História Destinados ( SesshKah ) - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Inuyasha
Personagens Ayame, Ginta, Hagaku, Inu no Taishou, Inuyasha, Jaken, Kaede, Kagome Higurashi, Kagura, Kikyou, Kohaku, Kouga, Miroku, Naraku, Personagens Originais, Rin, Sango, Sesshoumaru, Shippou, Souta Higurashi, Youkai Satori
Tags Amor, Cunhado, Diicastro, Hentai, Imãos, Inuyasha, Kagome, Sesshkag, Sesshkah, Sesshoumaru, Sexo, Traição
Visualizações 133
Palavras 3.467
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Quero agradecer a @Pihfranco e @Gladiador por me ajudar nas ideias e opiniões. ^^

Cap longo pra compensar a demora... ^^'

Espero que goste. 💋

Capítulo 7 - Festa


Fanfic / Fanfiction Destinados ( SesshKah ) - Capítulo 7 - Festa

~Sesshoumaru


Chego em casa correndo, nao suporto mais de tanta saudade do meu amor, ficar tres dias na cidade vizinha resolvendo coisas de trabalho é horrível, corro pela sala e vou a cozinha, olho rápido e vejo minha belíssima esposa de calcinha e sutiã, um avental preto enquanto seu cabelo está amarrado em um rabo de cavalo, me aproximo devagar e a agarro por trás.


-Quem é a mulher mais linda do mundo? - Sussurro em seu ouvido mostrando o buquê de rosas vermelhas.


-Quem é? - Kagome ri baixo pegando as flores. - Não precisava meu amor.


-Eu tava pensando… - A viro pra mim e aliso seu rosto.

-Hum? - Recebo o sorriso mais lindo do mundo e fico bobo a olhando. - O que você estava pensando amor? - Ela ri baixo me dando um selinho.


-Ahh sim. - Rio baixo e a coloco sentada sob o balcão da pia. - Vou te engravidar de gêmeos. - Beijo seu pescoço. - E será daqui a algumas horas. - Mordisco sua orelha alisando sua coxa e escutando baixos gemidos.


-Porque daqui a algumas horas? - Ela fala sexy apertando meus braços.


-Porque vou te lotar quatro vezes! - A encaro sorrindo de canto tirando sua calcinha.


-Então vai precisar de muito mais que isso. - Ela sorri de canto tirando o avental, olho o relógio e sorrio.


-São 11:24hrs, consigo fazer muito mais até as 18 hrs. - Abro minha calça e a tiro rapidamente.


-Sou toda sua Sesshoumaru Sama. - Ela sorri de canto e a carrego.


~Autora


Ambos deitados na cama, suados e como sempre ofegando, Kagome agora escorre o gozo de Sesshoumaru da sua parte íntima, Sesshoumaru olha o teto alisando o cabelo da sua bela dama, a forma em que Kagome se faz na cama com o mesmo é maravilhoso para o prateado, a mulher perfeita na sua visão.


-Kah… - Ele a olha sorrindo.


Claro que esse sorriso é pouco visto por outros, mas Kagome é a felizarda em ter esse belo sorriso a maioria do tempo, ainda mais sabendo que esse motivo do sorriso é a mesma, o que a deixa cheia de se.


-Hum? - Ela o encara totalmente mole pelos múltiplos orgasmos em que foi forçada a ter.


-Tem uma festa na casa do meu pai, ele me chamou e pediu a sua presença. - Ele fica sério deixando Kagome preocupada.


-O que houve meu amor? - Pergunta confusa já conhecendo o semblante do prateado.


-Inuyasha vai está lá… - Kagome sorri.


-Nós vamos! - Afirma ela com um sorriso faceiro.


-Se ele pensar em triscar um dedo em você eu vou preso por homicídio. - Ambos dao risada alto.


-Eu tenho um homem ao meu lado, ele nao vai ter suporte para enfrentar. - Ela pisca faceira e morde os lábios. - Eu tô fértil. - Ela sorri de canto.


