História Destiny- Jikook ABO - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Park Jimin (Jimin)
Tags Abo, Jikook, Yaoi
Visualizações 9
Palavras 767
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: LGBT, Misticismo, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Gravidez Masculina (MPreg), Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura!

Capítulo 2 - Destiny - 2


Fanfic / Fanfiction Destiny- Jikook ABO - Capítulo 2 - Destiny - 2

Já era uma sexta-feira, acordei bem cedo pois teria de ir para a empresa no lugar de meu pai, pois o mesmo adoedeu devido ao fato de ter pegado um friagem, ele é um pouco teimoso quanto a se agasalhar, ele acha que por ser alta não pode ficar doente, porém pode, não ta o fácil mas pode.


- Jungkook! Já acordou, filho? - minha mãe estava na porta de meu quarto, provavelmente ela estava lá para me acordar mas fiz isso antes da mesma me chamar.

- Já sim, Omma! Daqui a pouco desço para o café da amanhã. - falei me levantando para me arrumar.

A ômega apenas assentiu e se retirou. Enquanto eu, já tomei um banho relaxante e demorado para começar o dia bem e vesti um terno preto e básico porém caríssimo. Dei uma patenteada em meus cabelo pretos, os deixando para os lados. Estava me sentindo confiante de estar digno de um "chefe".

Tomei meu café da manhã com minha mãe - meu pai estava em sua cama descansado- tranquilamente, e assim que acabei me despedi da ômega e peguei meu carro para ir para a empresa.


Minha manhã se resumiu em 2 reuniões com pessoas da empresa mesmo e na hora do almoço apenas pedi uma porção de comida típica da Coréia para ser entregue em "meu" escritório.

Quando eram 14h uma moça, ômega, que provavelmente era a secretária de meu pai me avisou sobre uma reunião para definir algumas coisas com uma empresa de vinhos pelo que me lembro. A reunião seria às 14:30 PM então me apressei, tanto porque não quero me atrasar para uma reunião importante como essa.

Peguei meu carro diringindo até a empresa pegando um trânsito calmo, pelo horário.
Assim que cheguei fui recepcionado por uma moça que já me levou ao elevador para irmos para o escritório do último andar. A moça, que agora percebi ser uma beta, bateu na porta, provavelmente do diretor o qual iria fazer a reunião comigo, avisando sobre minha chegada. Não demorou muito para ela pedir para a que eu entre, e logo fiz o que ela pediu.
Assim que entrei, cumprimentei o Senhor Park com um aperto de mão.

- Boa tarde, senhor Park! Sou Jungkook. Desculpe por essa reunião não ser feita com o meu pai, ele acabou pegando um resfriado. - falei sincero mas percebi um cheiro diferente no local, não era apenas do Alfa a minha frente, havia um ômega ali também, um ômega que eu reconheceria seu cheiro de qualquer lugar.

- J-Jimin? - olho para trás vendo quem eu menos esperava que veria naquele dia.

Meu coração disparou de uma forma a qual nunca o senti disparar. Depois de anos encontrei o meu pequeno Jiminnie. Eu estava feliz mas ao mesmo tempo muito surpreso e acabei ficando paralisado.


- Vejo que se conhecem! Ótimo! - O Alfa se pronunciou para quebrar o transe em que eu e Jimin estávamos, um olhando nos olhos do outro. - Bom, vamo começar essa reunião, Jeon.


- C-claro. - porque estou gaguejando????


Jimin estava tão belo quanto antes, agora com seus cabelos rosados, lábios carnudos o que se assemelha a um morango, um rosto muito bem esculpido, simplesmente perfeito! Ele estava lendo um livro, previ ser de romance como todos os que ele lia quando jovem.


[...]


A reunião foi muito bem sucedida, e acredito ter me saído bem. As vezes fui dando breves olhadas em Jimin, que estava um pouco desconfortável. Me sinto imensamente culpado, fiquei sabendo dos estados do garoto depois que parti. Acredite, não foi porque eu quis. Meu pai nunca aprovou nossa amizade mas minha mãe ainda conseguia fazer a cabeça dele para que ele deixasse eu me manter próximo de Jimin, mas quando ele soube que eu estava me relacionado com aquele ômega, ele simplesmente surtou e disse que se eu não me afastasse ele iria acabar com a vida do Jimin, parece que estou sendo exagerado, mas quando se trata de meu pai, não se pode duvidar. Fui obrigado a me mudar para Busan, que fica bem longe de Seul, mas à alguns meses voltei pois meu pai quer que eu fique com o cargo de diretor da empresa dele.

Eu estava a procura de Jimin desde que voltei para Seul, até tentei ligar para ele durante esses anos mas sempre dava em caixa postal. Meu pai fez de tudo para me manter longe dele- ainda não sei o motivo- mas agora não vou deixar ele fazer isso de novo. Quero ter o meu ômega de volta, só para mim.


Notas Finais


O próximo capítulo ainda preciso começar a escrever, assim que estiver pronto eu posto.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...