1. Spirit Fanfics >
  2. Devilishly Angelic >
  3. Prólogo

História Devilishly Angelic - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Uma história em que pensei num momento muitíssimo aleatório do meu dia.
Quero agradecer a @hagata-fanfic no caso a @Lunaire_ por ter feito essa capa que eu adorei sério mesmo.
A fanfic vai ser focada em ambos casais, Naruhina e Sasusaku. E o nome traduzido da historia é diabolicamente angelical
Bom fiquem com o prólogo, seu favorito ou comentário me motiva muito ♡
Boa leitura

Capítulo 1 - Prólogo


Se deitou sobre o banco duro desconfortavelmente, estava pensando no que diria para seus superiores.

Perder a pessoa que era encarregada de cuidar era um declínio enorme em sua carreira perfeita

Olhou seriamente para o céu escuro nublado pelas nuvens cinzas, estava com saudades de seu lar, mas não podia voltar até terminar sua tarefa de forma esplêndida.

 Soltou um suspiro cansado e fechou os olhos tentando de algum modo dormir.

—Sakura, Sakurinha você sabe muito bem que não consegue descansar quando faz algo ruim.— A voz grossa invadiu seus tímpanos lhe trazendo uma careta de presente ao abrir os olhos e encarar o ser de terno a sua frente.

—Sério que não posso ter um minuto de descanso com você por perto? — Se levantou sentando no banco olhando ao longe a fonte de cimento expelindo água em intervalos de trinta segundos.

— Eu já disse meu anjo, você não consegue ficar no seu paraíso particular quando faz alguma coisa errônea. Além do mais sou um demônio, demônios são criados para incomodar.— Desabotoou os botões do paletó se sentando em seguida ao lado da mulher.— E pela sua expressão azeda, você com certeza fez algo muito errado.

Levou uma das mãos para o encosto do banco onde estava, cruzando as pernas e olhando debochadamente para a moça.

A garota olhou em sua face sentindo uma imensa vontade de chorar, assustando o homem quando levou ambas as mãos para o rosto soluçando sofridamente.

— Eu só faço coisa errada, eu perdi ele Sasuke.— Olhou para o moreno que a encarava com uma careta pelo choro.

 Mesmo sendo o próprio demônio, Sasuke não gostava de ver uma mulher chorar ainda mais um anjo como aquele.

—Desembucha logo criatura, você perdeu quem?— Pegou o lenço que sempre deixava no bolso da frente do paletó entregando para Sakura.

— Eu perdi o Naruto.— Falou soluçando, fungando no lenço fazendo o rosto do homem se contrair em nojo e prevendo a gritaria que o homem faria consigo.

A olhou paralisado, a carreta saiu tendo uma cara irritada no lugar, bufou furiosamente levando as mãos para as têmporas. 

—Seu único trabalho era esperar ele sair da faculdade, observar ele apenas. E você me perde o moleque. — As palavras surtiram o efeito que sempre ocorria quando demônios se alteravam, os olhos pretos se avermelharam junto dos fios negros de seu cabelo crescerem adotando uma coloração vermelha, a pele escureceu dando um toque de medonho na garota.

—Desculpa eu me distraí com uma borboleta. — O olhou com os olhos pidões sabia pelo tempo da "amizade" entre os dois o que amolecia o coração negro.— Agora eu vou ser despejada pra esse mundo terreno. — Levou as mãos mostrando o lugar onde estavam.— É o fim, Sasuke.— Se abraçou por fim soluçando.

O demônio se acalmou finalmente vendo o choro decepcionado do anjo, se levantou quando seus ânimos não estavam mais a flor da pele, abotoando novamente o botão do meio em seu paletó estendeu a mão em direção a garota, virou o rosto observando uma idosa passeando com um chihuahua, odiava aquela raça por ser tão endemoniado como os demônios, mesmo não sendo um.

—Vem vamos, eu vou te ajudar a procurá-lo. — Olhou para Sakura que ainda estava chorando e que mostrou uma das esmeraldas no vão das mãos brancas o olhando intrigada.

—Você faria isso por mim Sasuke.— Se levantou com a ajuda da destra do  demônio lhe entregando o lenço antes limpo agora se encontrava melequento por toda a coriza. Segurou o pano com as pontas dos dedos e o fez queimar vendo o fogo iluminando os olhos curiosos do ser angelical.

—Não fique se achando anjinho meia boca.  Isso é pra pagar a ajuda que você me deu em Roma. Limpe esse rosto, mesmo você sendo um anjo está horroroso.— Arrumou o terno feito a costura e atentou seu olhar em direção ao anjo.

—Você jura me ajudar? — Olhou gentilmente sendo respondida com um confirmar de cabeça.

Passou a mão rente ao rosto trazendo um novo visual angelical magicamente com um brilho resplandecente dentre seus dedos tendo nos lábios um sorriso satisfeito.

 — Eu não acredito que você fez isso Sakura.— A encarou com os nervos à flor da pele.

A rosada fez a egípcia e respondeu na maior cara de pau.

—Fazer o que Sasuke?— O anjo ria mentalmente, sabia que se fizesse o demônio jurar ele não poderia quebrar a promessa.

Demônios que juram perante a um anjo, mesmo sendo de natureza perversa não poderiam quebrar tal juramento.

— Você me paga garota.




Notas Finais


Um gostinho do que esta por vir hahaha.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...