História Destino ( Markson 2Jae YugBam) - Capítulo 18


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, Got7, K.A.R.D
Personagens B.M, BamBam, Jackson, JB, Jinyoung, Mark, Somin, Youngjae, Yugyeom
Tags 2jae, Drama, Fluffly, Jinyang, Lemon, Markson, Romance, Tragedia, Yugbam
Visualizações 1.139
Palavras 886
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Hentai, Lemon, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 18 - Apenas Aproveite


 O beijo continuava, mais logo foi se evoluindo transformando em um beijo cheio de desejo de ambos os dois.

 Tratavam uma batalha por espaço, até Mark perceber que já estava no colo do maior.

 

_ Jack... acho melho... – JackSon interrompe sua fala lhe dando um selinho.

_ Shiii... Apenas aproveite hum? – diz ao se separarem e distribuindo chupões no pescoço do menor.

_ Jack... – fala entre gemidos baixos.

 

Jackson troca as posições, deixando Mark em baixo deitado de costas no sofá, e com as pernas em volta de seu corpo. Coloca a mão dentro da camisa que o menor vestia e logo a puxa para cima, deixando o ABS bem definido de Mark a mostra.

 

‘’ Que corpo maravilhoso, meu Deus ’’ – Jack pensava.

 

 

 Continua com os beijos e chupões pelo seu pescoço, foi descendo os toques deixando uma marca em cada canto de do corpo de Mark, que respondia a cada toque pelo qual o maior dava.

 

 Foi descendo seus atos até a barra de sua calça, não perdendo tempo tirou a mesma com rapidez.

 Ja tirada a calça e sua box ja molhado com pré - gozo, Jack acaricia aparte interna sua coxa, causando arrepios em Mark.

 Subiu sua mão ate sua virilha segurando firme o local.

 

_ Jack... - Mark implorava pelo contato.

_ Calma meu amor... - vai a sua altura lhe dando um selinho demorado.

 

 Voltou ao seu "trabalho" e agora a passar a mão pelo seu membro, ouvindo Mark gemer baixinho o que não era ruim, saber que Mark esta totalmente entregue a si era a melhor sensação.

 Começou uma lenta masturbação no menor que se contorceu devagar.

 

_ Annw mais Jack... - implorou o moreno mordendo o lábio para que não gemesse mais do que ja gemia.

 

 Jack assenti aumentando o rapido dos movimentos, fazendo assim que logo Mark chegasse ao seu limite se desfazendo nos dedos do maior. O olha e lambe os dedos o olhando nos olhos deixando Mark corado e virando o rosto de lado. Jack fica de joelhos na cama indo ate Mark e o beijando com certa necessidade, tinha gosto doce o que provavelmente era vestígios de esperma de segundos atrás.

 

_ Hey Baby... - se aproxima de seu ouvindo - O seu gosto é maravilhoso.

 

 Mark estava envergonhado, mais não poderia esconder que estava totalmente feliz e satisfeito por esse momento.

 Jackson se posiciona entre as pernas do menor, tirando ele mesmo sua calça, então direciona depois dedos a sua boca.

 

_ Vamos, chupe - diz altoritario fazendo com que Mark faça de imediato.

 

 Aceitava a todos seus comandos olhando sempre nos olhos, sabia como provocar.

 Jackson senti os depois lubrificados o suficiente então os direciona a sua entrada. Mark pressiona os olhos se preparando para o contado. Jack introduz um dos dedos em seu interior, fazendo o menor dar um gemido arrastado.

 

_ Ande com isso Jack... - diz ja impaciente, esta louco para senti-lo dentro de si, em outros pontos isso poderia soar ate engraçado.

 

 Jackson logo introduz o segundo dedo formulando movimentos de tesoura para seu preparo. Alguns segundos e Mark implorava por mais e mais, Jack esta surpreso pela sua necessidade nunca pensaria algo assim de vindo de um garoto que antes pensava inocente.

 Se ajeitou entre suas pernas e logo encaixa seu membro na estrada de Mark, era cuidadoso, não queria o machucar então foi devagar.

 Jack introduzia seu membro na entrada apertada do menor que gemia muito e auto. Depois de sentir que estava por completo dentro dele, esperou alguns estantes para que se acostumasse, e nesse meio tempo distribuía selares e chupões em seu pescoço para se distrai - lo.

 Depois de alguns minutos Mark rebolava de leve em membro pedindo por mais contato. Jack entende o recado e começa a estoca-lo em piedade, forte e fundo tirando gemidos de dor e prazer de Mark.

 

_ Annw Jack... Vai devagar - diz apertando os lenções.

 

 Jack diminui os movimentos mais sem sessa–los.

 

_ Me chame de Daddy - diz dando um tapa na sua coxa, fazendo o mesmo gemer arrastado.

_ Ahhh D-daddy, mais hm... - diz com dificuldade.

 

 Jackson segura firme a cintura de Mark, assim aprofundando as estocas.

 Logo Mark se desfaz em seu abdômen, contraindo sua entrada fazendo Jack soltar um gemido arrastado e logo sente ser preenchido por um liquido quente dentre de si.

 Jackson se joga na cama cansado e ofegante e Mark nao estava diferente, Jack vira o menor para ficar de frente para o mesmo e inicia um beijo cheio de amor e necessidade.

 

_ Vem, eu vou te dar um banho - Jack diz pegando o menos no colo que por estar muito cansado cochilava em seu ombro.

 

 Levou Mark ate o banheiro e colocando na banheira, liga mesma no morno, fazendo com que Mark arrepiasse com o contato pelo choque térmico. Jack de posicionou atrás de Mark que ficou encostado em seu peito, assim Jack o lavou e lavou seu cabelo, e tambem tomou seu banho.

 O levou para o quarto e vestiu uma de suas roupas e colocou na cama.

 

_ Jack, a minha Omma... - diz sonolento.

_ Ligarei para ela, não se preocupe - disse deixando um selar em sua testa - Te amo Baby.

_ Hm, tambem te amo Jackie - sorri.

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...