1. Spirit Fanfics >
  2. Destruidora de mundos >
  3. Katherine

História Destruidora de mundos - Capítulo 23


Escrita por:


Notas do Autor


Oie pessoas lindas passando para avisar mais uma vez que essa fanfic é sequência de outras duas vou deixar aqui para que entendam melhor o que se passa nessa história.

primeira fanfic:https://www.spiritfanfiction.com/historia/amando-um-cavaleiro-3248721

segunda fanfic :https://www.spiritfanfiction.com/historia/santuario-x-olimpo-4610650

Aconcelho lerem as outras para entenderem melhor essa rsrs

Tenham uma ótima leitura.

Capítulo 23 - Katherine


Fanfic / Fanfiction Destruidora de mundos - Capítulo 23 - Katherine

Casa de virgem   
 
Shaka estava pensativo, seus olhos estavam abertos ele olhava o céu estrelado ainda não conseguia dormir, shun seu discípulo o antigo cavaleiro de bronze de Andrômeda se dirigia a ele calmamente com seus olhos fechados, seus cabelos haviam crescido um pouco.  
 
-Mestre o que houve? Desde que Ares morreu o senhor não descansou nenhum, pouco eu o conheço bem...O que está te incomodando? 
 
-Shun....Por acaso você se lembra que uma vez estávamos meditando e vimos que Athena não estaria no futuro e que tinha uma filha, um bebê que corria perigo e sobre aquele bebê estava marcado por uma terrível profecia obscura? 
 
-Sim mestre Shaka, percebo que parte dessa profecia se cumpriu, é exatamente como se Athena não estivesse no futuro, já se passaram treze anos.... e ela nunca acordou, mas eu não soube que Athena teve filha alguma.  
 
-Pense bem...Milo esteve ao lado de Saori desde antes de Hades voltar, após a morte dele ela ficou fora do santuário um ano, e retornou após uma guerra com Zeus desacordada nos braços de Milo.  
 
-Realmente.....nesse tempo ela poderia sim ter tido uma filha, mas ainda não se encaixa tudo isso, onde está a filha de Athena e Milo, só pode ser ele o pai já que na festa de comemoração ele subiu na mesa arremessou Julian Solo na mesa das comidas quando novamente pediu a mão de Saori em casamento.... 
 
-Eu também desconfiei de tal atitude vindo dele, A filha de Athena esteve na sua frente hoje Shun....  
 
Shun pensava com calma, analisava a situação e finalmente conclue:  
 
-Kate é a filha de Athena, claro!! Como não vimos isso antes mestre!!!! Ela tem semelhança com Milo em sua aparência, e lutou bravamente demonstrando poderes que ninguém tem sem treinar pesado, Vamos agora mesmo revelar toda a verdade!!!!!!  
 
Shun esperava seu mestre se virar e ir com ele para falar a verdade para os outros, porém shaka simplesmente se coloca em sua posição de lótus e o diz:  
 
-Não seja fofoqueiro Shun, são três da manhã controle sua ansiedade, a verdade vai aparecer em breve. Agora vamos descansar foi um longo dia.  
 
Shun assente.  
 
 
 
Três meses depois  
 
-Não aguento mais ficar de repouso, estou na casa de Shaina o tempo todo! Até ela já se recuperou da luta contra Ares e eles insistem que devo repousar, droga quero sair, quero treinar!!!   
 
Meu mestre Milo me proibiu de treinar, todos os dias ele vem aqui para saber como estou, minhas mãos permanecem enfaixadas Selene apenas troca as ataduras, mas está bem melhor que antes só descasca um pouco, já recuperei o movimento delas quase completamente, shaina entra e me vê acordada e irritada ela me pergunta:  
 
-Olá como você se sente hoje!   
 
Bufo para ela e digo:  
 
-Não aguento mais essa pergunta, estão me mantendo como prisioneira nessa casa por favor shaina eu quero sair um pouco, me ajuda!  
 
