1. Spirit Fanfics >
  2. DESTINYS >
  3. Sabia que lhe conhecia de algum lugar...

História DESTINYS - Capítulo 4



Notas do Autor


Olha só se não sou eu de novo...não me julguem...(mentira podem me julgar sim, eu mereço kkk ;-;)
Enfim...vou postar a continuação dessa fofurice dos taegyu, dessa vez o Taehyun acaba descobrindo algo sobre o próprio passado que tem haver com o Beomgyu...rsrsrs
《》《》《》《》《》《》《》

Bom é isso...fiquem com o cap ♥♥ beijinhos ;3
~ Kai

Capítulo 4 - Sabia que lhe conhecia de algum lugar...


Fanfic / Fanfiction DESTINYS - Capítulo 4 - Sabia que lhe conhecia de algum lugar...

Taehyun apenas aproveitava a sensação que os toques de Beomgyu o causavam, porém já estavam próximos ao castelo e o mesmo foi diminuindo a velocidade.

- Chegamos...- falou baixo, sem saber se o mesmo teria ouvido ou não.

Beomgyu finalmente havia ''acordado de seu sonho'' - ....Mais já?.... - Fez uma carinha emburado com um bico olhando a Taehyun e literalmente se esquecendo de Taeyoung e Taehyung.

Taehyung soltou uma risada contida enquanto Taeyoung tinha um sorriso enorme no rosto.

- Taehyun...leve Beomgyu para conhecer o castelo...me desculpe Beomgyu mas..tenho que conversar com Taeyoung sobre o ocorrido noite passada...- Taehyung falou calmo encarando Taeyoung que apenas assentiu.

- Tudo bem Tae's...- disse arrancando uma risada baixa do Choi.

- Tá... então podemos ir? - Disse Beom com um pequeno sorriso tirando as mãos do Kang e descedo do cavalo.

- podemos...- disse descendo do cavalo e ficando ao lado do Choi. - Vamos para o jardim...tenho certeza que você vai adorar lá..- disse com um sorriso.

Os olhos de Beomgyu brilharam quando ouviu a palavra ''Jardim'', o Choi amava plantar e cheirar flores, quase era como se fosse seu passatempo favorito...

Taehyun pegou sua mão o guiando até o jardim, estava cheio de borboletas de todas as cores e tamanhos, assim como a variedade enorme de flores que haviam ali, tinham rosas brancas, vermelhas, amarelas e até azuis que eram extremamente raras, tinha várias tulipas e também hibiscos...Beomgyu se viu em um paraíso.

- Como eu nunca ouvi falar desse jardim?... - Disse com um sorriso - AAH! AQUILO SÃO ROSAS BRANCAS! - Disse correndo até chegar a flor e logo pegou nela com cuidado e então a cheirou.

Taehyun o observava com um pequeno sorriso.

- Você gosta mesmo de rosas brancas não é? -disse um sorriso pegando uma rosa branca e colocando entre os cabelos do mesmo.

- Sim gosto muito, ainda mais que é minha flor favorita....e tem o mesmo cheirinho que você... por isso que eu não parava de te cheirar no caminho - Disse passando a mão em seu pescoço e deu uma pequena risada tímida.

Taehyun sorriu com seu comentário.

- ah ...então foi por isso que quase dormia no caminho? ...- perguntou o provocando.

- É... me faz me sentir confortável... e até eu durmo quando eu sinto o cheiro eu fico meio sonolento - Disse com uma pequena risada.

- Hum...será se você tem cheiro de flores também...deixe-me testar..- disse se aproximando e Beomgyu deu um passo para trás.

- Eu não tenho um cheiro de flor Taehyun... - Disse teimoso com os olhos semicerrados o encarando com um bico.

- Será mesmo ..?- disse segurando sua cintura delicadamente pois sabia do curativo que o mesmo possuía.

