1. Spirit Fanfics >
  2. Destined Souls >
  3. Hakuna Matata

História Destined Souls - Capítulo 14


Escrita por:


Capítulo 14 - Hakuna Matata


Fanfic / Fanfiction Destined Souls - Capítulo 14 - Hakuna Matata

Camila Cabello Point Of View.

     
               Domingo.

 

      Eu passei o dia todo pensando em como seria na casa de Lauren, eu estava muito ansiosa para encontrar as duas, para mim fazia uma eternidade que as vi, estava me acostumando com a presença de Becca e principalmente Lauren que já estava tão presente em meus pensamentos.

 

- Vem amor! - Henry acenou para mim me fazendo sair dos meus desvaneios.

 

- Estou bem aqui... - Dei um sorriso para ele que se encontrava dentro da piscina e tinha suas mãos apoiadas na borda dela, assim que ouviu o mesmo concordou e saiu nadando até a outra ponta da piscina.

 

          Após a noite anterior Henry se encontrava muito feliz e satisfeito, quando voltamos do jantar meu marido e eu aproveitamos a noite em nosso quarto mas estranhamente eu não me sentia bem, era como se o nosso sexo não fizesse mais efeito a mim, não tínhamos mais a ligação de antes.

 

         Estávamos no deck parte externa da casa e basicamente atrás da mansão, raramente eu ficava naquela parte já que minha vida era uma correria principalmente na ONG. Me ajeitei em uma das espreguiçadeiras que ficavam a poucos metros da piscina, estava olhando uma revista que tinha uma matéria do evento em que Normani participou, era um dos eventos mais prestigiados e com uma frenquente presença de celebridades de todo o mundo, minha amiga deveria está tão feliz. Ao folhear a revista percebi uma outra matéria que me chamou atenção, estava relacionada a um escândalo sobre a
Fashion Carsey, em um estalo de memórias me lembrei que Gillian havia comentado sobre papai ser sócio da marca se isso fosse realmente verdade, ele teria levado um grande golpe. Levantei de supetão da espreguiçadeira e Henry pareceu notar.

 

- O que foi querida?

 

       Ele gritou agora mais afastado de mim já que estava na outra ponta da piscina.

 

- Você viu o meu pai? Preciso que falar com ele.

 

- Eu o vi mais cedo...saiu com Gillian. - Ele disse enquanto fazia impulso para sair da piscina. - Aconteceu alguma coisa? - Henry contornou a borda da piscina enquanto caminhava em minha direção.

 

- Veja essa matéria. - Assim que o mesmo se aproximou eu entreguei a revista a ele, uma de suas mãos tinha uma pequena toalha onde ele esfrergava contra os seus cabelos,  com a outra mão pegou a revista e leu o trecho da matéria.

 

- Papai é sócio dessa marca. 

 

- O que? Todos sabem que essa marca está falida e envolvida em vários escândalos por que ele se envolveria com isso?

 

- Willa trabalha para a marca acho que seria o novo rosto.
      
         foram todos enganados, Gillian deve está arrasada. Pensei ao lembrar da empolgação de minha madrasta ela estava confiante de que iria fazer Fashion Carsey crescer e Willa que já estava nervosa no dia anterior, imagine agora.

 

             ***

 

      O dia passou voando praticamente, durante a tarde aproveitei para ir ao shopping fazer umas compras e comprar um presente para Becca, quando vi àquela pelúcia gigante de um leão eu lembrei dela então com o endereço que Lauren havia me passado por mensagem eu pedi a moça da loja que fosse para entrega, já podia imaginar Becca abraçada com aquele leão gigante que lembrava bastante o da animação do filme.

 

       Ao voltar para casa percebi que Henry não estava o mesmo havia me comunicado por mensagem que sairia com algumas amigos, não questionei aliás eu também sairia aquela noite. Deixei as sacolas sobre a minha cama e logo em seguida me libertei daqueles saltos os deixando no canto do quarto, já estava anoitecendo e isso indicava que logo logo estaria com Lauren e Becca, foi inevitável não sorrir, desde o convite de Becca eu me encontrava totalmente ansiosa para ficar com as duas, me sentia feliz, muito feliz por está ao lado delas.

