História Deuses lendo O Herói Perdido - Capítulo 13


Escrita por:


Notas do Autor


Boa leitura, vou tentar atualizar uma vez por semana pelo menos.

Capítulo 13 - Capítulo Dez


- Piper- Leu Hefesto

TODA A IDEIA DA FOGUEIRA ALUCINAVA PIPER. A fazia lembrar aquela grande fogueira nos sonhos, e seu pai amarrado num poste.

- Vai por mim, não tem nenhuma semelhança entre elas- Disse Quiron.

O que ela conseguiu era quase tão apavorante quanto: um grupo de canto.

- Desonra - Exclamou Apolo.

As escadas do anfiteatro eram gravadas no lado de uma colina, encarando um poço de fogo
alinhado com pedras. Cinquenta ou sessenta crianças enchiam as fileiras, agrupadas sob vários banners. Piper localizou Jason na frente, do lado de Annabeth. Leo estava por perto, sentando com um grupo de campistas fortes sob um banner cinza de aço brasonado com um martelo.
Em pé à frente do fogo, meia-dúzia de campistas com guitarras e harpas antiquadas e estranhas , liras?estavam pulando, liderando uma música sobre pedaços de armaduras, algo sobre como as suas avós vestiam-se para a guerra
.

- Que tipo de pessoa não gosta de cantigas de fogueira?- Perguntou Apolo indignado.

Todos estavam cantando com eles e fazendo gestos para os pedaços de armadura e brincando.
Foi possivelmente a coisa mais estranha que Piper já viu - uma daquelas músicas de fogueira que seriam completamente embaraçosas na luz do dia; mas no escuro, com todos participando, era meio que brega e divertido.

- Igual quando se está com a família.

Conforme o nível de energia crescia,as chamas também cresciam, virando de vermelho para laranja e para ouro.
Finalmente a música acabou com vários aplausos desordeiros. Um sujeito num cavalo trotou. Pelo menos na luz bruxuleante, Piper pensou que era um sujeito num cavalo. Então ela percebeu que era um centauro - na metade de baixo era um garanhão branco, na sua metade de cima um sujeito de meia-idade com cabelo cacheado e uma barba cortada. Ele brandiu uma lança espetada com marshmallows tostados
.

- Sujeito de meia idade, se você disser a ela quantos anos tem ela morre- Disse Dionísio rindo.

-Muito bem! E um bem-vindo especial para nossas novas visitas. Eu sou Quíron, diretor do
acampamento e das atividades, e estou feliz que todos vocês chegaram aqui vivos e com a maioria dos seus membros fixados. Num momento, prometo que vamos aos marshmallows, mas primeiro...
-E a captura à bandeira?- alguém gritou.

- Aposto que é o do seu chalé Ares- Chutou Hera.

Rosnados romperam entre algumas crianças com armadura, dentando sob um banner vermelho com o emblema duma cabeça de javali.
-Sim- o centauro disse. -Eu sei que o chalé de Ares estava ansioso para retornar à floresta para as nossas atividades regulares.
-E matar pessoas!-um deles gritou.
-Porém- Quíron disse -até o dragão ser posto sob controle, isso não será
possível. Chalé Nove, algo para informar a respeito disso?

- Eles não sabem nem aonde ele está - Lembrou Ártemis.

Ele virou para o grupo do Leo. Leo piscou para Piper e atirou nela com uma arma imaginária. A garota perto dele levantou-se inconfortavelmente. Ela vestia um
casaco do exército como o de Leo, com seu cabelo coberto com uma bandana vermelha.
-Estamos trabalhando nisso.
Mais rosnados.
-Como, Nyssa?- uma criança de Ares exigiu.
-Realmente difícil- a garota disse. 
Ela sentou a vários gritos e reclamações, que fizeram o fogo crepitar caoticamente. Quíron bateu o casco contra as pedras do poço de fogo - bang, bang,
bang - e os campistas silenciaram.
-Teremos que ser pacientes- Quíron disse.-Entretanto, temos questões mais urgentes a discutir.
-Percy?-alguém perguntou.

- Quem me dera que fosse só isso- Disse Quiron- Mal sabem eles que Jason é romano, se eles descobrirem, eu não sei se os acampamentos vão querer uma guerra.

