1. Spirit Fanfics >
  2. Deusa da Ira e Deus da mentira (Saphira x Loki) >
  3. Se acostumando com Sakar

História Deusa da Ira e Deus da mentira (Saphira x Loki) - Capítulo 17


Escrita por:


Capítulo 17 - Se acostumando com Sakar


Fanfic / Fanfiction Deusa da Ira e Deus da mentira (Saphira x Loki) - Capítulo 17 - Se acostumando com Sakar





Pov Loki 

Abro os olhos e vejo Saphira, ela ficou grudada praticamente a noite inteira em mim, como se estivesse se escondendo de alguma coisa. Com cuidado, me afasto e me sento na cama, a primeira coisa que faço é me despir, pois eu precisava de um banho para acordar direito.

Ao abrir a porta do quarto com a maior  cautela do mundo, volto meu olhar para Saphira e vejo que a mesma ainda se encontra em um sono delicado, ao lembrar que só estava de calça, sinto meu rosto corar levemente ao pensar que ela poderia me ver assim, saio rapidamente do cômodo e fecho a porta com cuidado para não acordala. Me dirijo ao banheiro e ao chegar lá tomo um de meus banhos demorados.


Longos minutos depois 

Me seco com a toalha, coloco minhas calças e vou em direção a pia. Me olho no espelho e novamente vejo as asas negras. Dou um paço pra traz por conta do susto e olho rapidamente para minhas costas.

- Que que isso ? - converso baixo comigo mesmo, então as toco, são reais, mas como ?

Elas começam a se mexer e a derrubar as coisas das prateleiras do banheiro. 


Pov Saphira 

Acordo com o barulho de coisas caindo, ao me sentar na cama percebo que não estou no Sanctum, vejo o outro lado da cama meio bagunçado, logo percebo que eu tive companhia pra dormir.... de novo. 

Os barulhos de coisas caindo começam a ficar mais altos, então vou até a porta do quarto com cautela, a abro devagar e percebo que esses barulhos vem do banheiro. 

- Como eu faço isso parar ? - escuto a voz de Loki, provavelmente falando com ele mesmo, sobre alguma coisa que tenho até medo de descobrir o que é. 

Timidamente bato na porta.

- L-Loki?... está tudo bem? - pergunto com a voz meio tremida e receosa. Ele abre a posta e coloca só o rosto pra fora.

- Saphira, desculpe se te acordei com todo esse barulho, mas eu preciso de ajuda em uma coisa. 

- Dependendo do que for eu vejo como posso ajudar - falo na maior inocência do mundo, só percebendo depois o dublo sentido e vendo um sorriso divertido surgir em seu rosto - d-digo.. - sinto minhas bochechas começarem a esquentar. E tento acalmar minha respiração. 

- Não se preocupe, deixa só eu... - ele parecia ter dificuldade pra passar pela porta do banheiro. Logo a porta abre e ele não de cara no chão.

Tímidamente coloca a mão em suas costar nuas e o ajudo a levantar.

- Então, que tipo de ajuda você quer exatamente ? - pergunto sentando-me no chão junto a ele. 

- Onde elas estão ? - ele começa a tocar as costas, desesperado a achar alguma coisa. 

- Elas quem? - as atitudes dele me deixavam curiosa a respeito do que tanto ele pedia por ajuda. 

- Você não as viu? Elas estava aqui agora? - ele se levantou, procurando com as mãos algo mas costas. E por um momento me perdi ao olhar para seu abdômen, os músculos estavam bem definidos, não tanto quando os de Thor mas ainda assim... me sinto incomodada por ele espor seu abdômen assim. 

- Loki ? Você está mesmo bem ? - pergunto colocando a mão no braço dele - Não tem mais ninguém aqui. 

- Eram asas negras Saphira, saindo de minhas costas, você realmente não as viu ? 

- Asas negras ? - como assim, que eu saiba não tem mais ninguém como eu a milênios - ...isso é impossível 

- Pode me ajudar com elas ? - ele se aproxima colocando as mãos nos meus ombros.

- Farei o possível - escutamos uma batida na porta e vou em direção a mesma - vou ver quem é, vê se coloca uma roupa - cochicho para ele.

