História Destiny - Capítulo 25


Escrita por:

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Camila Cabello, Lauren Jauregui
Tags Camren
Visualizações 199
Palavras 1.676
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia), LGBT, Policial, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Homossexualidade, Nudez
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 25 - Sentimentos


Fanfic / Fanfiction Destiny - Capítulo 25 - Sentimentos

Quando Karla finalmente chegou no hotel depois de pegar a estradinha de volta, Camila estava tirando um cochilo que nem viu quando sua irmã entrou no quarto e foi direto para o banheiro para tomar um banho, mas se assustou quando a irmã estava saindo do banho enrolada na toalha.

- Não ouvi você chegar. – Se espreguiçou. – Como foi lá? – Ajeitou sua postura encostando na cama para conversar com a irmã.

- Fui meditar com a Lauren e os amigos dela. Sabia que você ia voltar para o hotel, por isso aceitei. – Explicou soltando a toalha e pegando um conjunto de pijama, só queria descansar. – Amanhã você vai lá conversar com ela.

- Ela pareceu incomodada por eu estar aqui? – Tinha medo que Lauren surtasse quando soubesse que ela estava ali. Karla virou para a irmã vestindo o shortinho.

- Para ser sincera, quem surta por qualquer coisa é você. Eu tenho certeza que se fosse ao contrario você estaria surtando e mandando ela ir embora. – Ela pegou no ponto, Camila sabia que sua irmã estava certa. Sempre foi explosiva e acabava falando o que não devia.

- Entendi. – Foi a única coisa que conseguiu falar. Não tinha mais nada para ser dito. Depois daquilo ela ficou quieta.

Karla pediu comida para as duas, mas Camila não comeu nada, ficou tentando pensar em como abordar Lauren na conversa do dia seguinte. Estava se sentindo com medo e acuada, era ridículo admitir isso. A gêmea mais velha percebendo a aflição de da irmã com tudo aquilo tentou a todo custo fazer com que ela esquecesse por um tempo o encontro do dia seguinte, mas as tentativas foram em vão.

 

(...)

Lauren logo cedo ligou no hotel onde as irmãs estavam e pediu para que Karla falasse para sua ex ir a praia que elas poderiam conversar lá. Seria um lugar tranquilo e sem interrupções.

Depois daquilo Camila se arrumou rapidamente e ficou no espelho alguns minutos tentando ensaiar tudo que iria falar, mesmo sabendo que assim que olhasse para a morena iria esquecer tudo.

Agora ela anda como uma jovem que aprontou pela primeira vez na escola e está indo conversar com o diretor, a praia estava praticamente deserta, Camila não sabia dizer se era pelo horário que não se passava das dez da manhã ou se ali realmente era tranquilo.

Ela sabia que Lauren mantinha seu olhar atentamente no mar, estava com medo de chegar e atrapalhar alguma meditação, se fosse esse caso ela iria esperar a morena abrir os olhos sorrindo como sempre fazia ao terminar.

- Consegue sentir essa leveza? Esse lugar é um paraíso. – Lauren falou sabendo quem estava chegando ao seu lado. Camila por sua vez levou um pequeno susto, ela não olhou para o lado, continuava sorrindo para o horizonte. A latina por sua vez, se sentou em cima da toalha que a morena estava, não estava tentando ser invasiva sabia que ela não iria se importar, pelo menos não a Lauren que ela conhecia.

- Aqui é tudo tão bonito. – Respondeu quando já estava se sentindo mais confortável, sua ex ainda não tinha olhado para ela e ela não sabia se isso era bom ou ruim. – Consigo entender por que você parece estar tão bem. – Depois de escutar isso, Lauren soltou uma risada sem humor e finalmente se permitiu olhar para Camila.

Ela podia perceber o olhar cansado da latina, como se estivesse carregando um grande fardo e talvez estivesse mesmo.

- Tive um longo processo até aqui, acredito quando eu digo logo processo realmente foi longo. – Sorriu mais uma vez sem humor e olhou para frente novamente.

- Mas agora você está bem. – Não sabia muito o que dizer, achou que ela iria gritar, mas estava sendo o contrário. – Como é viver aqui? – Ia começar a tentar saber do que ela estava fazendo, como era sua vida agora, se estava com alguém.

- Esse lugar é maravilhoso, eu nunca imaginei que iria conseguir viver sem entrar na internet e eu estou a tanto tempo sem entrar. Minha leitura parece que agora é mais rápida que antes, consigo ler um livro em um dia e meio. – Se animou em falar aquilo e ela podia ver o brilho em seus olhos. – Estou em uma vida tão saudável, se você acha que eu já era chata ao falar de comidas saudáveis agora então.... – E ela realmente ela, Camila muitas vezes se irritava quando a morena tentava fazer ela virar uma pessoa saudável.

- Mas como está fazendo com seu trabalho? Largou tudo? Ou ainda fotografa? Esse lugar precisa ser fotografado de todos os ângulos.

- Eu tenho conteúdos para quase um ano, trabalhar tanto me fez ter muitos conteúdos na pasta, toda semana saem dois em cada um dos blogs, e quando aparece algum assunto que vão dar muitas visitas o Liam se encarrega de escrever. – Camila apenas assentia, Lauren continuava com a mesma mania de gesticular enquanto falava.

