História Destinado a te proteger (Jikook) - Capítulo 9


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Anjos, Bts, Jikook, Namjin, Yoonseok
Visualizações 110
Palavras 1.684
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Fluffy, Hentai, Lemon, LGBT, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Annyeong unicórnias!

Voltei com mais um capítulo para vocês^^

Sexta feira eu vou na bienal, então provavelmente o próximo capítulo só vai ser postado sábado ou domingo.

Não liguem para os erros e vamos lá!

Capítulo 9 - Capítulo oito


Fanfic / Fanfiction Destinado a te proteger (Jikook) - Capítulo 9 - Capítulo oito

ㅡ Jungkook? O que aconteceu com você? ㅡ Jimin perguntou extremamente preocupado.

ㅡ Hyung.. ㅡ Jungkook falou coçando os olhos. ㅡ Me ajuda.

ㅡ Venha vamos para a minha casa. ㅡ Jimin pegou o pulso de Jungkook, mas o moreno foi que começou a andar, fazendo Jimin o seguir. ㅡ Onde estamos indo? 

Jungkook não respondeu, atravessou a rua e entrou no meio do mato, Jimin tentava se soltar mas Jungkook era forte demais.

Os dois atravessaram uma ponte, Jimin conseguia ver uma construção de madeira, com metade do telhado de vidro. 

Jimin perguntou o que era aquilo, em sua cabeça Jungkook era um psicopata que atraia pessoas até lá para ele os matarem, e isso estava o deixando nervoso e assustado.

O mato estava alto, fazendo eles se atrapalharem para pisar, Jungkook já havia parado de chorar. Quando ficaram na frente da porta, Jimin percebeu que a casa tinha uma varanda com um balanço para duas pessoas. 

ㅡ Aqui é minha casa. ㅡ Jungkook falou por fim. ㅡ Essa terra é do meu pai, roubei os papéis e agora sou eu que cuido daqui, construí isso ano passado, para fugir dos stalckers do meu pai. Só Yoongi e Jin-a sabem que isso existe. 

Jimin arregalou os olhos quando Jungkook abriu a porta, era um cômodo só, no meio tinha a cama, com um criado mudo e um guarda roupa e um grande tapete, ao lado esquerdo uma televisão, duas poltronas e vários livros empilhados no canto, ao lado direito tinha uma pequena cozinha, com mesa/cadeira, fogão, geladeira, pia e balcão. E tinha uma porta lá, que Jimin desudiziu que lá era o banheiro. Na frente da pequena sala, tinha uma grande janela que estava coberta com cortinas brancas, que deixava o lugar mais aconchegante.

ㅡVocê é louco Jeon Jungkook! ㅡ Jimin exclamou. ㅡ Aqui é muito bonito! 

ㅡ Obrigado, fui eu que desenhei a parte de design. Venha aqui, tenho um kit de primeiros socorros. ㅡ Jungkook tirou o casaco e a mochila, jogando-os não cama e foi para a cozinha. 

Tirou um grande kit de dentro do armário, colocou na mesa e sentou na cadeira, Jimin o seguiu e puxou uma cadeira para se sentar na sua frente, abriu o kit e pegou remédios com algodão.

Tirou o cabelo grudado da testa dele, e passou o algodão no arranhão que ele tinha ali.

Mesmo com o rosto todo sujo e suado, Jimin conseguia ver a beleza de Jungkook, com o maxilar marcado, lábios finos um nariz grande, com olhos que pareciam duas jabuticabas maduras e grandes. Com as bochechas vermelhas, cheia de marcas de espinhas e cravos e ohh....

ㅡ Você tem uma cicatriz aqui. ㅡ Jimin passou a mão na cicatriz dele na bochecha, ele tinha a achado adorável. ㅡ Eu nunca percebi.

ㅡ Ganhei ela brigando com meu irmão para ver quem iria usar o computador primeiro. ㅡ Jungkook sorriu. ㅡ E gostava dele naquela época, ele brincava comigo todos os dias. 

Jimin sorriu, e acariciou a bochecha do menor, tentando mostrar que estava tudo bem, aquele toque fez os pelos de Jungkook se arrepiar. 