Ela abre a gaveta e pega uma roupa dela e joga pra mim, depois diz:  
 
-Acho que vai te servir bem.. Vista-se vamos dar uma volta pelo santuário okay! é tudo que posso fazer por você.  
 
Eu nem sabia que shaina gostava de vestido...olho para ele era um vestido de manga azul marinho, bem comportado até.  
 
-Ahhh!! Obrigada shaina o que faria sem você na minha vida!   

nem dava pra ver a reação dela, pois estava com sua máscara de amazona. 
 
Me visto rapidamente realmente aquele vestido me caiu bem, sigo ela pelo santuário, vejo Milo treinando Scarlett e logo protesto:  
 
-Eii vocês dois estão me excluindo do treino!  
 
Faço cara de raiva e eles se aproximam, Scarlett diz com uma carinha sorridente:  
 
-Kate você parece bem melhor. fico feliz que esteja bem. 
 
Meu mestre não gosta muito de me ver fora do repouso e protesta também:  
 
-Eu disse que teria que esperar mais tempo para que você estivesse completamente sã.  
 
Shaina diz:  
 
-Ela está bem melhor Milo, dá um tempo não é preciso ela ficar em casa o tempo inteiro.  
 
-Tem razão Shaina....  
 
Respiro fundo tendo uma ideia, então coloco essa ideia em ação:  
 
-Mestre quero pedir permissão para ir até a casa dos meus pais nas montanhas que fica depois da floresta que fica nos arredores do santuário, eu vim para o santuário sem permissão deles sinto muito a falta, por favor me deixe ir lá!  
 
Pela cabeça de Milo havia passado a ideia de Kate ser sua filha desaparecida, mas depois de ouvir o que ela acabou de dizer destruiu essa ideia, ela tinha pais...uma familia. 
 
-Eu não sabia que você tinha familia kate.  
 
Quando escuto isso sorrio e digo a ele:  
 
-Todo mundo tem familia mestre.  
 
Scarlett explica melhor:  
 
-Nosso mestre pensou que você também era orfã como eu sua boba.  
 
-Ata entendi,abaixo a cabeça, eu não iria dizer mais nada. 
 
Meu mestre me olha como se estivesse decepcionado com algo que eu disse, então ele simplesmente responde:   
-Sozinha você não vai.  
 
As palavras dele eram sempre não pode fazer isso, não pode fazer aquilo....você tem que repousar eu já tava de saco cheio.  
 
Eu tava pronta para falar de novo mas Scarlett diz:  
 
-Tudo bem mestre, eu acompanho ela até lá.  
 
-Eiiii! Eu não preciso de uma babá olho feio , -eu matei o Deus da guerra não sou criança, lembro isso a eles.  
 
Shaina reforça a ideia:  
 
-Kate é pegar ou largar....se eu fosse você aceitava, também não acho uma boa ideia que vá sozinha depois de tudo que passou.  
 
Suspiro derrotada e digo:  
 
-Okay okay tudo bem!  voltamos logo eu prometo. 
 
 
 
Milo via o momento certo de descobrir a origem de kate, iria atrás dela e veria seus pais iria descobrir de quem ela herdou tais poderes, hoje mesmo ele saberia de tudo. 
  
Algumas horas depois 
 
Depois de muito andarmos Scarlett me pergunta : 
 
-Faz mais de duas horas que saímos do Santuário, Kate tem certeza que está indo pelo caminho certo? 
 
-Claro que estamos, lá está minha casa. 
Aponto o dedo indicador. 
 
A casa estava exatamente igual quando sai, exceto pelo buraco que abri no meu quarto quando fugi, meu pai com certeza havia o fechado e reformado, respiro fundo iria reencontrar meus pais.... 
Aperto o dedo na campainha, escuto a voz da minha mãe.... 
 
