História Destino -Camren Camila G!P - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Ally Brooke, Camila Cabello, Demi Lovato, Dinah Jane, Fifth Harmony, Harry Styles, Lauren Jauregui, Louis Tomlinson, Normani
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Demi Lovato, Dinah Jane Hansen, Harry Styles, Lauren Jauregui, Louis Tomlinson, Normani Hamilton, Personagens Originais
Tags Camila Cabello, Camren, Lauren Jauregui, Manuella Cabello
Visualizações 1.271
Palavras 1.065
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Sorry pela demora kdkkdk

Capítulo 6 - Capítulo 6 Lauren.


Fanfic / Fanfiction Destino -Camren Camila G!P - Capítulo 6 - Capítulo 6 Lauren.

Acordei era 9h com Manu pulando na cama, me sento coçando meus olhos e abro lentamente meus olhos para me acostumar com a claridade.



-Manu o que foi? -Pergunto bocejando.

-Xixi Lolen. -Fala ainda pulando.

-Meu Deus vamos ao banheiro. -Me levanto da cama e pego ela no colo que nem avião e corro pro banheiro ouvindo ela rir. Coloco ela no chão em frente ao ralo do box e abaixo a cueca dela. -Faz assim, segura seu pintinho e aponta para o ralo ali. -Mando e ela faz o que eu falei e começa a fazer xixi. -Isso princesa, só por isso você merece panquecas, gosta?

-Xim goto muitão tia Lolen. -Fala feliz enxugando as mãos na toalha que dei a ela.

-Então vamos tomar banho para irmos a uma lanchonete que tal? -Pergunto tirando a roupa dela e colocando no sesto de roupa suja.

-Xim tia Lolen. -Fala e eu coloco ela na banheira.



Começo a dar banho nela e escovando os dentes dela também, depois de banhar pego a toalha e enrolo ela indo pro meu quarto, pego uma calcinha box da minha irmã que tinha ali nova e vesti nela por enquanto, vesti a mesma roupinha nela já que eu lavei e deixei enxugando. Manu já prontinha deixo ela assistindo videos de desenhi no meu celular e vou tomar banho, minutos depois termino o banho e me enrolo na toalha indo para meu closet, visto as roupas íntimas e opito por uma blusa branca, uma calça jeans e uma jaqueta preta, penteio meu cabelo e depois volto pro quarto para pentear o cabelo de Ella.


Assim que termino de me arrumar e de arrumar Manu, já era 10:25 da manhã, sai de casa trancando a mesma e começo a andar com ela brincando enquanto iamos em direção a lanchonete.



-Eu vou pegar você e vou te fazer um montão de cosegas. -Falei tentando pegar Manu no braço

-Aaahhhh socolo, Lolen que me pegar. -Rio pegando ela e a atacando com cosegas. -Lolen naum hahaha. -Ella me agarra escondendo seu rosto na curva do meu pescoço.

-Ella. -Ouço e olho pra frente vendo uma mulher com as bochechas rosadas e os olhos cheios de lágrimas.

-PAPA. -Grita Manu e eu coloquei ela no chão que vai correndo para onde a mulher estava e a abraça fazendo a moça sentar. Fiquei ali parada olhando para as duas com um sorriso de lado, mas voltei para terra quando vi a mulher na minha frente com a cara vermelha de raiva.

-Quem é você? Porque você fez isso? Você é louca? Eu vou te matar por ter feito isso. -A mulher falava me empurrando.

-O que? Eu não estou entendendo. -Olho pra ela confusa e depois olho pra Manu que estava atrás da mulher me olhando com um bico enorme. 

-Você sequestrou a minha filha! -Exclama irritada se controlando para não me bater. 

-Opa, eu não sequestrei ninguém moça dos olhos castanhos lindos. -Falo me rendendo vendo suas bochechas corarem. -Eu a vi ontem a noite na rua sentada chorando, a unica coisa que ela falou foi "papa", eu a peguei no colo e ia perguntar onde ela morava, mas ela acabou dormindo no meu braço, então eu a levei pra minha casa, esquentadinha.

