1. Spirit Fanfics >
  2. Destiny-Liskook >
  3. Reencontro inesperado

História Destiny-Liskook - Capítulo 5


Escrita por:


Capítulo 5 - Reencontro inesperado


Fanfic / Fanfiction Destiny-Liskook - Capítulo 5 - Reencontro inesperado

Jungkook/On

Acabo de arrumar minhas coisas, saio da empresa e vou para meu carro, o céu escuro ficava claro com os raios em breve período, novamente outra noite chuvosa, as ruas vazias, lojas se fechando sinal que a cidade está a preste a dormir para amanhã começar um novo dia e a mesma rotina, pessoas acordando para trabalhar, outras para estudar e assim vai.

Decido parar em uma lanchonete que estava aberta, para comprar um lanche, pois estou faminto, minha última refeição foi na hora do almoço.

- Desculpe- Digo quando me esbarro em um cara, fazendo que a garrafa de sua mão cai, o mesmo me olha com raiva.

- Tá me vendo não?- Ele fala vindo para cima de mim

- Já pedi desculpas-digo o encarando, concerteza o álcool dominou ele.

- SEU IDIOTAA- Ele da um soco em meu rosto, tento alcamar com conversas, porém ele me empurra para um lugar sem saída, tento impedir mas falho, ele me  acerta vários chutes e socos sobre meu abdômen, fazendo que caio no chão o sujeito fica em cima de mim e tira um canivete, ele atinge meu braço  esquerdo com aquele objeto cortante, ele estava prestes a dar outro golpe concerteza mais fundo, fecho meus olhos esperando a lâmina perfurar minha pele, sinto o peso do homem caindo para o lado, rapidamente abro meus olhos revelando uma garota com a garrafa que o sujeito estava alguns minutos atrás, por causa da escuridão não pude ver seu rosto.

- Ei você está bem?- Ela vai até mim, nego com a cabeça- Vamos antes que ele acorde, ela me ajuda a levantar.

Minha visão está toda embaçada, minha cabeça parece que irá explodir

-Este é seu carro?- Ela pergunta é assinto, a luz da lâmpada revelou o gosto da garota.

- Lisa?- Digo surpreso ao rever ela, a mesma me encara com um semblante  preocupado- Você...sabe...dirigir?- Pergunto 

- Sim- Ela responde, pego a chave do carro e a entrego, ela destrava o carro e abre a porta do passageiro, com dificuldades me sento no banco, ela fecha  a porta e rodia o carro e entra na porta do motorista.

- Para onde quer ir?- ela pergunta 

- Eu não sei- respondo confuso 

- COMO ASSIM VOCÊ NÃO SABE?- Ela altera a voz, dava para perceber o tão nervosa estava- Me desculpe e que...- A interrompo 

- Tudo bem-Suspiro-Calma....- ela respira e inspira lentamente

- Vou te levar para sua casa- Ela diz

- Não- Rapidamente falo, ela me olha confusa- Se eu chegar desse la, será um escândalo, não iriam desistir até achar esse maldito- Digo olhando para o cara que estava desmaiado- Que no caso você matou ele- Digo rindo

- Apenas deixei ele inconsciente- ela respira e me olha- Então vamos para o hospital ue- Questiona 

- Não foi muito fundo o corte, talvez em casa possa se resolver-Digo olhando o local

- Sério não sei oque passa em sua cabeça, está machucado e não quer ir ao hospital- ela fala inconformada- A mesma olha para frente após um breve silêncio ela pronuncia-se- Se importa passar essa noite la em casa? Tenho um Kit de socorros, talvez possa te ajudar- ela da um sorriso simpático devolvo o sorriso.

- Terá que acostumar com o cinto Lisa- Digo brincando, ao ver que não está conseguido por o cinto, ela da um sorriso tímido- Deixa eu te ajudar- Questiono

- Não, seu braço está machucado -Ela fala seria

- Segurança em primeiro lugar- Digo arrumando o cinto, novamente sinto sua respiração quente, ela liga o carro e começa a dirigir 

- Pensei que não era acostumada a dirigir carros chiques- Digo brincando 

- Bom...- Ela da um sorriso- Práticas- Continua- Porque aquele cara estava te batendo -ela pergunta sem tirar o olhar da rua

- Havia acabado de sair do trabalho, decidi parar na lanchonete para comer algum lanche, porém sem querer esbarrei naquele cara fazendo que a garrafa caiu, aí ele me deu um soco e  depois me empurrou para aquele lugar, e meu deu vários golpes- Digo

- Que cara escroto- Ela fala irritada 

- Pode me fazer outro favor?- pergunto olhando a mesma 

- Claro- Ela responde

- Compre uma camisa de manga longa tamanho *  e uma calça por favor tamanho * - Digo e ela me olha surpresa.