Abro a porta e vejo um cara com uma roupa esquisita.

- Perdão eu acordei vocês ? 

- Ah... - ele me interrompe.

- Só passei pra avisar que haverá uma luta na arena hoje e você é seu noivo estão convidados a assistir. - ele me entrega dois ingressos.

- Grão Mestre... - me arrepio ao sentir Loki colocar o braço em volta de minha cintura - agradecemos pelos convites e apesar de termos estado meio ocupados,  faremos o possível para tentar aparecer por lá. Tenha um bom dia - o homem se retira e Loki fecha porta. 

- Noivos ? - Volto meu olhar lentamente a Loki, mostrando minha expressão curiosa. 

- Foi a melhor desculpa que pude inventar quando chegamos. - logo ele retira o braço de minha cintura e anda até o quarto. 

- Onde estamos exatamente ?

- O nome é Sakar, a relatos de muitas pessoas que se perderam e vieram parar aqui - ele pega algo em uma poltrona e anda de volta até mim. - aqui, melhor nos adaptarmos com os costumes daqui. - apenas pego a roupa e ando até o quarto. - Saphira... está tudo bem ? 

- Não tenho certeza.

- Vou sair pra comprar comida, melhor que fique aqui - ele se aproxima e me viro de frente pra ele acenando positivamente com a cabeça. Ele rapidamente me dá um selinho e anda com pressa até a porta - não vou demorar, prometo. 

Coloco os dedos nos lábios com certa dúvida, mas qual a dúvida? Me sinto mal, mas porque ? Talvez pelo fato de Loki ter fingido a morte e eu agir como se nada tivesse acontecido. 

Esvazio minha mente e começo a trocar de roupa, quando termino sento-me na cama e pego meu caderno de desenho, talvez eu devesse criar uma nova armadura, depois que Loki me disse que também tem asas, não pude deixar de pensar que talvez ele tenha poderes semelhantes ou até então iguais aos meus, e se esse for o caso, preciso criar uma armadura forte o bastante pra conter esse poder. Pego minha armadura e começo a fazer alguns ajustes nela.


Cerca de uma hora depois 


Pude fazer todos os ajustes necessários, agora não tenho mais tanto risco de perder o controle, e caso ocorra a armadura me mantera consciente. 

Escuto a porta principal abrir e rapidamente escondo tudo em que estava mexendo, me deito na cama, viro para o lado contrário da porta do quarto e me encolho, logo escuto a voz de Loki entrando no quarto.

- Saphira ?! - ele se senta na cama 

- Por que fez aquilo ? 

- O que ? 

- Por que forjou sua morte, por que mentiu pra mim ? - me sento bruscamente na cama e vejo ele me olhar com preocupação. 

- Eu admito que cometi pecados... - sinto uma lágrima escorrer sobre meu rosto - ... mas por favor entenda que tudo que eu fiz foi pra proteger você - ele estava sendo sincero - eu jamais faria mal a você e jamais te usaria pra o que quer que seja... - vejo uma lágrima escorrer no rosto dele - Saphira e-eu... eu te amo... e-eu.. - rapidamente avanço sobre ele e o abraço com força. 

- Você é um idiota Loki Odinson... - minha voz saia em um tom choroso e eu escondia meu rosto, que continuava a escorrer lágrimas, enquanto o abraçava, logo ele envolve seus braços sobre mim, me acolhendo - eu te odeio...

- Odeia nada - ele repousa o queijo sobre minha cabeça e fala com uma voz convencia. 

- É mas eu deveria! - sinto ele passear a mão por meus cabelos, eu apreciava cada toque dele. 

O mesmo levanta meu queixo e lentamente encosta seus lábios nos meus, o beijo era calmo e delicado, devo admitir que foi bom sentir aquele hálito gelado novamente. Lentamente me afasto ele e me levanto da cama.

- Acho que vou tomar banho - digo limpando minhas lágrimas e pegando uma das toalhas que estava em cima da poltrona próxima do banheiro. Vejo Loki acenando positivamente com a cabeça, paro na porta do quarto e não resisto em perguntar - quer vir comigo ? - sinto meu rosto corar e ao olhar pra ele vejo o mesmo com um olhar surpreso e malicioso. 

