História Destinos Traçados - Capítulo 43


Escrita por:

Postado
Categorias Bella Thorne, Cameron Dallas, Gregg Sulkin, Saga Crepúsculo, Zendaya
Personagens Alice Cullen, Bella Swan, Bella Thorne, Billy Black, Carlisle Cullen, Charlie Swan, Edward Cullen, Embry Call, Emily Young, Emmett Cullen, Esme Cullen, Gregg Sulkin, Jacob Black, Jared Cameron, Jasper Hale, Leah Clearwater, Paul Lahote, Quil Ateara, Renée Dwyer, Renesmee Cullen, Rosalie Hale, Sam Uley, Seth Clearwater, Sue Clearwater, Zendaya
Tags A Saga Crepusculo, Mistério, Romance, Sobrenatural
Visualizações 21
Palavras 1.118
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Festa, Ficção Adolescente, Luta, Mistério, Romance e Novela, Saga, Sobrenatural, Suspense
Avisos: Adultério, Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


EU SEI QUE SUMI KKK Mas é que como a fic está em contagem regressiva para acabar acabei ficando bloqueada, mas para compensar eu escrevi esse capítulo BEM emocionante e com um toque de suspense ahshashahs Espero que gostem❤

Capítulo 43 - Confinamento Parte 2


Fanfic / Fanfiction Destinos Traçados - Capítulo 43 - Confinamento Parte 2

P.V. Katara

 

[6 Dias para o Inverno]

 

-Max- digo e o mesmo sai correndo até mim pulando no meu colo, eu o abracei com força o girando no ar. Depois ele se afastou para me olhar com seus olhinhos meigos.

- Você está bem?- pergunto analisando seus hematomas no rosto que estavam um pouco melhores.

- Sim, Bill, Emilly e o resto do pessoal são legais- responde ele sorrindo.

- O almoço está na mesa- disse Esme gentil entrando na sala de jantar

- Você está bem querida?- perguntou ela, eu olhei para Max em meus e depois para ela, vou ficar.

Logo depois fomos almoçar, o clima estava agradável se não fomos contar a tensa entre mim e Maison, eu sei que preciso desse espaço, mas não sei se vou conseguir aguentar a nossa situação... estamos tão perto e ao mesmo tempo tão longe...

- Você não concorda?- perguntou Max me tirando de meus desvaneios.

- Desculpa estava pensando- suspiros sorrindo fraco

- Eu quis fazer esse piquenique para você relaxar e esquecer do mundo- disse Max convicto e eu ri

- Ok então- respondo sorrindo, eu me deitei olhando para o céu que estava lindo, embora esteja um pouco nublado e ameaçando chover eu estava feliz, a brisa acariciava meus rosto e a conversa com Max estava sendo agradável. Conversamos sobre o que gostamos, desgostamos o que preferimos entre duas coisas aleatórias até que começa a garoar. Quando terminamos de guardar tudo e estávamos prestes a entrar sinto minha mão queimar me fazendo cair de joelhos, olhei para Max que estava assutado e depois tudo se apagou.

 

[Visão on]

 

Eu me sentei e percebi que não estava mais no quintal dos Cullen, eu estava na floresta,  no mesmo rio onde vi Maison pela primeira vez, de repente escutei um barulho e um lobo branco pulou para o rio e ficou cara a cara comigo, eu não sei porque, mas assim que olhei para seus olhos azuis eu me senti segura, calma e tranquila, parecia que eu estava olhando para um espelho, eu pisco e de repente o lobo está com a boca e algumas parte do corpo cobertos de sangue.

Eu me virei para o outro lado para fugir, mas dei de cara com um espelho onde estava refletindo eu, mas não eu mesma. A imagem era eu com roupas pretas e de couro, cabelos soltos e os olhos....estavam vermelho como o sangue, eu olhei para trás e o lobo sumiu, assim que voltei meu olhar para o espelho e agora tinha uma garotinha de 15 anos que parecia comigo só que seus cabelos eram negros e seus olhos acizentados, ela estava usando um vestido branco de babado.

- Tandacrar- sussurrou ela e eu fiquei petrificada, ela levantou sua mão direita e percebi que ela estava usando o anel de Tandacrar.