- Ok, senhor mandão- Ela pega o dinheiro e sai do carro indo em direção à loja,  esboço um sorriso após sua fala, meu braço está coberto de sangue, não foi fundo o corte, mais fez um corte dolorido, meu corpo todo duro, qualquer movimento fazia que eu resmungasse de dor, até penso como irei acordar amanhã.

Jungkook/Off

Lisa/On

-Me de uma camisa de manga comprida tamanho * É uma calça tamanho * masculina-digo ao ver a funcionária que me olhava surpresa 

- Qual cor senhorita?

- Hmmm preta 

-Ok- a moça pega algumas peças de roupas

- Temos esse conjunto de moletom-ela me mostra a roupa

- Pode ser esse, quantos e?-Pergunto 

- São *** reais, podemos dar um desconto se quiser- Ela fala indo ao balcão 

- Claro- acompanho-Me estranhei de achar uma loja aberta a essas horas- Digo entregando o dinheiro 

Ela dá um sorriso-também estranhei uma moça vir a essa hora- Ela sorri novamente- Está acompanhada?- Pergunta 

- Err sim- Digo olhando para o carro através do vidro 

- É para seu namorado?- Ela pergunta olhando para o carro

-NÃO-digo envergonhada-apenas amigo-sorrio

- Me desculpe, Aqui está- ela me entrega a sacola com a roupa 

- Tudo bem, e obrigada-sorrio e saio em direção ao carro

- A conversa tava boa em- Fala o mais alto ao me ver entrando no carro 

- Para falar a verdade não, aqui está o troco- Digo entrando as notas 

- Pode ficar- Ele sorri

- Não obrigada- Coloco o dinheiro no porta luvas

- Era um presente-Ele diz

- Vou entrar na justiça para parar de fabricar cintos desse modelo- Digo com dificuldades de por o cinto 

- Não é o modelo e sim a pessoa- Ele fala se aproximando de mim para me ajudar novamente.

- Já disse que não é para se esforçar- Digo dando partida no carro

- Apenas ajudei uma bela moça com o seu cinto, oque tem demais?- Dou um sorriso com suas palavras

- tem certeza que não quer ir para sua casa- o pergunto 

- Sim- Ele responde sincero 

- Dirige muito bem- Ele vira seu olhar para mim

- Obrigada- Respondo 

- Faz faculdade?- Ele pergunta 

- Não- Respondo secamente- Devia mandar mensagem para sua família não?- o pergunto mudando de assunto 

- Já mandei, falei que ia dormir em um motel- ele fala checando seu celular

- Aah então minha casa e um hotel?- Digo fazendo que Ambos rimos, um silêncio invade o local, logo depois e quebrado por Jungkook.

- Oque você acha dessa reencontro inesperado?- Ele brinca

- Normal ue- Respondo- pensou que nunca mais iamos se ver?

- Para falar a verdade sim- Ele fala sincero- Muita coincidência não?- ele me olha e retribuo o olhar.

Pego o controle do portão da garagem e aperto o botão, quando já havia se aberto todo entro com o carro.

- espere eu descer para eu te ajudar- Digo pegando minha bolsa e a sacola de roupa e em seguida abro a porta, fecho o portão da garagem eu vou até a porta de Jungkook 

- Cuidado-digo pegando em seu outro braço 

-Aii-ele resmunga 

- Desculpe 

- Não foi você- Ele diz

- Caramba foi bem feio em- Digo olhando ao cortado do seu braço, pude ver que seus braços são bem musculosos, ajudo a caminhar até a porta que dava na cozinha.

- Senta ai- Digo chegando perto do sofá- Eu vou ali pegar algumas coisas- Digo indo até o quarto de hóspedes que estava a calamidade, havia muita poeira e caixas entulhadas.

- tenho algumas faixas, remédios e pomadas que podem te ajudar- Digo chegando a sala

- Realmente esse cara acabou comigo- Ele fala

Me sento ao seu lado esquerdo e começo a analisar o corte, começo a passar um pano molhado para limpar o local

- Aii- ele trinca os dentes e fecha  os olhos. 

- Olha suponho que seja melhor você banhar antes que eu enfaixe-digo o olhando 

- Tá- ele se levanta com minha ajuda, levo ele até o banheiro.

- Olha eu sei que meio...vergonhoso mais pode tirar minha camiseta?- ele pergunta tímido

- Cl..aro- Digo sentindo minhas bochechas queimarem

Ele fica a minha frente e ergue seus braços com dor, pego na barra de sua camiseta e começo a levantar, revelando seu abdômen, realmente ele malha muito, muito bem trabalhado.

- Baixinha- ele diz rindo ao me perceber que estou na ponta dos pés 

- Desculpe mais você que é alto- Digo terminando de tirar sua roupa parte de cima, ele da um sorriso- Se precisar de alguma coisa me chame, estarei no outro banheiro- Digo saindo indo em direção ao outro banheiro.

