História Destino ou coincidência? (Imagine JungKook-BTS) - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Visualizações 39
Palavras 1.250
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Festa, Hentai, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Cross-dresser, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi JungKook baised/Utted.
Vocês vieram no lugar certo.
Espero que gostem,de coração.

Capítulo 1 - CAPÍTULO l.


Fanfic / Fanfiction Destino ou coincidência? (Imagine JungKook-BTS) - Capítulo 1 - CAPÍTULO l.

DESTINO OU COINCIDÊNCIA?—Capítulo l.


—Qual o seu nome? —Pergunta o homem cujo a voz era doce.



—Me chamo S/N. —Sorrio olhando pra câmera.




— De onde você é?—Pergunta o entrevistador pondo o microfone perto de minha boca.



— Sou do Brasil! — Balanço a bandeira que estava em minhas mãos.



— Brasil?! — Pergunta surpreso.



— Sim! — Falo entusiasmada.



— Uau! Belo país. — Sorri simpático. —O que veio fazer na Coréia?



— Sempre gostei muito daqui,embora seja minha primeira vez,mas sempre quis saber como é e aqui estou eu. —Sorrio.



— Quais cidades já visitou?



—Como cheguei ontém á noite não pude visitar,mas de cara Hondae é muito bonito e populoso. —Balanço a cabeça concordando comigo mesma.



—Espero que tenha sorte por aqui. —Dá uma risada gostosa e simpática. —Muito obrigado pela entrevista S/N. Espero que goste dos shows. —Reverencia sentado e eu faço o mesmo,ele se vira pra câmera —Vamos para os comercias,não saia daí.—Aponta pra câmera piscando.



O homem me agradece de novo e em seguida desce da plateia e vai para o centro do estúdio onde uma Staff o maquea. Meu coração estava por sair pela boca. 



Ainda bem que minha amiga recomendou que eu me inscrever-se pra ser sorteada pra entrevista.



Depois que "voltamos " dos comercias tiveram os shows. Os grupos eram flops mas eram bons.



Quando tudo acabou saímos do estúdio e ficamos na frente do prédio esperando os idols saírem. 



No tempo que esperavamos algumas meninas coreanas falam comigo,e até trocamos números. Vai que elas conseguem ingressos pra mim ir no show  do EXO ou BTS? Tá bom,tá bom,eu fui por interesse mas fazer o que se elas são ninjas de computador?



Assim que todos foram embora comecei a andar por Hondae avistando aquelas multidões que formam um círculo é dentro deles sempre tem dance cover de grupos.



Me aproximei de um que estava tocando Boy in luv do BTS que contribuiu com minha aproximação. Comecei a dançar com as mãos e dobrando os joelhos levemente ao ritmo da música. Os sete garotos alí presentes,dancavam bem de mais.



Distraída dançando com os braços bati em um homem que estava ao meu lado,me virei imediatamente para o seu lado para me desculpar.



— Me desculpe. —Me curvo.



—Tudo bem. —Ele sorri. Aquele sorriso me era familiar.



O homem vestia uma calça social preta com meias e tênis da mesma cor. Uma grande blusa preta e um sobretudo preto também. Seu cabelo estava levemente sobre os olhos,eu juraria que aquele homem era o JungKook.



Me virei pra terminar de ver o cover e me virei bruscamente com os olhos arregalados depois de processar tudo,para o rapaz cujo descofiava ser o JungKook.



—Você é o...—Antes de terminar a fala o mesmo assente que sim com a cabeça. Coloquei a mão na boca e desviei o olhar. Meu Deus. JungKook está ao meu lado.



—Não conte para os outros,hein?—Falou em meu ouvido. Juraria que meu coração parou. Assenti com a cabeça fingindo que aquele que sussurrou em meu ouvido não era o JungKook.



Quando o cover acabou me virei para o lado não vendo mais o homem alto todo de preto. Ótimo disfarce,Kookie.



Com a mão sobre a boca e ainda em choque comecei a andar sem rumo por Hondae,até meu estômago ronronar.



Me lembrei que minha amiga disse que em Itaewon existiam vários restaurantes baratos e que era um bairro mais adulto.



Fui para estação de trem e peguei o mesmo. Me sentei colocando os fones e musicas aleatórias. Entrei no Twitter e tinha uma selca do JungKook na minha Timeline.




"Black on black"



Era a legenda da foto onde ele estava com a mesma roupa quando o encontrei a 10 minutos atrás.



Realmente era o JungKook.



O trem para em Itaewon,meu destino. Desci do mesmo indo para as ruas. Itaewon realmente era um bairro de "adultos" em dois minutos parada observando as coisas,eu não vi se quer um adolescente. Todos estavam em Hondae.