O fogo escurecia a cada vez, mas Piper não precisava do ânimo das chamas para sentir a ansiedade da multidão.
Quíron gesticulou para Annabeth. Ela tomou um fôlego profundo e levantou.
-Eu não encontrei Percy- ela anunciou. Sua voz falhou um pouco quando ela disse seu nome.-Ele não estava no Grand Canyon como pensei. Mas não estamos desistindo. Temos equipes em todos os lugares. Grover, Tyson, Nico, as Caçadoras de Ártemis, todos estão procurando. Nós vamos encontrá-lo. Quíron está falando sobre algo diferente. Uma nova missão.

-É a Grande Profecia, não é?-uma garota gritou.

- A fofoca rola solta entre os campistas- Disse Poseidon - Se bobiar até as Ninfas sabem.

Todos viraram. A voz viera de um grupo atrás, sentando sob um banner cor-de-rosa com uma pomba. Eles estiveram conversando entre eles e não dando muita atenção até a líder deles se levantar: Drew.
Todos olharam surpresos. Aparentemente Drew não discutia muito com a multidão.
-Drew?-Annabeth disse. -O que você quer dizer?
-Bem, vamos lá.-Drew abriu as mãos como se a verdade estivesse óbvia.-O Olimpo está fechado. Percy está desaparecido. Hera lhe manda uma visão e você volta com três novos semideuses num dia. Digo, algo estranho está acontecendo. A Grande Profecia começou, certo?

- Essa garota é 100% sua filha, Dite- Disse Apolo.

Piper sussurrou para Rachel
-Sobre o que ela está falando?.
Então ela percebeu que todos estavam olhando para Rachel, também.
-Então?- Drew invocou. -Você é o oráculo. Começou ou não?
Os olhos de Rachel pareciam assustados na luz da fogueira. Piper tinha medo que ela pudesse apertar e começar a canalizar uma estranha deusa-pavão novamente, mas ela deu um passo à frente calmamente e disse ao acampamento:
-Sim- ela disse. -A Grande Profecia começou.
O pandemônio rompeu.
Piper pegou o olho do Jason. Ele gesticulou com os lábios" Você está bem?"Ela assentiu e administrou um sorriso, mas então desviou o olhar. Era muito doloroso vê-lo
e não estar com ele.
Quando a conversa finalmente baixou, Rachel deu outro passo para a plateia, e mais de cinquenta semideuses recuaram dela, como se uma mortal ruiva e magra fosse mais ameaçadora que todos eles colocados juntos.

- Essa mortal ruiva pode prever sua morte, então sim eles a temem- Disse Zeus.

-Para esses de vocês que não ouviram- Rachel disse- a Grande Profecia foi minha primeira profecia. Chegou em Agosto. É assim:
"Sete meio-sangues responderão ao chamado. Em tempesdade ou fogo, o mundo terá acabado 
Jason atirou a seus pés. Seus olhos pareciam selvagens, como se tivesse acabado de ser acertado por uma arma de eletrochoque.
Até Rachel pareceu pega de surpresa. 

-J-Jason?-ela disse. -O que está...
-Ut cum spiritu postrema sacramentum dejuremus-ele cantou.- Et hostes ornamenta addent ad ianuam necem.

- Os romanos sabem a profecia?- Disse Hestia- Por essa ninguém esperava.

Um silêncio inquietante estabeleceu-se no grupo. Piper pôde ver pelos seus rostos que vários deles estavam tentando traduzir as linhas. Ela podia dizer que era latim, mas não tinha certeza porque seu esperançosamente futuro namorado estava
subitamente cantando como um sacerdote católico.
-Você acabou de... finalizar a profecia- Rachel gaguejou.- Um juramento a manter com um alento final. E inimigos com armas ás Portas da Morte afinal. Como 
você...

- Já sabemos que temos três heróis, agora faltam mais quatro, Leo, Jason e Piper - Disse Hades- Sabemos também que no final eles irão até as Portas da Morte, talvez ir atrás de alguém que morreu ou impedir que alguém ressuscite. E que Jason ou Leo podem ser responsáveis pelo fim so mundo. Ou seja, a gente vai viver e a gente vai morrer.

-Eu conheço essas linhas.-Jason tremeu e colocou as mãos nas têmporas.-Não sei como, mas eu conheço essa profecia.
-Em latim, nada menos- Drew gritou. -Bonito e esperto.
Houve alguns risos do chalé de Afrodite. Deus, que bando de perdedores, Piper pensou.

- Seus irmãos, querida.