-Espera um momento. 
Respiro ofegante, ela abre a porta, seus cabelos ainda estão brancos e grisalhos seus olhos se encontram com os meus, ela grita: 
 
-Kate! Filha pensei que nunca mais veria você de novo. 
Ela me abraça forte, ela chora. 
Meu pai vem logo depois e nos abraça também, não deixando Scarlett de fora que também o puxam para um abraço e mesmo ele sendo durão aceita. 
 
-Entrem por favor. 
Entramos pela porta e a fechamos. 
 
Milo observava tudo de longe. 
-Então é aqui que ela morava....Mas aquelas pessoas, parecem comum. 
O cavaleiro coça a cabeça e decide esperar. 
 
 
Minha mãe me elogia mais de uma vez, e me faz girar mostrando para meu pai o quanto estou bonita. 
-Kate você está ótima! Que vestido lindo. 
 
- Está maravilhosa! Confirma meu pai. 
 
Scarlett parece incomodado, ele tentava mas não conseguia se encaixar ali num ambiente de tanto amor. 
Nos sentamos a mesa e minha mãe nos serve café, bolo e rosquinhas conversamos por um bom tempo, nós quatro, minha mãe decide fazer uma pergunta mais que ousada ela olha para mim e para Scarlett: 
 
-Ele é seu namorado ? Fazem um ótimo casal. 
Meu pai engasga com o café e faz vista grossa para Scarlett que mantém um olhar de Surpresa. 
Olho para meu pai e para mim mãe, olho por fim para Scarlett e respondo: 
 
-Claro que não né mãe....ele nem faz o meu estilo brinco levando a xicara de café a boca, mas não deixo de corar. 
 
-De maneira nenhuma senhora. 
 
Escuto Scarlett dizer isso sério e me dá uma enorme vontade de rir. 
Após lancharmos decido que era hora de partir, pois prometi ao meu mestre Milo que não demoraria. 
 
-Mãe, pai já tenho que voltar para o Santuário, só vim avisar que estou bem e que vou me tornar uma amazona em breve. 
Meu pai diz: 
 
-Filha desista dessa idéia, fique conosco sentimos muito a sua falta. 
 
-Eu sei pai, me perdoa por deixa-los. 
 
Minha mãe já chorava com a ideia que novamente eu iria embora. 
Mas aceitam bem dessa vez, me despeço deles com um abraço. 
 
Eles sussurram : 
 
-Apesar de tudo, você sabe que sempre será nossa filha, mesmo não tendo nosso sangue. 
 
Scarlett parece surpreso ao ouvir meus pais falando isso, mas permanece calado. 
Respondo a eles: 
 
-Nada mudou, vocês continuam sendo os meus pais, sorrio com lágrimas nos olhos, eu amo muito vocês! 
 
-Também te amamos filha , eles me respondem em conjunto e sinto um misto de emoções. 
 
Me despeço dos meus pais e saímos pela porta, acenamos para meus pais depois sumimos floresta adentro. 
 
Milo que já estava cansado de esperar no topo de uma árvore grande desce dali ele pensa : 
-Finalmente saíram! 
e vai rumo a casa tocando a campainha. 
Ele trajava roupas normais, sem a armadura de escorpião, afinal não queria assustar aquelas pessoas. 
 
A senhora atente a porta simpática. 
 
-Olá, posso te ajudar ? 

 
Milo tenta ser o mais calmo e educado: 

 
-Boa tarde, meu nome é Milo a senhora é mãe da Kate? 
 
-Sim. 

 
-Temos que conversar. 

 
-Quem é você? 
-Ah me desculpe, como eu disse meu nome é Milo, sou mestre da Kate no santuário. 
 
-Que surpresa entre. 
 
