1. Spirit Fanfics >
  2. Details - Chaelisa >
  3. Coffee kisses

História Details - Chaelisa - Capítulo 12


Escrita por:


Notas do Autor


Eu tinha esquecido de avisar isso para vocês, mas eu também posto essa história no Wattpad.
Caso prefiram ou queiram ler por lá, o link é esse:
https://my.w.tt/R4NSzo3bG6

Epero que gostem do capítulo :)

Capítulo 12 - Coffee kisses


"We have very beautiful bad weather here at present - rain, wind, thunder - but with splendid effects; that's why i like it."

-Vincent Van Gogh


Lisa adorava o cheiro de terra molhada.

Todos os alunos amaldiçoavam a chuva naquele momento por não poderem ficar nas áreas abertas ou, no caso dos alunos do último ano, por não poderem almoçar fora das dependências da escola.

Já Lisa, seguia as gotas de chuva no vidro embaçado da janela com o dedo indicador, sorrindo.
Ninguém amava a chuva mais do que ela.
Dês de que ela estivesse em um lugar seguro e aquecido, não se importaria de ter que passar todos os dias de sua vida observando-a.

Aquele clima frio e úmido lhe trazia sensações boas, e ela simplesmente amava usar suas meias três quartos e seus moletons grandes e grossos; Então, nada melhor do que o frio.

California Stars, de Billy Bragg  tocava em um dos seus fones muito bem escondido por dentro do seu moletom e atrás de seu pescoço.
Lisa não odiava geografia, mas seu professor com certeza não era o melhor do mundo, e lhe deixava muito entediada.

Além disso, a visão bonita do lado de fora da janela tinha lhe tomado toda a atenção.

Voltou o olhar para dentro da sala assim que ouviu o sinal bater e pôde ver todos os alunos levantarem de suas cadeiras desesperadamente.
Seu professor revirava os olhos cansado, não tendo mais a atenção dos alunos e não conseguindo terminar sua explicação.

Lisa se levantou e andou calmamente até a porta, sendo uma das últimas à saírem dali.
Logo viu uma Jennie exasperada se aproximar e agarra-la pelo pulso.
Não precisou pergunta-la o porque de tanta euforia, afinal, era dia de macarrão com queijo na cantina; a única ocasião em que todos da escola realmente se empolgavam para a comida do almoço.

Elas entraram na fila e ficaram ali por pelo menos dez minutos até conseguirem pegar suas bandejas e seus pratos.
Se sentaram numa mesa quase vazia e Lisa deu um pequeno gole em seu suco, enquanto Jennie já levava garfadas cheias do macarrão à boca.

A tailandesa estava alheia e feliz; Confusa, mas feliz.
Seu fim de semana havia sido inesperadamente perfeito.

Havia beijado Chaeyoung, e isso não saía de sua cabeça por nenhum segundo sequer.Mas elas não haviam se falado dês daquela noite, e já se passaram três dias.
E pensando em possíveis motivos, Lisa tinha três coisas em mente.

1. Chaeyoung se arrependeu e resolveu lhe evitar pelo resto da vida.

2. Aqueles beijos não significaram nada e ela nem mesmo estava preocupada em relembrar sua mente disso.

3. Chaeyoung apenas estava tão feliz e confusa quanto ela.

E ela torcia muito que fosse a última opção.

Suspirou, enfiando o garfo diversas vezes na comida.
Comeu apenas algumas garfadas e disse ter perdido o apetite, dando o resto da comida em seu prato para Jennie Fominha Kim.

Seu celular tremeu na mesa e ela rapidamente olhou a tela, com um sorriso largo tomando conta de seu rosto.


Chaeyoung <3

Oi Lisa :)

Lisa

Oi Chaeyoung :)


Chaeyoung <3

É...O que você vai fazer hoje depois da escola?

Lisa

Bom, eu vou pra loja como sempre, porquê?

Chaeyoung <3

Às vezes esqueço que você é uma garota responsável e que trabalha o_o

Não é nada, eu só...Tô com saudade

Lisa

Oh

Você pode ir lá mais tarde, se quiser, e a gente passa um tempinho juntas

Chaeyoung <3

Uh, eu adoraria :)

Mas não seria inconveniente? Você não ganha sermão se levar outras pessoas pra lá?

Lisa

Dês de que a loja continue intacta e que nada seja incendiado, não •‿•

Chaeyoung <3

Se é assim, eu vou :)

Lisa

Então, até mais tarde Chaeyoung :)

Chaeyoung <3

Até, Lisa-yah :)


E sorrindo como uma boba ela devolveu o celular à mesa, colocando o volume de seus fones no máximo.