-Eu tenho sua tabela fértil no meu celular querida. - A jovem se surpreende com tal confissão e ri baixo.


-Por isso falou sobre filhos gêmeos? - O mesmo assente faceiro e levanta devagar.


As pernas do prateado estremece e o mesmo senta de volta na cama arrancando risos de Kagome, Sesshoumaru a encara e levanta rápido, caminha em volta da cama e a puxa para ficar em pé.


-Se Sesshy… não… - Suas pernas tremem levando a ao chão em seguida fazendo Sesshoumaru rir alto.


-Está tão fraca assim amor? - Ambos riem alto e logo o prateado é acertado no peito com um travesseiro.


-Culpa sua que toda vez que volta de viagem, volta igual a um animal faminto por sexo. - Ela ri se preparando para levantar.


-Ehhh… - Ele a carrega e a beija com desejo. - Se você deixar dou mais duas no banheiro. - A mesma o encara sorrindo..


-Sempre quis transar em uma festa. - O mesmo assente faceiro entrando no banheiro e a colocando no chão.


-Seu desejo será realizado! - Ele aperta a bunda da amada enquanto ambos entram no box.


Um banho calmo se inicia, trocas de carícias e mãos bobas são inevitáveis, Sesshoumaru lava e hidrata o cabelo da sua esposa com carinho, Kagome faz o mesmo em seu marido e depois de quase uma hora de banho ambos saem, a conversa é sobre o trabalho cansativo de Sesshoumaru e assim eles seguem se arrumando.


Um vestido preto longo, na perna esquerda a uma enorme abertura mostrando as coxas torneadas da jovem que sorri arrumando o cabelo em uma trança embutida pouco frouxa, uma presilha com o símbolo Taishou é posta no cabelo, a trança é posta de lado e para finalizar, uma salto preto e uma tornozeleira.


Uma calça jeans clara, uma camisa branca social define seus braços e peitoral, um tenis esporte branco e uma bagunçada no cabelo com gel é sua arrumação, ambos se olham por alguns minutos e mordem os lábios desejando uma pegação e uma rapidinha, porém Sesshoumaru se controla e sai do quarto deixando que sua dama termine de se produzir.


Pronta com uma maquiagem básica Kagome desce fazendo seu marido a observar bobo, a mesma sorri se aproximando e é puxada pela cintura, o prateado beija com desejo e logo se afasta.


-Vou fazer uma coisa e tenho plena certeza que você irá amar. - Ele sorri de canto acariciando o pescoço da jovem.


-Então faça meu amor. - Ela sorri de canto.


Sesshoumaru senta e a coloca de quatro sob seu colo e sorri colocando sua calcinha de lado, a jovem morde os lábios curiosa e geme baixo sentindo algo pequeno na forma oval a invadir, o mesmo sorri arrumando a calcinha da amada em seguida dando lhe um tapa de mão cheia na bunda da esposa, ela geme baixo empinando enquanto morde o lábio inferior, ele a levanta pegando o celular e levanta em seguida, ambos sorriem e segue pro carro.


-Se… Sesshy… - A jovem geme baixo a cada passo fazendo o prateado sorrir. - O que é isso? Hum… - Ele sorri de canto e abre a porta do carro.


-Na festa você vai saber. - Ela assente sorrindo e entra no carro.


Sesshoumaru corre pro outro lado do carro e entra no lado carona, ele liga o carro e parte para a festa.


-----


Assim que o casal chega a festa são recebidos com abraços e carinhos, Inuyasha observa ao longe o que sua ex mulher se tornou ainda sem acreditar que ela esta com o irmão, o casal abraçados o observa ao longe e o sorriso vitorioso de Sesshoumaru é estampado, Inu No Taisho sorri abraçando a nova esposa que demonstra puro amor ao marido anos mais velho, nao demora as esposas saem deixando apenas Sesshoumaru e Inu No Taisho a sós.