- N-Não... eu não tenho... - Disse cruzando os braços e logo engolido a seco com uma cara de inseguro não sabendo oque iria acontecer.

- vamos ver....- Taehyun posicionou seu rosto próximo ao pescoço do Choi e começou a sentir um cheiro incrivelmente bom para si...era um cheiro que ele conhecia muito bem; rosa do deserto, sua flor favorita, tinha um cheiro forte porém suave que encantava qualquer um...assim como Beomgyu. Ele esfregou seu nariz naquela área causando um pequeno arrepio no mesmo. - Eu não disse que tinha...- falou próximo ao seu pescoço voltando a aspirar aquele aroma que tanta mexia consigo.

- I-Isso eu não sabia... a-aah... - Disse afastando um pouco seu rosto mas Taehyun não parava de cheirar seu pescoço, fechou seus olhos ficando um pouco trêmulo com a ação do mesmo que começou a cheirar atrás de sua orelha, fazendo Beom quase ter um treco alí mesmo.

- Pois fiquei sabendo...- disse com uma risada baixa no ouvido de Beomgyu. O trouxe para mais perto pôr seus braços e enterrou seu rosto ali, sentindo aquele cheiro...que aquecia seu coração. Logo sem perceber direito oque fez depositou dois beijos no pescoço do mesmo enquanto cheirava-o, poderia passar a eternidade sentindo aquele cheiro.

- É-É tão b-bom assim...? - Disse pondo sua mão no pescoço do mesmo e a outra em seu ombro, ainda tendo arrepios pelos toques de Taehyun...

- Sim Beomye...- disse o chamando por esse apelido, não se lembrava de onde se recordava...porém quis o chamá-lo assim.

- Taehyunie... - Logo sussuspirou deixando suas bochechas ficaram rosadas - p-por favor... continua... - Disse passando a sua mão que estava no pescoço do mesmo até a cabeça e logo aacariciando os cabelos castanhos do mesmo...

Taehyun fechou seus olhos e aproveitou o carinho de Beomgyu, logo voltando a cheirar seu pescoço deixando beijos ali.

- Só tem uma pessoa que me chamava assim..- disse olhando em seus olhos e deixando uma pequena lágrima escorrer. - ...um amigo de infância, o único que eu tinha...e eu o chamava de Beomye...- disse finalmente se lembrando de onde conhecia a casa do Choi. ..e seu sorriso que continuava doce e contagiante.

Beomgyu finalmente havia se lembrado de sua infância com Taehyun - Tae... era você....? - Disse logo o abraçando - E-Eu saiba que ainda iria lembrar! Eu olhava pro seu rosto.... sempre me dava lembranças dos meus pais... e que eu sempre saía de casa para brincar com alguém.... é eu não conseguia lembrar que era v-você... - Disse o abraçando mais forte.

Lágrimas de felicidade rolavam pelo rosto de Taehyun enquanto o abraçava forte mas com cuidado por conta de seu curativo.

- S-Sim Beomye...s-sou eu..- disse afundando seu rosto no seu pescoço.

- E-Eu senti tanto sua falta.. - disse se separando e beijando suas bochechas rosadas.

- nunca mais se afaste de mim viu? E nem fuja mais...- disse fazendo carinho em seus cabelos negros e macios.

- Nunca mais... - Disse o apertando mais ainda...

Taehyun ainda sentia seu cheiro, e continuou a beijar seu pescoço causando uns''pequenos '' arrepios no Choi.

- ta arrepiando porque Beomye..?- perguntou o provocando passando seu nariz naquela área sensível.

- A-aah seu safadinho... - Disse fechando os olhos e logo rindo debochado...

Taehyun apenas riu, não ia fazer nada impróprio com o Choi ali no meio do jardim, e do nada, já sabia que se sentia atraído por ele, mas iria deixar tudo fluir com calma...sem pressa.

- Beomye...vamos conhecer mais partes do castelo...- disse ainda cheirando seu pescoço.