- Como poderia recusar um convite desses - ele paga a outra toalha da poltrona e se aproxima rapidamente, atacando meu lábios, nossos toques começam a ficar mais intensos e enquanto íamos em direção ao banheiro Loki me prendia contra a parede a cada segundo, quando finalmente chegamos ele parecia desesperado para tirar suas vestimentas. - prefere de luz acesa ou apagada? 

Apaguei a luz e quando voltei meu olhar a ele vi suas lindas orbes verdes brilhando. Em pouco tempo já estamos desprovidos de roupas, andamos até o box e ele liga o chuveiro, logo sinto a água quente cair sobre mim. 

É tão bom, poder sentir os toques carícias dele e ao mesmo tempo ter aquela água quentinha nos aquecendo. Enquanto isso não posso deixar de pensar, eu sou a rainha de todos os dragões, a profecia diz que no momento certo o rei dos dragões aparecerá para mim, com tudo que tem acontecido, as asas e esses olhos verdes brilhantes, e se Loki for o meu rei, e se ele estiver começando a se tornar digno disso... só o destino vai me dizer isso. 




Pov Loki 

 

Quando ela apagou a luz, pude ver seus olhos mudarem de um azul, bom... saphira, para um vermelho escarlate brilhante, eram os olhos de uma rainha, estar com ela, aqui e agora, é a melhor sensação que eu já tive. Ela é tão pequena, tão magra, parece tão frágil, a pele é tão macia. Ergo Saphira do chão e me encaixo entre as pernas dela, podia sentir a calcinha dela bem úmida e tenho certeza que ela pode sentir meu membro pulsando por baixo de minha cueca.

- Loki eu preciso te falar uma coisa - a voz dela saia cansada, podia ouvir alguns de seus baixos gemidos. 

- Pode falar - digo dando leves mordidas no pescoço dela. 

- É que... eu nunca fiz isso antes - ela diz fixando seus olhos vermelhos nos meus.

- Como eu disse antes, jamais te machucaria... - ela ainda parecia preocupada - ei.., não se preocupe, serei gentil e delicado - vejo um sorriso divertido surgir em seu rosto antes de voltar a a grudar meus lábios nos dela.  

Levei minhas mãos até a calcinha dela e a retirei com calma, tentando apreciar cada segundo disso, enquanto isso pude perceber que o medo de Saphira em cada carícia, ela me toca com timidez, logo retiro minha cueca e me posiciono na entrada dela. 

Começo a penetrala lentamente e sinto a mesma arranhar minhas costas com força. Quando entro por completo, espero alguns segundos para que ela possa se acostumar com ardência. 

- Loki... - além de ela gemer por meu nome, tem o fato dela ser incrivelmente apertada e isso estava me deixando louco, admito que estou me segurando muito pra não assustá-la ou machucá-la. 

- Calma, já vai passar - digo entrelaçando meus dedos em seus cabelos dourados e voltando a dar mordidinhas em seu pescoço. 

Passaram-se alguns segundos e voltei a escutar a voz doce dela.

 - Já pode continuar - ela disse escondendo o rosto em meu peito. 

Começo a fazer movimentos de vai e vem e aos poucos vou acelerando. 

Estava quase no meu tão esperado êxtase, até que ela começou a contrair.

- Hmm, Saphira voce está bem ? - já não estava mais aguentando.

- Só... continua por favor - ela diz me puxando para um último beijo antes de me derramar dentro dela, ela não demorou a chegar ao ápice. 

Terminamos o banho, colocamos nossas roupas e nos deitamos na cama, Saphira deita sua cabeça em meu peito e coloca a mão no mesmo. 

- Loki...

- Você está bem ? - pergunto meio preocupado. Ela acena com a cabeça positivamente. 

- Obrigada - ela diz cochichando antes de pegar no sono. 

Eu fico um tempo acariciando seus cabelos e em pouco tempo sinto meus olhos pesarem. Esse com certeza foi o melhor dia de todos, obrigada Saphira Targeryen, por me fazer uma pessoa melhor, não demoro a pegar no sono.






Notas Finais


E aí ? O que acharam ?
Já já tem mais 😏😅✌🏻🙃


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...