História Desvio destiel - Capítulo 13


Escrita por:

Postado
Categorias Supernatural
Personagens Castiel, Dean Winchester
Tags Castiel, Castielnovak, Dean, Deancas, Destiel, Gabriel, Novak, Sabriel, Supernatural, Winchester
Visualizações 42
Palavras 1.135
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: LGBT, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Desculpem a demora 😅❤️
Boa Leitura 🌸💙

Capítulo 13 - Capítulo 12


 


    ⁃    “Não sobreveio a vocês tentação que não fosse comum aos homens. E Deus é fiel; ele não permitirá que vocês sejam tentados além do que podem suportar. Mas, quando forem tentados, ele lhes providenciará um escape, para que o possam suportar.” (1 Coríntios 10:13)


E mais uma vez, Deus estava falando com seu coração. Era incrível isso, não? Você precisar de algo e receber isso em seguida, e era tudo que Cas precisava. Não podia cair na tentação de qualquer que seja a coisa. Dean é tudo que um adolescente como Castiel quer experimentar: bebidas, festas, sexo, saídas com os amigos entre outras coisas que despertavam o interesse do menor. Mas o mais velho precisava da amizade do moreno e não podia sair assim de cena, e como diz a palavra, Deus não coloca coisas em nosso caminho que não possamos suportar, então Cas passaria por isso tranquilamente, Deus o ajudaria com algum suporte.

O Culto já tinha acabado e Cas logo foi procurar o par de olhos verdes pelo jardim. Talvez estivesse no quarto. E quando ele pensou que teria que procurar muito, um grito o espantou antes mesmo de chegar no dormitório

    ⁃    Sério Dean? Muito maduro- disse virando para trás e encarando o sorriso torto de Dean

    ⁃    As vezes eu sou- deu de ombros- já vai embora?

    ⁃    Provavelmente- respondeu- porque? Quer que eu fique?

    ⁃    Por mim- disse não se importando muito- você faz o que seu coração quiser


E o que o coração de Cas queria?
Por algum motivo, o seu músculo cardíaco acelerou, como se estivesse dançando novamente com Dean. As batidas eram fortes que ecoavam em sua mente, e o menor se perguntava se Dean podia escutar também


    ⁃    Eu...você está estranho- semicerrou os olhos estranhando o comportando do amigo- cade seus flertes e suas brincadeiras?


    ⁃    Você me disse para parar e bom...esse é meu jeito sabe, brincadeiras e tudo mais então, mudei ele por...- deu uma pausa com medo disso parecer errado, mas Dean enguliu seco se recuperando da pausa- por você


    ⁃    Mas Dean- chegou perto do mais velho- não quero que mude seu jeito nunca! Eu gosto dele- falou

    ⁃    Cas cara, se decida- falou confuso- você surta o tempo todo com as coisas que eu falo e faço, e ai pede para eu parar, bom, eu parei- explicou- gosto de você Cas, não quero perder sua amizade por conta de eu ser um idiota

O coração de Cas parecia explodir. Ele queria o jeito de Dean mas não queria surtar com ele, queria poder aproveitar e curtir o amigo do jeito que ele é.

“Mas que inferno”

Gritou com ele mesmo em sua cabeça. Porque com Dean ele não poderia ser simplesmente normal? Porque não poderia só ignorar e rir? Porque o incomodava tanto, Dean tão perto e sendo tão gentil com ele?
E aquela vontade de vomitar, voltou

    ⁃    Filho!- Camila gritou assim que viu Cas no jardim, seu pai estava ao lado com uma expressão dura, por estar em um local a noite com um garoto, e pelo jeito que Dean se vestia poderiam suspeitar dele ser alguém de má influência 

    ⁃    Oi mãe! Estou aqui- respondeu ainda olhando para Dean. Queria terminar a conversa com o loiro mas pelo visto não iria conseguir