Tomo um banho rapido, visto um conjunto de moletom vermelho, escuto o barulho da chuva, rapidamente vou ao meu quarto para ve se a janela tava fechada depois vou até a porta do banheiro que o moreno estava.

- Jungkook?- O chamo

- Oi?- ele responde 

- Nada não, era só para saber se estava vivo- Brinco e ouvo uma risada dele, o mesmo abre a porta, ele estava apenas com a calça que havia comprado mais cedo, deixando seu ABS exposto, seu cabelo estava bagunçado e molhado, meu Deus que Deus grego *-*.

- Tem bom gosto para roupas- Ele diz referindo as roupas que comprei, tentei o máximo de não olhar para o ABS dele, porém falhava.

O ajudo até ir na sala, novamente me sento ao seu lado.

- Talvez arde um poquinho- Digo

-ok- ele se escora sua cabeça no sofá, começo a passar os medicamentos, o mesmo contorcia de dor.

- Pronto- Digo o olhando, alguns fios molhados estava sobre sua face, deixando muito sexy.

- Caramba foi rápido em até enfaixou- ele diz olhando o local

- Você que estava no mundo da lua, e não viu as hora passar- Brinco  e ele dar um sorriso- está com fome?- pergunto 

- Um pouco- ele responde me olhando 

- Oque quer para comer?- Pergunto me levantando do sofá 

- tem miojo?- ele pergunta me fazendo rir

- Eu não vivo sem-  Digo e rimos-Agorinha ta pronto- Falo indo para  a cozinha.

- Tá bom- ele diz

*Miau miau*

- Olha só quem apareceu-digo me referindo ao pequeno Kookie que voltou de seu sono

- De perto  e mais bonitinho- Diz o moreno olhando ao gatinho 

Pego o gatinho e coloco no sofá junto com Jungkook

- Qual nome dele?- ele pergunta fazendo carinho no Kookie

- Kookie- respondo lavando minhas mãos , ele da um risada- Oque foi?- pergunto 

- Meus irmãos me chamam de Kookie- Ele responde

- Aaah

Começamos a conversar de coisas aleatorias, o miojo fica pronto em seguida nós sentamos nas cadeiras 

- Porque não faz faculdade?- ele pergunta assoprando a comida

- Eu até pensei, mais vi que é muito cara a área que quero- Digo 

- É qual você queria?

- Fotografia- Esboço um grande sorriso- Praticamente o dinheiro que recebo do serviço ia so para a faculdade- 

- Participou do sorteio das bolsas?- ele me olha 

- Pensei, porém no tempo era uma das mais concorridas, nem optei por participar- termino minha refeição 

- Deveria tentar- Ele também termina de comer 

- Acho melhor não- Digo, ajudo ele ir até na sala, volto a cozinha, coloco os pratos na louça, e esquento o leite para Kookie, depois vou até o rapaz 

- é você faz faculdade?- pergunto me sentando ao seu lado 

- Vou começar a fazer administração- ele sorri meio cabixbaixo- Mora sozinha?

- Sim- agora eu estou cabisbaixa- Tenho apenas esse pequeno, digo pegando Kookie e colocando entre nois dois.

- Pensei desde aquele dia nunca iria ver você novamente- Ele diz fazendo carinho a gatinho 

- Se enganou feio em - Digo, o clima estava estranho entre nois, mais nada fora do normal, realmente ele sem camisa me deixa tímida.

- Pode me passar seu número?- ele pergunta me fazendo arregalar os olhos

-Sim- ele me entrega o celular dele, aberto na página de contatos, dígito meu número e salvo e entrego.

- Está com sono?- pergunto ver ele bocejando 

- Um pouco- ele levanta seu olhar para mim

- Vem vou te levar onde você irá dormir- ele se levanta e fomos ao meu quarto

- é o seu quarto?- ele pergunta ao entrar no cômodo 

- Sim 

- Onde irá dormir?- ele pergunta se virando para mim 

- Na sala- Sorrio

- Não claro que não, não tem outro quarto aqui não?- Ele pergunta  inconformado 

- tem, porém está todo bagunçado, não tem condições de alguem dormi la- Digo séria

- Pode dormir na cama, eu durmo no sofá- ele diz tentando caminhar até a sala mais eu bloqueio que passe pela porta

- Jungkook- Suspiro- Olha seu estado garoto, ta louco que vou deixar você dormi no sofá??- Falo o encarando 

- Lisa eu não quero te prejudicar- Ele diz

- Você não está-fecho meus olhos e depois abro- Por favor, dorme ai

- a cama e de casal, deve ter uma jeito- ele coça a nuca

-anda logo- Digo e ajudo ele ir até a a cama, ele se deita, ajeito conforme ele pediu, pego a coberta, quando eu ia colocar sobre ele, acabo tropeçando com meus próprios pés caindo sobre Jungkook, minhas mãos sobre seus peitos, nossos rostos com mínima distinção, olhares com olhares....


Continua....





















Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...