História Deu a loka na minha vida - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Fugaku Uchiha, Hashirama Senju, Hiruzen Sarutobi, Itama Senju, Izuna Uchiha, Jiraiya, Kawaki, Kawarama Senju, Madara Uchiha, Obito Uchiha (Tobi), Orochimaru, Tobirama Senju
Visualizações 48
Palavras 1.181
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ecchi, Fantasia, FemmeSlash, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oiiii essa é minha primeira fanfic yaoi espero que gostem
Me desculpem os erros e que eu escrevo na maioria das vezes pelo celular

Capítulo 1 - Capítulo um


Fanfic / Fanfiction Deu a loka na minha vida - Capítulo 1 - Capítulo um

Meu nome é Izuna Uchiha você deve estar pensando " Nossa um Uchiha deve ser do tipo forte bonito e charmoso" e você está errado tá eu posso até ser bonito mais o resto eu sou um fracassado. Primeiro eu passo o dia todo em casa jogando online , lendo mangá , vendo anime  e comendo . Meu irmão Madara e o meu oposto ele é inteligente , muito talentoso e com a ajuda do seu " amigo" ele fundou uma das empresas mais famosas do Japão e eu vivo com ele no seu lindo apartamento mais em troca eu faço os serviços domésticos

- Izuna nos precisamos conversar - disse o meu irmão . Já sabia que alguma coisa não tava certa

- O que foi nii-san?- eu perguntei tentando não demonstrar meu nervosismo

- O que você acha de vir trabalhar na minha empresa ? 

- e trabalhar o resto da minha vida ? Não prefiro continuar como dono de casa

- Mais isso não é vida um marmanjo de vinte anos vivendo as custas do irmão mais velho - continuou - as pessoas falam que você é um otaku

- Mais é isso que eu sou ! Um otaku

- e mais isso não é bom , ou você começa a trabalhar amanhã ou não pode mais morar aqui

E ele foi embora dizendo isso ! Eu já trabalho eu tenho muita loça pra lavar e aquele bastardo me reconhece como ? Quase me botando pra fora de casa!

Passei a tarde toda pensando no que eu iria fazer mais eu não tinha opção então eu iria começar na empresa do meu irmão

~~~~~~

Meu deus nem fui trabalhar ainda e já tô exausto ! Eu acordei às 6 da manhã pra eu ficar quarenta minutos tentando arrumar um terno . Falhando eu tive que ir até o meu querido irmão me ajudar

Saindo de casa às sete nós chegamos sete e meia a empresa do meu irmão ( que eu nem sei o nome ) que eras gigante ! quando o Madara me mostrou onde eu ia trabalhar e oque ia fazer fiquei mais aliviado quando soube que só precisaria arrumar uns papéis

Quando meu irmão foi embora me deixando sozinho fui olhar a cara dos outros empregados e eu olho pro lado e vejo um humano  que eu guardo odio e rancor

Tobirama Senju

E claro que ele estaria lá ele e irmão de um dos donos como eu

Eu estava encarando o tobirama como um idiota então ele olha para mim e fala 

- Olha só é o meu antigo amiguinho ?

- Não enche tá ? - disse olhando prós meus papéis em cima da mesa 

Aquele cara era um idiota . Ele era lindo . Mais ainda era um idiota , mais que homem lindo!

Nós sempre estudamos nas mesmas salas desde pequeno , nós éramos amigos . Na 6° série eu comecei a ter uma queda por ele mais infelizmente na 8° série ele começou a andar com uns garotos que eram problemas e o Tobirama acabou um cara chato e depois de um tempo nem falava mais comigo. Só falava pra me zuar tipo " você é menino ou menina ? Tanto faz vamo logo abaixar a roupa dele  pra descobrir" 

Após essas zoações eu perdi todo meu contato com o Tobirama e aquela quedinha que eu sentia se transformou em rancor

Após um longo tempo girando na minha cadeira e com um lápis entre a boca e o nariz o meu irmão me chama pra irmos almoçar . Fomos até um restaurante ali perto e quando nos sentamos eu fui e perguntei 

- porque não me falou que aquele cretino trabalhava lá ?

- Quem ? A sim Tobirama , bom eu queria te surpreender com o seu amor trabalhando ao seu lado

Corri um pouco quando ele disse que o Tobirama era meu amor mais depois eu respondi

- Acredita eu não amo mais ele ! 

- Ué cadê aquele garoto de quinze dezesseis anos que ficava observando o Tobirama com medo de levar um pé na bunda ? - riu debochando de mim

- Aaaaaa para de lembrar do meu passado caralho !!!!!!

- Você que perguntou - respondeu ele 

Depois de toda essa confusão eu e ele voltamos a almoçar , depois que terminamos voltamos para a empresa porque ele tinha muita coisa pra fazer como era o chefe 

Estava sentado não fazendo nada quando o Tobirama me pergunta

- Ei Izuna

Olha ele lembra meu nome

- O que ?

- Será que você não queria sair pra beber alguma coisa ? - ele desviou o olhar mais mesmo assim eu podia ver que ele tinha corado quando disse aquilo 

- Bom eu acho que não vou fazer nada então ok

Ele sorriu pra mim e eu corei . Que sorriso lindo ! Sorri de volta e ele pediu

- Me de o seu número e o endereço pra eu ir te buscar

Eu tenho uma pequena impressão que eu possa estar me apaixonando novamente mais eu ignorei esse sentimento que fez meu coração acelerar 

- ok .

Peguei um pequeno papel em cima da minha mesa e escrevi meu número é endereço e como em tudo ( literalmente tudo ) que eu escrevia coloquei uma carinha sorridente , pode parecer idiotice mais fazia isso desde que eu tinha uns oito anos mais vamos ao que interessa

Depois que eu entreguei o papel ele ficou corado e disse que ia pegar um café na recepção

Passou um tempo e eu continuei o meu trabalho  e quando fui olhar já eram quase cinco , arrumei as minhas coisas e fui esperar meu irmão terminar de digitar algo no computador

Fiquei lá esperando e então Madara começa a dar umas risadas esquisitas e como a minha curiosidade era maior que tudo fui bem devagar pra olhar do que ele tanto ria 

Ele estava conversando com o Hashirama mais não era uma conversa normal era tipo " hoje você pode ir na minha casa? " ou tipo " te amo " . Fiquei com um sentimento tão estranho que eu nem saberia descrever , peguei uma revista que estava no sofá e bati na cabeça dele ele se assustou e eu disse 

- Que isso amante de Hashirama?

- I-izuna eu posso explicar - ele gaguejou um pouco tentando se justificar mais eu simplesmente olhei pra ele

- Porque não me contou nada ? Nós sempre falávamos tudo um para o outro - disse meio desapontado , eu não estava bravo por ele estar com o Hashirama e sim por não me contar

- Eu ia te falar quando chegasse a hora - justificou - mais eu senti que agora não era a hora . Você me desculpa ?

- Desculpo - suspirei - apenas me conte a história depois de como Madara Uchiha começou a correr atrás de homem - falei rindo na cara dele 

- Então somos dois - disse ele mais meio que era verdade - vamos para casa

~~~~~~

Chegando em casa fui pro meu quarto gritando 

- videogames senti sua falta!!!!!

Mais aí eu me lembro que tenho que sair naquela noite com o Tobirama e pensei

- Agora esperem um pouco videogames eu volto depois












Notas Finais


E aí ? Gostaram ?
Postarei o mais breve possivel


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...