1. Spirit Fanfics >
  2. Destiny of love - 2 temporada >
  3. Como no início de tudo

História Destiny of love - 2 temporada - Capítulo 14


Escrita por: e KathVic


Notas do Autor


Fiquem em casa galera😉

Boa Leitura🥰...

Capítulo 14 - Como no início de tudo


Fanfic / Fanfiction Destiny of love - 2 temporada - Capítulo 14 - Como no início de tudo


Pov Barry


Nós ficamos deitados no sofá nos olhando, às  vezes esqueço como esses olhos azuis são perfeitos.


Quando já estava muito tarde a Kara me pegou estilo noiva e me levou até a cama, isso… ainda é um pouco estranho sabe... ter uma namorada linda, inteligente, carinhosa e que ainda pode me levar até a cama.


O despertador foi o meu maior estraga prazeres, vi a Kara se levantar, mas fiquei com preguiça e virei pro canto tentando dormir novamente.


- Bom dia velocista, hora de acordar - A Kara falou um tempo depois fazendo cosquinhas atrás da minha olheira.


- Estou com dor nas costas - Queixei e ela riu.


- Boa primeira frase do dia - Ela falou sorrindo e puxando a minha mão - Você quebrou a perna em três lugares diferentes e fraturou a coluna, dor nas costas é o menor dos seus problemas velocista.


- Hum... - Fiz um biquinho manhoso olhando pra ela.


- O que foi? - Ela falou passando a mão por cima dos meus ombros e eu sorri a beijando.


- Você está linda - Admiti e ela riu.


- Obrigada mas.... e a perna? - Ela perguntou.


- Bem - Olhei pra baixo e tirei a proteção - Novinha em folha.


- Então... banho e base velocista - Ela falou e eu sorri a puxando pro banheiro...


Quando chegamos na base como sempre estava movimentada, especialmente pela equipe Flash, supergirl e legião.


- Ei Barry - A Caitlin me chamou em um canto onde ela estava com o Cisco, mas eu não fui pra lá.


- O que eles querem comigo tão cedo? - Pensei alto e a Kara sorriu.


- A Caitlin disse que é uma surpresa, e quer uma carona pra ir pro Japão... aí droga não era pra falar isso - A Kara falou confusa então eu ri e a beijei de novo.


- Tudo bem garota de aço - Falei sorrindo - Eu finjo que não sei.


- Okay, te amo - Ela falou me dando um último selinho e saiu.


- Vamos para o Japão? - Perguntei empolgado chegando perto da Cait e do Cisco.


- Sabia que não devíamos contar para a Kryptoniana - Cait reclamou e eu ri.


- O que vamos fazer no Japão? - Perguntei.


- Nem pergunte - Cait falou e apontou pro Cisco com a cabeça - Ele pode ser estranho ás vezes.


- Vamos sair hoje! - O Cisco disse alto me assustando - Partiu Karaokê? - Ele completou e sorrindo.


- As seis da manhã? - Perguntei ainda com sono.


- Aqui, mas em Yokohama já é quase três da madrugada - O Cisco continuou.


- Você fala japonês? - A Cait questionou.


- Pílulas da Nave das lendas, eu roubei algumas - O Cisco rebateu ainda empolgado… eu tenho um amigo estranho


- Vai ser legal... - Cait fingiu empolgação - Eu acho.


Quando finalmente fomos para Yokohama a primeira coisa que fizemos foi ir para um Karaokê, cantamos várias vezes sugar de marron V, foi incrível mesmo que algumas vezes as pessoas do bar nós ignoravam achando que estávamos bêbados.


Admito que senti falta disso, a tantos anos que isso não acontece, nós três juntos, como no início de tudo.


- Aliás por que estamos fazendo isso? - A Cait perguntou pro Cisco que apareceu com um sorvete. 


- Para relembrar quando o seu cabelo era menos bagunçado? - Perguntei apontando pro Cisco e vi a Cait roubar o sorvete dele.


- Para nada, eu só estava com vontade de sair - O Cisco falou perdendo enquanto a cait como uma boa colega do crime me entregou o sorvete.


Nós conversamos mais um pouco, mas algo estava me incomodando ali, como a Kara disse, se aprendemos algo com essa crise é que se tem algo para falar… fale.


- Vocês me perdoam? - Perguntei por impulso e os dois se entreolharam.


- Sim, achei que nunca pediria - O Cisco falou e recebeu uma cotovelada da Cait na costela - Ei calma, eu tô só brincando, sua descontrolada violenta.


- Ata - Ela falou - Barry… não tem o que perdoar, você voltou atrás antes da crise e voltou a ser você.


- Isso, e as vezes tomamos escolhas erradas como o de vocês dois roubarem o meu sorvete - O Cisco falou pegando o sorvete dele de volta e fazendo uma careta.


- Mesmo assim sinto muito, não pelo sorvete - Falei roubando o sorvete de novo...


Pov Oliver


- Ei Kara e Mon el, posso falar com vocês? - Perguntei e eles a assentiram então fomos pra uma outra sala.


- O que foi? - A Kara perguntou.


- Bem... reparei uma coisa ontem, quando lutamos com o God Speed - Falei devagar - Se não fosse a Kara, aquela bomba seria um grande problema pro time Falsh, e se não fosse a Laurel estaríamos de luto agora.


- Onde você quer chegar? - O Mon el perguntou rápido.


- A Equipe Supergirl e Arrow ajudou a equipe Flash, e ajudou muito - Falei e peguei o papel que a Kate deixou pra mim antes de morrer - O primeiro pedido da Kate foi pra trabalharmos aqui, esse já estamos comprindo, o segundo é para não esquecer os que morreram nunca, esse ainda não sei o que fazer, e o terceiro...


- Formação da Liga da Justiça - A Sara falou aparecendo dentro da sala - Já li esse papel.


- Formar a liga? - A Kara perguntou.


- Sim, mas não seria mais o Arqueiro, a Canário e a Supergirl, seria a Liga da Justiça, acabariamos com essa divisão de equipes - Falei e eles pensaram.


- Nós seríamos os fundadores? - O Mon el perguntou.


- Nós quatro e o Barry, resumindo, um de cada equipe para não ter problemas - Falei novamente.


- O mundo saberia dessa liga da justiça? - A Sara perguntou e eu assenti - Eu, Nate, Charlie e o Mike não somos heróis Oliver, você sabe disso.


- E não estou mandando serem, não será a liga dos heróis, será a liga da justiça, e bem... as lendas lutam pela justiça também - Falei...


Notas Finais


Que saudades da primeira temporada de the flash né?😥
Obrigada por ler...🙃


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...