-Não sabia que a nova esposa do meu pai era tão linda. - Sesshoumaru sorri de canto e observa sua esposa.


-O que? Roubou a mulher do seu irmão e agora vai roubar a do pai? - Inu No Taisho ri alto e observa Kagome e Rin.


-Estou ótimo com a mulher que tenho, não preciso de outra. - Sesshoumaru da um longo gole na sua bebida e olha Inuyasha que observa a sua esposa. - Se ele encostar um dedo na minha mulher vai ter sangue nessa casa. - Ele fala em tom ameaçador.


-Se ele encostar na Kagome, eu mesmo tomarei minhas providências. - Inu No Taisho fala sério. - Que bom que conseguiu tirar Kagome da depressão. - O mesmo sorri olhando Sesshoumaru que assente a observando.


-Nao foi so eu, ela se ajudou me tornando o seu melhor dos melhores amigos. - Seu sorriso é inevitável fazendo Inuyasha virar o rosto com raiva.


-Fico feliz por vocês. - O pai prateado fala sorrindo.


Kagome sorri com a nova sogra, a antiga, Sango e Kagura, conversas de mulheres claro sempre rola, e assim vão conhecendo umas as outras e se tornando melhores amigas.


-Fala ai Rin, ta aguentando com o senhor Inu No Taisho? - Rin cora violentamente com a pergunta de Kagura que ri alto.


-Kagura… - Kagome tenta defender Rin que sorri de canto.


-Aguento sim. - Todas se espantam surpresas. - Afinal, Inu sempre volta sedento por sexo… - Ela olha o marido safada e lambe os lábios. - E quando ele volta essa casa sacode. - Ela ri baixo desejando o marido.


-E você nora? - A mãe de Sesshoumaru a encara faceira. - Quero meu neto! Será pra quando mesmo? - Ela ri olhando Kagome nos olhos.


-Ehhh… - A jovem cora violentamente e sorri. - Acho que daqui a alguns meses vem trigêmeos. - Todas se espantam e Kagome ri. - Sesshoumaru tem minha tabela fértil, e sabe que hoje estou fértil então assim que chegou de viagem passamos a tarde na cama. - Ela sorri boba.


-Eu sou a única santa aqui? - Sango pergunta rindo às observando.


-Falou a garota que so anda na cama com o Miroku. - Kagome fala revirando os olhos.


Uma forte vibração se faz presente entre as pernas da jovem fazendo a mesma gemer alto e se contorcer, seu olhar é rápido para Sesshoumaru que sorri de canto estendendo o copo e bebendo um pouco, a vibração para deixando sua calcinha encharcada, Kagome ofega olhando as amigas que a observa confusa.


-Tudo bem Kah? - Todas a segura e a forte vibração vem mais uma vez com força.


-Meu Deus Sesshoumaru!!! - Ele fala baixo deixando as amigas curiosas.


-O que houve? - Rin pergunta.


-Se Se Sesshoumaru colocou o um vibrador em mim e não me contou o que era… Ahhh… - Mais uma vez a forte vibração se faz presente. - Agora… Ele ta sinico ligando e desligando o vibrador…. - Todas o encara e Kagome levanta.


Sesshoumaru sorri de canto a vendo se aproximar e liga o vibrador no máximo, Kagome para de andar gemendo baixo e o encara, seu andar agora firme o faz rir baixo.


-Me da esse celular! - Ela tenta pegar mas sem sucesso.


-Primeiro vou te levar em um lugar especial. - Ele sorri de canto a beijando com carinho enquanto a segura pela cintura.


Sesshoumaru a guia para o andar superior com a mão sob a cintura de sua amada, ambos sorriem sem perceber que estao sendo seguidos por Inuyasha, Sesshoumaru a coloca contra a parede de costas para o mesmo, Kagome sorri de canto sentindo sua mão descer pela sua barriga e atingir sua virilha um baixo gemido é escutado e um estralo é ecoa pelo corredor, sim aquilo foi um belo tapa de mao cheia.