...

Observava seus Vans pretos novinhos passarem na frente um do outro enquanto caminhava calmamente e alguns pingos de chuva caíam sobre sua cabeça.Cantarolava alguma música aleatória e andava com passos firmes para que não derramasse o que levava nas mãos.

Usava sua calça e camiseta preta, com uma blusa xadrez de flanela da mesma cor que não lhe esquentava propriamente, mas pelo menos não a deixava congelar.

Tentava se distrair até que chegasse no seu destino, principalmente para que não pensasse no que deveria fazer quando chegasse lá.
Estava nervosa por não fazer ideia de como iria agir quando visse a tailandesa depois do acontecido no fim de semana; Elas ainda não haviam conversado sobre isso.

Mais algumas esquinas e lá estava ela, na rua da loja.

Chaeyoung desacelerou os passos numa tentativa falha de adiar seu surto, mas é claro que não adiantou muito e logo ela chegou à porta de vidro fechada.
Empurrou-a devagar e se permitiu observar a tailandesa concentrada ali dentro, aparentemente terminando uma venda para um cliente.

Ela usava uma calça preta com rasgos no joelho, o All Star preto de sempre e um grande moletom amarelo do Twenty One Pilots.
Como sempre, incrivelmente linda.
"You Really Got a Hold On Me" do The Beatles tocava baixinho, e a tailandesa levantou a cabeça rapidamente quando ouviu o sininho da porta.

Sorriu, recebendo a mesma reação da australiana.
O cliente passou por Chaeyoung com um aceno de cabeça e saiu da loja com uma sacola de papel em mãos.

Lisa continuou parada de pé atrás da bancada, sem reação; E Chaeyoung permaneceu em frente à porta que se fechara sozinha.
Logo os sorrisos demonstraram o grande nervosismo que ambas sentiam.

O que fazer?

-A-am...Como você está, Lisa?-Perguntou após alguns segundos em silêncio, dando um passo à frente.
E isso tirou a tailandesa do transe.

-Melhor agora.-Sorriu de canto, com um aceno de cabeça.-E você?

Sua resposta foi boa demais pra que eu consiga pensar em uma melhor, pensou.Mas estava nervosa demais para lhe responder aquilo.

-Estou bem.-Ergueu as bochechas num sorriso tímido, se aproximando e colocando os copos da cafeteria em cima da bancada.-Passei naquela cafeteria que fica umas ruas acima e comprei...Chocolate quente pra você.

Lisa sentiu o estômago revirar de felicidade e mordeu o lábio inferior, pegando o copo ali em cima.
-Obrigada Chaeyoung-ah.-Murmurou, colocando sua mão levemente sobre a dela.-Vem cá, senta aqui comigo.-Levantou suas mãos juntas, puxando a australiana para que ela passasse ao redor da bancada e se sentasse no banquinho alto ao seu lado.

Ainda com as suas mãos juntas, Chaeyoung sorriu e tombou um pouco a cabeça, observando seu rosto.
Lisa fez um bico fofo enquanto tentava olhar para frente, nervosa.
Sentiu a mais velha entrelaçar seus dedos e então finalmente virou o rosto, lhe encarando.

Chaeyoung estava tão linda naquele dia, e tudo que Lisa mais queria naquele momento era beija-la.

Estava usando menos maquiagem do que o normal e cada pequeno detalhe natural do seu rosto estava à mostra.
A tailandesa poderia surtar à qualquer momento enquanto observava aquelas bochechas gordinhas à sua frente.

Piscou várias vezes, abaixando um pouco o olhar e dando um gole em seu chocolate quente.
E ela arregalou os olhos assim que a bebida quente tocou os seus lábios, sentindo-se aquecida.

-Wah, perfeito.-Murmurou, segurando o copo com as duas mãos.
-Que bom que gostou.-Chaeyoung respondeu, e seus dentinhos apareceram num sorriso perfeito.
Lisa suspirou, observando os olhinhos da garota se fecharem ainda mais por conta do pequeno sorriso em seus lábios.

Seu coração provavelmente havia parado de bater.

Inconscientemente, um sorriso também havia tomado conta do seu rosto.
Ela se inclinou um pouco e deixou um beijo rápido de agradecimento bem em cima da pinta em sua bochecha gordinha.

Chaeyoung ergueu as sobrancelhas, abrindo a boca levemente em surpresa.
Se deu conta de que queria e precisava se arriscar, e que fora Lisa quem havia tomado a atitude da primeira vez.