-Co-como assim, filha foi verdade? -Pergunta e a Manu concorda. -Eu pensei que você sequestrou ela. -Pega ela no colo.

-Não não, nunca faria isso, eu só a levei pra minha casa, não sabia que ia dar nisso, desculpa moça dos olhos castanhos lindos. -Peço tirando os oculos escuro.

-An.. an.. ok, hm, tudo bem, desculpa também, é que eu só tenho ela e não suportaria isso. -Fala agarrada a filha.

-Eu sei como se sente. -Falo sorrindo de lado. -Então já que Manuzita está com sua papa eu vou indo nessa.

-Naum tia Lolen, vamo binca, mai eu to com fome. -Fala fazendo biquinho e eu rio. 

-Ok ok, então vamos comer. -Falo colocando meu oculos escuro em Ella. -Quer dizer, se sua papa quiser.

-Deixa papa pul favou, vai papa? -Pede juntando as mãozinhas e eu a acompanho fazendo o mesmo.

-Pul favou papa? -Falo e a moça rir corada.

-Ok, mas vamos no orfanato da sua dinda primeiro para avisar que eu te achei e que você está bem. -Fala e Ella concorda. -Vamos é...?

-Lauren Jauregui. -Falo entendendo a mão e ela pega em um comprimento.

-Camila Cabello. -Sorri de lado e me da as costas andando na frente e eu a sigo olhando pra sua enorme bunda. Não é atoa que essa Dj chama ela de bunduda.



Caminhamos ate uma casa enorme em frente onde achei Manu, o orfanato era lindo, tinha crianças brincando na área onde passamos para entrar na enorme casa e tinha mais crianças brincando na sala.



-Dj olha quem eu achei. -Camila Fala e uma mulher enorme parecida com a Beyoncé se vira e abre um enorme sorriso.

-Dinda. -Ella exclama e a cópia pirata da Bey corre ate nós e pega Ella começando a girar e Ella rir.

-Meu amor, a dinda nunca mais vai tirar os olhos de ti, nunca mais mesmo. -Fala a bey do Paraguai. -Onde você a encontrou?

-Ela estava com a Lauren a 3 ruas daqui. -Camila fala apontando pra me. -Foi essa mulher que Mah disse que pegou Ella.

-Olha aqui sua cosplay de fantasminha camarada, Edward Cullen, Branca de Neve, vela de 7 dias, espermatozóide, talco de nenê...

-Tão carinhosa sua amiga Camila. -Sussuro pra ela que rir.

-Ate que ela ta te xingando, me surpreendi porque ainda no voou pra cima de você por ter "sequestrado" a vida dela. -Sussurra entre aspar tentando não rir.

-Sua ursa polar. -Fala a bey do Paraguai me olhando como se fosse me matar. -Quem é você para fazer isso em? Eu e essa praga estava morrendo de preocupação, ela mal comeu e mal descansou porque você fez isso.

-Olha me desculpa, eu não fiz por intenção nenhuma, ela estava chorando muito e mal falava, não sabia onde ela morava e eu não ia sair batendo de porta em porta pra saber onde ela mora. -Falo me sentindo culpada por deixar elas preocupadas.

-Eu devia ligar era pra polícia isso sim. -Fala irritada colocando Ella no chão que corre para perto de mim.

-Tia Lolen vamo comer, fomi. -Fala fazendo bico.

-Eita vamos logo, vamos olhos castanhos lindos? -Pergunto e Camila concorda. -E mais uma vez me desculpa. 







Depois de conversar mais um pouquinho com a Dinah, Camila, Manuella e eu fomos caminhando para a lanchonete pra comermos tudo que quisermos por minha conta.


Notas Finais


Comentem e favoritem se estiver gostando


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...