1. Spirit Fanfics >
  2. Dia de Chuva >
  3. Capítulo Único

História Dia de Chuva - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Espero que gostem da leitura e perdão se houver algum erro ortográfico perdido pelo o capítulo!

Capa nem um pouco condizente com o título, mas vida que segue!!

Capítulo 1 - Capítulo Único


Chuva, tudo o que eles menos queriam era chuva justo naquele dia. Aquele era para ser o dia de praia deles – o primeiro do ano todo – mas o tempo resolveu dar uma trollada nos garotos e mudou de um dia totalmente ensolarado para um dia de chuva forte com direito a trovões e relâmpagos. É, definitivamente eles não podiam confiar nas previsões do tempo totalmente.

- Ah cara! – Reclamou Shorter olhando pela a janela. – Justo hoje, porra!

- Eu disse para marcamos para domingo que seria mais jogo, mas não, escolheram sábado. – Sing dizia em um tom alto, já que estava na cozinha procurando algo para comer.

- Culpa do estrangeiro aí oh! – Acusou Ash.

Eiji olhou indignado para o namorado jogado no sofá.

- Culpa de quem Aslan Jade Callenreese!? – Perguntou Eiji tirando a sandália do pé e apontando para o loiro.

- Chamou pelo nome inteiro! Tá’ ferrado! – Soltou Shorter rindo sendo acompanhando por Sing.

- Culpa tua que disse que hoje iria tá’ sol para a gente ir para a praia. – O loiro apontava o dedo para o japonês sem medo algum, afinal Eiji conseguia ser mais fofo do que uma ameaça com aquela sandália do Mickey Mouse.

O americano e o japonês ficaram se olhando bravos um para o outro, até que Eiji soltou a sandália no chão e cruzou os braços de forma birrenta. Shorter negou com a cabeça pela a atitude dos amigos, o chinês mais velho se jogou ao lado do melhor amigo; assim ficando olhando para o teto enquanto o barulho da chuva preenchia todos os cantos da casa dos Wong.

Sing que vinha da cozinha – depois de detonar quase todo o bolo de cenoura que Nadia tinha feito – e ficou olhando os mais velhos, sendo que dois estavam jogados no sofá e o outro estava bravo por coisa “besta". O chinês mais novo suspirou e saiu em direção da porta do porão da casa, ele iria atrás de alguma coisa para fazer; já que tudo indicava que eles iriam passar o sábado todo presos ali.

O Soo-Ling ascendeu a luz para poder começar sua caçada em busca de algo para tirar todos do tédio iminente. O garoto desceu as escadas soltando um bocejo de pura preguiça, poderia estar nesse exato momento em uma partida de vôlei com os outros, mas a chuva tinha que estragar tudo, bendita chuva!

O chinês – chegando no final das escadas – começou a mexer em todos os cantos do cômodo até que encontrou uma caixa com vários e vários jogos. Desde jogos de tabuleiros até jogos de adivinhação, aquilo tinha que tirar pelo menos um pouco do tédio deles. O garoto pegou a caixa e se pois a subir as escadas com presa, porém com cuidado para não cair e causar uma “tragédia”.

- Seguinte cambada que tenho como amigos. – Falou aparecendo no topo das escadas do porão. – Bora jogar alguma coisa antes que todos percam a cabeça.

- Tipo? – Perguntou Shorter olhando o menino com a caixa. – Opa, eu lembro disso aí.

- O que tem na caixa baixinho? – Falou Ash se levantando e indo em direção de Sing.

O loiro mexeu na caixa até que pegou algo que lhe chamou a atenção. Era uma pequena caixa que tinha na frente a Elsa e Anna logo seguido do nome “uno", Ash olhou para a caixa, depois olhou que Sing que lhe olhou de volta e os dois olharam para o rapaz de moicano roxo logo começando a rir da cara do amigo, Shorter sentia o rosto vermelho. Sabia que não tinha como argumentar contra aqueles dois pois seu nome estava escrito na caixa do uno.

- Parem de rir do coitado do Shorter e vamos começar pelo uno. – Eiji se sentou próximo da mesinha de centro.

Shorter fez o mesmo, porém escorregando do sofá para o chão e logo Sing e Ash também se encontravam ao redor da mesinha de centro. O chinês mais novo tinha deixado a caixa em cima do sofá e Ash tirava as cartas de dentro da caixinha e já ia embaralhando as cartas, sem, é claro, perder a chance se zoar o melhor amigo por ter um uno do filme Frozen.

