! Mas ele não podia fazer nada naquele momento a não ser ir atrás de um emprego e aceitar a ajuda de Jackson assim incluindo a carona que ele agora começaria a dar para a ele e Jungkook de manhã, no almoço e para voltar para casa e o Tuan mais velho não sabia nem ao menos como agradecer ao -agora- ficante.
Ficante... Em quase sete anos sem nem ao menos ficar com alguém ou conhecer novas pessoas - além dos novatos do antigo emprego- Mark nunca pode se imaginar ficando com alguém novamente, muito menos esse sendo seu ex noivo! Mas a vida sempre foi cheia de surpresas não é mesmo?
Bem o loiro tinha que admitir que estava gostando da ideia de voltar com Jackson, aos poucos, mas pelo menos tentando, Mark tinha que assumir que sentia falta do pai de seu filho -como o chamava antes -.

É realmente era estranho estar no carro de seu ex inimigo de escola, que o engravidou aos 18 quando estava no segundo ano -porque era um ano atrasado- que depois por ordem de seus pais tinha que passar a morar juntos e logo depois viraram noivos -dessa vez porque não só seus pais queriam, mas ele também- e acabaram por ter Jungkook e um mês depois terminarem.
Sim ele tiveram uma vida bem agitada, mas agora tudo parecia bem mais calmo ali, Mark podia até mesmo dizer que agora estava mais em paz, mas claro isso não significava que ele iria se entregar de uma vez para o Wang!
- Omma eu 'to com sono! -Um Jungkook sonolento esfregando os olhos na cadeirinha no banco de trás reclamou.
- Eu sei bebê, pode dormir, quando chegar na sua escola o omma te chama! - O loiro sorriu gentil para o menor que concordou antes de encostar no encosto da cadeirinha e praticamente apagar.

- Eu acho uma maldade muito grande isso que fazem com as crianças? - Jackson disse aleatório olhando para o filho por um dos espelho do carro.

- O que exatamente? - Mark olhou para o outro meio confuso.

- O fato de fazerem uma criança dessa idade acordar tão cedo e nem poder dormir durante o dia! -Ele suspirou com pena do filho.

- Tenho que concordar, Jungkook é tão pequeno ainda e tem que ficar lidando com essas coisas já. - O loiro suspirou voltando a olhar para o menor- Mas infelizmente é necessário!

Jackson apenas concordou com a cabeça e olhou para Mark de canto de olho e sorriu todo contente por ver o menor ali junto de si, o Wang agora se sentia completo, sentia que podia enfrenta qualquer coisa e qualquer um por eles e ainda sairia sem dano algum e mesmo se saísse, ele não ligaria porque seria por seus dois bens mais preciosos!

O mais velho sorriu com esse pensamento quando sentiu a mão de Mark em seu joelho o apertando assim como sempre fazia ao estar nervoso.
- Fique calmo Mark vai dar tudo certo, você vai ver! -Dizia alcançado a mão do menor com sua mão livre tentando o passar conforto e segurança o que pareceu funcionar já que Mark soltou o ar que segurava e relaxou seus ombros antes tensos.
Era realmente incrível o "controle" que um tinha sobre o outro quando travavá de ação do corpo; Mesmo que eles não perceberem.

Segunda-feira - 12:30 - restaurante

Mark não conseguiu nem acreditar que realmente tinha feito um teste para ser modelo, em toda sua vida mesmo vivendo em volta de modelos ao trabalhar com eles, ele nunca havia se imaginado no lugar de qualquer um deles; então para si era algo realmente novo, não que não soubesse o que fazer, pois ele sabia após ter observado tanto e por tanto tempo seus companheiros de trabalho, mas isso não fazia o fato de ser uma nova experiência ficar de lado! 

O moreno ficou mais surpreso ainda ao ver Jackson parado encostado em seu carro na frente do prédio da empresa sorrindo para si enquanto se aproximava e logo o Wang tratou de abraçar Mark como se o protegesse já que sabia que o mais novo ainda estaria nervoso. Tuan suspirou aliviado ao estar nos braços do maior, Mark até poderia negar, mas a verdade era que desde que abraçou Jackson pela primeira vez ele sempre se sentiu assim, bem e seguro nos braços dele. Ele se sentiu ainda mais feliz ao Jackson o levar para almoçar.