 

       Após um banho demorado me dirigi até o closet e optei por vestir um vestidinho casual Branco com bolinhas vermelhas por todo o tecido e de alças finas. Não quis fazer uma maquiagem tão pesada, apesar de querer impressionar Lauren sabia que ficaríamos apenas assistindo o filme ela não reparia em mim. Sacudi a cabeça tirando esses pensamentos, eu estava me preocupando bastante com aquilo.

 

       Estou pronta. Pensei ao olhar o meu reflexo no espelho, resolvi deixar meus cabelos em coque preso a uma presilha dourada em formato de estrelas, havia ganhado de mamãe quando criança ao lembrar de mamãe as lembranças dela veio em minha cabeça, sempre formos próximas uma da outra, aliás eu era filha única e sempre fui o maior "tesouro" palavras de papai, para os meus pais.

 

         Resolvi não demorar tanto ali já que pretendia passar em um restaurante e levar alguma coisas para Lauren e Becca, peguei as chaves do carro, celular e uma bolsinha com formato de carteira. Ao descer a escada percebi o cômodo bastante silencioso, como costumava ser, pouco ouvia aquela sala com com vozes, algumas cerimônias eram feitas ali mas tirando isso não era costume encontrar minha família sentados no sofá, se tornava um cômodo tão vazio e me perguntava pra que servia a quela sala tão grande, aqueles móveis luxuosos se pouco usufruímos dele, se tornava uma verdeira exposição.

 

      Enquanto dirigia a caminho da casa de Lauren após passar em um restaurante de comida japonêsa, pelo o GPS percebi que estava bem próximo a sua casa, que também era perto do coffee talvez morasse ali para facilitar seu caminho ao trabalho e com ela morando bem distante do prédio da clínica, pensei no quanto seria distante para ela o trajeto.

 

       Estacionei o meu carro em frente ao seu jardim que estava iluminado com as luzes da varanda  de sua casa, era uma casa simples mas parecia ser bem aconchegante olhando de fora. Peguei as sacolas que eu havia deixado no banco ao lado e sai do carro assim que também capturei as chaves. Percebi que seu jardim era bem limpo e bem cuidado, vi um aparador de gramas próximo a cerca que separava o Jardim da casa ao lado, imaginei Lauren aparando a grama do seu jardim e o quanto deveria trabalhar para deixar tudo organizado, não deveria ser nada fácil para ela, ter que criar uma criança sozinha além de fazer os trabalhos domésticos e trabalhar em dois empregos. Lauren era forte até demais. E ao pensar nela percebi que já estava com um sorriso.

 

       Cruzei o Jardim que não era tão grande e subir os poucos degraus da escada de sua casa, a varanda tinha um balanço próximo a janela que percebi está fechada com as cortinas de dentro, no teto uma luz fraquinha que vinha da lâmpada quase sem forças, acho que alguém tinha que trocar a lâmpada.

 

      Fiz menção em bater na porta mas antes que eu pudesse fazer isso ela foi aberta por Lauren que estava com um short jeans escuro com alguns rasgos e uma blusa branca com uma estampa de um Sol e uma lua juntos, seus cabelos estavam em um coque e a mesma estava descalço, mesmo estando casual Lauren continuava linda, aquela mulher não tinha como ficar feia.

 

- Oi... - Ela falou em um meio sorriso, adorava quando ela ficava sem jeito.

 

- Oi, trouxe comida! - levantei as sacos com as comidas na altura do meu rosto e sua atenção foi para eles, antes que pudéssemos falar mais alguma coisa, Becca apareceu próxima as pernas brancas de Lauren, ela tinha um sorriso sorriu seu rosto.

 

- Oba! Você veio Camila - Ela parecia animada.

 

- Entra - Lauren se afastou da porta para que eu pudesse passar e assim eu fiz, ao colocar meus pés dentro de sua casa aproveitei a mesma fechar a porta para observar a casa, próximo de onde eu estava percebi alguns retratos na parede, um em especial mostrava Lauren ao lado se uma mulher que deduzi ser Olivia, as duas estavam abraçadas bem próximas ao lago, reconheci aquele lago era o do parque.

 

- Não precisava Camila...Eu já estava fazendo comida. - Lauren me ajudou com as sacolas.

