1. Spirit Fanfics >
  2. Diabolik Lovers - Jogada aos Lobos >
  3. Epílogo

História Diabolik Lovers - Jogada aos Lobos - Capítulo 22


Escrita por:


Notas do Autor


Muito obrigada a todos que me acompanharam e tiveram paciência para esperarem o fim da Fanfic. Eu sei que é muito triste quando uma história acaba, mas o que realmente vale a pena é os bons momentos adquiridos com a leitura. Por isso que agradeço dês de meus queridos leitores que sempre me motivaram com lindos comentários, aos meus amigos que me apoiaram a continuar, e agradecer a mim mesma por ter aguentado esses trancos e barrancos para escrever Prólogo, XX Capítulos e Epílogo sem desistir. Que vocês possam continuar comigo com as próximas Fanfics que pretendo postar brevemente sobre mais personagens um pouco esquecidos na história de Diabolik Lovers e dentre outras histórias. Que vocês possam aproveitar esse último capitulo que fiz com carinho, e pela última vez nessa Fanfic...

Espero que gostem do Epílogo...
-Wanvtay

Novamente, Obrigada!
(Leiam as notas finais, isso será bom!)

Capítulo 22 - Epílogo


Fanfic / Fanfiction Diabolik Lovers - Jogada aos Lobos - Capítulo 22 - Epílogo

Páginas encontradas de um diário antigo datado de 250+ anos atrás.

...

- Página 467.

Tsukinami Konan era como todos aclamavam a nova rainha dos Fundadores, ela era doce e dedicada por seu povo, e era conhecida por sua valentia e força. A jovem rainha foi tomada por esposa por Tsukinami Carla, cujo sobrenome foi adotado em matrimonio. E em seu ventre ela carregava a esperança de um novo destino para o Clã de sangue puro da corrida primaria dos Fundadores. A jovem rainha passara o final de sua juventude no castelo do Lorde Fundador, onde zelou por sua gravidez e dando total apoio ao seu marido.

Alguns meses após sua coroação, em uma noite de verão com o auxilio de várias Ghouls e o apoio de seu marido, Konan deu a luz ao primogênito do Rei Fundador, uma menina cujos cabelos eram prateados similares ao do pai, e seu sangue era tão poderoso quanto ao de Carla. Os pais da criança a batizaram com o nome de sua avó paterna, Tsukinami Krone, em homenagem a bravura da mulher ao tentar buscar a cura para o Endzeit. A jovem princesa foi acolhida e amada por todos no Castelo e no Mundo Demon, e também temida por alguns, pois apesar de ainda um bebê, ela emanava um enorme poder.

Passaram-se um ano e várias mudanças ocorreram nas relações entre o sobrenatural e o mundo humano. Muitas intrigas surgiram constando laços diplomáticos após vários líderes que tinham contato e vantagens com Karlheinz souberam da morte dele. Mas isso não impediu o progresso do mundo Demon, tanto que os exércitos de todos os clãs se fortificavam cada vez mais com essas tensões diplomáticas.

O romance entre Carla e Konan também se fortificou dando origem a um novo herdeiro, eles esperavam o segundo filho, e assim a rainha ficou conhecida mais ainda por sua fertilidade tanto duvidada no começo da relação entre ela e o rei. Muitos duvidavam que ela fosse capaz de dar a Carla um segundo filho, mas a noticia virou motivo de festa. Depois de algum tempo um príncipe nascera na corte real, cujo nome foi dado em homenagem a um antigo amigo e herói da rainha, o segundo filho do Rei foi nomeado de Tsukinami Lucien.

...

A linhagem de Carla estava garantida, pois um casal era presente em seu lado da árvore genealógica possibilitando um futuro garantido para ambos os herdeiros. Mas seu irmão Shin não conseguira seus herdeiros, assim fazendo seu lado sucessório se perder na história. Então após conversar muito com sua esposa, Carla permitiu que Konan concebesse filhos com Shin para que o mesmo tivesse seus filhos com seu sangue. Então assim se fizera, e os filhos foram concebidos. O mais velho Shin fez questão de homenagear seu pai Giesbach. Carla não gostou da homenagem, por causa dos antigos conflitos que ele tivera com o pai, e também por seu irmão não ter tido consideração alguma por ele ter cedido sua esposa para tal ato, mas o mesmo não reclamara diretamente ao irmão, pois ele via a felicidade de Shin ao ter seu primogênito garantido na linhagem sucessória dos Fundadores.