Mas não fazia muito para quebrar a tensão. A fogueira estava queimando uma tonalidade caótica e nervosa de verde. Jason sentou, parecendo embaraçado, mas Annabeth colocou uma mão no seu ombro e murmurou algo tranquilizador. Piper sentiu uma pontada de ciúmes. Devia ser ela ao lado dele, reconfortando-o.
Rachel Dare ainda parecia um pouco mexida. Ela olhou para Quíron pedindo por orientação, mas o centauro continuou sorridente e em silêncio, como se estivesse assistindo uma peça que não poderia interromper - uma tragédia que acabaria com
muitas pessoas mortas no palco.

- Continue rindo assim e eles vão te achar um psicopata, ou que você enlouqueceu - Disse Hefesto para Quiron.

-Bem- Rachel disse, tentando recuperar sua compostura.- Então, é, essa é a Grande Profecia. Esperávamos que não pudesse acontecer por anos, mas temo que
esteja começando agora. Não posso provar. Só uma sensação. E como Drew disse, alguma coisa estranha está acontecendo. Os sete semideuses, quem quer que sejam,
ainda não foram reunidos. Tenho a sensação que alguns estão aqui essa noite. Alguns não.
Os campistas começaram a agitarem e murmurarem, olhando um para o outro nervosamente, até uma voz sonolenta na multidão gritou:
-Estou aqui! Ah... vocês
estavam fazendo chamada?
-Volte a dormir, Clovis- alguém gritou, e várias pessoas riram.
-Entretanto-Rachel continuou- não sabemos o que a Grande Profecia significa.

- Eu sei, querida- Disse Apolo- Tragédia.

Não sabemos que desafio os semideuses irão enfrentar, mas como a primeira Grande Profecia profetizou a Guerra dos Titãs, podemos supor que a segunda Grande Profecia irá profetizar algo pelo menos nesse nível de maldade.
-Ou pior- Quíron murmurou.

Talvez ele não quisesse que todos ouvissem, mas ouviram.

- Continua sorrindo, Quiron.

A fogueira imediatamente virou roxo escuro, a mesma cor como no sonho de Piper.
-O que nós sabemos- Rachel disse- é que a primeira fase começou. Um
problema maior surgiu, e precisamos de uma missão para resolver isso. Hera, a rainha
dos deuses, foi raptada.

Silêncio chocado. 
Então cinquenta semideuses começaram a conversar de vez.
Quíron bateu seu casco novamente, mas Rachel ainda tinha que esperar antes que pudesse recuperar a atenção deles.
Ela contou-os sobre o acidente no céu do Grand Canyon, como Gleeson Hedge sacrificou-se quando os espíritos de tempestade atacaram, e os espíritos alertaram que era só o começo. Eles aparentemente serviam alguma grande mestra que destruiria todos os semideuses.Então Rachel contou para eles sobre o desmaio de Piper no chalé de Hera. Piper tentou manter uma expressão calma, mesmo quando ela notou Drew na fileira de trás,pantominando um desmaio, e suas amigas rindo.

- Potter, Dementador- Disse Hermes

Finalmente Rachel lhes contou sobre a visão de Jason na sala de estar da Casa Grande. A mensagem que Hera entregou era tão similar que Piper teve um calafrio.A única diferença:Hera alertara para Piper não traí-la:Curve-se ao seu desejo, e o rei deles irá se erguer condenando todos nós. Hera sabia
sobre a ameaça do gigante. Mas se aquilo era verdade, por que ela não alertou Jason, e expôs Piper como uma agente inimiga?
-Jason- Rachel disse. -Hã... você lembra seu último nome?
Ele parecia autoconsciente, mas sacudiu a cabeça.

- Jason é uma graça - Disse Hecate.
Os deuses não entenderam, então deixaram pra lá.

-Vamos só lhe chamar de Jason, então- Rachel disse.-Está claro que a própria Hera lhe expediu uma missão.
Rachel pausou, como se desse a Jason uma chance de protestar seu destino. Os olhos de todos estavam nele; havia tanta pressão, Piper pensou que teria se curvado na
sua posição. Contudo ele parecia corajoso e determinado. Ele endureceu a mandíbula e assentiu. 
-Eu concordo.

