História Destino - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Blackpink
Personagens Jennie, Jeon Jungkook (Jungkook), Jisoo, Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Lisa, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Rosé
Tags Bangtan Boys (BTS), Blackpink, Drama, Família, Romance, Tragedia
Visualizações 6
Palavras 1.899
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi pessoal, tudo bem com vocês ☺️, espero que sim.

Eu venho com mais um capítulo. E ele muito top👌🏻.

Obs: os três primeiros capítulos eu vou dividir (eu esqueci de avisar no capítulo anterior, desculpa 😋) então esse é a segunda parte, amanhã ou segunda (eu acho) eu posto a terceira parte.

Sem mais enrolação
Bora pro capítulo, nos vemos nas notas finais 👋🏻.

Capítulo 2 - Capítulo 2 - O começo (parte 2)


Fanfic / Fanfiction Destino - Capítulo 2 - Capítulo 2 - O começo (parte 2)

Seodaemun-gu, Seul Coreia do Sul

24 de Agosto de 2011

Sábado

Mansão dos Jeon - 07h0min




Lisa abria os olhos lentamente. - Ai, que dor de cabeça. - sua cabeça latejava, por causa da bebida de ontem a noite. - Onde eu tou? Não está parecendo o meu quarto.

As lembranças não vinham. Até ela perceber que estava sem suas roupas.

- Não! Não, não, não, não! Não pode ser!

- Não pode ser o que? - Jungkook aparece na porta do banheiro.

- Ahhhhhhh!! - ela gritou se cobrindo - O que tá fazendo aqui!?

- Pare de gritar! Não sou surdo.

- Você não respondeu minha pergunta! O que tá fazendo aqui?

- Eu moro aqui. - falou ele, como se aquilo fosse obivio.

- O QUE!!!!!!

- Já mandei você para de gritar, caramba!

Ela não conseguia acredita que aquilo tava acontecendo. Ela e o Jungkook não fizeram isso, fizeram? Ela estava com medo de acreditar.

- Só para você saber, nós fizemos sim, o que está pensando. - falou ele.

Ela ficou aterrorizada, era impossível isso ter acontecido. Mais ela estava bêbada, ele também, como iria ter raciocínio naquele momento.

- Nós se prevenimos, né?

- Porque a pergunta?

- Responde a pergunta!.

- Se eu não quiser.

- É sério!

- Relaxa, isso não vai acontecer, nós se prevenimos.

Ela ficou um pouco tranquila. Ficou tranquila porque se preveniu, por outra parte não, porque aquilo não era para ter acontecido.

Lisa percebeu que Jungkook olhava pra ela.

- Porque está me olhando assim? - ele saiu do transe, a olhando nos olhos.

- O que?

- Porque estava olhando pra mim?

- Bem... - ele se engasgou com as palavras - Você está assim na minha cama, como quer que eu não te olhe?

Ela se olhou, e percebeu que o que só lhe cobria era apenas o lençol.

- Eu..... - gaguejou - Vire - se! - falou com autoridade.

- O que?

- Vire - se ou saí?

Ele deu um sorriso sarcástico, e saio, deixando ela sozinha no quarto.

- Ahhhh... - ela voltou a se deitar - O que eu fiz da minha vida nesse exato momento? - se lamentou.

Lá ela ficou deitada, refletindo, ela dormiu com o cara que ela odiava/amava, ela era pra se sentir azarada ou sortuda, se fosse como as outras garotas da universidade, se acharia a menina mais sortuda do mundo, mais não era assim que se sentia.

Sem perder mais tempo, Lisa se levantou e começou a se vestir. Quando terminou de se vestir, com a mesma roupa de ontem da festa, saiu do quarto. Jungkook não tava lá, supôs que ele estivesse lá em baixo, na cozinha. A casa era enorme, sua casa era grande, mais não era de se superar.

Chegando na cozinha ela, viu que ele estava se servindo e sem perder tempo, se sentou na cadeira de frente para ele.

Ela ficou olhando aquela comida como se fosse o paraíso. Como estava com fome.

- Pode se servir.

- Seus pais não vem?

- Eles foram em uma viagem a negócio de trabalho. - falou como se quiser dá o fim nessa conversa.

- Tudo bem.

Ela ia pegar um croissant, mais seu celular tocou, quando ela tirou o celular no bolso, viu mensagens de Rose e de seu "PAI".

- Pai? - falou sussurrando.

- Quem é?