- Ok, entendi, deu caralho. Eu gosto do filme Frozen, e aí? Vai encarar? – Perguntou com raiva pronto para voar no pescoço de Ash.

- Calma, tava' só zoando. – Falou rindo tirando dez cartas para cada um, deixou o montinho no centro da mesinha e tirou uma carta vermelha que tinha o rosto do Kristoff do montinho. – Quem começa?

- Os mais novos... – Falou Eiji olhando para Sing que mostrou o dedo do meio antes de jogar uma carta 8 vermelha com a imagem do Olaf. – Também te amo Sing.

- Eu sou o próximo. – Ash jogou um 8 amarelo com o rosto do Sven.

- Seguinte, eu te amo muito, não me mata, ok? – Falou Shorter antes de jogar uma carta bloqueio amarela.

Eiji olhou indignado para o amigo que sorriu mandando um beijinho, Sing riu alto do azar do mais velho logo jogando uma carta 4 para Ash. O loiro olhou para o chinês mais novo que sorriu feliz, mas para a infelicidade de Sing, Ash tinha uma carta 2 azul e jogou com gosto, Shorter no final foi quem teve que comprar seis cartas contra gosto. Por ter comprado cartas, a vez foi para Eiji que meteu um bloqueio amarelo no mais novo.

- Até o fim do dia vamos ter um namoro arruinado, um cadáver e um de menor sendo preso pela polícia. – Comentou Shorter rindo sendo seguido pelos outros.

Os quatro continuaram jogando e se xingando até Sing perder a paciência – por nunca conseguir vencer uma partida – e espalhar pela a mesa todas as cartas, fazendo o jogo se perder logo na melhor parte. Os mais velhos desistiram de tentar continuar e foram vasculhar a caixa orando para encontrarem um jogo melhor que o uno, por sorte – ou não – eles encontram Twister, eles se olharam e pegaram a caixa do jogo.

Ash e Eiji foram afastando os móveis para terem mais espaço para jogarem, Shorter e Sing tiraram o tapete do jogo o esticando no chão. Sing dessa vez iria ficar de fora, então seria o encarregado de girar a roleta os outros três se posicionaram ao redor do tapete e decidiram a ordem de vez de cada um. Ash seria o primeiro, Shorter o segundo e Eiji o último.

- E vamos de contorcionismo. – Falou Sing sorrindo girando a seta. – Ash, pé esquerdo no vermelho.

- Opa, começou fácil. – Falou feliz por pegar logo um fácil. Sing gira novamente a seta.

- Shorter, pé direito no amarelo. – Shorter colocou o pé onde fora pedido.

- Eiji, mão direita no azul. – E assim se seguiu o jogo.

Os três gritavam e xingavam um ao outro por atrapalhar o seu movimento, mas a gota d’água do jogo foi quando Sing falou para Ash colocar a mão direita dele no vermelho e o loiro foi de mão cheia na bunda de Eiji – o mesmo usava uma bermuda vermelha -. O japonês sentiu o rosto ficar todo vermelho e a única reação que teve naquele momento, foi de chutar Ash para longe de si fazendo ele cair e perder o jogo. Shorter e Sing faziam rir da discussão que se seguiu do casal de namorados.

Eles estavam se divertindo tanto com os jogos antigos de Shorter que tinham até esquecido que a chuva caia sem descanso do lado de fora. Afinal, o importante era se divertir com os amigos mesmo que as circunstâncias, no final, sejam mudadas – mesmo que por uma chuva inconveniente -.


Notas Finais


Presente de amigo secreto para a @Sweet_and_Toxic

Eu espero que vc tenha gostado, eu lutei pra krlho para fazer algo legal ou algo aceitável que te agradasse, já que eu não te conheço muito e tal hehehehe mas enfim, presente entregue e eu espero de coração que você tenha gostado. Como tu tinha colocado Ash e Eiji como casal favorito e o Shorter como personagem favorito, peguei os três e de brinde coloquei o Sing (meu bebê). Espero que eu tenha conseguido te agradar.

Bjs e obrigado a quem leu!!

PS: Mil desculpas pelo o atraso! Eu ia postar mais cedo, porém acabei esquecendo!! Desculpa mesmo!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...