1. Spirit Fanfics >
  2. Destinos cruzados >
  3. Encontro com Hoseok...

História Destinos cruzados - Capítulo 28


Escrita por:


Capítulo 28 - Encontro com Hoseok...


                     Jung Hoseok....

  Nesse sábado Mim yoongi me chamou para jantar, e eu aceitei, ele parece ser um alfa muito bom, e eu sinto meu coração acelerar toda vez que ele chega perto de mim. As 19:00 ele vem me buscar, eu estou meio receoso, ele é rico, e se me achar muito sem graça?.
   ...— Menino para de pensar, estou vendo a fumaça sair pelas suas orelhas — dei um pulo nem tinha visto ele entrar.
  Hoseok — jin ... Se você quer me matar foi por pouco — ele riu— Jin ele é confiável ne?— Jin sorriu, se sentou na minha frente.
   Jin — Meu anjo vá se alguma coisa der errado você me liga e eu é o Kook te buscamos — Eu concordei.
   Fui tomar um banho, me arrumei, as 15 para as 19:00 eu estava na sala sentado esperando. Ele chegou e quando eu sai ele me olhou impressionado.
   yoongi — Nossa você esta lindo — ele me deu uma gardênia branca, e abriu a porta para eu entrar, quando entrei ele deu a volta e entrou no carro — Hoseok, eu sei que te chamei para jantar fora, mais apareceu um compromisso inadiável — Eu concordei e ia saindo de novo ele segurou meu pulso — Não, eu quero saber de você se importa em ir comigo em um lugar rapidamente e depois jantamos — eu sorri.
   Hoseok — Pode ser, se não tiver problema para você — ele negou veementemente.
   Yoongi — Não é coisa de meia hora no máximo — ele ligou o carro e nos seguimos, ele colocou uma musica suave, e começamos a conversar sobre o dia a dia, as coisas que gostamos, e a que não gostamos, quando chegamos em frente a uma casa enorme, ele mostrou um cartão ao segurança e nós entramos, ele estacionou o carro, nos descemos, uma brisa fria me fez tremer um pouco — Toma veste isso — Ele colocou um sobretudo preto nos meus ombros, eu vesti, ele segurou minha mão e nós entramos na casa. Haviam muitas pessoas, bem vestidas, eu suspirei — Vou fazer o que tenho que fazer o mais rápido é só falar com um sócio do meu Appa — Eu concordei     um garçom passou com champanhe ele pegou uma taça para mim, e uma para ele.
   Então fomos até um homem, quando ele viu o Yoongi ele se curvou, e começou a me encarar.
  Homem — Sr. Min, que prazer em vê-lo, e muito bem acompanhado, em qual agencia o encontrou, um lindo ômega — Senti vergonha com as palavras dele.
  Yoongi — Acho que você esquece com quem esta falando hyuri, como ousa falar com Meu Companheiro — todos ficaram em silêncio, o homem, me olhou sério, olhou para Yoongi.
  Hyuri — Ele é seu ômega? Por que? te entreguei minha filha para ser sua,e você a troca por esse — Meu sangue ferveu.
  Hoseok — O Sr. Nunca aprendeu a ter respeito com ômegas, quem o senhor pensa que é para me tratar assim? — yoongi sorriu para mim, beijou minha bochecha, senti elas corando.
  Yoongi — Sua filha, não passa de uma interesseira, como você, ela almejo tanto meu dinheiro, que esqueceu do teatrinho — O velho estava branco — Vim lhe comunicar que acabou a sua sociedade com meu Appa, e mais o roubo que você deu, amanhã mesmo a policia bate aqui — ele entregou nossas taças e segurando minha mão saímos de lá — Minha omma vai dar na minha cara — ele suspirou — Ela disse que aquele abutreia ia tentar me afetar usando você, que eu não deveria te trazer para não te assustar — eu ri.
  Hoseok — Na verdade eu queria matar aquele velho idiota, insinuar que sou um daqueles acompanhantes pagos — ele acariciou minha bochecha.
  Yoongi — Desculpa, mais eu precisava mandar aquele velho para a puta que pariu — nós rimos — Hoseok vamos nos divertir agora— ele beijou minha mão e saímos, ele me levou para um restaurante interessante, na frente era uma boate, no primeiro momento pensei que era só uma boate, descemos, ele passou o braço pela minha cintura e fomos pela porta, quando o segurança nos viu se curvou e passamos, seguimos por entre varias pessoas até um elevador, ele apertou e nós entramos ele apertou o 4 andar.
   Yoongi — Se depois você quiser dançar podemos descer — eu concordei.
   Hoseok — Mais você gosta de boates? — ele sorriu negando, o elevador parou, e nos entramos em um restaurante lindo, cheio de luzes brilhando, não pude deixar de me impressionar — Aqui é lindo — ele sorriu, um rapaz nos levou ate uma mesa bem aconchegante, e reservada.
   Yoongi — Quando pensei nele queria ver essa reação nos olhos das pessoas — Eu o olhei impressionado.
    Hoseok — Aqui é seu ?— ele concordou meu queixo caiu, ele riu.
    Yoongi — Jimin é meu sócio, mais quase não aparecemos aqui, eu nunca tinha trazido ninguém aqui — senti meu coração acelerar — Sabe Hoseok, você me faz eu me sentir diferente, isso é muito novo para mim — Eu concordei.
  Hoseok — Para mim também é, eu não sou muito aberto a relacionamentos, encontros, não tive boas experiências — O garçom chegou e fizemos os pedidos, pedimos vinho.
  Tomamos algumas taças, conversamos, comemos, e tudo ia maravilhoso até, quando descíamos para a boate no terceiro andar uma garota entrou beijando  cara, vi o Yoogi ficar meio tenso, a garota soltou o cara e nos olhou, quando viu o yoongi arregalou os olhos, depois me encarou de cima a baixo.
   Garota — Suga... — ele não respondeu — Que agora vai fingir que não me conhece, só por que satã com esse ômega — Shiaa... mais um ser hoje — O que você acha que ele não quer seu dinheiro também — ela riu, eu senti uma raiva  começar me descontrolar — Ninguém ficaria com você sem ser por isso, você é muito frio, e não sabe tratar um ômega de verdade — meu raciocínio acabou, a porta abriu, meu lobo tomou conta de mim, peguei ela pelo pescoço e a ergui, ela arregalou os olhos.
   Hoseok — Primeiro, puta aqui só você, nunca precisei do dinheiro de Alfa nenhum, segundo o problema da frieza dele com você é que você não tem nada interessante, comigo o fogo dele é bem alto, agora pega esse pequinês e some, por que na próxima eu mato você puta idiota, nunca mais fale assim comigo ou meu Alfa — quando a soltei ela estava vermelha sem ar, e saiu correndo junto com o projeto de Alfa , Yoongi me olhou, seus olhos estavam brilhantes, ele me puxou para seus braços.
   Yoongi — Namora comigo?— Eu fiquei sem fala, ele sorriu.
   Hoseok — Tem certeza? e se você se arrepender quando acordar.. — ele me beijou intensamente, meu Deus que beijo, ele me pegou no colo e me levou ate uma parede perto, Ahh que delicia, o corpo dele preso no Meu — Sim eu aceito..— ele riu e voltou a me beijar ardentemente.
   Passamos horas assim, nos beijando, dançando, quando ele me levou para casa, quase não conseguimos nos soltar, marcando de sair no outro dia .
    



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...