História Desventuras de duas adolescentes nada populares - Capítulo 7


Escrita por: e Flower_White

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 30
Palavras 2.353
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Comédia, Romance e Novela

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oieee, aqui é Rose_Black trazendo mais um capítulo! E nesse vai ter ponto de vista de todos os personagens!
Gente essa imagem do casal do capitulo tá mt fofaaa❤

Capítulo 7 - Surpresas


Fanfic / Fanfiction Desventuras de duas adolescentes nada populares - Capítulo 7 - Surpresas

POV's Miyuki Katsumi

Acordei ao som de rock (que era uma abertura de anime)do meu despertador no máximo, aí vocês pensam...cara, essa menina é louca de colocar um despertador com um rock mais alto do que o celular permite pra acordar numa manhã calma, esse é o meu problema, nem pra acordar de manhã eu sirvo pra ser calma!

Levantei, esfregando os olhos, e a música lá, foi aí que me lembrei da minha mãe graças aos gritos dela quase vindo aqui pra me matar por tê la acordado

-MIYUKI! DESLIGA ESSA DROGA CARAMBA!-grita ela mais alto do que o despertador,de seu quarto, a casa que até um segundo atrás estava em paz já foi invadida pelo caos que é essa loucura de mãe e filha sendo mãe e filha

Pulo da cama e desligo aquele dspertador, desesperada, eu estava morrendo de medo de que a minha mãe resolvesse levantar...

Olho meu Whatts, já estava com mensagens da Hanna me pedindo para ir pra escola com ela hoje

     ~~~~~~~Chat On~~~~~~~~

☆Hanna☆ Online

(Miyh, você vai comigo hj?Preciso te falar umas coisas)

         (Vou ss, me espera na frente da                            sorveteria)

(Ok,bju, até daqui a pouco😊)