- Uh? - ela tirou a atenção do celular para encará lo. - Nada não, é só uma mensagem. - mentiu.

Ele estreito os olhos, desconfiado, pra ela. Ela se levantou para ver a mensagem.




"Rose: cadê você Lisa? Foi pra casa? - 00:10

Rose: porque não responde? - 00:15

Pai: Eu e sua mãe estamos no aeroporto, estamos indo para a Austrália. Se comporte. Nós te amos. Tchau. - 6:30"





"Como sempre", falou em seu pensamentos. Ela voltou pra mesa, tomou o café, se dizer nem uma palavra. Jungkook não quis perguntar, mas sua curiosidade era muita. Ele há levou para casa, no caminho Lisa não falou uma palavra. Chegando em casa ela o agradeceu e, depois viu o carro dele sumir pela a estrada.

Ela entrou em casa, não via a hora de ir para o seu quarto, ir pra sua cama....

- Onde a senhorita estava?

- Ahhhhhhh! - a loira levou um susto - nunca mais faz isso, Sra.Yu!

- Você não respondeu a pergunta.

- Estava na casa da Jennie. - falou engolindo em seco.

- Sério! A pois ela acabou de me ligar perguntando se você tava em casa, pois estava muito preocupada.

Lisa gelou, não poderia dizer que estava com um menino.

- Uh! Me lembrei, eu tava na casa de uma amiga que você não conhece, é isso! - falou

Sra.Yu estreito os olhos desconfiada, mas deixou passa. Então ela subiu para o seu quarto e trancou a porta e, foi pro banheiro, para tomar um banho quente, e coloca uma roupa confortável. Quando fez tudo isso ela pegou o celular para ligar pra Jennie ela viu muitas ligações de perdidas, e então resolveu ligar pra Jennie para contar o que aconteceu.

- Alô.

- Jennie, oi sou eu.

- Lisa onde você tava, eu te liguei um monte de vezes e você não atendia.

- Se eu te contar você não vai acreditar.

- E se você não contar, eu te dou um tapa pelo o celular. - falou brava.

- Calma não surta.

- Anda, fala logo!

- Eu estava com o Jungkook!

- O QUE!!!!!

- Fala baixo!

- A fixa ainda não caiu, como assim com o Jungkook!

- Também pra mim a fixa não caio.

- Vocês se previmiram, não se previmiram?

- Ele diz que sim, eu não sei? Espero que sim!

- Relaxa, se ele disse que vocês se previmiram, não precisa se preocupar.

- Você achar?

- Acho. - falou ela a tranquilizando - Para fazer você esquecer, vamos fazer compras?

Lisa riu, ela tinha sorte de ter uma amiga como a Jennie. - Você achar que eu vou recusar um convite desses? - ela ouviu Jennie rindo do outro lado. Naquela dia ela se esqueceu de todos os seus problemas.






1 mês depois.....

Seodaemun-gu, Seul Coreia do Sul

10 de Outubro de 2011

Universidade Yonsei - 13h00min






- Lisa? Lisa!

- Uh?

- Você está mais distante nós últimos dias! Está acontecendo alguma coisa?

- Não sei nós últimos dias, eu tô comendo muito, mas sempre eu boto tudo para fora, também eu sinto muito sono e, tô me sentindo mais gorda.

As meninas se entre olharam, pois a Lisa estava muito estranha, muitas vezes ela chegou a desmamar. Elas estavam muito assustadas, elas sabiam que ela e Jungkook ficaram uma noite, e elas estavam suspeitando de uma gravidez.

- Lisa já parou para pensar que você pode estar grávida?

- O QUE?!?!? - Lisa cuspiu todo o conteúdo para fora sem acreditar. - Do que você tá falando?

- Você e o Jungkook....

- Não! A gente se preveniu! Então isso tá fora de cogitação! - falou dando um fim no assunto.

Então as meninas se calaram, Lisa estava muito nervosa, era sempre quando estava nervosa que ela desmaiava.

- Eu vou no banheiro! - falou Lisa, se levantando da mesa, com a mão na boca. As meninas a seguiram. Chegando no banheiro Lisa, botou tudo pra fora, em quanto Rose segurava seu cabelo.

- Lisa, é melhor você ir para casa, você não está bem!

- Não! - falou, se levantando e indo até a pia, para lavar a boca. - Eu aguento.

- Lisa....

- Eu já disse que aguento!