Jimin começou a passar remédio nas bochechas de Jungkook que estavam roxas, enquanto isso era Jungkook que observava cada detalhe do rosto de Jimin. 

Lábios carnudos, nariz fino e olhos mais estreitos, jimin tinha uma beleza que poderia ser comparado com a própria Afrodite, sua pele era clara, fazendo ela brilhar por conta do cabelo cinza, suas bochechas eram vermelhas que parecia que Jimin estava corado.

ㅡ Pronto, eu terminei. ㅡ Jimin murmurou próximo de Jungkook, podia sentir suas respirações batendo no rosto alheio. ㅡ Vou lavar minha mão.

ㅡ Vai no banheiro, lá tem sabonete. 

Jimin concordou e se levantou, Jungkook também, ele jogou os algodões no lixo e guardou o kit de volta ao armário. 

Ele foi em direção a cama, estava todo dolorido e queria deitar um pouco, mas antes de chegar a cama, sentiu Jimin vir ao seu encontro.

Ele se virou e fitou o acinzentado, podia notar que os dois estavam envergonhados e nervosos.

Jungkook tomou coragem, se aproximou em passos longos, segurou o rosto do Jimin com ambas as mãos e o beijou. 

Jungkook nunca havia beijado ninguém com tanta vontade, Jimin arregalou os olhos ficou alguns segundos sem retribuir o beijo, mas depois segurou a cintura do Jungkook e retribuiu o beijo.

Era o primeiro beijo de Jimin, e Jungkook estava conseguindo fazer aquele o melhor beijo de todos.

Quando percebera, Jungkook já estava o empurrando para cama, Jimin estava deixando levar, não estava vendo segunda intenções naquilo, na verdade o carinho que Jungkook estava fazendo em suas maçãs do rosto já estava fazendo Jimin nem pensar direito.

Jimin caiu na cama, com Jungkook em cima, jimin por impulso, abriu um pouco as pernas fazendo Jungkook se ajeitou no meio delas, o beijo continuou mas sem língua, quando o ar fez falta, Jungkook escondeu o rosto no peito de Jimin, que subia e descia apressadamente por conta da adrenalina.

ㅡ Desculpa Jimin, eu não deveria ter feito isso, me desculpa.... ㅡ Jungkook levantou seu tronco, com as mãos apoiadas em cada lado do corpo de Jimin, o mesmo arregalou os olhos e entrelaçou suas pernas na cintura do moreno, o fazendo cair novamente em cima de Jimin. ㅡ O quê...?

ㅡ Pare de pedir desculpas, só me beije. ㅡ Jimin segurou o colarinho de Jungkook e o puxou para outro beijo, dessa vez de língua. 

Suas mãos estavam no cabelo de Jungkook, fazendo um carinho. Já Jeon estava com os cotovelos apoiados em cada lado de cabeça de Jimin, e seus dedos longos estavam fazendo carinho em Jimin que estava quase ronronando com o ato.

Ficaram um bom tempo lá só trocando carinhos, Jimin se sentiu aliviado por Jungkook não perguntar o porque dele aparecer do nada em sua frente.

Infelizmente o que é bom dura pouco, o celular do Jungkook começou a tocar, era sua namorada, eles teriam que ir embora. 

ㅡ Jimin, você promete que não irá falar desse lugar para ninguém? ㅡ Jungkook perguntou quando eles saíram da ponte. 

ㅡ Sim, não vou contar para ninguém. ㅡJimin sorriu e Jungkook concordou, ficaram em silêncio até chegarem na rua. ㅡ Jeon, você me passa seu número? 

ㅡ Sim, claro! ㅡ Jimin pegou o celular e entregou para o moreno, Jungkook salvou seu número e colocou o nome como "Jungkookie ", depois ligou para seu celular que vibrou em seu bolso. ㅡ Pronto.

ㅡ Obrigado! ㅡ Jimin guardou seu celular novamente. 

ㅡ Hyung, eu falei que nos iríamos na minha clínica, me desculpe não vai dar para ser hoje...

ㅡ Tudo bem, marcamos outro dia, sim? Eu tenho que ir agora, está tarde. Até mais Jungkook.