-Safada. - Ele sussurra no ouvido da jovem fazendo a mesma morder os lábios.


-Você ama quando fico safada pra você! - Ela empina e recebe outra palmada dessa vez na coxa. - Bate que eu adoro! - Ela sorri de canto roçando no penis do prateado que geme baixo abrindo a camisa.


Tendo a noção de onde entrar ele invade o primeiro quarto que por sinal é o quarto de Inuyasha, com uma certa força ele a puxa pelo braço dando lhe o seu beijo mais quente possível, Kagome se entrega ao marido mais uma vez fazendo o mesmo sorri de canto vendo como sua esposa é tão safada e submissa.


-Me ajuda a tirar? - Ela vira de costas e tira o cabelo da nuca mostrando o ziper.


-Faço questão! - Ele puxa devagar o zíper e sorri largo ao vê-la sem sutiã. - Vai voltar sem calcinha também. - O arrepio feminino é visível enquanto o vestido vai ao chão.


-Nao faria isso… - Ela ri baixo sendo colocada de quatro.


Sesshoumaru senta na cama e sorri rasgando sua calcinha, a mesma gemer baixo sentindo a mão pesada massagear sua bunda e em seguida outro estalo se faz presente, a bunda ja vermelha deixa o homem mais excitado, Sesshoumaru beija a bunda da sua esposa com desejo e assim segue até seu ânus, o gemido é alto ao sentir uma lingua passar em sua intimidade anal e logo o beijo grego começa.


-Vai comer ele devono amor? - Kagome geme baixo sendo sugada e ofega rebolando na língua do marido que agora enfia a língua dentro do seu ânus.


-Uhun. - Ele sorri olhando o celular e ligando o vibrador no máximo.


-Assiiiim!!!! - Ela geme alto sentido a vibração forte.


Sesshoumaru pega o pequeno pote de lubrificante no bolso e passa no pênis, cuidadosamente ele a faz sentar começando por um anal, ambos delira ao estarem completamente colados, o paretado geme alto sentindo a esposa rebolar e começar a quicar.


-Gostosa! - Ele lambe o pescoço feminino e agarra o cabelo da sua mulher pela nuca.


-Tão… Bom… - Ela delira gemendo alto.


InuYasha assiste tudo pela brecha da porta se sentindo traído, nunca se passou pela sua cabeça que sua ex mulher poderia fornecer tal prazer a outro homem “ Comigo essa vadia não fodia tão gostoso assim… “ Seu pensamento é único ficando totalmente excitado.


-Que cu gostoso amor… - Ele sussurra no ouvido da mesma ajudando a jovem a quicar mais rápido.


-Fode ele meu amor… - Ela geme alto colocando a lingua pra fora.


-Quero te fuder ate a morte Kagome… - Ambos sorriem delirando.


-Você vai meu amor. - Kagome sorri se sentindo amada e desejada como em todo sexo com Sesshoumaru.


Kagome rebola e logo é colocada de quatro, ambos geme alto delirando com o prazer concedido de cada um, o prateado tira do seu ânus e puxa o vibrador com um pouco de força fazendo Kagome delirar, nao demora o vibrador toma o lugar do pênis muito bem feito do prateado, ele penetra o pênis na vagina de Kagome fazendo a gritar de prazer.


O vibrador oval no ânus da jovem faz a mesma enlouquecer, seu cabelo é puxado e a movimentação frenética começa em sua vagina, Kagome não se controla gemendo alto, muitos no andar inferior se pergunta o porque uma parte da casa está arranhando o chão como se tivesse móveis sendo arrastados, Inuyasha observa o ato surpreso com o prazer que ambos sentem.


-Sesshy… - Ela delira arranhando o lençol. - Fode mais forte! - Prontamente ele obedece já sabendo o que vem por ai.


-Te fodo como você quiser minha vadia gostosa! - O forte estalo de tapa é ouvido pelo andar.


-AHHHHH!!!! - Ela grita tendo um orgasmo longo e poderoso para o marido.


