História Destino - Capítulo 28


Escrita por:

Postado
Categorias Arrow
Personagens Felicity Smoak, John Diggle, Oliver Queen (Arqueiro Verde), Sara Lance (Canário Branco)
Tags Arqueiro Verde, Felicity Smoak, Máfia, Olicity, Oliver Queen
Visualizações 245
Palavras 1.315
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Famí­lia, Luta, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá pessoal voltei, espero que curtam e me digam oque acharam sim? FANTASMINHAS apareça, quero vê-los

Capítulo 28 - Jantar!


Capítulo 28- 

POV Felicity

Os dias até o jantar tinham se passado meios estranhos, Moira quase não falava muito comigo e quando fala era um deboche ou sendo sarcástica. Por um lado, era estranho o seu jeito mais por outro eu agradecia aos Céus por ela não implicar tanto comigo.

Thea e eu estávamos arrumando tudo muito bem para o jantar dessa noite, eu estava ansiosa por ser meu primeiro jantar como anfitriã e mal tinha conseguido comer direito esses dias, não tinha fome ou de tanto que andava ficava tonta, Thea até pegou mais leve no treino.

https://www.polyvore.com/cgi/set?.locale=pt-br&id=233856154

Estava com os cabelos soltos e lentes afinal não usaria óculos no meu primeiro jantar, Oliver estava com um terno cinza polido.

-Está linda- ele me elogiou e eu sorri

-Você também não está mal- eu disse dando um selinho nele que pegou minha mão e saímos do quarto rumo a sala

-Não fique nervosa você organizou tudo direito, dará tudo certo- eu assenti e descemos as escadas, algumas pessoas já tinham chegado, fomos cumprimentar elas.

-Paul essa é minha esposa Felicity Megan Queen- eu não corrigi meu sobrenome na sua frente só sorri para o homem.

-Muito prazer senhora Queen- ele disse pegando em minha mão- Essa é minha esposa Mary Lock- eu sorri pra mulher e assim fomos passando de pessoas em pessoas, até que chegamos em Sara e sua família eu deduzi.

-Felicity- ela disse sorrindo e nos abraçamos

-Hoje não sou vadia não é?- eu disse em seu ouvido e ela riu nos separando

-Hoje não loira- piscou

-Lance essa é minha esposa Felicity Megan Queen- Oliver disse peguei na mão de um homem bem mais velho que ele- Lance é o pai de Sara- eu assenti

-E meu pai também- disse uma loira mais alta, essa eu não conhecia- Como vai Oliver?

-Bem Laurel- Eu tentei disfarçar minha cara de surpresa essa era a Laurel? Claro né Felicity Sara não teria outra irmã com o mesmo nome.

-Bom o casamento forçado está indo bem?_ Eu fiz uma careta com suas palavras e vi Sara revirando os olhos

-Não te interessa Laurel- Oliver disse e ela deu de ombros

-Só perguntei afinal ser casado com uma americana deve ser difícil

-Ele é americano também não é como se fossemos de culturas totalmente diferentes- Eu disse e ela me olhou, a encarei quem ela pensava que era? Estava em minha casa não ia falar desse jeito.

-Que seja- Ela disse e Oliver me puxou no momento em que sua mãe chegou toda com sorrisos pra cima de Laurel

-Não liga pra ela- ele disse e eu concordei a contra gosto.

Mais tarde Oliver estava bebendo com alguns homens e eu me juntei a Thea no canto, não estava a fim de ficar conversando sobre casas ou deveres com as outras mulheres.

-Então tirando as conversas chatas o resto está legal- Thea disse e eu sorri

-Bom, as conversas de máfia são sempre chatas- nós rimos

-Thea quando tempo- fomos atrapalhadas por Laurel que a abraçou- Tem algum tempo que não vai a Rússia não?

-Não gosto muito de frio, prefiro Star City- disse e Laurel sorriu, gente essa mulher só sorria?

-A eu entendo, preferiria Star City também, mas americanos andam monopolizando nossa gente- eu sendo a indireta bem direta e revirei os olhos, não gastaria saliva com essa mulher.

-Laurel eu sou americana, não haja como se eu fosse Russa- Thea disse

-Bom mas ainda sim tem sangue Russo nas veias- disse sorrindo mais uma vez e estava me irritando- Foi uma lastima seu irmão se casar por causa de um acordo com a Casa Nostra

-Oi?- eu perguntei, será que ela não tinha me visto?

