História Destinados - Jikook - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Abo, Jikook, Jimin!bottom, Jungkook!top, Namjin, Taeyoonseok
Visualizações 313
Palavras 1.120
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Lemon, LGBT, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Terror e Horror, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Demorei muito e peço perdão!

A partir de agora não vou demorar tanto assim!

Espero que gostem desse (re)começo da história.

Bjs raios de sol.

Capítulo 2 - Dois


Era possível ouvir o gargalhar de várias crianças as quais corriam de um lado para o outro. Ômegas, alfas e betas; juntos brincando. A infância era mesmo algo precioso, quando alfas cresciam não era comum vê-los próximos aos ômegas - a menos que fosse com certas intenções - mas alí, quando se é criança, são todos iguais e não a maldade, a maior briga era para ver quem iria descer pelo escorregador primeiro. As crianças alfas eram gentis, mesmo com as orientações dos mais velhos sobre serem mais reservados, quando se tratava de brincar nada importava.

Menos para o jovem Jeon Jungkook, com seus 6 anos, ele sempre fazia o que sua mãe falava, sentia a falta de ter amiguinhos e se divertir com todas as demais crianças, mas ficava alí sozinho com a companhia de seus próprios brinquedos e seu único amigo - que na verdade era o mordomo da casa - o senhor Choi Yugbam. O pequeno Jeon balança seus bonecos de super-heróis e para cada um fazia uma voz diferente, seu brinquedo preferido era o boneco do homem de ferro, esse recebia sua melhor voz, se insistia o pequeno alfa.

- Não a como fugir, eu vou acabar com você - o pequeno Jeon falava mechendo o boneco e fazendo uma voz mais grossa, ou ao menos tentando.

- Não pense que você vai ganhar, eu tenho o po...Ai! - Jungkook estava encenando uma grande briga, quando foi interrompido por uma bola que atingiu suas costas com uma certa força. Assim que virou viu um pequeno garotinho de cabelos pretos correndo em sua direção, quando o mesmo parou em sua frente ajeitou a grande franja que caia em seu rosto.


- Desculpa, eu não queria te machucar! - o pequeno garoto desconhecido disse enquanto pegava a bola. Jeon ia responder, mas ouviu as crianças chamando o garotinho aos berros, assim descobriu seu nome. "Jimin".

- Porque você não vem brincar com a gente? - Jimin perguntou com a bola debaixo do braço. E como Jeon queria dizer que ia, mas não podia, aliás Choi estava alí.

- É Jungkook, porque não vai brincar com eles? - o pequeno Jungkook se surpreendeu ao ouvir o mordomo dizendo tal frase, ele sempre compria com as ordens de sua mãe.

- Eu posso Choi? - o pequeno pergunto com os olhos arregalados ao mordomo que o respondeu acenando a cabeça. - Mas e a mamãe?

- Será nosso segredo. Certo pequeno Jeon? - Choi falou olhando o garotinho a sua frente se levantar sorrindo e indo em sua direção quase pulando de felicidade.

- Certo grande Choi! - Jungkook levantou sua mão esperando o mais velho bater nela e assim foi feito.

Choi soube assim que viu o outro garotinho, o tal Jimin, que o mesmo era um ômega. Sabia que se a Sra. Jeon visse o filho brincando com um ômega bondoso, a mesma iria se alterar profundamente, mas não achava certo ver o pequeno Jeon se isolando de todos. Choi havia percebido que os bonecos já não animavam mais o garotinho como antes, ele precisava de amizades reais, então porquê não o permitir ir com as outras crianças?

- Qual o seu nome mesmo? - perguntava Jeon ao outro garoto ao seu lado.

- Jimin, o seu é Jungkook Jeon? Eu ouvi quando ele o homem grandão disse "pequeno Jeon" - Jimin disse dando uma risadinha do apelido do outro garoto.

- Não! É Jeon Jungkook e você que é pequeno. - Jeon disse arrumando seu boné, recebeu de Jimin uma língua para fora.

Quando chegaram perto das outras crianças, as mesmas olharam para Jungkook de forma estranha, o mesmo percebeu e abaixou a cabeça com uma feição triste.

- Porque trouxe o garoto estranho para brincar com a gente Jimin?

- Ei! Ele não é estranho, ele tava brincando sozinho e eu só chamei, qual é o problema? - Jimin respondeu e viu Jungkook dar um leve sorriso.

- Ele não é nosso amiguinho, então não pode brincar com a gente - um garotinho disse olhando para o pequeno Jeon e todas as outras crianças concordavam.

- Mas, é meu amiguinho. Então eu vou brincar com ele, só nós dois! Vem Jungguk! - Jimin puxou o outro pelo pulso. Jungkook não gostava quando pronunciavam seu nome errado, mas naquele momento ele estava tão alegre de saber que tinha um amiguinho, quem nem ligou.

- Ei Jimin, mas e a bola? - perguntou uma das outras crianças que antes brincava com Jimin.

- A bola é minha e NÓS  vou brincar com ela! - Jimin deu ênfase no "nós" incluindo Jungkook. Os dois saíram de perto das crianças e foram para um outro lugar do parquinho.

Choi observava tudo com um sorriso no rosto, um ômega defendendo um alfa? Não era comum ver algo do tipo.

Mas não era só Choi que sorria com a cena, a senhora Park, vó de Jimin, também se alegrava. Seu neto desde pequeno sendo uma boa pessoa e sabendo o que é certo.

E de fato a cena era de encher os olhos, um ômega e alfa correndo com sorrisos nos rostos, rindo de felicidade. A qualquer momento poderia acontecer alguma tragédia, mas para aqueles dois garotinhos nada poderia estragar o momento. Pela primeira vez Jeon não se arrependeu de deixar de lado seu tão amado, homem de ferro e Jimin finalmente encontrou um amigo.

A tarde ia passando e com o passar do tempo era possível ver as luzes já acesas, a quantidade de crianças também havia diminuído. Jungkook e Jimin não queriam, mas era hora de irem para suas respectivas casas.

- Foi bom te conhecer Jimin! - Jungkook disse colocando sua jaqueta e limpando o suor em sua testa.

- Também acho Jungguk! - Jimin disse com a bola em baixo do braço. E estendeu uma mão para Jeon - até amanhã!

- Até amanhã! - Jeon pegou a mão de Jimin e a  apertou.

- Até grande Choi! - Jimin disse acenando para o mais velho que estava de mãos dadas com Jungkook.

- Até pequeno Jimin! - Choi disse sorrindo e acenou de volta para o pequeno ômega.

Quando Choi e Jungkook entraram na casa dos Jeon's, logo viram a Sra. Jeon, a mesma assim que olhou para o filho ficou confusa.

- Porque você está todo sujo e suado Jungkook? Você vai ao parquinho, mas brinca com seus bonecos. 

- Dessa vez o Choi brincou comigo! - Jungkook disse sorrindo para a mãe.

- Então porque ele não está sujo igual você? - a Sra. Jeon era realmente uma pessoa difícil.

- Sabe como é mamãe, os bonecos brigam e o homem de ferro sempre ganha! - Jungkook sorriu para Choi.


Notas Finais


O próximo vai sair logo!

Decidi começar essa história desde a infância deles!

"Mas o Jeon n é do mal?"

Vocês iram saber logo sobre como vai ser o jungkook "mal" e como/ pq ele ficou assim.

Bjs
Até o próximo...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...