Colocou o seu copo de cappuccino em cima da bancada e voltou seu rosto rapidamente ao dela, lhe beijando.
Lisa fechou os olhos automaticamente, mas suas sobrancelhas permaneceram extremamente erguidas.
Movimentou os lábios contra os dela e levou uma das mãos à lateral do seu rosto, tentando se concentrar no beijo e na mão que segurava o chocolate quente, implorando pra que ela não parasse de funcionar e o derrubasse.

Puxou o lábio inferior da mais velha e elas se separaram alguns milímetros, se olhando de pertinho.
-Ch-Chaeyoung, algum cliente p-pode chegar...-Sussurrou, fazendo a australiana arregalar um pouco os olhos e morder o lábio inferior, pedindo desculpas baixinho.-Am...Devíamos colocar alguma música no toca-discos, n-não acha?Vem, vamos escolher algum vinil p-pra colocar...-Se levantou do banquinho, colocando o copo na bancada e puxando Chaeyoung por uma das mãos até onde os discos antigos ficavam.

E a australiana aceitou que não deveria ter beijado Lisa.
Talvez ela tivesse se arrependido de ter lhe beijado no último encontro, e era melhor deixar aquilo pra lá.

Ela só não contava com as intenções da outra, que com certeza não eram relacionadas ao toca-discos.

A tailandesa puxou-a para dentro do quartinho e prensou seu corpo contra a parede, fazendo um carinho leve na parte da pintinha em sua bochecha.
Chaeyoung sentiu todo o ar de seus pulmões sumir.

Lisa não queria buscar vinil coisa nenhuma.

E assim que seus lábios se tocaram novamente, fecharam os olhos juntas e se permitiram serem presas naquela sensação tão boa.

As mãos de Lisa seguraram o rosto de Chaeyoung, fazendo um leve carinho em suas bochechas.A australiana segurou sua cintura com uma das mãos e colocou a outra próxima à sua nuca, aprofundando ainda mais o beijo.

Seus narizes se esbarravam e suas bocas dançavam delicadamente no mesmo ritmo, com um encaixe perfeito.
Lisa levou as mãos à sua nuca e não evitou suspirar quando sentiu a mais velha apertar sua cintura fraquinho ao sentir as pontas dos dedos passarem pela pele do seu pescoço.
E quando a falta de ar se fez presente foram se separando devagar com alguns selinhos, mantendo os olhos fechados.

Lisa abriu os olhos minimamente e sentiu o coração ir à boca com aquela imagem tão linda.

Chaeyoung tinha seus lábios entreabertos e os olhos bem fechados, com o rosto próximo do seu.
A tailandesa fechou os olhos novamente e passou a língua levemente pelo lábio inferior da outra, principalmente na pintinha muito linda que ela tem logo embaixo dali.

Isso fez a mais velha suspirar pesado, lhe roubando um último selinho.

Elas encostaram as testas uma na outra, respirando fundo.

Se olharam de pertinho, com sorrisos genuínos.
-Sua beijo tem gosto de cappuccino.-Mordeu o lábio inferior.
-E o seu de chocolate quente.-Respondeu, fazendo ambas rirem baixinho.

E em meio a carinhos, beijos e sussurros, elas ficaram um bom tempo ali, realmente esquecendo tudo ao redor.
Mas foram puxadas de volta pra realidade assim que escutaram o sininho da loja, que fez Lisa erguer as sobrancelhas.
Ela deixou um beijo rápido nos lábios da outra e disse que voltaria logo, indo até o caixa para atender o  cliente.

Chaeyoung se encostou novamente na parede, suspirando enquanto passava o polegar lentamente pela boca.
Nem em um milhão de anos ela imaginava aquilo acontecendo.

Logo Lisa colocou a cabeça para dentro do quartinho de novo, com um pequeno sorrisinho nos lábios, que fazia seus olhos se estreitarem.
-Ei, quer me ajudar?-Sussurrou, recebendo uma afirmação de cabeça da australiana.
Ela lhe estendeu o braço e juntaram as mãos, entrelaçando os dedos.

Ambas ficaram de pé atrás da bancada e Lisa pegou uma caixa fechada no canto, colocando-a ali em cima.
-Olha, esse papel aí do canto tem a tabela de preços.-Disse, indicando um papel ao lado do braço de Chaeyoung.-E quando chegam os discos e CDs novos, tenho que colocar etiquetas com preço em todos eles.-Sorriu de canto, levantando a etiquetadora em uma das mãos como uma arminha.

