História Destined For You - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Block B, F(x), Girls' Generation, Jessica Jung, Kris Wu, Red Velvet
Personagens Hyoyeon, Jaehyo, Jessica Jung, Jung Hoseok (J-Hope), Kris Wu, Krystal Jung, P.O., Personagens Originais, Sooyoung, Wendy
Tags Block B, Choi Sooyoung, Comedia, Família, Girls' Generation, Gravidez, Hyoyeon, Jaehyo, Jbw Produções, Kris Wu, Krystal
Visualizações 9
Palavras 1.543
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Famí­lia, Ficção, Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - Capitulo 02


Fanfic / Fanfiction Destined For You - Capítulo 2 - Capitulo 02

Jessica Jung

-Chegou cedo.- Diz Sooyoung, uma das minhas melhores amigas, ela havia acabado de chegar.

-Sim, quero um aumento e tenho que ter um bom motivo para isso.- Digo e o som do sino do elevador mostrava ue alguém havia chegado ao nosso setor.

-Oi garotas.- Diz Hyoyeon sorridente, ela sentou na cadeira do escritório ao lado, carregando o pequeno Spencer, de 3 anos, junto com ela.

-Hyo, você sabe que hoje não é dia de trazer o filho ao trabalho.- Diz Sooyoung.

-Não tinha com quem eu deixar ele, tive que traze-lo.- Diz Hyo enquanto entregava alguns brinquedos a Spencer.

-O chefe deixou?- Pergunto, sem olhar diretamente para ela e sim para o computador, que estava na minha frente.

-Sim, ele disse que só essa vez.- Disse ela.

-Hyo, você tem que conversar com o pai dele, tem que pedir para ele ficar pelo menos o final de semana com o Spencer.- Digo e Hyo encara o computador a sua frente.

-Olha, eu nunca que deixaria o Spencer ir para a casa do irresponsável do pai dele, mas olhando pelo o lado bom, pelo menos a pensão é bem acima da taxa.- Diz Hyo, alternando o olhar entre eu e Sooyoung.

-E quanto ele paga?- Pergunta Sooyoung.

-É para ele pagar 500 doláres, mas ele prefere pagar 1.500 doláres. Ele diz que é uma pena ele não poder passar muito tempo com ele, por causa da familia dele, mas ía nos dar o tanto de dinheiro que fosse necessário.- Diz ela.

-Se for assim, até eu quero engravidar de um magnata.- Diz Sooyoung, eu e Hyoyeon a encaramos.

-Não diga isso nunca.- Diz Hyoyeon voltando a sua atenção para o computador.

Sooyoung vai até o elevador, ela é a secretária do nosso setor, então nesse momento, ela vai buscar as encomendas, cartas, bilhetes, jornais e etc, que foram deixadas para as pessoas de nosso setor.

Eu, Sooyoung e Hyoyeon nos conhecemos na faculdade, sempre fomos bastante próximas uma das outras. Sooyoung é a mais nova entre nós, ela tem 23 anos, Hyoyeon (Hyo) tem 25 anos, ela é somente alguns meses mais nova do que eu, ela engravidou muito cedo e o resultado disso, foi um garotinho super inquieto (Que antes dessa vida, tenho certeza que ele era animador do trênzinho do diabo com D maiúsculo) chamado Spencer, nome dado pelo o pai dele, que é um mulherengo super irresponsável.

-Phillip me chamou para sair hoje.- Hyo solta essa frase naturalmente.

-O Phillip?!- Ela assente -Phillip!? O pai do seu filho?- Pergunto e ela assente.- Você aceitou?

-Olha Jessie, ele quer passar mais tempo comigo e com o Spencer, ele quer acompanhar o crescimento do Spencer.- Diz Hyo.- Jessie, não tem o porque você surtar, eu sei tomar minhas prórias decisões, Phillip é um bom cara, só não é muito responsável.

-É, ele é tão bom que te abandonou quando descobriu que você estava grávida, lembra quando ele quase causou aquele aborto instântaneo em você e quem te levou para o hospital nessa mesma noite?! A surtada aqui.- Digo e Hyo bufa.

-Tá bom então voc...- Ela é interrompida pelo o som do telefone tocando. Ela atende.- Que?!... Ah... Oi Krystal... Porque você não ligou diretamente para ela?... Parece criança de 5° Ano... Deixa o Spencer quieto... Shiu!... Eu vou transferir a ligação para ela. --Hyo ao invés de apertar o botão da esquerda, acabou colocando o telefone no guincho, fazendo a ligação ser encerrada.- Porcaria! Acabei desligando. Eu vou retornar a ligação.

O barulho do escritório pode ser muitas pertubador, o som de pessoas conversando, o som de vídeos sendo assistido, o som dos telefones a tocar, o som do locutor da rádio falando, o som de papéis sendo impressos, o som do sino do elevador, o som do computador ligando e muitas vezes de pessoas brigando. Nesse momento todos esses barulhos ficaram muito nítidos.

-Oi gatas.- Diz Sooyoung passando por nós carregando o carrinho de incomendas de uma forma pecúliar, ela estava carrendo o carrinho, da mesma forma que se anda de patinete (quem nunca), ela só não contava com a queda que estava por vir, de repente, Sooyoung caí, juntamente com o carrinho e todas as encomendas vão ao chão. O que torna tudo aquilo uma bagunça bem maior.

Sooyoung tenta arrumar tudo e Hyoyeon está tentando retornar a ligação, a bagunça ainda é grande, uma aglomeração de pessoas próximas ao elevador chama a minha atenção. Não, não, não.

