História Destination Traced - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber, Selena Gomez
Personagens Justin Bieber, Selena Gomez
Visualizações 37
Palavras 1.203
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Volteiiiiiii! Milhões de desculpas eu sei que demorei mas eu vou recompensar juro.
Então... Aproveitem a leitura!

Capítulo 3 - Double date


Fanfic / Fanfiction Destination Traced - Capítulo 3 - Double date

POV - SELENA GOMEZ


-- Selena, dá para parar de secar o viúvo gato e iniciar logo essa peça? -- Ashley é quem me acorda do transe em que me encontrava, onde eu admirava o homem bem vestido que chegou atrasado e que agora se encontra sentado na sua mesa como todos a espera do início da peça.

-- Eu não estava secando ele Ashley -- minto descaradamente, enquanto caminho ao encontro das crianças -- Só estava pensando e me distrair.

-- Sei bem sua distração seleninha -- Indaga a loira com ironia, reviro os olhos.

-- Você vai apresentar as crianças -- ordena a diretora.

-- Mas.. 

-- Nada de "mas" selena, você vai e pronto, anda.

Não tenho tempo para discutir pois Bárbara já tinha me empurrado junto a um microfone para o centro do palco. Não sei o que dizer o nervosismo toma conta de mim. Desde meu último discurso catastrófico na formatura do ensino médio que eu não subi num palco. Mas agora não sou uma garotinha medrosa, tenho que encarar meu medos. Por esse motivo começo a minha fala.

-- Bom dia! -- Sorrio quando todos me saudam, olho para o canto do palco e avisto Ashley sorrindo e confirmando com as mãos de que estava tudo bem, com isso continuo -- Hoje teremos a apresentação das crianças, que treinaram bastante para essa peça, que foi reescrita por mim. E com vocês Romeu e Julieta.

Saio do palco depois dos aplausos que recebi, suspiro aliviada. As crianças começam a entrar no palco e dizer suas falas como estava no script.

-- Você foi maravilhosa lá em cima, achei que iria vomitar como a última vez. 

A loira ri, faço uma careta com a lembrança.

-- Eu também achei -- suspirei -- Acho que finalmente enfrentei meu medo de palco -- sorrio contente com a minha própria revelação.

-- Você amadureceu Selena -- ela me abraça de lado e retribuo analisando a peça -- Estou feliz por você.

-- Eu também Ash.

Os aplausos ecoados pela quadra indica o final da peça. Chego ao centro dele com as crianças ao meu lado, nos curvamos em agradecimento e nos retiramos para a diretora agradecer pela presença de todos. Saímos do palco e os pais vem de encontro ao seus filhos, a cena me emociona. Alguns pais vem me cumprimentar e parabenizar pela peça, que modesta parte estava linda.

Conversava com alguns pais sobre o comportamento dos filhos durante as aulas quando escuto sua voz me chamar, reconheceria ela mesmo de longe. Vejo a pequena loira correr para os meus braços, seguro ela firmemente em meu colo e beijo sua bochechas. Coloco ela no chão.

-- Selly vem conhecer meu papai -- a menina me puxa sem direito a resposta e quando tento intervir já me encontro a frente do homem de terno que me olha curioso, suas sobrancelhas é arqueada, as palavras fogem da minha boca, seus olhos me analisava como se enxergasse minha alma. Antes de qualquer um de nós dois falar algo o pequeno pingo que gente se apressa em dizer -- Papai essa a tia Selly ela é minha professora agora.

Então o sorriso cheio de dentes brancos aparece no rosto encantador do loiro, e como se fosse instinto sorrio de volta. Sua mão é estendia na minha direção e aperto de imediato.

-- Prazer em conhecê-la Selly -- continuo a apertar a sua mão até perceber que deveria parar, abaixo a cabeça envergonhada.

-- Selena -- sorrio, mas sua expressão parece confusa -- Meu nome, é Selena.

