1. Spirit Fanfics >
  2. Destinados (YeonBin) >
  3. Chapter IV

História Destinados (YeonBin) - Capítulo 4


Escrita por: MJ_Lee

Capítulo 4 - Chapter IV


Fanfic / Fanfiction Destinados (YeonBin) - Capítulo 4 - Chapter IV

Pov YeonJun


Eu estava em uma rua,era estranho,parecia que eu já estive ali,mas era um lugar bem longe da minha casa,tenho certeza que nunca passei por ali. Tudo estava normal até um carro passar por mim e um caminhão logo bater nele.

Senti minhas pernas fraquejarem,me fazendo cair ajoelhado no chão,ao mesmo tempo,meu coração estava doendo. Assim que olhei para o carro,pude ver sangue pingando no chão que estava escorrendo de uma mão.


Não consegui ver quem era,pois havia acordado com Taehyun me balançando.

—YeonJun,o que aconteceu? Você está pálido—Tae disse preocupado,colocando a mão na minha testa

—Eu não sei. Eu tive um pesadelo,era um acidente de carro

—Você estava no carro?—Beomgyu perguntou,já que ele também estava do meu lado preocupado

—Não. O carro passou por mim e um caminhão bateu nele. Na mesma hora meu peito e minhas pernas começaram a dor—Expliquei e os dois me olharam confusos

—O que isso significa?—Beom perguntou ao Tae

—Não faço ideia.

—Esqueçam,foi só um pesadelo estranho—Falei e olhei para o relógio,vendo que ainda era 3 da manhã—Por que vocês estão acordados a essa hora?

—Era hora do lanchinho das 3 horas—Beomgyu disse sorrindo

—Nem pensar.

—Qual é,Hyung! Eu estou com fome!—O mesmo reclamou

—Credo,como você é morto de fome,o tio Minho e o tio Jisung não te alimentam,não?—Perguntei e ele concordou—Anda logo,vai lá. Só não come tudo!

Taehyun voltou para a sua cama e eu virei de lado,tentando voltar a dormir.


Pov SooBin


—Você está acabado. O que foi,não dormiu a noite?—YeonJun perguntou,olhando para mim

—Passei a noite procurando um emprego novo,mas estou bem—Respondi e apontei para o caderno,pedindo para ele prestar atenção na aula

—Eu não sabia que você trabalhava

—Trabalho meio-período em um pet shop,mas o salário não é grande coisa

—Você sabe que eu posso te pagar pelas aulas,né?

—O que?

—Você não vai precisar trabalhar. Você me dá as aulas e eu te pago bem mais do que você ganha no seu trabalho

—Primeiro: Eu trabalho porque eu quero. Segundo: Eu não preciso do seu dinheiro e você sabe que as aulas são de graça.—Falei fechando o livro,o guardando na minha mochila e me levantando—Continuamos a aula mais tarde na minha casa

Saí sem deixar ele falar mais alguma coisa. Eu simplesmente odeio esse povo que se acha por ser rico e quer pagar por tudo.

—Que irritante—Reclamei,entrando na sala


Pov YeonJun


—Eu disse que podia pagar pelas aulas,mas ele ficou puto e saiu—Terminei de explicar e Beomgyu me deu um tapa na nuca—Ai ai!

—Como você é burro. Se quer impressionar ele,que seja com seu charme e não com dinheiro

—O que? Eu não quero impressionar ele!—Respondi cruzando os braços

—Pelo menos estão se dando bem—Taehyun disse,me fazendo refletir sobre aquilo

Nós? Nos dando bem? 

—Que seja. Se ele não quero o dinheiro,então que ele se mate de tanto trabalhar


Assim que as aulas acabaram,fui para casa tomar um banho,trocar de roupa e comer algo antes de ir para a casa do SooBin. Quando cheguei lá,o mesmo estava de cara fechada,me comprimentou com um "Oi" bem seco e seguimos até o jardim,em silêncio.

—Então...—Comecei a falar,chamando a atenção dele—Você está bravo pelo que eu disse?

—Sim.

—Mas…

—Eu já disse,eu não preciso do seu dinheiro,posso conseguir trabalhando ao invés de receber de graça—O mesmo respondeu seco

—Ei. Não precisa responder assim!

—E por que não? Você acha que eu sou o que? Um pobre que precisa que alguém me sustente?—Soobin perguntou revoltado,se virando para mim

—Não. Mas você é um ingrato!

Continuamos aquela discussão até eu começar a sentir uma dor de cabeça forte. Fechei meus olhos por alguns segundos e depois abri,vendo Soobin com a mão no peito.

—Me desculpe. Eu não deveria ter feito aquela proposta

—Deixa. Eu vou pegar uma água—O mesmo disse se levantando

Senti meu celular vibrar e notei que era uma mensagem da Arin. Ela estava dizendo que queria conversar comigo na faculdade, então eu apenas concordei. Soobin logo voltou e continuamos a aula.

—Amanhã,eu e os meninos,vamos em uma festa,a Arin também vai,se você e o Kai quiserem ir...—Falei antes do mesmo fechar a porta

—Pode deixar,hyung. Eu vou sim.—Soobin concordou,com um sorrisinho de lado


Dia seguinte

Pov Autora


Já eram 18:40,estava quase na hora de Yeonjun e seus amigos saírem para ir na festa na casa de seu amigo,Jay. Após enrolarem um pouco para se arrumar,os três finalmente seguiram até a casa do amigo,já podendo ver o carro de SooBin na frente da mesma.