ㅡ Até mais!  ㅡ Jungkook acenou. 

Ele esperou Jimin virar a esquina para pegar seu celular, viu o número do acinzentado nele e sorriu, salvou seu nome com o máximo de corações que conseguia. Depôs começou a andar na rua com um sorriso de orelha a orelha.

. . .

ㅡ Ok, eu não aguento mais esconder isso de vocês. ㅡ Jin falou chamando a atenção de todos os meninos. ㅡ Eu...Eu beijei o Namjoon.

ㅡ Eu beijei o Yoongi. ㅡ Hoseok confessou também.

Taehyung sorriu e se virou para fitar Jimin, ele adorava uma fofoca e estava esperando alguma confissão de Jimin. 

ㅡ Aigoo! Eu...Eu beijei o Jungkook... Olha, faltou o Taehyung, agora é a vez dele ㅡ Jimin falou tentando fazer o Tae ser o centro das atenções.

ㅡ Eu não beijei ninguém, eu sou um anjo! Só se vocês quiserem saber que Jin-a está virando minha melhor amiga, mas vocês já sabem. ㅡ Taehyung falou e tomou um gole de sua água.

ㅡ Ok meninos, precisamos contar a coisas, não podemos ficar escondendo esse tipo de coisa. ㅡ Jin falou calmamente, com seu cabelo molhado pós banho. ㅡ Estamos nessa juntos, e o fato de estamos trazendo um sentimento para "nosso humano" não é uma coisa que devemos esconder.  

ㅡ Sim, devemos sempre contar, somos como irmãos. ㅡ Hoseok disse. ㅡ Mas e aí, foi mais de uma vez? 

ㅡ O meu não. ㅡ Jin riu. ㅡ E vocês? 

ㅡ Sim. ㅡ Jimin e Hoseok responderam juntos. 

ㅡ Eu não esperava isso de você Jimin, para quem estava falando mal do Jungkook até semana passada. ㅡ Taehyung falou e Jin com Hoseok começaram a rir quando Jimin arregalou os olhos e ficou todo vermelhinho.

ㅡ Não é verdade! Mentira é sim.... Mas Jungkook é uma caixinha de surpresas! 

E de fato era, Jimin nunca achou que aquele garoto que era chato com si, o acusava de ser uma pessoa que não era, e que Jimin acusava que iria fazer seus precisos dias aqui na terra um inferno, iria fazer a vida de Jimin melhor, realmente Jungkook iria mudar, mas sim para uma pitada de adrenalina nas veias e muito romance.

Jimin sabia que eles entraram numa nova fazer, e que tudo iria mudar no relacionamento deles.

ㅡ Vamos voltar a jantar meninos. ㅡ Jin chamou a atenção de Tae e Hoseok que riam de Jimin, como se eles tivessem lido os pensamos de Jimin. 

Quando terminaram de comer, Jimin subiu para sei quarto, pegou dois cobertores, se enrolou em um e estendeu o outro na sua varanda, ele se deitou e observou a lua que estava crescente naquele dia.

Ele fechou os olhos e respirou fundo, por segundos sentiu o cheiro gostoso de flores do Olimpo, ele amava aquele lugar, mas não queria voltar lá tão cedo. 

Ele se assustou quando seu celular apitou, arregalou os olhos e se levantou rápido, era difícil alguém mandar mensagem para si.

Jungkookie

Boa noite Hyung! Queria te avisar que vamos amanhã na clínica, você poderia me encontrar na mesma rua de hoje? Mais tarde eu te mando o horário. 

You

Boa noite! Ok Jungkook, amanhã na mesma rua de hoje. 

Jungkookie 

Espero que você não tenha ligado com o nome que eu coloquei no meu contato >.<

You

Hum... Eu adorei! :) estou curioso de como você salvou o meu.

Jungkookie 

Um mistério que não está prestes a ser revelado, até amanhã Hyung! Beijos.

You 

Boa noite, até amanhã, beijos! 

Jimin desligou o celular e fechou os olhos novamente, estava ansioso para amanhã, e seu coração não parava de bater rápido. 


Notas Finais


Obrigada pelos +50 favs amo vocês 💙💙

Até a próxima
Saranghae <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...