-Você deve salvar Hera para prevenir um grande mal- Rachel continuou.-Algum tipo de rei a erguer-se. Por motivos que ainda não entendemos, deve acontecer
no solstício de inverno, somente quatro dias a partir de agora.
-Esse é o dia do conselho dos deuses- Annabeth disse. -Se os deuses já não souberam que Hera sumiu, eles definitivamente irão reconhecer sua a ausência pelo
então. Eles provavelmente romperão brigando, acusando um ao outro de pegá-la. É o que eles geralmente fazem.
-O solstício de inverno- Quíron falou- também é a hora de maior escuridão. Os deuses se reúnem nesse dia, como mortais sempre fazem, pois há força nos números. O solstício é um dia quando a magia do mal é forte. Magia antiga, mais velha que os deuses. É um dia quando as coisas... se agitam.

- Pela última vez, continua sorrindo- Disse Ares.
- Esconder deles vai ser pior- Disse Atena.

O jeito que ele disse isso, agitação soou absolutamente sinistra - como se devesse ser um delito de primeiro grau, não algo que você fez para massa de biscoito.
-Ok- Annabeth falou, olhando para o centauro.-Obrigada, Capitão Sunshine.O que quer que esteja acontecendo, eu concordou com Rachel. Jason foi escolhido para liderar essa missão, então...
-Por que ele não foi reclamado? alguém gritou do chalé de Ares.-Se ele é tão importante.

- Seus filhos estão falantes hoje- Disse Afrodite irônica.

-Ele foi reclamado-Quíron anunciou.-Tempos atrás. Jason, nos dê uma demonstração.
A princípio, Jason não pareceu entender. Ele deu um passo para frente nervosamente, mas Piper não pôde deixar de pensar como ele parecia incrível com seus cabelos loiros brilhando na luz do fogo, suas feições reais como a de uma estátua romana. Ele olhou para Piper, e ela assentiu encorajadoramente. Ela fez uma mímica de arremessar uma moeda. 
Jason colocou uma mão no bolso. Sua moeda cintilou no ar, e quando ele a pegou em sua mão, ele estava segurando uma lança - uma haste de ouro de aproximadamente dois metros, com uma ponta de dardo numa extremidade. Os outros
semideuses ofegaram. Rachel e Annabeth deram um passo para trás para evitar a ponta,que parecia afiada como um furador de gelo.
-Isso não era...- Annabeth hesitou.- Pensei que você tivesse uma espada
-Hã, sobe as extremidades, eu acho- Jason disse. -Mesma moeda, forma de arma de longo alcance.
-Rapaz, eu quero uma!-gritou alguém do chalé de Ares.

-Melhor que a lança elétrica da Clarisse, cara!- um dos seus irmãos concordou.
-Elétrica- Jason murmurou como se fosse uma boa ideia.-Recuem.

- Isso vai ser divertido- Disse Zeus.

Annabeth e Rachel entenderam a mensagem. Jason levantou sua lança, e um trovão rompeu no céu. Todos os cabelos no braço de Piper se eriçaram. Um raio arqueou para baixo através do ponto da lança dourada e acertou a fogueira com a força de um projétil de artilharia.Quando a fumaça dissipou, e o zumbido nos ouvidos de Piper diminuiu, o acampamento inteiro estava congelado em choque, meio cego, coberto de cinzas, olhando para o lugar onde a fogueia estava. Choveu cinzas de todo o lugar. Um pedaço de lenha queimando empalou-se alguns metros da criança dorminhoca Clovis, que não tinha nem se mexido.

- Opa

Jason baixou sua lança. 
-Hã... desculpe.
Quíron limpou algumas brasas queimando na sua barba. Ele fez uma careta como se seus piores medos fossem confirmados. 
-Um pouco destruidor, talvez, mas você conseguiu o que queria. E acredito que sabemos que seu pai é.
-Júpiter- Jason disse. - Quero dizer Zeus. Lorde do Céu.

Piper não pôde deixar de sorrir. Fazia perfeito sentido. O deus mais poderoso, o pai de todos os maiores heróis nos mitos antigos, ninguém mais poderia ser possivelmente o pai de Jason.
Aparentemente, o resto do acampamento não tinha tanta certeza. Tudo quebrou em caos, com dúzias de pessoas perguntando coisas até Annabeth levantar os braços.
-Esperem!- ela disse. -Como ele pode ser filho de Zeus? Os Três Grandes... o pacto deles de não ter filhos mortais... como não pudemos saber sobre ele antes?

- Assim como não sabiam sobre Percy, Thalia, Nico e Bianca- Disse Hades- Vamos ser sinceros, o pacto não serviu pra nada, nem a nossa forma romana que é militar o cumpriu.