                                                (Até mais😀)

  ~~~~~~~~Chat Off~~~~~~~~

Penteio o cabelo, vou ao banheiro, escovo os dentes e coloco meu uniforme, como sempre acordo bem mais mais cedo, estava de boa quanto ao tempo que tinha, mas mesmo assim, pra me arrumar, eu parecia o flash, por isso nem perdia tempo abotoando blusa nenhuma! Meu charme era ser uma desarrumada decente, faço uma maquiagem bem leve, mesmo nem precisando, a verdade é que eu era perfeita sem ter que usar maquiagem(nem se acha), mas...sei lá, todo mundo usava, eu não sou todo mundo mas gosto de me sentir um pouco mais bontia...

Arrumo meu material, ponho meu celular e meus fones, pois hoje teria educação física, nessas aulas eu sempre dou uma fugidinha no final pra ter um pouco de paz, na verdade eu odiava fazer exercícios, a única coisa que conseguia jogar direito era basquete

Desço as escadas rapidamente, chego a cozinha, faço um café preto, um pão com geléia de uva e como, me esquecendo de agradecer pela comida, eu sei que eu tinha que agradecer, mas eu estava muito pensativa enquanto saboreava aquele delicioso café...o Erik estava diferente ontem, como se estivesse tentando não contar muito sobre a vida dele pra mim...Bom, não deve ser nada, mas qualquer coisa que eu dissesse sobre mim que fosse igual a personalidade dele, suas bochechas ficavam vermelhas, mas...Por que? 

Bom..preferi não pensar muito nisso, agradeci pela comida (agora sim!) E sai de casa, trancando a porta, olhei para os lados, até observar um certo garoto alto de cabelos pretos escondidos debaixo da touca perto do portão da casa do outro lado da rua andando, por um momento pensei não conhecê lo mas...

-Erik?-Disse, alto o bastante para ele escutar

Ele olha para onde eu estava, e abaixa um pouco mais a touca e desviando o olhar, por uma fração de segundo consegui perceber a vermelhidão em seu rosto, pô! por que ele fazia isso?! Ele se aproxima de mim

-Nossa não sabia que você passava por aqui pra ir pra escola! -disse eu

-Ah..eu moro aqui perto, todo dia faço esse caminho 

-Ah que legal, quer ir comigo hoje?

-Anh...claro!-Responde de imediato- Bom...Se você quiser ir todos os dias comigo, como moramos perto...né?-diz ele levando a mão aos cabelos

-Ah...Pode ser..

Ficamos em silêncio

-Ah...e...quer dizer..e a Hanna?

-Vou passar pra ir com ela agora, quer ir junto?

-Na verdade eu ia lá buscar o Atsuki

-E se for todo mundo junto?

-Pode ser, aqueles dois precisam conversar né 

-Claro! Tá mais que na hora! -Respondi, animada

-Vou lá buscar ele então, a gente se encontra...

-Na frente da sorveteria 

-Beleza!

Ele põe as mãos no bolso, mas antes dele ir, fico na ponta dos pés e puxo sua touca

-Para de se esconder debaixo dessa touca!

Ele permanece olhando para frente, mas dava pra notar ele vermelho, cara...eu só puxei sua touca! Calma!

-Tá a gente se vê depois,  até lá Miyuki

-Até!

POV's Erik Tetsuo

Mano! Meu coração acelerou do nada naquele pequeno ato, pô por que ela mexe tanto assim comigo?! E por que ela não queria que eu ficasse de touca?

Eu precisava afastar ela da minha mente, não quero acabar ficando apaixonado, isso vai ser um problema muito grave, ela não sabe muita coisa sobre mim, e eu não queria magoa la de jeito nenhum!

Ela era tão...aaah cara! Ela era a garota perfeita! Mas é o tipo de anjo que um demônio como eu não deveria chegar perto

Se vocês soubessem pelo que eu passei...eu já parti muitos corações e eram todas lindas, que mereciam coisa bem melhor do que eu, eu nem ligava pra nenhuma delas de verdade, no fim, eram só mais uma mesmo, até o dia em que conheci uma que eu magoei tanto que ela...

Ao lembrar eu tento só afastar aquele pensamento...pô eu sabia que aquela menina não era normal e mesmo assim...eu era um cara horrível! 

Acontece que aquela garota estava deprimida, ela...ela era bonita, baixa, magra, era peculiar e estava passando por problemas de família bem graves,ela era forte, bem forte para essas coisas, mas eu fui tão idiota que consegui engana la, eu gostava dela, mas lá no fundo, era só mais uma, eu a pedi em namoro, depois de tê la ajudado a melhorar e se sentir um pouco mais feliz, simplesmente larguei ela, e ela...ficou pior do que já estava, naquela época eu era um monstro! Eu a magoei e o pior aconteceu, ela quis desistir da sua vida, com certeza sabem do que eu tô falando, graças aos céus hoje ela está bem e conseguiu se recuperar, mas quase ela sumiu...Por minha culpa é agora que eu mudei, não quero que aconteça o mesmo de novo, Miyuki é demais pra mim...