Milo entra olhando a simples casinha que Kate viveu e cresceu o lugar possuía uma boa decoração, mas era bem humilde. 
Aquelas pessoas não expressavam nenhum perigo, ainda não entendia quem era Kate e como tinha os poderes que ele viu na luta com Ares. 
A senhora convida ele a se sentar no sofá e o apresenta a seu marido: 

 
-Querido este é Milo um cavaleiro é mestre da nossa filha. 
Ambos estendem suas mãos se cumprimentando e Milo não se aguentando de curiosidade e ansiedade vai direto ao assunto: 
 
-Devem achar curioso eu aparecer assim, mas temos que falar sobre a Kate, eu notei que ela é muito diferente e queria muito saber sua origem....Eu estou cuidando dela no momento, ela é minha responsabilidade no santuário. 
 
O pai de Kate parecia sério, já a mãe resolve contar a verdade: 
 
-Ela é diferente sim, não é nossa filha de sangue, mas cuidamos dela desde sempre. 
Milo tem uma impressão ao ouvir a mulher o marido dela logo fala: 
 
-Não diga nada disso a ele ! 
 
Milo insiste: 
- Por favor ! Eu quero o bem da Kate, podem confiar em mim. 
 
A senhora assente e continua: 
 
-Há mais de treze anos atrás, meu marido estava caçando no bosque quando avistou um grande homem com uma capa vermelha, tinha cabelos brancos, barba Branca ele não viu o olhar mas possuía um bebê em seus braços. 
 
O homem continua a contar seu ponto de vista: 
 
-Era um Deus, ele brilhava e tinha uma energia forte, ele deixou o bebê ali no meio do Mato e sumiu num passe de mágica, eu fui até lá e peguei a menina que chorava muito. 
A senhora continua : 
 
-Meu marido a trouxe para a casa e decidimos cuidar dela como nossa filha. 
 
Milo estava intrigado a descrição que deram batia exatamanete com o perfil de Zeus.......Não pode ser pensa ele. 
Queria ouvir mais então pergunta : 
 
- Por que colocaram o nome dela de Kate? 
 
A senhora de repente olha para seu marido vai até seu quarto pegando uma caixinha e mostra para Milo uma pequena pulseira de ouro com as inicias K.A. 
 
- Por causa das inicias, tentamos adivinhar o nome dela, pois ela tinha essa pulseira no bracinho direito. 
 
Milo tem um flashback de quando sua filha nasceu e ele colocou em seu braço aquela pulseira.... 
Ele não podia acreditar no que estava vendo, lágrimas rolavam por seu rosto e ele não tentava segura-las. 
Kate era na verdade : Katherine sua filha desaparecida, aquela que ainda bebê foi tirada da proteção de Saori, aquela por qual ele sofreu por anos achando que estava morta, ele não compreendia por que Zeus poupou a vida de sua filha já que estava tentando matar ela o tempo inteiro. 
Sua filha quase morreu quando a encontrou na floresta e ele ainda usou seu golpe nela que apesar dos riscos de terminar de matar acabou a  salvando. 
 
A senhora se preucupa com a reação de Milo que soluçava e chorava ela pega um copo de água e dá a ele que bebe rápido. 
Ele olha para os pais que cuidaram de sua filha que possivelmente a salvaram de morrer sozinha de fome e frio quando foi deixada por Zeus, ele puxa aquelas pessoas e os abraça que logo estranham. 
 
-Você está bem cavaleiro? 
Eles perguntam a Milo que responde com um sorriso no rosto no meio de tantas lágrimas: 
 
- Estou bem , obrigado por tudo e eu cuidarei dela agora, eu prometo. 
 
Dito isso ele sai dali a velocidade da luz, tinha que alcançar Kate e contar pra ela toda a verdade, que ela era sua filha com Athena e que se ela cresceu longe deles foi por obra de um destino cruel. 
 
 
Algum tempo depois. 
 
Andávamos de volta para o santuário Scarlett parecia tenso demais não deu nenhuma palavra desde que saímos da minha casa, então decido quebrar o gelo: 
 
-Eii obrigada por vim comigo....foi importante para mim que viesse. 
 
