História Destinos Cruzados (TaeKook) - Capítulo 12


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Ação, Bissexualidade, Boyxboy, Drama, Fanfic, Flex, Fuga, Gay, Homofobia, Homossexualidade, Jeon Jungkook, Jimin, Kim, Kook, Kooktae, Kookv, Kpop, Lemon, Namjin, Preconceito, Romance, Tae!bottom, Taehyung, Taekook, Vkook, Yaoi
Visualizações 10
Palavras 1.571
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Slash, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Já é aniversário do nosso Jinnie!! Happy Worldwide Handsome day!!!! ❤️

Capítulo 12 - Cap 11 - "Projetinho de bicha"


Fanfic / Fanfiction Destinos Cruzados (TaeKook) - Capítulo 12 - Cap 11 - "Projetinho de bicha"

"Taehyung?" Repetir mais alto e ele virou o rosto pra olhar quem o chamava, até me achar "O que faz aqui?" Fui andando em sua direção e ele ficou espantado ao me ver tanto quanto eu.

"Jungkook?" Ele olhou pro lado pra ver se alguém olhava para nós "OOOII JUNGKOOK, QUE SAUDADE CARA!" levantou me abraçando chamando a atenção de todos "Quanto tempo irmão!!" O que ta acontecendo nessa escola? "Não me chame de Kim Taehyung aqui, por favor" ele sussurrou no meu ouvido

"Mas por qu…"

"BOM DIA ALUNOS" o primeiro professor entrou na sala "Animados para o 1° dia de aula? Aproveitaram suas férias?"

"Não te importa tanto, apenas não me chame mais assim enquanto estivermos aqui" Taehyung falou e se afastou de mim, segurou em meus ombros, sorriu e se sentou

Até o intervalo, todas as aulas passaram muito devagar e pelo visto nada naquela escola havia mudado, ainda muito confuso com o que aconteceu nem me concentrei tanto durante as falas dos professores, uma história muito mal contada que era exatamente por isso que me instigava mais ainda. Como poderia a dois dias atrás ele ser meu hyung e muito mais velho e agora ele estar na mesma sala que eu?! Como ele sabia onde eu estudava? E pior, por que ele estava tão nerd com aqueles acessórios e com aquele jeito? Será que ele sempre foi assim e eu que estou criando uma imagem muito diferente de Taehyung? E se não posso chamá-lo pelo nome, como irei chamar?

Pov's Taehyung

Pronto, agora a merda ta feita. Por que ele está aqui?! Aliás porque eu deveria estar tão nervoso? Não me interessa se ele estuda aqui ou não, eu nem conheço ele direito e eu só preciso criar um jeito não muito rude para não o afastá-lo de dizer que eu estar aqui não é de sua conta.

"E você, como se chama? Não me recordo de você no ano passado" disse o professor ao meu lado, me fazendo dar um pulinho na cadeira de susto.

"Ooh, que susto" dei um sorriso quadrado "Meu nome é Kim Eun-Hoo senhor, meu primeiro ano na escola"

"Venha se apresentar aqui na frente para seus colegas, hum? Ja irá bater o sinal, venha rápido" segurou em meu braço me puxando, fui choramingando até o centro da sala com a cabeça baixa "Turma!! Esse é novo colega de vocês, Kim Eun-Hoo" levantei o rosto apenas para enxergar o semblante de Jungkook que me olhava pasmo como se eu fosse a maior incógnita do mundo. Jesus me ajude na hora de explicar.

"Sejam gentis com ele, mostrem a escola para ele não se perder e expliquem os horários das aulas.." O sinal enfim tocou e eu pude ir a minha mesa, pegar meu celular para sair mas fui impeço por uma garota.

"Eun-Hoo oppa, licença, se quiser eu poderia te mostrar a escola. Perdoe o professor Han por ter te puxado para la na frente"

"Ooh, obrigado.." na hora que eu virei meu rosto vi Jeon se levantando da mesa e olhando para mim "Mas eu ja tinha combinado de ir com ele" Apontei para o mesmo "antes da aula, mas mesmo assim, obrigado mesmo!!" Me curvei e sair correndo puxando Jungkook para fora

"Eii, calma aê" Jeon me chamou enquanto eu o puxava.

"Me desculpe por isso, você conhece algum lugar mais calmo para conversarmos?" Perguntei

"Sim, vamos conversando enquanto eu te mostro o caminho" ele disse "O que você faz aqui?"

"Jungkook, me perdoe, mas isso realmente não te interessa. Me desculpe por termos começado com o pé esquerdo, mas eu não sabia que estudava aqui. Preciso que tente confiar em mim, e guardar o segredo sobre meu nome"

"Você é um agente infiltrado?" Dei risada

"Tipo isso"

"Mas por que aqui?"

"Porque foi onde meus pais estudaram quando jovens" olhei para o lado e vi um garoto correndo se aproximando de nós e parei para olhar-lo

"OLÁA" pulou nas costas de Jungkook que fez uma cara de dor e resmungou um "aii" "Bem, se esse daqui é Jeon feio Jungkook" apontou pro mesmo "Quem é você?" O garoto perguntou brincalhão

"Sou Kim Eun-Hoo, prazer" o cumprimentei

"O prazer é meu, sou Park Jimin. Você é o garoto do aviso da república?" Lembrei dos panfletos que tinha colado em alguns murais da escola que a secretaria tinha permitido antes das aulas começarem

"Sim, eu mesmo!!" Falei animado

"Quer ir no refeitório? De qualquer forma eu iria procurar você alguma hora pra conversar"

"Sim, vamos"

"Vão na frente que eu vou chamar um outro amigo também"

"Quem?" Perguntou Jungkook desconfiado

"Jin"

"Jin irmão do Hoseok?"