Quíron não respondeu, mas Piper teve a sensação de que ele sabia. E a verdade não era boa.
-A coisa importante- Rachel disse- é que Jason está aqui agora. Ele tem uma missão para cumprir, o que significa que ele precisará da sua própria profecia.
Ela fechou os olhos e desmaiou. Dois campistas correram para a frente e a pegaram. Um terceiro correu para o lado do anfiteatro e pegou um banco dourado de
três pernas, como se tivessem sido treinados para essa função. Eles soltaram Rachel no banco em frente à fogueira arruinada. Sem o fogo, a noite era escura, mas névoa verde começou a redemoinhar ao redor dos pés de Rachel. Quando ela abriu os olhos, eles estavam brilhando. Fumaça esmeralda surgiu de sua boca. A voz que saiu era metálica e antiga - o som que uma cobra faria se pudesse falar:
- Filho do Relâmpago, tome cuidado no chão. Da vingança dos gigantes os sete nasceram, a forja e a pomba deverão abrir a cela. E liberar a morte pela raiva de Hera.

- Leo e Piper vão junto, e vai ser eles que vão me libertar, mas e Jason?

Na última palavra, Rachel caiu, mas seus ajudantes estavam esperando para pegá-la.Eles a arrebataram da fogueira e a deitaram no canto para descansar.
-Isso é normal?-Piper perguntou.- Então ela percebeu que havia falado no silêncio, e todos estavam olhando para ela. -Digo, ela vomita fumaça verde constantemente?

-Deuses, como você é estúpida! Drew zombou.-Ela acabou de emitir uma profecia - a profecia do Jason para salvar Hera! Por que você simplesmente não ...
-Drew-Annabeth vociferou.- Piper fez uma pergunta clara. Algo sobre essa profecia definitivamente não é normal. Se quebrar a prisão de Hera libera sua ira e causa várias mortes... por que a libertaríamos?

- Essa garota acabou de cavar a própria cova- Decretou Hera
- Não se preocupe Hera, a minha filha vai viver muito de acordo com as Parcas.

Pode ser uma armadilha, ou talvez Hera vá se virar contra seus salvadores. Ela nunca foi gentil com heróis.

- Eu sou Patrona de Jason, não o mataria a menos que precisasse- Disse Hera- Mas se descobrir que Jason ou Leo podem acabar com o mundo eu não hesitaria." Em tempestade ou fogo"- Disse Hera- E eu sei que vocês fariam o mesmo, seria uma morte para salvar o mundo inteiro.
- Infelizmente, sacrifícios fazem parte.

Jason levantou. 
-Não tenho muita escolha. Hera pegou minha memória. Preciso
dela de volta. Além disso, não podemos simplesmente não ajudar a rainha dos céus se ela está em perigo.
Uma garota do chalé de Hefesto se levantou - Nyssa, a de bandana vermelha.
-Talvez. Mas você devia ouvir a Annabeth. Hera pode ser vingativa. Ela jogou seu próprio filho, nosso pai de um Monte só porque ele era feio.
-Realmente feio- riu alguém de Afrodite.
-Cale a boca!- Nyssa rosnou.- Em todo o caso, também temos que pensar, por quê tomar cuidado com a terra? E o que é a vingança dos gigantes? Com o que estamos tratando aqui que é poderoso o bastante para sequestrar a rainha dos céus?

- Esses semideuses estão precisando de um pouco de estudo em mitologia- Disse Atena- A queda dos gigantes, a guerra entre deuses e Titã, eles não lembram de nada?

Ninguém respondeu, mas Piper notou Annabeth e Quíron tendo uma troca silenciosa. Piper pensou que era algo como:
Annabeth: A vingança dos gigantes... não, não pode ser.
Quíron: Não fale disso aqui. Não os assuste.
Annabeth: Você está brincando comigo! Não podemos ser tão azarados.
Quíron: Depois, criança. Se você os contasse tudo, eles estariam muito
aterrorizados para continuar.

- Essa aí é poderosa, Afrodite - Disse Nemesis.