-Eu Erik!

-Anh? Ah e aí Atsuki?- Digo meio cabisbaixo 

-Credo por que cê tá tão deprimido cara?

-Não tô deprimido...

-Então por que essa cara de cachorro sem dono?

-Ah..nada, só vamos até a porta da sorveteiria 

-Por que? Não tá meio cedo pra tomar sorvete não? Nesse caso você paga tá 

-Não é pra tomar sorvete seu tonto! E outra, eu não ia pagar um sorvete pra você nem se fosse!

-Nossa..tá revolts por que? 

-Não tô revoltado!

-Ah senhor...tá mas por que você quer ir lá então? 

-Hanna

-O que? Ela vai com a gente?-diz ele, tudo felizinho

-Vai...E a...Miyuki também 

-Humm..Depois diz que ela não é o amor da sua vida

-Mas ela não é!

-Tá escrito na sua testa cara!

-Cala a boca senão eu parto seus óculos no meio!

-Eu só uso pra ler mesmo..

-Ah é?-Pego o óculos em seu rosto e ameaço quebrar

-Não! Não! Não! Tá eu paro mas não quebre os meus óculos! -Ele toma da minha mão

-Nerd-Digo com cara de tédio

-Eu sou mesmo! Você também é sua anta!

-Só que eu não sou que nem você 

-Ah enfim, cala a boca e vamos lá

Ficamos quietos, já que ele só tava afim de falar da Hanna e ficar me provocando como uma criança 

Chegamos a sorveteria e lá estavam as duas, Miyuki estava com um cachecol vermelho, a blusa aberta, bebendo uma caixinha de suco

-Vocês demoraram...- Hanna dirige se a Atsuki e o abraça, mas logo percebe oque fez e se afasta rapidamente, com o rosto vermelho, assim como Atsuki

-Cara...assumam logo que se amam!-Miyuki grita

-É ceis tão irritando já!-completo

Os dois ficam sem graça e desviam o olhar

-Quer saber! Vamos na frente Erik! Deixa esses dois conversarem...-Miyuki puxa a manga da minha blusa, a passos rápidos ficamos a frente do casal 2018

Novamente fico corado por aquele simples ato dela, eu não podia..Não podia gostar dela senão...e-eu...

POV's Hanna

Por acaso a Miyuki queria me ajudar?! Porque se aquilo era ajuda...Não quero nem saber o que ela faria se quisesse me ferrar!

-Hanna..É...e-eu preciso falar uma coisa...É que...eu...e-eu

-Não Atsuki...e-eu é que...que preciso te falar uma coisa...

-Fala você primeiro...

-Não...fala você 

-Tem certeza?Não sei se você vai se sentir a vontade se for o que eu tô pensando...-diz ele, levando a mão a cabeça,  totalmente corado

-Sim..Não...quer dizer eu...

-Não..É melhor eu falar...

POV's Miyuki 

Eu e Erik estávamos calados para escutar a conversa atrás de nós, até ele quebrar o silêncio

-Cara...Não aguento mais o Atsuki!

-Eu é que não aguento a Hanna, ela tem que falar logo pra ele!

-Quer dizer que a Hanna gosta do Atsuki

-Ah por favor Erik! É claro que gosta!

-O Atsuki também é louco por ela!

-Por que eles não se assumem logo então? 

-Porque são dois tímidos e nerds...casal perfeito! São iguais até na cor dos olhos!

-Né -Rimos juntos 

-Quem dera eu encontrasse uma garota igual a mim...

-Ah! Bom...uma garota igual a você com certeza existe! É só...Você procurar mais

-Bom...Acho que eu já achei...

-Então por que não fica com ela?

-Esse é o problema...

-Não entendi?

-Deixa pra lá -Então ele desvia o olhar...É claro que eu sabia de quem ele falava mas nós...nem nos conhecemos direito! Quer dizer...o pouco que conheço eu consegui ver o quanto somos parecidos mas...

Ficamos em silêncio, outra vez, escutando a conversa de Hanna e Atsuki, era perceptível a felicidade que eu e Erik sentíamos como amigo dos dois

POV's Hanna

-Então eu vou falar...Hanna eu...

-Você?...

-Bom...É que eu tô...tô gostando muito de você sabe...

-Ah é?...Bom eu também gosto de você

-Hum...mas de que jeito?- ele pergunta, extremamente corado

-É....

-Tá me desculpa, é claro que é como amigo né!- Ele esconde o rosto vermelho- Ah quer saber, que se dane! Hanna eu...eeu não gosto de você, na verdade eu acho que eu tô APAIXONADO por você, você é uma menina incrível, tudo em você me encanta, sua beleza...Seu caráter, o jeito como fala comigo, não tem como não amar!

-Atsuki...eu..na verdade acho que...sinto o mesmo que você...

-É?! -Ele se vira, sorrindo para mim- nossa..eu não esperava que fosse...

Ouço Erik e Miyuki rirem baixo a nossa frente, super atentos

-Ah esses dois...-Diz Atsuki

-Também formam um belo casal não acha? -Sussurro em seu ouvido

-Igual a gente

Eu e ele ficamos corados e nossas mãos se entrelaçam automaticamente

-Mas...Atsuki, você nunca me achou escrota? Tipo..Quando eu fiquei encharcada de tinta e...