"Sim, esse mesmo"

"Pra quê vai chamá-lo?"

"Oxe, não posso mais procurar um amigo?"

"Fique a vontade!" Disse me olhando "Vamos Tae.. EUN-HOO!!"

Dei risada e sair com ele

"É seu namorado?" Perguntei

"Park?? Sai daí" olhei pra ele pasmo, como se rejeita um homem daquele? "O que é?? Ele é meu melhor amigo e é hetero"

"Não acredito que meu gaydar falhou, isso é um absurdo. Você tem certeza?"

"Absoluta, não que não tenha homens atrás dele, é só que ele realmente não gosta"

"Eu aposto que ele daria pelo menos um beijinho em um menino"

"Vamos apostar então"

"O que está valendo?"

"Você me contar realmente sobre tudo"

"Não Jeon, não vou apostar isso"

"Por que não?"

"Será porque eu não confio em você?!" Falei de forma óbvia

"Então quer dizer que eu só te vi uma vez e estou confiando em você e guardando um "segredo" seu, mas você não confia em mim??" Ele parou e me olhou

"Isso mesmo! Se lembra do que aconteceu na sexta, né? Eu também confiei em você" voltei a andar

"Meu Deus você é muito rancoroso"

"Não, só tenho uma boa memória" disse simplório, parando em uma máquina de comida no refeitório

"Então você não vai esquecer daquela noite?"

"Não, sabe porque? Porque você deixou bem claro como eu sou muito virgem e idiota por querer simplesmente transar com um estranho"

"Mano, me perdoa! Eu só me assustei com o modo que vc falou" ""Eu quero, eu só não sei fazer"" disse me imitando

"Ta bom, beleza!" Peguei meu pacote de salgadinho e sentei em uma mesa, me sentindo envergonhado. Ele veio andando emburrado, até que parou pra olhar o barulho que vinha do corredor

"PARA HOSEOK" Um garoto alto gritava do lado de fora do refeitório.

"Porque não disse pra aquele garoto também PARAR de tocar aquela porcaria de violino quando você estava o espiando na porta da sala de música?" Disse um garoto de cabelos ruivos puxando o mais alto pra dentro do local

"Por favor Hoseok, fale baixo" Disse o mais alto

"Eu juro que eu tento, eu juro" respirou fundo soltando o pulso do garoto "Juro que tento te fazer homem mas você sempre prefere ir ao contrário!! Sendo esse projetinho de bicha que só sabe se iludir com macho e maltratar a família"

O mais alto, o olhou pasmo por instantes e deu um sorriso fraco, não acreditando o que estava sendo dito pelo ruivo e olhou pro seu redor, onde todos nesse momento ja os olhavam atentos

"Se eu soubesse que eu viveria desse jeito, eu nunca irmão, nunca teria pedido pra nascer" Subiu na mesa do refeitório "A TODOS OS "PROJETOS DE BICHA" QUE EXISTEM NESSE COLÉGIO, NUNCA ABAIXEM A CABEÇA DIANTE DESSE VERME QUE DIZ SER MEU IRMÃO, E DE NENHUM OUTRO! EU TO CANSADO DISSO!" Respirou fundo para não chorar procurando fôlego "Mal começou o ano letivo Hoseok!" o ruivo então vendo uma brecha, puxou com força a perna de seu irmão, o fazendo cair com tudo e com sua cabeça na quina da mesa, nesse momento quando eu fui levantar para fazer algo, Jimin chegou atrás de Hoseok e o cutucou, dando em sua cara assim que o ruivo virou o rosto para sí, um grande murro que o fez cambalear e segurar com força seu nariz por causa da dor.

Jimin então, não satisfeito, deu um chute em suas costas o fazendo cair e montou em cima do mesmo é a socá-lo

"NUNCA. MAIS. FAÇA. ISSO. COM. O MEU" Deu uma pausa pra balançar as mãos por causa da dor "AMIGO" o último murro foi de longe o pior de todos.

"O que acha dele agora?" Jungkook sussurrou pra mim, indo em direção ao seu amigo para afastá-lo, mas antes que chegasse, Jimin se levantou e foi até Jin que estava caído em cima da mesa despertando por causa do baque da queda.

"Hyung, está tudo bem? Levante devagar"

"Sim, está!! Cadê ele?" Jin falava tentando abrir o olho. Hoseok que sangrava, começou a dar risada

"Vocês realmente me enojam" levantou, limpando as calças com a boca partida e o rosto roxo "Uma hora você vai precisar ir pra casa "irmãozão", e eu estou ansioso pra sua conversa com o papai" Deu risada e depois olhou pra Jimin "E Park, não pense que vai ficar assim." Cuspiu sangue na direção deles e saiu do refeitório

"Vai se foder Hoseok, retocar a porcaria desse cabelo ninguém quer" falou com desdém e virou-se pra Jin "Vamos" e o ajudou a vim a nossa mesa e a se sentar "Oii de novo" Falou tentando não deixar o clima sério "Bem Eun-Hoo, esse aqui é o Kim SeokJin, um dos meus melhores amigos"

"Oi Jin, prazer" falei sem jeito "Está machucado?"

"Não tanto, prazer também" deu um pequeno sorriso se curvando

"Então sobre o que queriam conversar mesmo? Era sobre a república?"

"Sim, exatamente. Temos interesse em participar dela junto com você" Jimin disse apoiando os cotovelos na mesa e me olhando.


Notas Finais


Comentem muito galera, espero que gostem!! ❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...