    ⁃    Vamos?- sua mãe o chamou assim que chegou perto de Cas e deu um sorriso simpático para Dean como um “oi”

    ⁃    Quem é esse Castiel?- a voz de seu pai era de arrepiar qualquer um, inclusive Dean se assustou com o tom de voz

E Cas entrou em desespero


    ⁃    Esse? Ah...esse é o Dean- falou e Roberto apertou a mão com raiva, ato que só Castiel percebeu por saber que aquilo significava coisa ruim

    ⁃    Ola Dean, sou Camila- sorriu- mãe do Cas- abraçou o filho de lado, orgulhosa

    ⁃    Já vejo quem Cas puxou- sorriu simpático- porque com certeza, essa cara de prisão de ventre do pai, não puxou- Dean falou olhando para o mesmo que, arregalou os olhos e ameaçou partir pra cima do mais velho

    ⁃    Ele é sobrinho do Padre!- Cas disse rapidamente antes que as coisas terminassem mau. E pelo visto, tinha dado certo. Roberto parou o que estava fazendo e suavizou a face


    ⁃    Ah!- exclamou a mãe- não sabia que o Padre Tobias tinha irmã, que legal!- falou contente- venha qualquer dia almoçar com a gente, Dean


Dean olhou rapidamente para Cas como se pedisse ajuda na resposta e o menor, apenas mexeu a cabeça em sinal de negação como se dissesse “não aceite!”


    ⁃    Anh...eu...é! Quem sabe um dia- falou dando seu melhor sorriso- faculdade ocupa bastante meu tempo


    ⁃    Ah tranquilo! Quando quiser, fale com Cas unh?- disse- bom, vamos indo filho


    ⁃    Certo...thau Dean- se despediu do amigo

Dean só sorriu acenando.

 

Castiel não perdeu tempo. Assim que chegou em casa foi para o quarto se trancando em seguida, não queria ficar para ver o que o pai faria.
Tirou a roupa e foi tomar banho, um banho quente pelo frio mas rápido, entava ansioso demais para enrolar, então ficou tempo suficiente. Colocando o seu pijama que mais o agasalhasse, ele pegou seu celular, procurando Dean em meio as conversas


Castiel
Você não é um idiota, Dean


Dean
Ah, oi cas =\


Castiel
Oi, Dean 

 

Dean
Anh bom, obrigada? 


Castiel
Dean, nunca mude! Por mais que eu peça

 

Dean
Eu realmente não te entendo, Cas

 

Castiel 
Eu também não, Dean
Só sei que eu gosto do seu jeito =(

 

Dean
Então porque você sempre age estranho?

 

Castiel 
Porque parece errado você fazer isso comigo, tenho medo de Deus não se agradar...

 

Dean
Somos apenas amigos, certo? Não tem porque Deus não gostar


Castiel 
Hm...ok então

 

Dean
GIF
{ Toque para carregar }

 

E quando Castiel pensou que seria mais um daqueles gifs pornografico do loiro, ele se deparou com Dean mandando um beijo para ele. Sua pequena boca fazia um bico e logo depois se desfazia e terminava com um sorriso. Castiel se encantou pelo simples ato e admitiu pra si mesmo, que sim, Dean era atraente, com sua sardas adoráveis em suas bochechas até os olhos verdes
Uma tela de ligação com a foto de Dean o despertou do loop que o gif fazia. Castiel estranhou, até porque nunca tinha feito ligação com ele antes.

{Ligação on}

 

    ⁃    Dean- falou ansioso e a voz rouca do nervosismo


    ⁃    Cas....- a voz vinha com uma tonalidade chorosa e manhosa- o que eu faço?


    ⁃    Dean? Meu Deus o que houve? Porque está chorando?- perguntou preocupado e se levantando da cama


    ⁃    O Sam ele.... ele sofreu um...acidente- a voz era de desespero e frustração. E Cas não soube o que fazer.

 


Notas Finais


Até o próximo💋❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...