-O desculpe Felicity mais todos sabem sobre os motivos do seu casamento- eu revirei meus olhos- Oliver poderia ter se casado com uma Russa.

-Mas não casou, se casou comigo e levou alguns cassinos e dinheiro em troca, agora saia da minha frente antes que eu te soque- Disse e Thea começou a rir, Laurel me olhou de cima a baixo e saiu.

-Bem feito pra essa vaca- Thea disse- Eu não a suporto, sempre tentou fisgar o Oliver que ainda bem nunca foi de olhar pra ela, não sei como é irmã da Sara- eu concordei

-Somos duas, elas parecem ser opostas

-E são, Laurel vive na Rússia praticamente nem sei porque veio aqui

-Acho que eu sei- eu disse e ela assentiu

-Minha mãe deve tê-la convidado só pode- eu concordei- Mas você fez bem a colocando no lugar dela, tem de mostrar quem é que manda Felicity- eu sorri pra Thea e fomos ao jantar.

No mais a noite foi boa, eu percebi que Moira não saia do lado de Laurel sempre conversando e sorrindo bom ambas são chatas isso devia uni-las.

Sara não ficou bêbeda, na verdade ela ficou séria a noite toda e Thea me disse ser o fato que alguns nãos gostavam de ela estar em uma posição de poder, eu achei ridículo Sara era melhor que muita gente, isso era machismo isso sim.

Thea não ficou muito perto de Roy foram poucas as vezes que eles ficaram juntos, eu acho que por estar muita gente da Bratva em um local só Thea poderia se sentir desconfortável.

-Bom a noite foi boa sim?- Oliver me perguntou enquanto eu passava hidratante em minhas pernas

-Foi sim, tive alguns imprevistos mais resolvi- sorri e ele olhou

-Que imprevistos?- eu neguei

-Nada com que deva se preocupar, já resolvi eu disse, ele deu de ombros e eu terminei de passar o hidrante e gritei quando senti seu aperto em minha cintura

-Você gosta de me provocar não é?- eu sorri negando e ele beijou meu pescoço- Gosta sim que eu sei Felicity- eu sorri e ele me virou de frente pra ele e eu o beijei, passando minhas mãos pelo seu peitoral e o empurrei em direção a cama mas ele me virou rapidamente ficando por cima

-Talvez eu goste de te provocar- eu falei piscando e sorriu tirando meu sutiã

-Eu gosto de ser provocado- disse se baixando pra beijar meu seio esquerdo, eu suspirei amava quando ele fazia isso, meu corpo tremia todo, eu desci uma mão pela sua bunda e a apertei quando ele mordeu meu bico. O senti sorrindo e voltou e beijar minha boca, senti sua mão descendo em direção a minha calcinha e já esfreguei uma perna na outra, seus beijos molhados desceram pelo meu pescoço e sua mão começou a brincar com minha boceta por cima da calcinha, eu gemi e tentei empurra-lo.

-Quero ficar por cima- eu disse e ele sorriu de lado nos virando de uma vez, eu me abaixei beijando sua boca e descendo os beijos até seu peitoral enquanto ele brincava com meu clitóris por cima da calcinha, eu me abaixei mais e tirei-a enquanto ele tira sua cueca, seu membro estava apontado pra mim, eu mordi meus lábios e me abaixei em sua direção lambendo a cabecinha e dando duas chupadas só- Não, hoje vai gozar dentro de mim- eu disse me levantando e gememos juntos quando eu posicionei seu membro em minha entrada e sentei de vagar, queria prolongar seu prazer, coloquei minhas mãos em seu peito e comecei a cavalga-lo, uma hora rápido outra lenta ele gostava porque gemia meu nome eu aumentei sentindo seu membro endurecer mais, ele começou a brincar novamente com o meu clitóris até que ele gozou, eu vim logo em seguida, suspirei sorrindo e sai de cima dele me deitando ao seu lado.  Ele sorriu me olhando.

-Então quer dizer que temos uma mandona aqui?- eu o olhei e sorri

-Bom eu aprendi com o melhor- disse piscando e ele me deu um selinho

-Somos os melhores- disse piscando e sorrimos suados, eu gostava cada dia mais dos nossos momentos, eram preciosos e único.


Notas Finais


Próximo capítulo alguém disse Ha-ck-er???? Huuuuuum
Recomendações? Comentários?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...