Agora eles estavam ali frente a frente com seus pratos em suas frentes na mesa enquanto eles se encaravam em um silencio confortável.

- Você esta bem? Como foi? - Jackson questionava olhando o menor que suspirou, mesmo sabendo que o Wang perguntaria ele ainda não estava pronto para responder por conta do nervosismo, mas tentou responder mesmo assim.

- Estou sim, foi bom como experiencia e tudo mais, mas não sei como me sai! - Mark respondeu de forma nervosa.

- Bem se você acha que foi bom então esta tudo bem, agora é só esperar, tenho certeza que você vai conseguir! - O loiro tentava ajudar. 

- É o que eu espero, mas enquanto os resultados não saem eu vou continuar a mandar meu currículo para alguns lugares! -Comentou desviando seu olhar para seu prato.

- Bem com isso eu concordo e se quiser até ajudo! -Ofereceu.

- Não precisa obrigado, só o que me ajudou até agora já foi bom de mais e agradeço! -Ele sorriu.

- Ei eu não faço mais do que o que eu deveria fazer! - Jackson dizia de forma simples. 

- Mas você esta me ajudando devendo ou não, então eu devo agradecer! - O Tuan tentou corrigir.

- Então tem certeza que não quer minha ajuda com seus currículos? -Perguntou bebendo um pouco mais de seu suco de laranja.

- Tenho, pelo menos por enquanto! -Sorriu apoiando seu rosto em sua mão. 

- Entendi, tudo bem então! - O maior deu de ombros sorrindo achando fofo como Mark o olhava. - Mas se precisar minha ajuda ainda esta aqui! - Voltou a oferecer.

- Tudo bem, se eu precisar eu aviso! - O loiro sorriu novamente agora olhando em volta para tudo no restaurante. - Fazia tempo que eu não vinha aqui, a última fez foi no casamento do Hoseok e do Yoongi! - Mark comentou.

- Eu lembro desse dia, Jungkook e Jimin tinham meses ainda e você ficou quase louco cuidando dos dois sozinho enquanto os noivos estavam ocupados cuidando das coisas! -Comentou Jackson.

- Sim, mas foi divertido até porque depois você me ajudou e então tudo ficou bem! - Sorriu dando de ombros.

- Bem eu fiz o que foi possível para te ajudar e tentar te deixar se divertir também! - O loiro tentou se explicar. - Bem já que já terminamos de comer vamos embora, sabe hoje tenho a tarde de folga já que semana passada fiz plantão uns dois dias! - Jackson tentou esclarecer.

- Bem por mim tudo bem, tenho trabalho da faculdade para fazer mesmo, vamos aproveitar que Jungkook só volta a tarde da escola e vou fazer o trabalho! - Disse dando de ombros e se levantado de seu lugar como Jackson. -Então, vamos pagar e ir embora!

Segunda-feira - 14:30 - Casa de Mark

 

Já faziam duas horas que haviam chegado e Mark realmente estava empenhado em cuidar de seu trabalho com a ajuda de Jackson assim não os deixando mais até os terminar uma hora e meia depois.  Os dois estava ali sentados frente a frente com a mesinha de centro da sala em meio deles, Jackson apenas permanecei observando Mark que apenas continuava concentrado em seu trabalho vendo se tudo estava certo.

- Terminei! - Mark disse todo feliz guardando os papeis em sua bolsa.

- Então agora pode me dar sua atenção? - Questionou olhando para o mais novo.

- Posso sim, meu querido carente! - Brincou  se levantando, indo até o maior, se sentando do lado dele e o puxando para deitar a cabeça em seu colo. - Quer assistir algo? - Questionou pegando o controle remoto.

- Pode ser, para mim o que importa aqui é sua atenção! - Disse pegando a mão do menor e levando para seu cabelo, a verdade era que ele estava muito carente, mas claro que ele negaria caso o questionassem.

- Então tudo bem. - Falou simples ligando a televisão em um canal qualquer onde passava alguns videoclipes.

- Mark. - Chamo baixo logo tendo a atenção do outro para então se levantar um pouco e puxar o mais novo para um beijo que acabou sendo correspondido logo.