-Hyo, o Spencer ainda usa fraudas?- Pergunto a ela.

-Não, eu estou ensinando ele a usar o banheiro.- Ela diz.

-Pois eu acho que ele se confundiu com a direção do banheiro.- Digo e aponto para o que chamava a atenção de todos.

Spencer estava fazendo xixi na porta do elevador. Nesse momento o chefe liga para Hyo, o que impede-a de sair e ir buscar Spencer.

-Sooyoung, vai buscar o Spencer, eu arrumo essa bagunça.- Digo.

-Tá certo.- Ela diz e vai buscar Spencer.

Alguns segundos depois, Sooyoung volta chorando.

-O que foi?- Pergunto a ela.

-O Spencer me bateu.- Ela diz.

-Arruma isso que eu vou lá.- Digo e me levanto.

-Spencer, isso não é legal! Você devia ter pedido para ir ao banheiro.- Pego ele no colo, ele me encara sorrindo, o que impede que eu continue brigando com ele. Ele não se parece nem um pouco com Hyo, ele tem a pele bronzeada, os olhos levemente puxados e os cabelos pretos, ele herdou tudo de seu pai, aquele havaiano imprestavel, até mesmo, seu corpo magrelo.



[...]



-Vocês vão vir almoçar comigo?- Pergunto para elas.

-Eu vou.- Diz Sooyoung.- Desde que pagem pra mim. Vão pagar pra mim?

- Então... Hyo, você vem?- Pergunto, por de trás de Hyoyeon, Sooyoung fazia sinal de negação, mostrando que não era para mim ter chamado Hyoyeon.

-Sim eu vou e Sooyoung eu vou de qualquer jeito.- Diz Hyo, Sooyoung cora violentamente por de trás dela.- Não se preocupe, você vai se acostumar com o Spencer.



[...]



Estavamos esperando nosso pedido chegar, é quando meu celular vibra.

-Krystal! Porque você faz chamada de vídeo? Eu não tinha atendido nem as chamadas de voz.- Digo a Krystal que estava aparecendo na tela.

-Jessie, eu precisava da sua ajuda, mas a Hyo desligou na minha cara, eu preciso que você me ajude a achar o nome de pelo menos 4 adultos que se casaram com crianças.- Diz Krystal.

-Por que você quer saber disso?- Pergunto.

-É um trabalho para a aula de sociológia.- Diz ela, é quando um cara que aparentava a mesma idade que ela, aparece ao seu lado.- Esse é Jaehyo, ele é meu colega para esse trabalho.

-Temos que fazer esse trabalho o mais rápido o possivel, é para a faculdade, se você puder nos ajudar...- Diz "Jaehyo".

-Jae? J-Jaehyo?!- Diz Hyoyeon.- Você é o Jaehyo?! Irmão do amigo do Phillip!?

-N-N-Não, e-eu não sou o Ja-Jaehyo, não.- O garoto fica visivelmente nervoso. Ele suspira.- Ah, bem, oi Hyoyeon, sim, eu sou o Jaehyo, só não gosto que me liguem ao meu irmão quando vão falar de algo. Enfim, vai nos ajudar?- Ele se dirige a Hyoyeon, mas logo volta a atenção para mim.

-Não.- Desligo o telefone.




[...]



-Ei, vamos sair hoje?- Diz Sooyoung.- Hoje é sexta-feira, um bom dia para sairmos.

-Era isso que eu ia pedir a vocês, o Phillip me chamou para uma festa, eu vou, mas quero que vocês também, vá.- Diz Hyoyeon.- Não estou afim de ficar lá sozinha.

-Eu não sou muito de festas, mas se você quiser, eu posso cuidar do Spencer.- Digo e ela nega.

-Phillip disse que quer que eu leve o Spencer.- Diz Hyoyeon.

-Vamos Jessie! Vai ser legal.- Diz Sooyoung.- Aposto que Krystal vai querer ir.

-Ela não vai e nem ia querer ir.- Digo a Sooyoung.- Ela tem um trabalho de sociológia para fazer. E eu não me dou bem em festas, sempre que eu bebo um copo de cerveja, minha cabeça distorce tudo e ... não, eu não vou.

-Você vai sim! Eu prometo ficar de olho em você.- Diz Sooyoung.

Ela sempre promete isso.




[...]



Nunca confie em CHOI SOOYOUNG! Ela me prometeu e não cumpriu, ela saiu e me deixou esperando ela como uma completa boboca, exatamente depois de beber 29 copos de cerveja e 4 latas de energetico, quero que aquela cara de pato venha falar "Mas Jessie, foi você que bebeu!", que ela vai virar uma cara de pato amassada. CHOI SOOYOUNG SE EU TE ACHAR EU VOU TE METER A PORRADA!

Acabo por esbarrar em um cara bem mais alto que eu. O que faz com que eu fique tonta.

-Oi, tá perdida?- O cara me pergunta.

Ele é bem bonitinho ou talvez a cerveja esteja distorcendo a minha visão e ele é um anão, cheio de verrugas, que tem bafo de peixe.

-Só procurando minha amiga, mas acho que ela foi embora.- Digo. O QUE?! A bebida está me fazendo dizer coisas que eu não quero.

-Tá afim de dançar?- Ele me pergunta.

Ah, não querido, sei no que isso vai dar.

-Claro, vim aqui para me divertir, não para ficar de babá da minha amiga.- Falo sem querer.

Sabe aquele alto controle sobre a lingua? Eu não tenho.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...