Todas se calaram. - Vou pra sala, e não precisão falar com a diretora, eu estou bem. - falou saindo do banheiro.

Elas viram Lisa sair do banheiro, e se entre olharam.

- Eu vou pra sala também, tchau pra vocês! - falou Jisoo.

- Você não vem Jennie?

- Eu já vou, podem ir na frente.

- Ok.

Jisoo e Rose saíram do banheiro deixando Jennie que ficou para retocar a maquiagem. Quando terminou, ela se olhou mais uma vez no espelho, e saiu. Mas quando saiu ela foi puxada pelo o braço e, foi arrastada até um corredor bem afastado, foi jogada brutalmente para a parede, mas não teve tempo de falar, pois sua boca foi tomada por um beijo, feroz e urgente, ele pedia passagem com sua língua e, ela o deu passagem, suas línguas dançava perfeitamente, como se elas se completassem.

- Senti muito sua falta - falou com a voz entre cortada por causa do beijo.

- Eu também. - falou ela.

O beijo foi cessando, com selinhos, até conseguir só ouvi as respirações ofegantes. Quando as respirações estavam voltando ao normal, ela olhou pra ele.

- Isso é errado. - falou ele. - O que a gente está fazendo é errado, ele é o meu amigo e seu namorado.

- Ei! Ele errou primeiro, me traindo - falou, segurando o rosto dele - Eu achei que ele me amasse, mas eu estava enganada. - seus olhos se encheram de lágrimas.

Ele levou sua mão no rosto dela, e enchugou as lágrimas que caíram de seus olhos. - Ei! - chamou. - Eu tô aqui agora, não precisa mais chorar.

Ela sorriu e o abraçou, ele a puxou pela a cintura, dando o conforto que ela merece, ele juro que nunca mais ia ver sua amada chorando. Nunca mais!

Jennie não queria o soltá-lo pois ele se tornou seu porto seguro, aquele que ela chamava de abrigo, traiu sua confiança, e aquilo a machucava. Mas ela encontrou alguém que podia falar suas dores e confiar.

- Suga. Eu te amo!

Ele sorriu, não podia estar mais feliz, pois a pessoa que sempre amou, estava em seus braços. - Eu também te amo.

Na sala de aula, Lisa não conseguia presta atenção no que o professor estava explicando. Sua visão estava embaçado.

- Sra.Manoban. Está prestando atenção?

- Uh? Sim tô sim professor.

- Então gostaria de vim ao quadro.

Lisa olha pra trás vendo, Jisoo e Rose, menos Jennie, lhe olhando também, com cara de preocupadas.

- Por favor Sra.Manoban, venha. - falou o professor, então ela se levantou, sua visão ficou turva, mais ela seguir até o quadro. Mas chegando lá, bateu uma tontura, e sua visão ficou preta, então ela caiu.

- Lisaaaa! - foi tudo que ouviu quando apagou.





Seodaemun-gu, Suel Coreia do Sul

Hospital Central - 17h35min






Lisa corda, com os olhos fechados, a cabeça doendo muito, quando abre os olhos, se depara com uma luz muito forte, e num lugar que ela não faz a menor ideia. Alguém entrar no quarto.

- Que bom que você acordou.

- A onde eu tô? - perguntou confusa.

- Está no hospital.

- Hospital?

- Sim. - falou a médica. - Você desmaiou na escola e te trouxeram pra cá.

Lisa então se lembrou. - Eu me lembro. Mas então eu posso ir pra casa?

- Pode sim, mas você precisa esperar o seu exame, por precaução, a gente fez o exame de sangue.

Ela assentiu. - Tudo bem. - então Lisa esperou o seu exame ficar pronto. Quando ficaram, a médica a chamou pra sua sala.

- Então. Estão aqui seu exame. - a médica o entregou pra Lisa.

Ela estava com medo. - Poderia abrir pra mim? - perguntou para a médica.

- Claro. - a médica então abriu, Lisa viu que quando a médica terminou de ler, ela sorriu. - Parabéns! - disse a médica feliz.

- Pelo o que? - perguntou confusa.

- Você vai ser mamãe!










                                   Continua....


Notas Finais


O que acharam?

O Suga chegou, chegando. Logo com a Jennie, vai dá problema 😂

A Lisa está grávida 😱! E agora?

Só esperar o próximo capítulo para saber.

Então por hoje é só.
Até a próxima 👋🏻.
Tchau 🥰
Bjs ❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...