O beijo era calmo, apaixonado e ambos podiam jurar sentir que esse era o primeiro beijo de verdade deles depois de que voltaram - e mesmo depois de tanto carinho trocado -, porém logo o beijo toma mais intensidade e calor fazendo com que os dois ficasse mais afobados. Quando se separaram ambos respiravam pela boca de forma ofegante fazendo Jackson voltar a se sentar para então puxar Mark para seu colo deixando que o menor passa-se suas pernas em volta de seu corpo antes de o loiro passar os braços em volta do pescoço do Tuan e voltar há o beijar.

Jackson passou a distribuir beijos e mordidas pelos ombros e pescoço de Mark que apenas arfava e deixava gemidos baixos escaparem de sua garganta levando suas mãos até as bordas da blusa do menor e logo a tirando para então poder observar o corpo lindo, pequeno e que parecia necessitar da luz do sol, Jackson sabia que o corpo de Mark teria mudado depois de tanto tempo - até porque a última noite que passaram juntos o mais novo estava de seis meses-, porém nunca pensou que seria tanto, o menor agora tinha o corpo mais definido apesar de pequeno comparado ao do Wang que acabou suspirando olhando tudo aquilo.

- Gosta do que vê? - Mark questionou olhando o maior que sorriu de lado.

- Se eu gostei? Eu amei! Oh Mark não me teste assim! - Dizia em tom de aviso colocando sua mão suavemente sobre a bochecha direita do outro a acariciando.

- E por que não? Você sabe mais que ninguém que amo te testar! - Sorriu pegando a mão do maior e levando o polegar do maior até sua boca apenas para o lamber logo depois sorrindo de canto ao ver Jackson o encarando todo malicioso. A verdade é que Mark até poderia ser muito tímido e vergonhoso no dia-a-dia, mas na cama tudo mudava, ele ficava ousado e gostava de testar os limites dele e de Jackson que adorava isso! - Ei eu sei que estamos sozinhos, mas acho que ambos concordamos que o melhor é no quarto, certo? - Indagou olhando o maior.

- Concordo, vamos lá! - Se levantou de forma atrapalhada por estar com o menor no colo e indo em direção da escola para então ir para o quarto de Mark.

O loiro aproveitou do momento de distração do maior e lhe tirou a camiseta passando um braço de cada vez para não acabar caindo e jogou a peça escada a baixo passando então distribuir beijos pelo ombro dele enquanto o arranhava as costas com suas curtas unhas fazendo com que Jackson tivesse que andar mais rápido para chegar logo para não acabar derrubando o menor já que sabia que essa era sua pequena "fraqueza", mas mesmo assim a usava mesmo sabendo que poderia resultar nos dois caindo da escada.

O mais velho deitou o moreno na cama com lenções branco e cinca, como o quarto, sorrindo e voltando a deixar beijos molhados pelo corpo do menor que aproveitou o melhor momento para então trocar as posições assim ficando por cima e então começando a desabotoar a calça que o outro usava, foi a tirando lentamente como se testasse a paciência do médico para então  jogar a peça pelo quarto como havia feito com a blusa na escada; Mark sorriu vendo Jackson o olhando de forma impaciente. 

- Tenha calma Wang, sei que não costuma ser paciente, mas tente pelo menos um pouco! - O loiro brinco passando a encarar o membro do outro passando seu indicador por sorrindo e acabou sorrindo mais ainda ao ver o maior soltar um arfar.

- Oras vejo que continua a fazer seus joguinhos, não é? - Fez uma pergunta retorica com um sorriso de deboche na cara.

Ah Mark conhecia aquele sorriso e muito, Jackson só o fazia quando estava blefando ou quando estava excitado ao ponto de não conseguir esconder e querer pedir ajudar a ele, sim o loiro já ia ajudar, mas é claro que se tivesse a chance ele faria o Wang implorar!

- Bem você sabe melhor que ninguém o quanto gosto desses "joguinhos" e sei que também gosta! -Comentou ainda sorrindo agora levando sua mão para dentro da box dele alcançando seu membro e o apertando levemente apenas para o ver morder os lábios. - Oh os efeitos ainda são os mesmo? -Questionou brincando enquanto com seus dois indicadores ele contornava as bordas da ultima peça de roupa de Jackson apenas ameaçando a tirar para enfim passar a desliza-la para fora do corpo maior que o seu e jogou a última roupa no chão sorrindo para o corpo nu do Wang.