- Ok então... só precisa parar né - Disse encarando Taehyun com os olhos semicerrados.

Taehyun não resistiu a tentação e deixou uma mordida fraca em seu pescoço se afastando com um sorriso travesso.

 Beomgyu o encarou indginado e logo passou seu dedo no local da pequena mordida - A-Ai... isso foi golpe baixo... - Disse em um risada sem expressão.

Taehyun riu de sua carinha emburrada e pegou sua mão. 

- Vamos Beomye...quero te mostrar...um lugar que só eu conheço aqui no castelo.. - disse calmo.

- Ok então... - Disse o Choi ainda olhando em volta do lugar.

Ambos foram até a parte lateral do castelo, o Kang olhou ao redor para ver se não havia ninguém, se abaixou e mexeu em dois tijolos na parede ..fazendo uma passagem secreta aparecer deixando Beomgyu confuso.

- Nunca haviam falado dessa parte do castelo.... - Disse para si mesmo..

Taehyun se vira para o responder, porém seus narizes se tocaram os deixando bem próximos, o coração do mesmo quase saiu pela boca por aquela aproximação. 

- E. ..q-que...só eu sei oque tem aqui então...ninguém mais sabe...- falou ainda com seu rosto a poucos centímetros do de Beomgyu.

Beomgyu havia virado um tomate, um ''tomate pedra''..... Beom havia ficado imóvel pelo contato de seus narizes tão próximos... o Choi havia caído para trás naquele momento...

Taehyun se assustou um pouco com a queda repentina de Beomgyu e foi em direção ao seu rosto ainda agachado.

- B-Beomye...oque houve? Você está bem? - perguntou preocupado, não que ele não tinha sentido um frio na barriga com aquela aproximação, .. mas a reação do Choi foi deveras estranha.

Beom fechou seus olhos e logo fez uma carinha de tímido - Tô.... t-tô sim é.... foi apenas uma queda - Riu sem expressão e logo se levantou, ainda estava um puro tomate...


Taehyun percebeu que o mesmo estava com vergonha e sorriu de sua carinha vermelha.

- Vamos? ...- perguntou abrindo a passagem...que só os cabiam se entrassem agachados. - Tem que entrar abaixado...dá conta...? - perguntou .

- S-Sim... pode deixar comigo...

- Tudo bem...eu vou na frente...aí eu te ajudo a descer ...- disse se ajeitando e logo entrando devagar se rastejando.

Taehyun finalmente chegou, era uma passagem reta, sem desvios, tinha uma pequena descida e teria que ajudar Beomgyu por conta de seu machucado...tinha quase certeza de que se ele descesse sozinho se machucaria.

- Pode vir Beom! - gritou lá de dentro fazendo sua voz ecoar pelo local.

- Tá! - Disse ainda de fora da passagem... Beom foi logo se rastejando lentamente para que seus curativos não particem ou saíssem do lugar... cautelarmente mexia seus cotovelos e seus joelhos.... e logo saiu da pequena passagem - Consegui - Disse se sentindo vitorioso com um sorriso.

- Vem devagar ...vou te segurar...- disse com os braços estendidos para segurar o mesmo.

Beom logo deu um pequeno impulso e logo caiu nos braços de Taehyun... conseguindo sentir seu aroma aconchegante...

Taehyun o segurou com cuidado para não o machucar. 

- Pesadinho ein? ...- disse pulando com o mesmo em seu colo.

- Aaah... então quando tu usas armardura eu ainda sou o pesado? - Disse fazendo uma expressão de deboche e pondo suas mãos e sua cintura fazendo uma pose.

Taehyun riu e o colocou no chão. 

- Bom...faz sentido ..- disse rindo. - Agora me siga...ainda não chegamos. - disse calmo.

