1. Spirit Fanfics >
  2. Destino Controverso >
  3. I Promises

História Destino Controverso - Capítulo 15


Escrita por:


Notas do Autor


⚠️ LEIAM AS NOTAS FINAIS ⚠️

Capítulo 15 - I Promises


Pov Selena

Eu esperava ansiosamente pela chegada do George da escola, havíamos combinado de fazer um bolo para o café da tarde. Encontrava-me no quarto que divido com a Lauren deitada na cama e mexendo no celular que ganhei de Demetria, só que não foi ela que me entregou, e sim Normani. Eu sabia mexer por ter tido um antes de vir pra cá e por Camila, Ally e Big Rob sempre deixar eu mexer no deles.

Estava vendo uma série na Netflix quando a porta foi aberta revelando a Lovato, não liguei para a sua existência ali, apenas continuei assistindo. Pela minha visão periferia pude vê-la se aproximar, deixar algo no criado mudo e sentar ao meu lado tirando cuidadosamente os meus fones de ouvidos, antes que eu pudesse falar algo ela começou.

- Eu fui uma idiota nos últimos dias te tratando da maneira na qual tratei, você está passando por muitas coisas nesses últimos dias tendo que falar tudo o que passou, fazer exames muito desconfortáveis e eu devia estar ao seu lado como disse que estaria naquele dia que a Lauren viajou. – fez carinho na minha bochecha esquerda – Não pedirei desculpas – soltei uma pequena risada e ela sorriu – Mas para me redimir te levarei para um encontro como já disse que faria, claro se você quiser – ficamos no olhando por longos segundos e em momento algum o seu carinho cessou – Você quer?

- Quero – disse baixinho assentindo ao mesmo tempo, ela abriu um grande sorriso e eu a acompanhei.

Demetria colocou uma mecha do meu cabelo para trás da orelha, lentamente estava aproximando seus lábios dos meus, fechei os olhos para sentir melhor o que aconteceria a seguir, finalmente beijaria alguém que eu gostava e não de maneira obrigada. Entretanto, creio que aquele momento não era o certo para isso acontecer, porque quando nossas bocas estavam a milímetros de distância a voz do meu filho se fez presente do outro lado da porta, Demetria se afastou e foi abrir pra ele enquanto eu me sentava para recebe-lo.

- Mamãe – exclamou correndo até mim, nos abraçamos bem apertado.

- Salut mon amour – lhe dei um selinho como fazemos desde que ele tinha uns 8 meses – Como foi na escola? – Demetria fechou a porta e veio até nós sentando-se ao nosso lado, já que o meu pequeno estava no meu colo.

- Legal, depois que a tia Dinah foi lá e colocou medo nos meninos que mexiam comigo, ninguém nunca mais mexeu comigo – dizia todo alegre e eu podia sentir o alivio dele de não ter que lidar com comentários maldosos.

- Que bom meu amor que você está gostando mais de ir para a escola e que ninguém está mexendo com você – arrumei seus cabelos – Mas você sabe que o que a sua tia Dinah fez foi errado, certo? – assentiu, já não estava mais sorrindo.

- Não é ameaçando e colocando medo nas crianças que as faremos parar de praticar Bullying – acrescentou Demetria.

- E como é? – passou para o colo dela para cumprimenta-la.

- Ameaçando e metendo medo nos pais delas – soltou me fazendo instantaneamente arregalar os olhos, reação que provocou uma risada gostosa no meu filho.

- Demetria! – repreendi lhe dando um tapa no braço, ato que fez os dois bocós rirem mais.

- Brincadeira George, só usamos desse recurso em último caso, quando ninguém resolve nada e várias reclamações já foram feitas – corrigiu a situação sobre o meu olhar mortal.

- Está bem tia Demi – sorriu e deitou a cabeça em seu ombro.

Ficamos juntos conversando e comendo os biscoitos que Demi havia trazido até Ally vir nos avisar que a cozinha estava liberada para George e eu fazermos o bolo, descemos os três, Demetria nos observou cozinhar na companhia das meninas que não paravam de falar besteiras um minuto sequer, mas nada inapropriado por conta do George.

Tomamos o café da tarde no mesmo clima em que estávamos o preparando, meu filho brincava no parquinho que tinha no jardim exclusivamente para ele, enquanto continuávamos a nossa conversa.