—Que bom que chegaram,pelo menos vamos entrar todos juntos—Arin disse assim que os viu,indo os abraçar

—Já faz 2 anos que você conhece o Jay,ainda tem vergonha de falar com ele?—Beomgyu disse,zoando a garota

—É claro que não,por que eu teria vergonha de conversar com aquele pirralho?—A garota respondeu cruzando os braços,fazendo os três rirem

—Vamos entrar logo,antes que o Jay comece a nos ligar—YeonJun falou,puxando todo mundo até a porta

Ao entrar na casa,puderam ver vários adolescentes conversando e bebendo. A primeira pessoa que YeonJun reconheceu foi Heeseung,que estava encostado em um dos pilares da casa.

—Ainda bem que vocês chegaram,hyungs—O mesmo disse enquanto ele e YeonJun faziam um highfive—São seus amigos?—O Lee perguntou se referindo a SooBin e Kai

—Ele é meu namorado,Soobin—Arin disse abraçando o braço de Soobin—E o melhor amigo dele,HueningKai

—Namorado?—Heeseung perguntou,olhando surpreso para YeonJun,que apenas concordou com a cabeça—Tudo bem então. É um prazer conhecê-los

—Onde está o Jay e os outros?—Taehyun perguntou

—Ali no meio,venham.

Heeseung os levou até o outro grupo de garotos,onde começaram a conversar. Jake os entregou copos com bebidas e continuaram curtindo a festa.

—Isso é alcoolico?—YeonJun perguntou,após sentir o líquido queimar sua garganta

—Sim. É Rum Bundaberg,direto da Austrália—Jake respondeu,sorrindo

—Vocês são de menor,não deveriam estar bebendo

—Para de ser estraga prazeres,Hyung. Você não era muito diferente—Jay respondeu,abraçando o mesmo de lado—Agora diz ai,que história é essa da YeWon estar namorando o garoto ali? Você não era afim dela?

—É uma longa história

Foi nesse momento que YeonJun percebeu o quão bonito SooBin estava,principalmente com um copo de bebida na mão e sorrindo enquanto conversava com Kai. O Choi desviou o olhar assim que o mais novo notou seu olhar sobre ele,dando um sorrisinho vendo o mais velho corado.


Após algumas horas,YeonJun sá se encontrava meio tonto por conta da bebida,estava sentado em um sofá,um pouco afastado das pessoas. Fechou os olhos por alguns segundos para tentar focar sua visão novamente,mas se assustou ao sentir alguém sentar do seu lado.

—Já está bebado?—Soobin perguntou,oobservando o rosto levemente vermelho do outro Choi

—Quem disse? Eu posso beber muito mais que isso—Respondeu YeonJun,mesmo sabendo que era mentira

—Uhum—Mormurou Soobin,enquanto tomava o último gole de sua bebida—Agora responde,por que você estava me olhando tanto,principalmente para a minha boca?

—Eu não estava te olhando,muito menos para a sua boca—YeonJun disse,engolindo seco,e olhando inconcientemente para a boca de SooBin

—Você está fazendo de novo—Sorriu—Admite logo,você quer muito me beijar

—E-eu não quero—YeonJun disse,mas se surpreendeu com SooBin,que segurou seu rosto e o aproximou do seu—O que você está fazendo?

Soobin aproveitou para testar o mais velho,deixando alguns beijos em seu pescoço,sua teoria foi confirmada quando YeonJun soltou um grunhido e apertou seu braço,o fazendo sorrir.

—Viu só,se você não quisesse,com certeza teria em empurrado ou até mesmo me batido.—Soobin disse perto do ouvido do mais velho,logo voltando a olhá-lo

Soobin finalmente criou coragem e o beijou,se surpreendendo quando YeonJun continuou o ato. Porém,não demorou muito para YeonJun "voltar para a realidade" e se afastar de SooBin,se levantando e saíndo dali,deixando o mais novo com um sorriso no rosto.


Pov YeonJun


Depois do que aconteceu,eu saí de lá no automático,nem sabia para onde eu estava aindo,só não queria ver o Soobin.

—Que merda! Por que eu continuei?—Me perguntei assim que cheguei nos fundos da casa—Aish!

Notei que tinha uma garota sentada sozinha em um banco que havia ali no quintal. Era Arin. Me aproximei dela e me sentei ao seu lado,vendo a mesma cabisbaixa.

—Ei,Arin,o que foi?—Perguntei e a mesma me olhou,foi quando percebi seu rosto todo molhado de lágrimas

—Eu vi,YeonJun,eu vi tudo.—A mesma respondeu e eu logo percebi o que estava acontecendo

—Yewon,me desculpa,foi ele que...—Comecei a falar,mas a mesma me interrompeu

—Era sobre isso que eu queria conversar com você,mas você não apareceu. Eu estava achando que o Bin não gostava mais de mim e que talvez ele fosse gay,mas ver vocês dois se beijando já foi o suficiente para mim.

—Eu não...—E ela me interrompeu de novo

—Não precisa dizer,eu já desconfiava desde quando vocês começaram a brigar

—Eu não gostava dele porque ele é seu namorado e eu gostava de você—Confessei,fazendo a mesma me olhar surpresa—Mas...eu acho que eu estava enganado

A mesma concordou com a cabeça e se levantou,saindo dali.



Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...