- Tandacrar: os dois lados da moeda- sussurrou ela

- Como?- pergunto começando a ficar assustada

- Tandacrar... ele pode ser sua salvação ou a sua ruína- sussurrou ela, eu dei um passo para trás

- Quem é você?- pergunto sentindo minhas pernas fraquejarem.

- A menina da história- sussurra ela deslizando os dedos sobre o anel. NÃO PODE SER!

- Sua vida está prestes a muda Katara Dwyer- sussurra ela e derepente ela sai do espelho e fica cara a cara comigo

- Como você sabe quem eu sou? Isso é real?- pergunto com medo e sem saber o que pensar

- Sua avó perguntou a mesma coisa e antes que você perguntei eu sei quem é ela, sua avô está viva e vindo para Forks- disse ela e antes que eu pudesse perguntar mais alguma coisa ela continua- E saiba que eu sou real, eu sou a alma do anel de Tandracar, sempre que a profecia do anel está preste a se concretizar eu venho avisar a possuidora do anel- disse ela me deixando cada vez mais confusa

- O anel de Tandracar possui os dois lados da moeda: ele pode ser sua salvação ou sua ruína. Lembre-se destas palavras- disse ela séria e depois colocou suas mãos em meus ombros. Seus olhos começaram a ficar negros e começou a sair sangue pelos buracos de seus rosto, estava tentando me solta, mas ela estava me segurando forte.

- ACORDE- gritou ela com uma voz grossa

 

[Visão off]

 

Eu me sentei assustada tremendo, Maison estava cara a cara comigo, eu apenas o abracei com força assustada.

 

P.V. Max

 

Estávamos prontos para entrar quando Kat geme de dor, cai de joelhos e depois olha no fundo dos meus olhos antes de desmaiar, eu corri até ela.

- AJUDA AQUI- gritei segurando seu rosto delicadamente e sentindo a chuva piorar, de repente todos chegaram aqui. Kat começou a se contorcer toda me assustando, senti alguém me afastar dela, olhei para cima e vi Reneesme com os olhos marejados assim como os meus.

- Ela está tendo uma convulsão- disse Carlisle e depois em um vulto Alice sai e volta com uma injeção, eles aplicam em Kat e depois ela voltou ao normal. O QUE ESTÁ ACONTECENDO?

 

P.V. Maison

 

O clima entre eu e a Kat estava tenso, eu estava tentando dar o espaço que ela precisa, mas isso não muda o fato de que eu não consigo ficar tão perto e ao mesmo tempo tão longe dela... Acho melhor ir vê como eles estão, quando estava cruzando o corredor em direção ao quintal escuto um grito.

- AJUDA AQUI- era Max, eu sai correndo até ele, assim que sai eu travei...
Kat estava desmaiada e Max estava desesperado, os outros chegaram correndo. De repente Kat começou a se contorcer toda me assustando, Reneesme afastou mas de perto dela.

- Ela está tendo uma convulsão- disse Carlisle e depois em um vulto Alice sai e volta com uma injeção, eles aplicam em Kat e depois ela voltou ao normal.

- Temos que leva-la para o meu consultório lá em cima- disse Carlisle e eu peguei Kat no colo, todos nós corremos para o tal consultório. Coloquei Kat na cama enquanto Carlisle conectava um monte de fios nela.

- A menina da história- sussurra Kat

- Tandracar....Tandracar....Tandracar- sussurrava Kat como um tipo de mantra ou coisa do tipo. Todos nós ficamos assustados. Ela começou a ficar inquieta e depois ela se sentou rapidamente com os olhos cinza igual aqueles fantasmas de filmes.

- O anel de Tandracar possui os dois lados da moeda: ele pode ser sua salvação ou sua ruína. Lembre-se destas palavras- disse Kat com uma voz monótona e depois desmaiou mais uma vez. Eu me aproximei dela.

Logo depois Kat se senta, ela parece assustada e tremendo. Kat me abraçou. O QUE ACABOU DE ACONTECER?


Notas Finais


NÃO ME MATEM KKKKKK


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...