- Sel você terminou os estudos depois que veio pra cá? – Miley perguntou tomando um gole do suco de laranja, eu e ela não tivemos muitas oportunidades para conversas, mas as poucas palavras que trocávamos era o suficiente para nos classificar como boas colegas.

- Terminei sim – levei até a boca uma colher da salada de fruta que Camila havia feito enquanto George e eu fazíamos o bolo – Lauren contratou um tutor e Big Rob tinha que o vigiar enquanto ele me dava aula.

- E depois que você terminou fez alguma outra coisa para se profissionalizar? – Demi perguntou ao meu lado, depois que descemos do quarto ela não saiu do mesmo cômodo que eu, não ficou colada em mim, mas permaneceu onde eu estava.

- Fiz, mas não foi pela Lauren – me olharam confusas, sinal de que era para eu falar mais – Lauren era obrigada a arcar com a minha educação básica, agora descobri que era por conta do contrato. Depois que me formei ela não tinha mais que arcar com nada, mas a Ally me ajudou a passar em uma boa faculdade online e cuidou de tudo para Lauren não saber, como eu tinha tempo de sobra terminei o conteúdo de quatro anos em dois – me olharam impressionadas.

- Ela nunca descobriu? – Miley estava surpresa.

- Não, porque eu usava o Netbook da Ally e os cadernos ficavam no quarto da Camila por ser o único cômodo que ninguém entra sem a permissão dela – expliquei.

- Nem consigo imaginar o porquê – Lauren comentou fazendo Camila a olhar com os olhos semicerrados – Fez faculdade de que pequena Gomez?

- Comunicação Social e mês passados terminei a especialização em Publicidade e Propaganda – sorriram com a informação extra.

- Onde estão os diplomas? – Demi pegou um pouco da minha salada de fruta.

- Na casa da Camz, quando tudo isso acabar eu vou lá com ela pegar – seria um sonho realizado pode pegar os meus diplomas, eu só tinha visto eles por fotos, optei por mandar para a casa da Cabello por não querer correr risco com a Lauren, ela estava muito em cima de mim e de tudo o que eu fazia, nem sei como consegui terminar aquele último mês de especialização.

- Isso é muito bom porque você tem capacitação para trabalhar em uma empresa do ramo, não vai começar com um ótimo salário, mas o suficiente para manter-se e manter o George – Normani comunicou, nem tinha parado para pensar nisso.

- Todas nós temos contatos, você não ficara desemprega e nem muito tempo sem o George – Dinah afirmou e eu dei um pequeno sorriso, doía saber que teria que ficar sem o meu filho por um tempo, olhei para ele e o mesmo estava brincando no balanço todo alegre, sem ter a mínima ideia de que não me teria por perto daqui um tempo.

- Lauren não vai poder sumir com ele né?

- Não, porque assim que você sair dessa casa o processo de guarda vai ser aberto – Demetria explicou.

- Mas ela pode pagar quem ela quiser para sair de Los Angeles – lembrei.

- E eu posso ameaçar e pagar quem eu quiser para manter ela em Los Angeles – me encolhi um pouco diante daquele comentário, as vezes eu esquecia que ela era psicopata, não teria receio algum em matar alguém.

- Certo, gente vamos encerrar essa pequena resenha maravilhosa aqui porque temos muito para fazer ainda – Normani levantou chamando as meninas com ela, a única que ficou foi a Lovato, observando junto a mim o George.

- Eu prometo que ele vai ficar com você – disse no meu ouvido – O que é umas semanas perto de uma vida inteira? – nos encaramos – Eu prometo Sel – garantiu novamente e eu assenti voltando a minha atenção para o meu miúdo.


Notas Finais


Hey Babys, sei que demorei um pouco para atualizar dessa vez, as últimas atualizações que fiz num curto espaço de tempo foi um mimo para vocês, porque sabia que depois que eu entrasse na faculdade seria um pouco difícil postar. Mas aqui estou eu, aproveitando a quarentena causada pela COVID-19 para distrair vocês de alguma forma. Espero que todos esteja bem, que estejam seguindo as recomendações dadas pelo Ministério da Saúde, recomendações essas que estão praticamente em todos os lugares, principalmente nos jornais. Já passamos por muita coisa, esse será mais um desafio. É só cada um fazer a sua parte individualmente pensando no coletivo, lembre-se, não é só sobre você, é sobre todos nós e vocês fazem parte desse todo.

- Até o próximo capítulo!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...