 

- Precisava sim... - Becca falou e percebi que a mesma já se encontrava agarrada a grande pelúcia que eu havia comprado, sorri ao ver a cena.

 

- Pelo o visto vejo que gostou do presente.

 

- Eu Amei...deixa só o Harry e o noah saberem que eu tenho esse leão em casa. - Ela abraçou a grande pelúcia como se nunca fosse soltar, enquanto isso simba que já parecia bem maior desde que o vi, estava mordendo a perna do leão e aquilo me fez rir assim como Lauren que também tinha sua atenção voltada a Becca.

 

- Acho que ele está com ciúmes do seu novo amigo. - Lauren falou em meio ao sorrisos enquanto se dirigia para uma porta mais adentro da casa. - Camila você pode ficar avontade...Eu vou só colocar isso na cozinha.

 

       Assenti e fui até o sofá que tinha no meio da sala, a decoração da casa de Lauren era bem peculiar, pensei ao notar um grande desenho na parede.

 

- Mamãe costuma deixar eu desenhar...a gente pinta as paredes e quando acaba eu costumo dar o meu toque. - Becca me explicou ao perceber que eu observava o desenho peculiar.

 

- Oh, o que seria esse desenho? - Falei deixando a cabeça cair para o lado pensando se o desenho parecia de cabeça pra baixo.

 

- Era pra ser um violão com símbolos de música...mas bem, eu não soube fazer. - Becca deu de ombros debruçada sobre a pelúcia que estava no tapete colorido da sala.

 

- Eu achei diferente...você tem talento mocinha - Toquei a ponta do seu nariz com o indicador, Becca sorriu mostrando suas covinhas.

 

- Prontinho! - Lauren apareceu na sala segurando algumas bandejas dos sushis que eu havia comprado para elas e para mim uma salada. Becca parecia animada ao ver as comidas japonesas, ao que parecia ela gostava de shushi.

 

- Posso dar play no filme? - A pequena perguntou e logo sua mãe assentiu, Becca se endireitou em cima da pelúcia e pegou um dos copos de canudinho com suco para logo em seguida apertar o botão do controle e dá início ao filme que tinha a grande abertura da disney.

 

        Antes de sentar ao meu lado Lauren desligou a luz da sala, o seu corpo próximo me fez entrar em alerta, olhei para ela e a mesma me entregou a caixinha com provavelmente a minha salada, agradeci e então olhei pra TV. Mesmo fingindo está prestando atenção no filme eu podia sentir a tensão entre nós, como já havia assistido aquele filmes várias vezes olhei de relance para Lauren, ela parecia distraída com as imagens da TV a sua frente, vez ou outra achava graça de alguma coisa que os personagens faziam assim com Becca que várias vezes dublava as vozes dos personagens. Fitei o rosto de Lauren aproveitando sua distração, seus olhos estavam com uma coloração mais clara e agora iluminados pela a luz da TV, eu poderia descrever Lauren por várias coisas, mas o mais perto que podia chegar era em: Perfeita.  Era incrível como eu ficava admirada pela a beleza daquela mulher mas penso que não foi a sua beleza física que me atraiu, lauren tinha um personalidade incrível, era gentil, companheira, dedicada e podia perceber facilmente isso em como ela tratava Becca e suas amigas, não entendia por que passou tanto tempo sem ninguém, o seu amor por Olivia era tão grande ao ponto dela não querer se envolver com mais ninguém? Eu realmente me questionava sobre isso.

 

- Pensei que não viria... - Sai dos meus pensamentos e vi que Lauren havia sussurrado, Percebi que agora suas íris verdes eram direcionadas a mim.

 

- Eu não cumpro minhas promessas... - Sussurrei para ela, Becca parecia tão distraída que nem notaria nossa falta de atenção ao filme.

 

- Fiquei feliz que tenha vindo...- Sorriu e eu desejei tanto aqueles lábios, eles estavam um pouco úmidos pelo o suco que tomou segundos antes. - Becca ficou feliz também...ainda mais com esse grande leão.

 

- Eu também estou feliz de está aqui... - Sorri ao continuar a fitar seus lábios discaradamente e Lauren percebeu pois fez questão de umidecer eles. Céus como eu queria beija-la.

 

- Olha olha! Vai começar a música! - Becca levantou me fazendo despertar do flerte em que eu sua mãe estávamos.

