História Destruam esse Diário - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Chouji Akimichi, Deidara, Fugaku Uchiha, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Haku, Hanabi Hyuuga, Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Jiraiya, Kakashi Hatake, Karin, Kiba Inuzuka, Kizashi Haruno, Konan, Konohamaru, Kurenai Yuuhi, Kushina Uzumaki, Mebuki Haruno, Mei, Mikoto Uchiha, Minato "Yondaime" Namikaze, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Orochimaru, Personagens Originais, Rock Lee, Sai, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Suigetsu Hozuki, Temari, TenTen Mitsashi, Tsunade Senju, Yamato
Tags Sasusaku
Visualizações 89
Palavras 919
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá amorinhas, tudo bem? Capítulo I da fiction, e muito obrigada pelo apoio de vocês no prólogo. Estou muito feliz que tantas pessoas tenham gostado, vocês não tem noção.
Desculpa o atraso do capítulo, mas eu tive um dia corrido. Espero que gostem dessa capítulo.
Até às Notas Finais.

Capítulo 2 - Capítulo I - Rosa Chiclete


Fanfic / Fanfiction Destruam esse Diário - Capítulo 2 - Capítulo I - Rosa Chiclete

Destruam esse Diário - Capítulo I

"A vida é cheia de segredos, e sempre tem um lugar onde o deixamos armazenados..."

Eu e meu irmão ficamos nos encarando por um bom tempo. Ele provavelmente deve estar se perguntando, "quem escreveu isso?"... Eu também estou!

- Eu conheço muita gente a 7 anos... Pode ser qualquer um!- Ele dizia, ele parece realmente curioso.

- Você não tem nenhum palpite?- Perguntei pensativo, quem poderia ter um diário rosa?

- Não, e eu realmente não estou interessado. Deve ter sido alguma garota por aí, esquece!- Ele disse mudando sua feição para a de tédio. Incrível como meu irmão pode ser tão bipolar...

- Tá, vou fazer isso...- Disse ainda pensativo, e lógico que eu menti, vou descobrir de quem é esse diário nem que seja a última coisa que eu faça.

- Vá tomar banho, mamãe chegou.- Ele disse olhando na direção da escada e depois deixando meu quarto.

Cara, eu estou realmente exausto. A curiosidade está me matando, e eu estou morrendo de dor de cabeça. 

Levanto da cama sem ânimo, pego minhas roupas e vou pora o banheiro, tudo que eu preciso é de um banho. 

Depois de ficar um tempão pensando debaixo do chuveiro, eu saio, depois de ouvir a voz irritada do meu irmão do lado de fora.

Me troco, ainda no banheiro, e saio dando de cara com um Itachi irritado com os braços cruzados. Ele realmente quer me tirar do sério!

- Você quer acabar com toda a água do planeta, senhor egocêntrico?- Ele dizia com certa irritação na voz...

- Não sou egocêntrico.- Disse passando por ele, o deixando falando sozinho.

- Mamãe pediu para você descer, ela fez seu jantar...- Ele disse me seguindo até meu quarto, e se encostou na porta do mesmo. Eu simplesmente me joguei na cama.

- O meu jantar?- Eu disse com  a voz abafada por conta de estar com a cara enterrada no travesseiro.

- O que?- Ele disse sem entender minha pergunta.

- O meu jantar?- Eu repeti levantando minha cara do travesseiro, e depois a enterrando novamente.

- Sim, eu não vou jantar em casa, vou sair com a Konan.- Eu levanteintei meu rosto, sentando em cima da cama, o encarando maliciosamente.- Não pensa besteira, o pervertido!- Ele disse gargalhando junto comigo.

Ele saiu do meu quarto ainda gargalhando, e eu fiz o que ele falou. Desci para comer, sem ânimo nem pra ficar em pé.

Eu realmente odeio minha vida.

Do outro lado da cidade - Casa da Sakura

Eu havia chegado em casa a pouco tempo, pelo simples motivo de ter ido ajudar a Ino com a floricultura. Como de costume, minha mãe não estava em casa.