-UHHHH!!! - Sesshoumaru urra de prazer gozando dentro da sua esposa enquanto aperta a bunda feminina.


Ambos sorriem bobos, Kagome deita empinada com o vibrador no máximo enquanto Sesshoumaru a acompanha sem querer se afastar do corpo da esposa, ja tendo perdido as contas de quantos orgasmos teve no dia.


-JA CHEGA NE??? - InuYasha entra no quarto irritado.


-Ehh? - Sesshoumaru o olha por cima do ombro e sorri. - Veio aprender como se transa irmãozinho? - O mesmo fala saindo de dentro de Kagome e ri baixo vendo a mesma gemer baixo deitada enquanto ofega.


-VOCÊ É UM DESGRAÇADO SESSHOUMARU!!!! - InuYasha berra observando Sesshoumaru arrumar a calça e a camisa enquanto sorri.


-Ta vendo meu irmão? - Ele mostra Kagome sorrindo boba estremecendo. - Isso é uma mulher que sente prazer, sua amante ficava assim? - Sesshoumaru fala colocando o vestido sobre a esposa que tenta se levantar fraca pelo orgasmo ainda com o vibrador ligado.


-Eu… Te mato!!! - Inuyasha corre para Sesshomaru e o agarra por atrás enquanto ele cobre a esposa.


-Me larga seu.... - Sesshoumaru se solta e dá um soco em cheio no rosto de Inuyasha o lançando contra a cômoda do quarto.


Consumido pelo ódio e inveja Inuyasha se levanta e parte pra cima de Sesshoumaru que facilmente o lança para fora do quarto, Kagome escuta o baque e levanta rápido se vestindo e tenta segurar o braço de Sesshoumaru que rapidamente se solta e impede que Inuyasha acerte um soco em Kagome.


-Sabe que não consegue me vencer numa briga Inuyasha! - Sesshoumaru fala sério.


-AHHHHH!!! - Inuyasha desfere socos errando todos e quando acerta um, sente seu estômago se contrair, Sesshoumaru havia acabado de lhe acertar um chute em cheio.

Inuyasha se choca contra a parede do corredor e volta a ir pra  cima de Sesshoumaru que o leva diretamente para a escada com vários golpes, Inuyasha se desequilibra e agarra a camisa de Sesshoumaru, o irmão mais velho sorri de canto puxando o braço com violência fazendo a manga da sua camisa rasgar na mão de InuYasha e o observa despencar da escada.


-Sabe Inuyasha… - Sesshoumaru fala sério. - Eu sempre tive vontade de te socar com toda a minha força. - Sesshoumaru desce a escada calmante estralando os dedos e olha a camisa. - Olha o que você fez na minha camisa insolente. - Ele tira a camisa.


-ELA É A MINHA MULHER!!! VOCÊS ESTAVAM TRANSANDO NO MEU QUARTO! - InuYasha berra o encarando enquanto levanta.


-Ela ERA sua mulher! - Sesshoumaru fala sério. - Agora é a minha mulher, na verdade Kagome é a minha esposa! - Ele sorri perverso. - Minha mulher… Você realmente acha que foi homem pra Kagome, Inuyasha? - Ele para no final da escada e se prepara para acertar Inuyasha.


-Meu amor, por favor! - Kagome toma a frente de Sesshoumaru e puxa seu rosto para que ele a olhe.


Sesshoumaru por outro lado nao tira os olhos se Inuyasha, pois sabe que seu irmão nessas horas não tem dignidade e que vai tentar qualquer coisa para derrubá lo, Kagome beija Sesshoumaru para acalmá lo como sempre faz, mas mão boba do marido e sua pirraça é maior, uma mão para sobre sua cintura e a outra aperta a bunda de Kagome fazendo a jovem gemer entre o beijo enquanto Sesshoumaru observa o irmão e se enfurece mais.


-Eu.... VOU MATAR VOCÊ SESSHOUMARU!!!  - InuYasha parte pra cima de seu irmão dessa vez com mais irá e disposição.