Piper sabia que era loucura pensar que ela podia ler suas expressões tão bem -duas pessoas que ela mal conhecia. Mas ela estava absolutamente positiva que ela os
entendeu, e isso a assustou.
Annabeth respirou fundo. 
-É a missão de Jason- ela anunciou- então é a escolha de Jason. Obviamente, ele é a criança do raio. Segundo a tradição, ele pode
escolher dois companheiros quaisquer.
Alguém do chalé do Hermes gritou, -Bem, você obviamente, Annabeth. Você tem mais experiência.
-Não, Travis-Annabeth disse.- Primeiro, eu não estou ajudando Hera. Todas as vezes que tentei, ela me enganou, ou voltou para trapacear depois. Esqueça. Sem chance. Em segundo lugar, a primeira coisa que vou fazer na manhã é partir para encontrar Percy.

- Como se eu quisesse a ajuda dela.

-Está conectado- Piper deixou escapar, sem saber como ela teve coragem.-Você sabe que é verdade, não é? Esse negócio completo, o desaparecimento do seu
namorado, tudo está conectado.
-Como?-perguntou Drew. -Se você é tão esperta, como?.
Piper tentou formar uma resposta, mas não conseguiu.
Annabeth a salvou. 
-Você pode estar certa, Piper. Se isso está conectado, vou descobrir do outro lado procurando por Percy. Como disse, não estou prestes a apressar-me a resgatar Hera, mesmo se seu desaparecimento põe o resto dos olimpianos lutando novamente. Mas há outro motivo que eu não possa ir. A profecia diz diferente.
-Diz quem eu escolho- Jason concordou.-A forja e a pomba quebrarão a prisão. A forja é o símbolo de Vul... Hefesto.
Sob o banner do Chalé Nove, os ombros da Nyssa caíram, como se lhe foi dada uma bigorna pesada para carregar. 
-Você tem que tomar cuidado com a terra-ela disse-você devia evitar viajar por terra. Você precisará de transporte aéreo.
Piper estava prestes a gritar que Jason podia voar. Mas então ela pensou melhor a respeito. Aquilo era para Jason contá-los, e ele não estava voluntariando a informação.Talvez ele calculasse que já tivera alucinado-os o bastante para uma noite.

- Piper poderia roubar um avião, roubar não, " pedir emprestado "- Sugeriu Ares.

-A biga voadora está quebrada,- Nyssa continuou-e estamos usando os pégasos para procurar pelo Percy. Mas talvez o chalé do Hefesto possa ajudar descobrindo algo mais para ajudar.Com Jake incapacitado, sou a campista sênior. Posso voluntariar-me para a missão.
Ela não soava entusiasmada.

Então Leo levantou-se. Ele estivera muito quieto, Piper quase esqueceu que ele estava ali, o que é totalmente fora do estilo de Leo.
-Sou eu,-ele disse.-Seus companheiros se agitaram. Vários tentaram empurrá-lo de volta ao assento,mas Leo resistiu.-Não, sou eu. Eu sei que é. Eu tenho uma ideia para o problema do transporte.
Deixem-me tentar. Eu posso resolver isso!

- Talvez um foguinho seja bom- Disse Hermes rindo.

Jason estudou-o por um momento. Piper tinha que certeza que ele ia dizer não para Leo. Aí ele sorriu. 
-Começamos isso juntos, Leo. Só parece certo que você venha também. Se você nos encontrar uma carona, você está dentro.
-Yes!- Leo bateu o punho.

-Será perigoso-Nyssa o alertou. -Miséria, monstros, sofrimento terrível.Possivelmente ninguém de vocês voltará vivo.

- Isso que é uma irmã maravilhosa- Disse Apolo.

-Ah.-Subitamente Leo não pareceu tão animado. Então ele lembrou que todos estavam observando. -Digo... Ah, legal! Sofrimento? Amo sofrimento! Vamos fazer isso.
Annabeth assentiu. 
-Então, Jason, você só precisa escolher o terceiro membro da missão. A pomba...

-Ah, absolutamente!-Drew estava de pé e brilhando um sorriso a Jason.
-A pomba é Afrodite. Todos sabem disso. Eu sou totalmente sua.
As mãos de Piper cerraram-se. Ela deu um passo à frente. 
-Não.

- Está na hora da reclamação, e sabemos quem Jason vai escolher- Disse Afrodite- Quando uma filha minha conquista um coração, nada pode tira-lo dela, ele é dela para destruir.

Drew virou os olhos. 
-Ah, por favor, garota lixo. Desista.
-Eu tive a visão de Hera; não você. Eu tenho que fazer isso.
-Qualquer um pode ter uma visão- Drew disse.-Você só estava no lugar certo na hora certa.- Ela virou para Jason. -Olhe, lutar é tudo de bom suponho. E pessoas que
constroem coisas...-Ela olhou para Leo em desdém.-Bem, suponho que alguém tenha que sujar as mãos. Mas você precisa de charme do seu lado. Eu posso ser muito
persuasiva. Eu poderia ajudar muito.