- Estou começando a achar isso aqui injusto de mais! - Jackson reclamou se vendo nu e o Tuan ainda com suas roupas de baixo o deixando frustrado; o Wang voltou as posições anteriores ficando por cima para assim começar a fazer uma trilha de beijos pelo corpo pequeno a sua frente até chegar a borda da calça logo a tirando junto da cueca de Mark e jogando as roupas para qualquer lado. - Agora sim estamos mais justos! - Comentou sorrindo enquanto levava sua destra até o membro de Mark começando a o acariciar levemente sorrindo para o menor que gemia com isso. - Me diga Mark você tem lubrificante ainda, não tem? - Perguntou o olhando de forma curiosa quando o menor negou o fazendo apertar seus olhos sobre ele, o Wanga sabia que ele estava mentindo. - Tem certeza? - Sorriu de lado apertando levemente o membro do outro antes de se levantar indo até o armário preto pronto para procurar por si mesmo, mas acabou parando quando sentiu a mão de Mark segurar seu pulso assim que ele tocou na maçaneta da porta do armário do meio.

- Jackson espera, eu tenho sim! -Suspirou envergonhado, ele não queria que o outro achasse que ele tinha porque usava com outra pessoa, porque sim ele usava só que sozinho e ele não queria que Jackson entendesse errado assim achando que ele tinha algum tipo de relacionamento sexual com outra pessoa ou algo do tipo. - Mas deixa que eu pego, não quero você mexendo ai! - Sussurro a última parte, definitivamente Mark não precisava que o loiro achasse seu vibrador.

- Mark o que você esta escondendo? - Foi direto colocando a mão na cintura. - A gente pode até ter ficado afastado por cinco anos, mas eu te conheço e sei quando está escondendo algo, assim como sei quando está mentindo! -Disse simples, mas era verdade, Jackson sempre foi do tipo que lia as pessoas assim sabendo como elas agiam com as coisas muitas vezes muito mais rápido até do que a própria pessoa percebia.

O Tuan suspirou frustrado, ele havia sido pego e não adiantava tentar esconder, então apenas ficou na ponta dos pés logo alcançando o lubrificante junto do vibrador bem no fundo do armário.

- Isso. - Mostrou o vibrador de forma envergonhada, ele poderia até estar nu na frente dele, mas com toda certeza era melhor mostrar seu corpo que ele sentia estar horrível por conta do nascimento de Jungkook do que mostrar ao outro que se sentia sozinho o suficiente para precisar se virar sozinho. Mark acabou estático ao ouvir a risada alta de Jackson soar no quarto o fazendo abaixar a cabeça envergonhado. 

- Mark você está com vergonha disso? - Apontou o objeto sexual vendo o outro concordar. - Por quê? Eu não entendo, olha é totalmente normal os seres humanos quererem sexo e até onde eu sei você não é nenhum tipo de extraterrestre, certo? - Brincou olhando o moreno que riu concordando. - Então, não precisa ter vergonha, até mesmo eu me viro sozinho as vezes e não tem nada de mais nisso! - Afirmou indo até o pequeno corpo a sua frente e o abraçando. - Esta bem? - Indagou logo sendo respondido por aceno de cabeça. - Ótimo, agora quero que volte para a cama e fique como te deixei lá! - Ele soltou Mark que sorriu o olhando.

- Na verdade eu tenho outros planos! - Disse simples passando seus braços em volta do pescoço do Wang, começou ha o  beijar novamente, Jackson passou seus braços ao redor da cintura dele enquanto era puxado até a cama onde foi sentou na beirada -com suas pernas para fora- com o mais novo no colo passando suas pernas em volta seu corpo fazendo com que seus membros rígidos acabassem se encostando os fazendo gemer abafado pelo beijo. Jackson aproveitou para então abrir o potinho de lubrificante -com certa dificuldade por suas mãos estarem atrás do corpo de Mark- e despejou uma boa quantidade em seus dedos de forma cuidadosa para que não derrubasse no chão (coisa que não adiantou muito); o maior estava pronto para colocar seus dedos na entrada do Tuan quando se separaram por falta de ar, ambos respiravam pela boca com os olhos fechados quando finalmente o mais velho alcançou a entrada do menor e o penetrou com seu indicador fazendo com que Mark gemesse surpreso levando uma de suas mãos até a boca a tampando devido o susto. - Já te disse para não fazer essas coisas do nada Jackson! - Esbravejou dando um tapa nada forte no ombro do loiro que riu.