Andaram por uns dois minutos...logo encontraram uma tocha acesa, que Taehyun pegou para iluminar o caminho. Quando enfim chegaram, uma porta enorme com detalhes esculpidos na madeira.

- Aqui...é meu lugar favorito depois do jardim...aqui que eu venho quando...quando preciso de um tempo...- disse calmo destrancando a porta com uma chave que tirou de seu bolso, revelando uma biblioteca enorme, com livros de todos os tipos, dos mais antigos ao mais novos...e lá tinham flores...rosas brancas que trepavam nas paredes e ficavam entre as prateleiras, dando uma impressão de paz...o próprio Taehyun não entendeu como aquelas rosas nasceram ali anos atrás, mas sempre as regava próximo a suas raízes para não encharcar os livros.

Beomgyu sorriu denovo por conseguir sentir o aroma das rosas entre as prateleiras, ainda mais que haviam diversos livros... Beomgyu adorava ler... principalmente livros de receitas..... e de feitiços...

- E então? ...gostou? - perguntou sorrindo.

- Sim! Eu amo de verdade ler.... e ainda com as minhas flores favoritas como o aroma desse lugar.... por mim... eu vinha aqui todo dia.... - Disse passando seus dedos delicadamente na flor que estava na prateleira.

- Pode vir aqui a qualquer hora...tenho outra chave..- disse entregando-lhe uma chave do local. - só me avise quando vier não quero que se machuque descendo aqui..

- Obrigado Taehyunie... - Disse pondo a chave e sua bolsinha e devolvendo um sorriso a Taehyun e logo olhando as prateleiras - Aqui tem livros de receitas... ou até poções?

- De nada...- disse apertando suas bochechas. - E sim. .tem, tem até um mini laboratório ali no canto..- apontou para uma mesa cheia de tubos de ensaios e de recipientes especiais.

Aquilo fez os olhos de Beom brilharem! Sempre gostava de fazer poções, essências, xaropes para curar gripes, feitiços, e deixar aromas pelos lugares, estava dando até pulinhos de tão feliz que estava.... oque fez o coraçãozinho de Taehyun ficar apertado.

Taehyun sentia um leve aperto em seu peito mas não era tristeza, longe disso era felicidade, seu coração transbordava felicidade. 

- Você sabe fazer feitiços? ...- perguntou rindo enquanto o mesmo ainda pulava.

- Sim! Por isso que eu consigo fazer aqueles xaropes, e aqueles tempeiros, e os pequenos saquinhos de cheirinho na minha casa - Disse indo para outra prateleira e pegando um livro.

- Ah...temos um bruxinho aqui...- disse rindo beijando sua bochecha.

- Q-Que? Nem perto ainda... - Disse rindo e abrindo o livro.

- Tenho certeza que consegue se quiser...- disse pegando um livro enorme e o entregando. - esse livro tem vários passos para se tornar um bruxo...eu já li ele mas ...não entendi muita coisa...- disse soprando a capa do mesmo fazendo uma nuvem de poeira subir.

Beomgyu arregalou os olhos na hora que viu o tamanho do livro - Acho que eu sei um tipo de ''poção'' que não tem um efeito colateral, se quiser você pode experimentar! - Disse logo virando as páginas do livro

Taehyun ficou um pouco surpreso e nervoso.

- Beomye...- disse inseguro. - essa poção faz oque? - perguntou.

- Ela não faz nada Taehyunie... - Disse teimoso - só fala se você vais querer ou não... você vais me agradecer! - Disse encarando Taehyun com seu indicador para cima.

- Ah....tudo bem...eu quero..- disse meio inseguro mais com um sorriso.


Notas Finais


Aaah mano tô vomitando arco-íris kkkk :3 ###
Eita...será que esse pseudosuco''poção'' faz oque...?....hehehe só digo uma coisa...Beomgyu tem sim um plano em mente com essa poção...
♡·♡·♡·♡·♡·♡·♡·♡·♡·♡·♡·♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...