O segundo filho de Konan e Shin nascera a dois anos depois, dessa vez uma menina, cujo nome foi dado em homenagem à tia tão desprezada por Shin em forma de perdão, pois após ouvir o porquê de sua tia ter ido de encontro com o Rei Burai, ele percebeu que não foi uma traição e sim uma das tramas de Karlheinz contra os Fundadores, assim batizou sua filha mais nova em homenagem a essa tia que lutou ao lado de sua mãe pela cura do Endzeit. Seu nome foi dado de Tsukinami Menae.

...

Ozai atacará um dos castelos dos Fundadores na fronteira entre o Mundo Demon e o Mundo Humano. E as noticias se espalhou rápido, o antigo imperador do Japão havia morrido por complicações de saúde e Ozai havia assumido o trono Japonês, tendo assim liberdade de mandar o exercito imperial atacar as bases centrais dos Fundadores. Mas Shin como capitão dos exércitos de Ghouls, conseguiu repelir todos os ataques deixando momentaneamente o nosso castelo seguro e muitos humanos feridos.

...

As tensões estavam ficando mais terríveis entre os dois lados, pois os humanos queriam guerra e os seres sobrenaturais tentavam ao máximo serem diplomáticos, mas nem sempre o diálogo conseguia superar as armas, principalmente quando era Ozai que alimentava esse conflito por trás dos bastidores.

...

As coisas já não estavam andando bem fora do castelo dos Fundadores, e dentro já não estava mais um mar de flores para Konan. Algumas nobres que vieram passar uma temporada no Castelo porque suas moradas foram atacadas, acabaram de inventar boatos que a rainha andava traindo seu marido com o próprio cunhado. Eu no fundo sabia que era mentira, mas confesso que via Shin observando Konan de uma forma desejosa, ele a desejara em segredo por as noites passadas com ela para conceber seus filhos? Eu não sabia, pois ainda era uma criança na época. Carla ficou sabendo dos boatos e apoiou fielmente seu irmão e sua esposa afirmando que eles jamais seriam capazes de trair sua confiança, então ordenou que exilassem aquelas mulheres por calunia contra o rei e seus familiares. E naquela noite para provar que os boatos eram mentira, ele acabara de conceber seu terceiro filho com Konan, cujo nome de sua filha foi dado em homenagem a mãe de Konan, assim sendo a terceira filha do casal, Tsukinami Mikoto.

...

Os ares pareciam ter ficado mais calmos naquela noite, tudo ocorrera bem e a paz parecia próxima, mas aquela calmaria era apenas o começo da grande tempestade que viria. Naquela noite Lembro-me de estar reunida na sala principal com meus irmãos e minha mãe quando escutamos varias pessoas marchando em direção ao castelo. Olhamos pelas janelas e vimos meu avô Ozai vindo com o exercito japonês em direção ao castelo, e por causa da paz momentânea s guardas foram diminuídos facilitando a entrada do imperador no Castelo. Lembro-me de ver minha mãe nos guiando para uma sala segura para não sermos mortos no conflito, mas no meio do caminho percebemos que Mikoto não estava entre nós, então aquela foi a última vez que eu ouvi minha mãe dizer “Cuide de todos Krone, voltarei logo”, mas ela não voltara mais. Ao encontrar Mikoto elas foram encurraladas por um dos soldados de Ozai que tentou matar a criança, mas minha mãe se pôs na frente da espada sendo perfurada na altura da cintura. Quando seu corpo chocou o chão o soldado pensou ter atravessado e matado a criança junto, mas Mikoto sobreviveu apenas com um corte leve. E traumatizada ela me conta ainda hoje como foi horrível ver nossa mãe agonizando de dor enquanto a protegia em seus braços, ficar junta de seu cadáver a noite inteira a deixou paranoica e com medo de tudo e se sentindo impotente de proteger qualquer coisa que fosse isso me partia o coração.