Rapidamente Sesshoumaru empurra Kagome em cima do pai e para o soco de Inuyasha com um soco de volta, um “ Creck “ é escutado e logo InuYasha segura o pulso olhando Sesshoumaru surpreso, Inuyasha não desiste e parte pra cima, Sesshoumaru desvia de alguns golpes mas acaba recebendo 4 fortes o suficiente para atordoá lo.


-Sesshoumaru chega pelo amor de Kami!!! - Kagome grita tremendo e tenta correr para o meio da briga.


-Kagome! - Inu no Taisho a segura por trás. - Eles são homens, deixe que eu resolvo! - Ele fala a apertando em um abraço. - Mas por enquanto deixe Sesshoumaru ensinar a ele uma lição. - Kagome assente e é levada por Rin pra cozinha. - Obrigada querida. - Ele volta a observar os filhos.


O comentário na festa é enorme, todos os observam incrédulos,  eles se atracam na sala a briga parece ter um fim próximo, pois Sesshoumaru fica por cima dando seus mais fortes socos no rosto de Inuyasha, que utiliza todos os meios para desmaiar o irmão mais velho, Inuyasha procura por algo no chão e encontra um jarro, rapidamente ele tenta acertar Sesshoumaru com o objeto, mas Sesshoumaru defende com o braço.


Inuyasha desmaia recebendo seus socos, Sesshoumaru não para de soca lo, sua ira não é visível, mas seus socos mostram sua ira, agora com o rosto todo partido Inuyasha ja não acorda, Kouga agarra Sesshoumaru em um mata leão e o puxa, rapidamente o prateado se solta e o atinge o moreno com um frontal, fazendo Kouga cair de bunda e se chocar contra a pilastra, Sesshoumaru volta a Inuyasha que é impedido pelo pai.


-Chega! - Sesshoumaru para e se afasta. - Vá cuidar da sua mulher. - Inu No Taisho segue para perto de InuYasha.


-Pela intensidade dos socos deu traumatismo craniano. - Miroku se aproxima rápido checando os batimentos de Inuyasha. - Chame uma ambulância senhor Inu no Taishou. - O mesmo assente ligando.


------


Ao chegar em casa Kagome olha Sesshoumaru séria e o faz sentar no sofá, o mesmo a encara confuso e logo sorri faceiro.


-Precisava me exibir como troféu? - Ela o encara.


-Mas eu nao fiz isso… Mostrei a ele o que ele perdeu. - Ele a encara confuso.


-Sesshoumaru… Porque no quarto dele? Poderíamos ter ido pro seu quarto! - Ela respira fundo.


-Meu quarto estava longe, você está muito gostosa nesse vestido e eu queria te ter nao importa a onde! - Ele fala serio ainda sentado.


-Ahhh claro, no quarto do seu irmão… E ainda por cima se gaba perguntando se ele deixava as amantes dele assim! - Ela fala irada fazendo Sesshoumaru se encolher rapidamente, o mesmo cria coragem para responder a mulher em ira e levanta serio.


-Da próxima vez a gente vai transar em público! - Ele fala sério e sobe pro quarto.


-Ahhh claro! Agora sou sua vadia também Sesshoumaru? - Ela o segue, Sesshoumaru vira e a puxa colocando a contra a parede.


-Nunca mais… Nunca mais repita isso! - Ele fala irritado. - Se você fosse minha vadia você nem estaria mais dentro dessa casa, está casa nao estaria no seu nome, e eu… Eu estaria em algum vôo internacional fodendo alguma vadia no banheiro do avião, Kagome. - Ele a solta e vai pro quarto.


Kagome chora se trancando no quarto ao lado, mas ela nao vai se cortar, ela sabe que Sesshoumaru tem razão e que ele era louco o suficiente pra fazer o que falou.


Notas Finais


Gostou?
Por favor, comenta e da sua nota! ❤🙏


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...