-Ok, e como eu posso te ajudar?-Perguntou, fazendo um gesto em frente ao pescoço, como se arrumasse uma gravata borboleta imaginária.
-Você pode escolher nossa trilha sonora e ir me falando os preços de cada coisa; depois organizamos tudo juntas.-Sorriu.-Se quiser, claro.

Chaeyoung acariciou seu rosto com uma das mãos e deixou um selinho rápido em seus lábios.
-Quero sim.-Franziu o nariz, divertida.
-O-ok, então...-Ergueu as sobrancelhas, encarando sua boca tão perto da dela.-Toma, pode colocar a música que quiser.-Entregou o celular desbloqueado pra mais velha, que agradeceu e abriu o aplicativo de música.

"Ask", do The Smiths começou à tocar no sistema de som da loja, e Lisa sorriu abertamente.
Ela pegou um canivete guardado ali e abriu a caixa com cuidado, tirando alguns discos para fora.
-Está vendo essa obra de arte?-Perguntou, segurando o vinil do álbum You and your friends em frente ao seu corpo.Chaeyoung afirmou.-É considerado um dos melhores álbuns atuais pela famosa crítica de música Lalisa Manoban.
A mais velha riu, falando o preço do tal álbum para que ela o etiquetasse.

-Porque você não compra um pra você?-Perguntou, apoiando o cotovelo na bancada e o rosto nas mãos.
-Bom, esse foi pedido de um garoto que vem bastante aqui...E eu só não compro porque não tenho um toca-discos, então o único lugar onde eu poderia escutar o vinil seria aqui na loja.-Fez um bico fofo, tirando mais algumas coisas da caixa.-Já até pensei em comprar esse álbum em CD, mas...Sei lá, eu queria mesmo ele em vinil.

-Hm, lá em casa tem um toca-discos antigo dos meus pais, acho que ainda funciona... Você poderia ir lá em casa quando quisesse pra usa-lo, e ficar quanto tempo quisesse também.-Ergueu as sobrancelhas, galanteadora.

-Uh, eu adoraria, mas acabaria ficando na sua casa pra sempre só pra usar seu toca-discos.-Cerrou os olhos.
-Sério?Só pelo toca-discos?-Fez bico, tombando um pouco a cabeça.
-Claro, só pelo toca-discos.-Franziu o nariz, lhe roubando um selinho.-E falando disso...O almoço na sua casa ainda tá de pé?-Perguntou, hesitante.

-Com certeza.-Respondeu distraída, mexendo no celular de Lisa à procura da próxima música que ela colocaria para tocar.
-Então, hm...Eu tava um pouco em dúvida sobre o que eu deveria vestir, sabe?-Entortou a boca, brincando com a etiquetadora.-Devo ir mais arrumada, mais chique ou mais...Lalisa?-Fez um gesto indicando à si mesma.

Chaeyoung riu, pegando uma etiqueta em branco da máquina e colocando-a em sua testa, fazendo um bico emburrado aparecer em seus lábios.
-Não precisa se importar com isso, Lisa-yah.-Beijou sua bochecha, logo colando uma etiqueta ali também.-Vá como se sentir confortável, é só um simples almoço e mamãe com certeza vai gostar de você.-Completou, reconfortando-a.

Não que Chaeyoung considerasse aquele como um "simples almoço", mas precisava dizer coisas reconfortantes à garota e realmente tinha quase certeza que sua mãe a adoraria.

Depois de etiquetarem tudo da caixa e terminarem seus cafés já frios, organizaram alguns CDs e guardaram todos os discos em seus respectivos lugares.
Não demorou muito para que o céu escurecesse, e ambas desconfiaram que o tempo passara tão rápido apenas por estarem juntas.

Após fecharem a loja, passaram num pequeno mercado e compraram algumas coisas que a mãe de Lisa havia lhe pedido por mensagem, enquanto caminhavam até a casa de Chaeyoung.
E fizeram todo o trajeto de mãos dadas.

-Então...-Encolheu os ombros, já em frente à própria casa.
-A gente se vê no fim de semana, Chaeyoung.-Sorriu, segurando as suas mãos.
E ela retribuiu o sorriso, lhe encarando por mais alguns segundos de cima do meio-fio.
Lisa passou os braços pela sua cintura e Chaeyoung passou os seus pelo pescoço dela, num abraço forte e demorado.

-Até domingo, Lisa-yah.-Beijou a lateral de sua cabeça e se soltou do abraço, acenando com uma das mãos.
-Até.-Murmurou e acenou levemente de volta, tendo um suspiro pesado passando pelos seus lábios.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...