Mas quem ficou mais abalado foi nosso pai, quando ele viu nossa mãe caída e toda ensanguentada na noite do ataque ele surtou. Naquela mesma noite ele perseguiu Ozai até seu palácio onde liberou seu poder total, massacrando todos os presentes naquele local, ele vingou sangue a sangue a morte de nossa mãe cujo muito tempo havia se negado a transformação em vampira por completo, pois a mesma dizia que sua missão era salvar a nossa espécie e ser feliz uma vez na vida, e que queria ter o descanso eterno de tudo que ela já sofrera. Então meu pai com muita dor aceitou a decisão dela, mas ele queria que ela morresse por causas naturais, não que ela fosse tirada de seus braços aos trinta e dois anos daquela forma. Então ele matou cada ser desprezível daquele palácio, todos os ratos ele fez questão de pulverizar em instantes, mas Ozai ele quis que ele morresse dolorosamente lento, assim em seguida destruindo aquele local. E com a ira dominando seu corpo, Tsukinami Carla amaldiçoou cada ser humano que um dia desejara o mau de sua amada.

...

Com o tempo eu percebi que meu pai não era mais o mesmo, ele estava apático e mal ligava para as coisas do Mundo Demon, na maioria das vezes era Shin que resolvia tudo. E novamente outra tragédia se abateu sobre nosso lar, meu pai havia desaparecido há dias, e nunca mais retornou, ele havia ficado sem proposito após a morte de minha mãe e assim nunca mais voltamos a vê-lo. Então seu irmão Shin assumira o trono enquanto eu não chegava à maturidade para governar.

...

Tudo havia se passado tão rápido que mal podia descrever a dor de perder meus pais e as responsabilidades de assumir o mais alto dos clãs do mundo Demon, aquilo estava sendo muito difícil depois de duzentos e cinquenta anos governando e apoiando meus irmão. Mas não podia apenas existir tristeza em meu coração, pois meus pais não gostariam que isso acontecesse, então fiz o meu máximo para ser uma boa rainha para os Ghouls e mantes a paz que conseguimos conquistar com os humanos.

O amor também batera em minha porta assim com o meu dever de não deixar a espécie dos fundadores ser extinta, eu e meu primo Giesbach acabamos nos casando e tendo um filho, cujo nome foi dado de Raizen, que significa aquele que comanda com fúria. E ensinei a ele todos os valores que minha mãe me passara com tanto carinho, e até os dias de hoje a história é contada para os jovens Fundadores que vem ao mundo. Pois apesar de tudo, a memória dela ainda vive em mim, sinto ela em cada soprar do vento e nascer do sol que ela esta agora ao lado de meu pai vivendo o romance que eles tanto queriam.

Vida longa ao Rei Tsukinami Carla!

Vida longa a Rainha Tsukinami Konan!

Eram os gritos que escutava a duzentos e cinquenta anos atrás que ainda ecoam pelos corredores desse imenso castelo, e que ainda estarão vivas por muito tempo.

Mãe, Pai, obrigada por tudo, e que agora meu filho possa assumir o trono.

 

- Diário de Tsukinami Krone, a história dos Fundadores.

 

Fim.


Notas Finais


Então esse foi o fim da Saga do nosso querido casal: Carla e Konan.
MAS!
Esse não é meu fim, huehue.
Estou por meio dessa nota avisando e pedindo a ajuda de vocês. Eu pretendo começar uma nova história com outro personagem não tão lembrando dentro do universo de Diabolik Lovers, então estão ai as minhas ideias, e peço que vocês que se puderem votem no que vocês querem aqui:

1- Diabolik Lovers - A caminho da Floresta ( História +18, Shin Tsukinami)
2- Diabolik Lovers - Masokissme? ( História +18, Azusa Mukami)
3- Diabolik Lovers - Salve o Rei ( História +18, Karlheinz Sakamaki)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...