-Eu fiquei furioso naquele dia, mesmo não demonstrando muito, acho que sou péssimo em demonstrar sentimentos...mas enfim, eu não dei atenção pra aquela loira idiota desde esse dia, na verdade nunca tinha dado atenção pra ela

-Mesmo? Você não sabe o quanto eu tô feliz por saber disso

-Hanna, desde que eu te conheci, pareceu que foi amor a primeira vista...eu te achei perfeita ainda mais depois de te conhecer...

-Atsuki, acho que nós fomos feitos um pro outro..Você é inteligente, gosta de esportes, super fofo...

-Assim eu fico envergonhado pô- ele põe a mão na nuca, sempre com as bochechas coradas- Aaa vem cá!

Ele me puxa para um longo e quente abraço, entrelaçando novamente nossas mãos, ele pega uma mecha do meu cabelo é começa a acariciar

Naquele momento só oque eu sentia era felicidade por crush correspondido, ele emanava uma aura de puro amor ali ao meu lado, acho que estávamos apaixonados um pelo outro...Como ele disse, desde sempre

POV's Atsuki

Cara! Eu tava feliz demais! Eu não consegui desgrudar dela até chegarmos a escola, na verdade eu não queria parar de abraçar ela enquanto não fossemos obrigados a isso, ela estava feliz, e eu..bem mais que isso

-Bom...Acho que vamos ter que ir pra nossas salas agora...-diz ela, cabisbaixa

-É...mas nos vemos na hora do intervalo

-Ok!

Ela solta minha mão e logo me vem um poço de tristeza, pô, o amor é tão cruel assim? 

Ela e Miyuki seguem para sua sala enquanto eu e Erik paramos pouco antes da nossa

-É cara...até que enfim hein! Agora vou ter um problema seu a menos pra me preocupar 

-Cala a boca idiota

-Ah Amigão!- Erik bagunça meu cabelo- tenho inveja de você!

-Por que inveja?

-Ah! Inveja de a sua vida estar dando certo enquanto a minha dá tudo errado!

-Mas a sua não está dando errado...e a Miyuki?

-Ah...quanto a ela...

-Eu sei que você gosta dela cara...relaxa, pode me contar..

-Ah! Cala a boca!

-Você tá ficando apaixonado por ela né?

-Ah eu sempre ajudo você agora você tem que me ajudar!

-Ah eu sabia!

-Cê tem que prometer que não vai falar nada pra ela...

-Eu prometo..relaxa, só que se escapar com a Hanna, não posso fazer nada

-Idiota

-Vai, fala logo...

-você lembra da...da Minakki né? 

-ouuu......aquela baixinha?pensei que não gostasse de falar sobre isso, tem certeza que não vai te fazer mal?

-Acontece que ela era uma garota super legal, mesmo com os problemas dela, e eu magoei muito ela...eu não quero fazer isso com a Miyuki

-Mas você mudou não mudou?

-Mudei! Mas sei lá...parece que se um anjo como a Miyuki cair nas mãos de um demônio como eu, que já fiz coisas até piores do que só magoar umas garotas, vai estragar e se ferir muito, e eu não quero isso pra ela

-Olha ele! Falando todo certão todo poético!

-É sério besta! Não tô zoando!

Erik cerra os punhos, todo nervoso

-Sabe...quer um conselho?

-De você? -Ele revira os olhos 

-Pelo menos eu tenho namorada, você nem perto disso tem!

-A Hanna é sua namorada? 

-Bom...Não...mas...quer dizer ainda não...

-Ah você ainda não pediu?! MAS VOCÊ É BURRO?!

-Calma! Eu vou pedir! Mas você quer ou não quer a minha ajuda?

-Ahh que seja!

Erik não gostava de receber ajuda dos outros, era isso que fazia dele um idiota, as vezes o orgulho é uma doença 

-Se você consegue pensar no medo que tem de magoar a Miyuki isso quer dizer que você não quer fazer isso de jeito nenhum! Então devia tentar, porque sabe que vai fazer o máximo pra não ferir os sentimentos dela

-Até parece que eu sou o tipo de cara sentimental como você!

-Cara...Você acabou de dizer que não queria magoar ela e que é um homem mudado...Vê se acorda e para de mentir pra si mesmo!

Ele vira o rosto, é claro que ele sabia oque tava tentando fazer! Ele queria não demonstrar o lado dele que ninguém conhece, bixin orgulhoso do caralh***

Perdoe os palavrões! Eu sou um cara culto! Tá! Culto!...Quer saber, Foda-se! Não é só porque sou Nerd que não falo palavrão!

          TÔ REVOLTADO MEMO!

As vezes o Erik é um idiota...

             ~~~~~SINAL~~~~~

Ouvimos o sinal tocar, eu e Erik entramos na sala e ficamos meio que... praticamente a aula inteira sem nos falar,mas não por causa do que aconteceu mais cedo, ponho meus óculos e começo a ler um livro qualquer que levei pra passar o tempo, esperando ansioso pelo intervalo pra poder ver...ela...o amor da minha vida 












          



Notas Finais


Espero que tenham gostado! Tentei deixar o melhor possível o ponto de vista deles, bjuus e até o próximo cap!
~Rose_Black


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...