- Então você tem tudo sob controle como sempre. – Sorriu e ela assentiu. – Sabe.. eu vim pensando mil coisas para te dizer.

- Pode falar, não vou te interromper. – Se virou ainda com as pernas cruzadas igual índio para olhar Camila e ela se sentiu minúscula com aquela atitude.

- Esse é o problema. Eu vim pronta para você me xingar e falar que nunca mais quer me ver como eu fiz com você. – Se sentia vergonha de falar aquilo mas era verdade. – Eu me sinto uma idiota por isso, por tudo que eu fiz, mas eu me sentia sufocada com tudo.

- Não precisa se preocupar, eu não vou te xingar ou mandar você ir embora. – Ela mantinha o semblante tranquilo mesmo que aquilo mexesse com toda a dor que ela controlou por aquele tempo. – Você não merece sofrer por palavras ditas por mim, acho que suas atitudes já fizeram isso. – Camila abriu a boca surpresa ao ver ela falar aquilo com tanta tranquilidade, foi como um tapa na cara ouvir aquilo, Lauren conhecia ela como sempre.

- Você ainda sente alguma coisa por mim? – Camila perguntou e Lauren olhou para o mar e sorriu.

- Você tem um celular ai? – Perguntou para latina, que ainda não tinha entendido o pedido repentino, ela fez uma pergunta e a mulher falou aquilo. Camila pegou o celular na bolsa do seu lado e entregou para Lauren.

- Me dá a mão. – Disse se levantando. – Deixa eu tirar uma foto sua no mar, vai ficar linda, estou sentindo falta de fotografar. – Explicou e Camila mesmo um pouco receosa com aquilo aceitou.

- Mas eu não quero molhar meu short. – Explicou e Lauren indicou para que ela tirasse. Mesmo se sentindo um pouco desconfortável com aquilo a latina fez.

As duas seguiram em silencio de mãos dadas para o mar, quem visse aquilo de fora falariam que eram uma casal feliz de namoradas. Lauren entregou o telefone para Camila desbloquear quando estava sentindo a ondinha nos pés e assim ela fez antes de entregar.

- Senta aqui na beira olhando para o horizonte. Coloca a mão na agua e respira fundo. – Explicou do jeito mandona que sempre fazia.

- Está fria, muito fria, não posso sentar nisso. – Se defendeu, não queria se molhar.

- Não seja teimosa. – Girou os olhos se afastando. – Vamos lá Camz, faça o que estou pedindo. – Camila parou de rir na hora que escutou aquilo, Lauren pareceu não perceber como tinha chamando, então a latina fez o que ela estava pedindo, mesmo sem querer entrar naquela agua fria. Se posicionou do jeito que ela pediu e ouviu o barulho do seu celular.

- Ficaram lindas, você pode postar. – Falou voltando e mostrando o celular para Camila. Ela analisou a foto sorrindo e concordou, postaria depois.

- Agora eu vou te pedir para tirar uma foto sua. – Pediu com um sorriso saliente e Lauren negou. – Sim, não seja chama, você é toda aparecida para tirar fotos, vai deixar eu tirar uma foto sua.

- Tudo bem, pode tirar uma foto minha. – Se deu por vencida, fazendo a latina sorrir contente. – Quer tirar ela onde? O que eu faço? – Indicou para que ela entrasse na agua.

- Senta na água, brinca com ela e sorrir para mim. – Falou sem pensar duas vezes, sentia falta do sorriso moleque que Lauren tinha e ter aquele sorriso para ela mesmo por alguns segundos já seria bom demais.

- Isso é vingança para eu me molhar mais que você? – Perguntou se fazendo de brava, mas mesmo assim fazendo o que ela pediu. – Pois saiba que quando você tirar a foto vai entrar na nesse mar delicioso comigo.

- Fica quieta e sorri. – Lauren começou a fazer o que Camila pediu, mesmo parecendo uma idiota por brincar com água igual uma criança.

- Eu já posso ser sua estagiaria, olha que foto maravilhosa. – Mostrou a fotografia e a morena gostou do resultado.

- Uma dia te contrato. – Piscou se levantando, ainda estava sentada. – Agora coloca seu celular ali e vem dar um mergulho comigo. – Ela sorriu e obedeceu ao pedido.

Camila estava se sentindo feliz e completa, poderia parecer besteira, mas era muito bom estar perto de Lauren, ainda mais com as coisas fluindo bem, sem nenhum pedido ou cobrança, depois de colocar o celular em cima da toalha voltou para o mar, Lauren esperava com a mão estirada, sabia que Camila tinha um pequeno problema com o medo das ondas.

Elas ficaram em um ponto onde a agua batia nos seios das duas, estavam sorrindo uma para outra, a agua estava tranquila fazendo com que as duas pudessem nadar tranquilamente.

- Quantos duas vocês vão ficar aqui? – Lauren surpreendeu Camila com a pergunta.

- Quanto tempo você quer que eu fique aqui? – Essa pergunta valia um milhão de dólares, Camila estava disposta a tentar reconstruir tudo que um dia teve com a morena, mas estava com medo depois de ela não responder se ainda sentia algo. E aquele silencio estava matando, a única coisa que ouviam eram os sons do mar se misturando com a respiração das duas.


Notas Finais


voltei voltei...
como estamos?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...