-Não foi nada, dá próxima vez seria melhor trazer alguém que faça seu tipo. 
 
Fico boquiaberta com as palavras dele, ele realmente havia se importado com o que eu disse ? 
 
-Scarlett não seja idiota, nós não temos nada mesmo o que queria que eu dissesse ? 
 
Ele para de andar e me fita com aqueles olhos claros. 
 
-Kate esquece isso, vamos continuar seguindo, se você age assim comigo é por culpa minha e do que te falei aquele dia. 
 
-Ainda bem que sabe porque você foi um grosso estúpido ! Ei pare de andar estou falando com você idiota ! 
 
Ele para de andar e para minha surpresa ele diz : 
 
-Acha que foi fácil eu te ignorar e te tratar mal só pra esconder o que eu sentia? Eu não sou um homem de me apaixonar e você mexia comigo de uma forma que eu nem pude imaginar e eu te odiei por isso Kate, você não imagina o quanto eu te odiei por gostar de você , tentei te afastar de mim de todas as formas e você continua aqui. 
Ele aponta para seu peito e eu fico chocada com suas palavras então digo: 
 
-Mentiroso! 
 
Ele vem na minha direção e me cala com um beijo suas mãos percorrem minhas costas me puxando para ele, seu hálito era fresco e suave. 
Era a primeira vez que eu era beijada por alguém, correspondo o beijo imitando seus movimentos, sinto um frio no estômago me sinto gelada, inebriada, extasiada e quando finalmente o beijo acaba ele me pergunta olhando nos meus olhos ainda com as mãos enlaçadas na minha cintura: 
 
-Ainda acha que estou mentindo? Ou eu não faço mesmo o seu tipo ? 
 
-Scarlett....eu. 
 
Ele me beija de novo e de novo até me convencer. 
 
Coro de vergonha nem sei o que dizer a ele , simplesmente digo: 

 
-Eu sempre gostei de você, podemos ficar juntos agora, pensei que realmente me odiasse. 
 
Ele responde : 
 
-Kate , também gosto de você, mas não podemos ficar juntos, nunca. 
 
Me irrito com ele, como assim não podemos ficar juntos ! Ele acabou de me beijar e se declarar, pergunto; 
 
- Por que não??? 
 
-Kate....eu estou condenado a viver no inferno para sempre. 
 
-No inferno??? Porque?? 
 
-Lembra quando fui buscar o garfo de Hades para montar a lança de Trium? Eu tive que pagar um preço. 
 
Eu me lembro bem disso, eu também tinha um preço a pagar com Cronos o Deus do tempo que me ajudou...sem ele jamais teriamos conseguido,.e ele em breve iria me cobrar pois assim como ele disse que quando eu matasse Ares ele iria pegar a lança de Trium, para que ela não ficasse a mercer do Santuário, ele cumpriu quando matei Ares a lança sumiu, com certeza foi ele cumprindo o que me falou , eu estava pronta para perguntar a Scarlett que preço ele tinha pagado pelo garfo de Hades mas somos surpreendidos por um brilho dourado, era meu mestre Milo? Ah não será que ele viu meu beijo com Scarlett??? Eu tinha que me explicar. 
 
Milo vinha na minha direção, pergunto confusa : 
 
-Mestre, o que faz aqui sem armadura? 
 
Ele simplesmente pega em minhas mãos e me abraça forte, me apertando em seu peito, eu podia perceber seus batimentos acelerados, os olhos dele lacrimejavam. 
 
Ele tremia e estava alterado, enquanto ainda estou aninhada em seu peito pelo abraço, ele me diz uma única palavra : 
 
 
-Filha. 


Notas Finais


Eu sei que vocês ficam bastante irritados quando paro de escrever em momentos como esse,mas quero evitar escrever capítulos grandes demais.
Até logo beijos do escorpião.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...