- Ela também tem Charme.

Os campistas começaram a murmurou sobre como Drew era bastante persuasiva. Piper podia ver Drew conquistando-os. Até Quíron estava coçando a barba,
como se a participação de Drew subitamente fizesse sentido para ele.
-Bem...-Annabeth falou. -Dadas as palavras da profecia...
-Não!-A própria voz de Piper soou estranha aos seus ouvidos mais insistente e rica em tom. -Eu tenho que ir.
Então a coisa mais estranha aconteceu. Todos começaram a assentir,murmurando que o ponto de vista da Piper fazia sentido também. Drew olhou em volta, incrédula. Até algumas das suas próprias campistas estavam assentindo.
-Sai dessa!-Drew vociferou para a multidão. -O que Piper pode fazer?
Piper tentou responder, mas sua confiança começou a se esvair. O que ela podia oferecer? Ela não era uma lutadora, ou planejadora, ou uma montadora. Ela não tinha
experiência exceto entrar em encrenca e ocasionalmente convencer pessoas a fazer coisas estúpidas.
E mais, ela era uma mentirosa. Ela precisava ir nessa missão por motivos que iam além de Jason - e se ela fosse ela acabaria traindo todos ali. Ela ouviu aquela voz
no sonho: Execute nossa ordem, e você pode partir viva. Como ela podia fazer uma escolha assim - entre ajudar seu pai e ajudar Jason?

- Você pode salvar os dois- Disse Hestia.

-Bem- Drew disse presunçosamente, -suponho que isso resolve.
Subitamente ouve uma arfada coletiva. Todos olharam para Piper como se ela fosse explodir. Ela queria saber o que fez de errado. Então ela percebeu que havia um brilho avermelhado ao redor dela.
-O quê?-ela perguntou.

Ela olhou sobre si, mas não havia nenhum sinal queimando como o que apareceu sobre Leo. Então ela olhou para baixo e ganiu.
Suas roupas... o que no mundo ela estava vestindo? Ela desprezava vestidos. Ela não tinha um vestido.

- Ela o quê?- Disse Afrodite incrédula - Que tipo de garota odeia vestidos?. Além das Caçadoras é claro.

Mas agora ela estava adornada num bonito vestido branco sem
mangas que descia aos tornozelos, com um decote em forma de V tão baixo que era totalmente embaraçoso. Delicadas braçadeiras douradas revolviam seu bíceps. Um colar complexo de âmbar, coral, e flores douradas resplandecendo no seu peito, e seu cabelo...
-Ah, Deus- ela disse. -O que aconteceu?
Uma Annabeth aturdida apontou para a adaga de Piper, que estava agora suja de óleo e brilhando, pendurada no seu lado por laços dourados. Piper não queria puxá-la.
Ela tinha medo do que veria. Mas sua curiosidade venceu. Ela desembainhou Katoptris e olhou para seu reflexo na lâmina de metal polida. Seu cabelo estava perfeito:
luxuriante, longo e castanho-chocolate, trançado com fitas douradas num lado, de forma que caia no seu ombro. Ela até usava maquiagem, melhor do que Piper jamais iria saber se produzir - toques sutis que faziam seus lábios vermelho-cereja e exibia todas as
cores diferentes no seus olhos.

- Ela gostou - Disse Afrodite feliz.

Ela estava... ela estava...
-Linda- Jason exclamou. -Piper, você... você está uma maravilha.
Sob diferentes circunstâncias, aquilo teria sido o momento mais feliz da sua vida. Mas agora todos estavam olhando para ela como se fosse um fenômeno. O rosto de Drew estava completo de horror e revulsão. 
-Não!-ela gritou. -Não é possível!

- Drew querida, conheça sua nova irmãzinha - Disse Ártemis, debochada

-Não sou eu-Piper protestou.-Eu não entendo.
O centauro Quíron dobrou as pernas frontais e inclinou-se para ela, e todos os campistas seguiram seu exemplo.
-Saudações, Piper McLean- Quíron anunciou gravemente, como se ele
estivesse falando no seu funeral. -Filha de Afrodite, senhora das pombas, deusa do amor.

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...