Procuro restaurantes andando e torcendo pra mim não me perder. E me perdi. Tentando voltar pro lugar onde era mais movimentado acabo me perdendo mais. Mas para a minha sorte tinha um restaurante bem vazio. No máximo tinha dois casais.



Entro no mesmo me sentando no final,ficando longe dos casais. O garçom veio falar comigo,mas eu disse que ainda estava escolhendo o que pedir.



Foi quando ainda distraída alguém falou comigo.



—Me seguindo? —Fala o homem. 



Olho para o mesmo,era o JungKook.—Quem está em pé é você.



Ele dá uma risada nasal.—Você é esperta.—Sorri pequeno mostrando seus dentes da frente.—Posso?—Ele aponta pra cadeira.



—Claro. Fique á vontade.—Por fora eu aparentava sanidade e calmaria,mas por dentro eu estava arrancando os cabelos e gritando que vou jantar com o JungKook por  coincidência. Ou seria destino?



—O que vai pedir?—Pergunta tirando o sobre tudo pondo espindurado na cadeira revelando sua blusa preta de manga longa. Realmente estava frio na Coréia.



—Hmmmm...—Analisei o cardápio.—Não sei. É muita coisa que quero provar.—Dito o olhando.



—Deixe-me ver.—Jey Key pega o cardápio de minhas mãos observando as comidas oferecidas em troca de dinheiro. Kook analisava mordendo o lábio inferior. Juro que ele estava realmente sexy,com os cabelos bagunçados e o lábio vermelho preso entre os dentes.



O mesmo solta o lábio sorrindo lateralmente. Eu o olho e fui pega no flagra observando seus lábios.



—Já sei o que vou pedir. —Dita sem cerimônias.—Kimbap.



—Acho que vou querer também.



JungKook vira de costas chamando o garçom que logo vai até a cozinha fazer os pedidos.



Nós ficamos nos encarando. Tudo aquilo era estranho. Acho que a boa sorte que o apresentador me desejou por sorte está funcionando.



—Estava me seguindo,JungKook? —Pergunto o olhando.



—Sim. Precisava saber o nome da mulher,cujo carrega tamanha beleza em sua face.



Sorrio envergonhada.—Sério que estava me seguindo?



—Não. Mas eu quero saber seu nome.



—É S/N. Mas como me encontrou?



—Quando eu saio sozinho pra comer,eu sempre venho aqui,pois é mais vazio e não tem tanta fã  como em Hondae. E você? Como achou esse lugar "perdido"?—Fez aspas com os dedos.



—Exatamente assim. Me perdendo.—Coloco a mão na testa negando com a cabeça por ser tão "desastrada".



Ele.dá uma risada e se apoia nos cotovelos e ficamos nos olhando. Até que pego meu celular e miro nele.



—O que está fazendo?—Ele leva uma mão para o olha direito coçando o mesmo enquanto a outra mão fica livre em pé.



—Tirando uma foto sua. (a foto de capa do capitulo)



—Ah é? —Ele pega o celular dele e mira em você.



—O que está fazendo?—Pergunta olhando pro celular em sua frente.



—Tirando uma foto sua.—Sorri olhando a foto.—Você realmente é muito bonita.—Vira a tela do celular pra você ver a foto.



Sorri envergonhada e a comida chega. Olhamos para os pratos coloridos e minha boca enche d'água. Então começamos a comer.



Durante o jantar JungKook perguntava sobre mim e eu respondia graciosamente. Perguntava por onde eu já tinha passado pela Coréia e eu dizia que não visitei nenhum lugar porque não sabia por onde começar.



O jantar todo ele ficou me indicando lugares para turistar. Até que acabamos de comer e pagamos a conta.



—Mas quem pagou mais foi eu.—Continuo o diálogo da conta andando até a frente do restaurante.



—Está bem,está bem. Da próxima eu te pago um café,combinado?—Como assim "Da próxima"?



—Terá próxima,Jey Key?



—Sim,terá próxima S/N.—Sorrimos ao mesmo tempo e ficamos nos encarando em silencio—Você sabe como pegar a estação certo?



—Sim. Desço reto e viro a direita.—Jey Key tinha me falando enquanto comíamos.—Obrigada.



Ele sorri.—Então eu vou nessa.—Fala o mesmo com as mãos no bolso.




—É eu também. Tchau Jey Key.—Asseno com a mão.



—Tchau.—JungKook vira as costa e sai andando. Eu faço o mesmo até lembrar que não trocamos os números. Paro de andar e me viro para ele mas não tinha mais ninguém na rua.



Vou para estação e pego o trem pra Soeul.



Tudo isso,foi coincidência ou destino?



CONTINUA?


Notas Finais


Esse foi um capítulo "teste" pra ver se realmente vocês gostam,se gostarem eu continuo.

💢Desculpa os erros.💢


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...