História Destruída - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Dance with Devils
Personagens Lindo Tachibana, Mage Nanashiro, Maria Tachibana, Personagens Originais, Rem Kaginuki, Ritsuka Tachibana, Shiki Natsumezaka, Urie Sogami
Visualizações 37
Palavras 511
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Ação, Aventura, Famí­lia, Fantasia, Ficção Adolescente, Harem, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Survival, Suspense
Avisos: Heterossexualidade, Incesto
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 7 - Where are you?


POV Maksis

Eu sentia algo de diferente no submundo, era como se uma presença nova estivesse aqui e amenizasse seu odor almiscarado. A única coisa que poderia fazer o cheiro melhorar seria a presença do grimório proibido ou seja, Ritsuka estava em algum lugar dali e eu iria achá-la e devolvê-la para Maria.

No entanto, havia um problema:Por conta dos boatos, ela talvez estivesse com meu sobrinho Lindo,que pelo que me falavam agora era o rei dos vampiros após a morte de Nesta. Se isso realmente fosse verdade, eu iria ver por mim mesmo nem que tivesse que usar Roen novamente e com sua ajuda matar o atual rei dos vampiros.

POV Ritsuka

Lindo se acalmou após meu pedido de soltar os meninos o irritar. Eu estava assustada e sem saber o que fazer já que aparentemente ele era uma das pessoas mais assustadoras e temidas do submundo, no entanto, sou excessão a isso, pois comigo Lindo continua a ser o irmão que amei mesmo com todos os outros problemas, eu não o culpo por se irritar por conta dos meus pedidos de libertar os rapazes, afinal eu havia sido testemunha de todas aquelas brigas que poderiam ter terminado em sangue sem minha intervenção.

Por conta da possessão de Lindo e por súplicas dos empregados, tive de ficar ao seu lado o dia todo sem poder sair de seu campo de visão, aparentemente só era algo bom porque ele se acalmava quando eu estava por perto e com isso suas ações eram menos violentas. Ele estava me conduzindo pelos corredores do castelo com um sorriso no rosto quando paramos de frente para uma porta de madeira localizada numa ala não habitada do castelo. Lindo tira um molho de chaves do bolso e gira uma delas no buraco da fechadura e então a porta se abre com o empurrão de Lindo. Ouço barulho de correntes vindo do quarto e me assusto, ao entrar escuto gemidos de dor e quando minha visão se acostuma com a escuridão, me deparo com um rosto bem familiar.

- Ritsu... - Diz Rem me olhando, ele estava fraco e seu corpo antes forte e musculoso estava esquelético.

- O que você fez nii-san? - Pergunto mais assustada do que nunca e me deparo com Lindo me olhando com um sorriso maldoso seguido de uma gargalhada assustadora.

- Pobre Ritsuka, tão tola e ingênua. - Diz ainda rindo conforme se aproximava. - Você nunca sequer desconfiou de mim não foi? - Pergunta rindo da minha cara. - Acho que não minha querida imouto, o que acha de um acordo?

- Que acordo? - Pergunto assustada e desconfiada ao mesmo tempo.

- Se você se tornar minha esposa e me der um filho eu o soltarei. - Arregalo os olhos, institivamente o empurro e tento correr para a porta. - Nada disso. - Diz aparecendo na minha frente.- Acho bom passar alguns dias aqui para colocar a conversa em dia com esse verme que você ama. - Ele fecha a porta, me tranca e sai com uma expressão de decepcionado enquanto começo a chorar ao ver Rem daquele jeito.


Notas Finais


oq acharam? comentários?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...