-- Ahh, me desculpe. Eu sou o Justin.

E ouvir seu nome foi como coro de anjos, certo, exagerei.

-- Tudo bem não tem problema. Bonito nome. -- abaixo a cabeça novamente e fico vermelha, o que há de errado comigo afinal? Tenho que puxar um assunto ou ficaríamos nos encarando como dois retardados. Lembro de Lily, ela poderia me ajudar agora, mas ao olhar para o lado ela não se encontra mais por ali. Droga. -- É.. Eu sou a professora substituta.

Belo assunto você puxou, ele já deve saber disso. Ele rir, talvez do meu desespero em não deixar que um silêncio nos domine.

-- Eu sei -- Lógico que sabe, e ele rir de novo e me dou conta que adorei o som da sua risada -- Acho que vou indo agora, está tarde.

-- Certo.. Claro... Eu.. Vou chamar a Lily -- Merda fiquei nervosa de novo, me retiro antes que ele perceba isso e encontro a garota ao lado de suas amigas, fungo uma tosse para chamar a atenção das garotas -- Seu pai está te chamando para ir Lily, se despesa das meninas e vamos.

                        [ ... ]

-- Eu não quero ir Ash, estou cansada. Preparei toda a apresentação e ainda tive que organizar a festa, eu não vou sair para um encontro duplo com você.

Desde que saí da escola que descido passar a noite vendo filmes e descansando do dia cansativo que tive, finalmente as férias tinham começado e só voltariam duas semanas depois, queria aproveitar dormindo, mas minha irmã atrapalhou os meus planos marcando um encontro duplo com o namorado que ela arranjou pela internet.

-- Qual é Selena, você deveria me apoiar, ele disse que levaria um amigo para você não se sentir sozinha -- a loira tenta me convencer com uma voz meiga e fazendo bico, suspirei derrotada.

-- Você nunca viu esse cara, ele pode não ser o que pensa. -- vejo ela revirar seus lindos olhos azuis -- Não revire os olhos para mim. Ele pode ser um assassino Ash, você já pensou na possibilidade?

Vejo ela arregalaram seus olhos e suspirar.

-- Tudo bem, agora fiquei com medo -- vejo ela se sentar no sofá enquanto ando de um lado para o outro da sala.

-- Ashley eu sou sua irmã e fico preocupada com você, eu não posso deixar você fazer besteira, não sozinha. -- vejo os olhos da garota a minha frente brilhar.

-- Então você vai? -- o entusiasmo em sua voz é evidente, me ajoelho na sua frente e pego em sua mão, sorrio e lado e afirmo.

-- Vou. Mas promete para mim que se esse encontro não for legal, você vai parar de procurar garotos na internet. -- Ela afirma, sorrio e a abraço -- Vou me arrumar e já desço.    

    

                          [ ... ]


Depois de brigar com Ashley sobre qual roupa iria usar finalmente estávamos no carro indo para o Destroyer, o nome não é muito legal, mas o restaurante era bem divertido, tem um bar separado do restaurante para as pessoas se divertirem e finais de semana o restaurante fechava e tinha karaokê perto do bar.

Sentamos nas últimas cadeiras e ficamos a espera do tal cara chegar. Dispensamos três vezes o garçom que vinha educadamente perguntar se queríamos algo. A loira ao meu lado mordiscava o canto da sua boca vermelha várias vezes, isso demonstrava que ela estava nervosa. Então eu vejo ela paralizar e olhar para a porta com os lábios separados em forma de O. 

-- O que foi? -- pergunto com medo de olhar para a porta. 

-- Ele chegou -- sua voz falha, não entendo se é por medo ou desespero de encontrar alguém desconhecido.

Até que direciono meu olhar para a porta e minha boca vai ao chão com a visão que tenho. Era ele mesmo?





Notas Finais


Quem será que chegou nesse encontro?? Alguns palpites??
Podem falar o que acharam..
Beijos!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...