- Desculpa, mas é que eu sentia saudades de você bravinho comigo por eu fazer isso! - Riu baixo olhando Mark que revirou os olhos para ele. - Isso vai revirando os olhos, quero nem ver quando eles não voltarem ao normal mais! - Disse enquanto passava a mexer seu indicador no interior do Tuan.

- Credo Jackson, vira essa boca para lá! - Repreendeu em tom falho por conta dos resmungos que segurava, porém ele não pode segurar um forte gemido quando sentiu um segundo dedo entrando e passando a fazer movimentos de tesoura dentro de si.

- Sabe eu sempre quis te ver usando um vibrador, o que acha? - Fala olhando o outro todo inquieto em seu colo e negando para ele. - Não? Ah tudo bem, dessa vez passa, da próxima vamos usar tudo bem? -Propôs vendo Mark suspirar.

- Tudo bem, vamos usar hoje, mas só hoje! -Disse derrotado fazendo o mais velho sorrir todo feliz enquanto tirava seus dedos de dentro dele e o deitava na cama ficando de frente para ele.

Jackson não demorou para agir, logo  abriu as pernas de Mark de uma forma que tivesse certeza que ele estaria confortável, então despejou mais lubrificante pelo vibrador que acabou indo parar na entrar de Mark a adentrando lentamente para que não o machucasse - o Tuan poderia até não ser virgem, mas foram cinco anos sem nada!- e espero que ele desse sinal que estava bem com aquilo o que acabou sendo um gemido alto de prazer quando o Wang moveu o objeto dentro de si.

Quando Mark caiu em si ele já estava de quatro com o vibrador no máximo dentro de si enquanto ele apertava seus travesseiro pedindo para que Jackson substituísse o objeto, e foi o que o maior fez ao tirar lentamente o vibrador e o desligar o deixando de lado para então se colocar na entrada do menor que já estava lubrificada o suficiente para que o membro de Jackson escorregasse para o interior do mais novo se qualquer dificuldade.

No começo o Wang preferiu se manter quieto esperando até que o mais novo começou a rebolar sobre seu membro testando e após decidir que daria para aguentar acabou não se aguentando e se empinou mais pedindo por mais dos toques, o que obviamente foi atendido; Jackson dava estocadas lentas de começo enquanto distribuía beijos pelas costas de Mark que rebolava sobre seu membro, ficaram assim por alguns minutos quando já não era mais o suficiente assim fazendo com que Jackson fosse cada vez mais rápido e forte com suas estocadas, não demorou muito para que o quarto virasse uma bagunça de gemidos e o som de seus corpos se chocando. 

Assim com Jackson indo o mais rápido que conseguia no interior de Mark enquanto o masturbava os dois acabaram gozar juntos, o quarto se tornou um silencio após os gemidos de ambos sessarem fazendo com que apenas suas respirações aceleradas fossem ouvidas ali, quando Mark deixou que seu corpo cansado caísse sobre a cama fazendo que o maior saísse de si  e se deitasse do seu lado.

Mais silencio quando apenas a risada de Mark soou pelo comodo.

- Eu não acredito que fizemos isso, mesmo depois de tanto tempo! -Disse gaguejando. - Não que tenha problema para mim, é só que nunca imaginei que voltaríamos a isso! -Suspirou.

- Pois então pode acreditar porque agora estamos aqui! - O loiro sorriu abraçando o outro que se encolheu em seus braços.

Novamente o silencio, porém confortável, quando ouviram o celular de Mark tocando em alto e bom som sobre a cabeceira da cama. Assim que o Tuan o pegou na vendo quem era sua cara de confusa foi para um misto de culpada com surpreso.

- É a escola do Jungkook. -Disse confuso e antes de olhar viu a hora no aparelho mesmo. - MEU DEUS ESQUECEMOS DO JUNGKOOK, JÁ PASSOU DA HORA DE IR BUSCAR ELE! - Falou desesperado atendendo o telefone enquanto levantava da cama.


Notas Finais


Bem eu espero que tenham gostado do capítulo já que dei meu melhor nele, o fiz maiorzinho e até teve hot! E espero que não tem desistido de mim, bem gostaria de agradecer quem ainda acompanham e pedir que por favor não sejam leitores fantasmas! Obrigada de novo e fui!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...