Entrei com a minha chave, e me deparei com um bilhete.

"Filha, eu saí com o Alfred. Não irei voltar para casa, se quiser chame alguém para ir aí. Tem pizza no forno.

Com amor, mamãe."

- "Com amor, mamãe"...- Disse repetindo com uma voz debochada virando o olho.

Fui em direção ao meu quarto e joguei minha bolsa em algum canto. Peguei minhas coisas e fui tomar meu banho.

Liguei a torneira deixando a minha banheira enchendo 

- Putz, esqueci meu hidratante...- Disse me certificando de que a banheira não iria transbordar e saindo em disparada ao meu quarto.

Abri minha bolsa e peguei meu hidratante, mas algo me imcomodava, eu sentia falta de algo.

- Cadê meu diário?- Perguntei desesperada. Não, meu diário não pode sumir, tem coisas, realmente, importantes nele.

Olhei para o banheiro, que ficava em frente ao meu quarto, e vi que ainda tinha alguns minutos.

- PORRA, QUE MERDA!- Disse pegando meu celular é discando um número.

Ligação em andamento...

- Alô?- Ouvi a voz abafada da Ino do outro lado da linha.

- ALÔ, INO? VOCÊ PRECISA ME AJUDAR...- Disse gritando desesperada.

- Aí, rosa choque, não precisa gritar...- Ela disse me repreendendo.- O que foi?- Ela disse certamente com tédio.

- INO, MEU DIÁRIO NÃO ESTÁ NA MINHA BOLSA...- Eu disse procurando novamente meu diário na bolsa.

- Você não tirou ele daí?- Ela disse bocejando. Ela tá me achando com cara de idiota?

- Claro que não, né Porca? Se eu tivesse tirado eu saberia...- Eu disse indignada e com raiva. Ela só pode estar zuando.

- Ai testuda, eu não sei...- Ela disse. Legal, nem ajudou...

- Não sabe? Mas você nem se esforçou para saber onde tá...- Eu disse, e estou perdendo a paciência com essa menina.

- Você quer minha ajuda ou não?- Ela me perguntou. Esse tipo de ajuda eu não quero, humpf...

- Sim (Não)...- Eu disse, ela é a unica que pode me ajudar...

- Ele só deve estar no seu armário, se acalma...- Ela disse.- Vou procurar na minha bolsa pra ver se você não deixou comigo, okay? Se eu achar eu te ligo.- Ela disse calmamente, a Ino é a primeira pessoa que eu deixei ler meu diário... Primeira e última.

- Tá, obrigada Porquinha.- Eu disse mais calma. Espero que esteja com ela.

- De nada, tchau.- Ela disse desligando. Eu joguei meu celular na cama e respirei fundo com as mãos no rosto.

Quero tomar banho e ir dormir. Falando em banho...

- MEU KAMI-SAMA, A BANHEIRA!- Falei correndo pelo cômodo. Cheguei lá na esperança de nada estar errado, mas foi ao contrário. A banheira estava transbordando... - A MERDA, HOJE É UM PÉSSIMO DIA...- Disse desligando a torneira.

No dia seguinte - Sasuke

- Como é? Você achou um diário...- Dizia o dobe rindo igual uma Hiena engasgada.

- Para de rir, não é engraçado...- Eu disse sério ainda lembrando do que eu tinha lido.

- Que cor é esse "caderninho"?- Ele disse ainda recuperando o fôlego.

- Ele é rosa chiclete!- Disse por fim.

Estou prevendo algo ruim...


Notas Finais


Eeee, saiu capítulo.
Meo Deos, será que a Sakura vai descobrir que o Sasuke está com o diário dela? Deixem nos comentários.
Desculpem se o capítulo ficou curto ou ruim, é que eu realmente fiz ele correndo para não ficar sem capítulo.
Comentários, sugestões, idéias, teorias ou críticas construtivas são bem vindas.

Beijos amorinhas,
Até amanhã.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...