 

- Você vai ter que cantar com nós, Camila! - Ela falou ao pegar o controle e leva-lo ate próximo a sua boca como se fosse um microfone. - Hakuna matata! É lindo dizer! - Rir ao ouvir a pequena cantar com a mesma empolgaçã em que os personagens do filme estavam.


- Hakuna matata! Sim, vai entender! - Foi a vez de lauren que parecia está acostumada a fazer aquilo.

- Os seus problemas você deve esquecer! - Becca prosseguiu e logo voltou a deitar no leão com suas pernas para o alto.

- Isso é viver, é aprender! - Lauren continuou a cantar enquanto me olhava com um sorriso. Eu só fazia sorriar ao escuta-las cantar.

- Hakuna matata! - Becca cantou mais alto.

- Hakuna matata? - Resolvi entrar na brincadeira das duas, dublando a voz do simba.

- É! É o nosso lema! - As duas falaram juntas e realmente foi em uma sincronia incrível.

- Lema? O que é isso? - Perguntei fazendo uma cara de confusa, aquilo fez Lauren rir e somente Becca prosseguiu.

- Essas duas palavras resolvem todos os seus problemas! - Becca falou animada.

- Hakuna Matata! - Falamos todas juntas dando fim a música, eu me sentia feliz naquele momento  poderia dizer que durante anos não me sentia tão leve e feliz daquela maneira e enquanto via lauren e Becca sorrindo uma para a outra, Percebi que ali eu poderia esquecer de todos os meus problemas e compatilhar do lema delas. Hakuna Matata.

           ***

      Estávamos no segundo filme mas Becca parecia ter capotado, se rendeu ao sono e agora estava dormindo feito um anjinho na pelúcia que não largou desde que cheguei. Fiquei feliz que ela havia gostado.

- Eu acho que alguém dormiu. - Lauren murmurou ao observar sua filha em um sono tranquilo no chão.

- Ela parece está em um sono tão bom...- Vi a pequena dormir e a ao seu lado de cabeça baixa.

- Sabe...essa é a primeira vez que nos divertimos a três, sempre é eu e ela, posso falar por nós duas...- Fitei Lauren que tinha um sorriso em seu rosto. - Adoramos ter você aqui.

- Eu também não divertia a muito tempo...obrigada.

       Ficamos por um longo tempo apenas nos olhando, a tensão entre nós era gritante e tão explícita que meus dedos chegavam a formigar assim como meus lábios eu iria beija-la e no momento não ligava para as consequências que viriam. Não pensei duas vezes, aproximei meus lábios dos seus e para a minha surpresa Lauren parecia está esperando por aquilo já que tomou meus lábios com rapidez, sua língua era quente assim como ambiente que parecja em chamas, talvez fosse o tesão que eu estava sentindo ou o desejo enorme de beija-la. Me sentia quente demais ao sentir sua língua invadir minha boca com maestria, Lauren sabia muito bem o que estava fazendo e eu não queria parar com o beijo tão cedo.

       Por impulso e guiada pelo o desejo sentei em seu colo, com o meu movimento a saia do vestido subiu mais que deveria mas pouco me importei queria provar mais do seus lábios que tinha um sabor adocicado do suco. Lauren urgentemente repousou suas mãos sobre minha coxa e deslizou elas por debaixo do tecido do vestido, me sentia molhada com o seu toque e eu queria mais, queria que Lauren me tocasse por inteira, me fizesse dela a quela noite. Com muito custo afastamos os nossos lábios e nos encaramos por algum segundos, Lauren tinha um olhar diferente, diria de desejo ela queria aquilo tanto quanto eu, estava estampado em sua cara.

- preciso colocar a Becca na cama... - Falou ao beijar o meu pescoço, sentir seus lábios úmidos em minha pele fez minha intimidade latejar de tesão por Lauren. Com muito custo sai do seu colo e ajeitei o meu vestido.

- Não sai daqui... - Levantou do sofá e se aproximou de Becca tendo bastante cuidado para não acorda-la. Não sairia dali enquanto não tivesse uma boa noite de prazer com aquela mulher. Pensei ao observar Lauren levar becca nos braços para outro cômodo.

         
       

 


Notas Finais


Amanhã eu volto com hot...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...