1. Spirit Fanfics >
  2. Diabolik lovers - Lost Eden (imagine) (Karl Heinz) >
  3. Capítulo XLVI - Pureza

História Diabolik lovers - Lost Eden (imagine) (Karl Heinz) - Capítulo 46


Escrita por:


Notas do Autor


KONNICHIWA 😊♥️ Estoy se volta mi ihos 🙂

Então os capítulos toda semana vão voltar (人 •͈ᴗ•͈)

Como vocês estão estou com sadd

Comentem e favoritos onegaishimasu 😉♥️

Boa leitura leitores.


Obs: Não desça a escada de guarda chuva ☂️🚫⚠️

Obs: Leiam as notas finais⚠️

Capítulo 46 - Capítulo XLVI - Pureza


".....espero vê lo logo"


Alguém mais iludido que Christa Sakamaki não existia, os seus olhos cegos de paixão por KarlHeinz eram inegáveis, ele iria visitar a mansão Sakamaki em breve, e por muito tempo longe, a rosa branca gostaria de ver seu amado marido, uma o pena que aconteceu depois da sua visita.


Empregada: Christa-sama, o senhor KarlHeinz está a caminho quer que eu avise quando ele chegar?


Christa: Sim porfavor, obrigada — A jovem estava tão ansiosa por ver Karl em muito tempo que acabou chamando atenção de outra pessoa.



???: Fufufu ora, ora e eu pensando que seríamos amigas — de repente Cordelia aparece no quarto de Christa a intimidando como sempre fazia.


Christa: Eu nunca seria amiga de uma pessoa como você.


Cordélia: Claro que sim, você é a princesinha inocente não é? Sempre comportada, fufu sinto até pena — a cobra jogou seus cabelos ao vento — Só vou lhe dizer uma vez fique longe de KarlHeinz ele é meu, parece que você não enxerga o quão desinteressante é para ele quando olhar pra uma coisa feia como você, nem sequer tem seios, é magra demais, parece que nem come, sem falar no seu cabelo que parece um esfregão velho, rosa branca está mais para rosa murcha — as provocações de Cordélia fizeram Christa derramar a suas lágrimas pelo desgosto, mais ela não era tão fraca assim como a outra pensava.


Christa: N-não você está errada! — enxugou as lágrimas e se aproximou de Cordélia ficando cara a cara com a mesma — se vai me xingar pelo menos faça direito sua meretriz vulgar — com a confiança lá em cima, Christa realizou o sonho de muitas pessoas naquela casa, cuspindo no rosto de Cordélia, que apenas riu com a atitude dela.


Cordélia: Isso, mostre seu eu de verdade, parece que a santa de escondeu não é? — Cordélia colocou seu dedo indicador no queixo de Christa — se auto convencer demais, não é bom querida.


Christa: Dar demais o que tem no meio das pernas também — As duas estavam quase caindo nos tapas quando….


???: Mãe? O Laito está lhe chamando — Kanato aparece na porta sem entender o que estava havendo.


Cordélia: Ah meu lindo canarinho eu já vou e diga para o Laito ir para o meu quarto hoje, nós vamos brincar um pouco — Christa olhou com uma cara de nojo para Cordélia e se retirou correndo de lá.


Kanato: O que houve com ela?


Cordélia: Ela é uma medrosa.



Christa saiu correndo pelos corredores sem saber ao certo para onde estava indo até que esbarra em alguma coisa.


???: Ei! Isso deu trabalho pra fazer ore sama não vai perdoar — era o pequeno Ayato, sentado no chão com várias pecinhas de montar espalhadas.


Christa: Desculpe eu não vi você — se agacha e junta as peças dando as para Ayato.


Ayato: Você é aquela mulher que minha mãe odeia? Pensei que fosse uma bruxa — Christa ficou confusa.


Christa: Não acredite em tudo que sua mãe diz — sorri — do que está brincando? Será que eu posso me juntar também? — mesmo sendo filho de Cordélia, Christa gostava de crianças.


Ayato: Estou montando meu castelo, Ore-sama vai morar nele.


Christa: Eu posso ajudar a construir?


Ayato: Claro que não isso precisa ser construído por mim, vou construir o maior e o melhor castelo de todos — volta a juntar as peças.


Christa: As vezes ajuda dos outros faz bem — pega uma peça e começa a brincar junto com Ayato.


???: Que fofo — KarlHeinz aparece atrás dos dois com um sorriso.


Christa: K-karlheinz-sama!? — fica vermelha.


Ayato: Ah é o velho — volta a atenção para seus brinquedos.


KarlHeinz: Hm parece que cheguei na hora certa — Estende a mão para Christa que se levanta do chão.


Christa: É...eu estava ajudando ele a construir seu castelo — sorri sem graça.


Ayato: Ore-sama não precisa de ajuda já disse!


KarlHeinz: Por que não vamos dar um passeio Christa, só nós dois? — Christa excitou na hora.


Christa: M-mas  e-eu tudo bem — KarlHeinz pega na mão dela e os saem dali.


Ayato: Só não engulam um ao outro por favor!




Isso era o que Christa sempre sonhou um passeio no jardim, de mãos dadas com a pessoa que ela mais amava, mas aquele final de tarde não teria um final feliz.


Christa: KarlHeinz-sama por que decidiu sair comigo? — ele só havia feito isso uma vez, quando Christa deu seu primeiro beijo em uma varanda da sua antiga casa.


KarlHeinz: Porque eu gosto de você — Ele se vira para o lado e rouba um beijo dela.


Christa: AH! Porque me beijou do nada? — ele nunca tinha feito isso antes, parecia até que estava fingindo.


KarlHeinz: Hum? Eu não posso beijar minha esposa? Eu será que você prefere outra coisa? — KarlHeinz prende Christa contra a parede.


 Christa: ……..eu ainda sou pura KarlHeinz-sama — ela era a única que não tinha perdido sua virgindade.


KarlHeinz: Você confia em mim? — Ele a beijou delicadamente, depois fez o mesmo em seu pescoço.


Christa: S-sim eu confio eu você m-mas… — ela o afasta um pouco — Não sei se estou pronta para isso.


KarlHeinz: Então quer dizer que você não confia em mim, se você confiasse em mim se entregaria por completo.


Christa: M-mas eu..eu confio sim! — Christa puxa KarlHeinz para um beijo de língua.


KarlHeinz: Venha.


Christa:  Para onde vamos?


KarlHeinz: Resolver seu problema de confiança — Karl a leva para o seu quarto, onde até agora apenas S/n teve permissão de entrar, os beijos delicados de Karl no colo dos seios de Christa a faziam gemer baixo.


Christa: K-karlheinz-sama tire minha roupa — disse com um pouco de remorso, assim KarlHeinz o fez tirando todas as suas vestes lentamente enquanto beijava todo seu corpo.


KarlHeinz: Não gema muito alto — Empurrou Christa na cama subindo em cima dela, chupando seus seios.


Christa: A-ah…. K-karlheinz-sama… — Karl tapou sua boca e a penetrou com força, os gritos de Christa sairam abafados da mão dele que sorriu sadicamente.


KarlHeinz: Agora você é minha pra sempre — Christa começou a chorar por está arrependida, ela o amava mais só estava fazendo aquilo por impulso para provar que o amava, ou ele pensaria o contrário.


KarlHeinz: Você fica muito bonita assim — ele tirou a mão da boca dela e a beijou, mordendo seus lábios


Christa: Ah...p-porfavor para — KarlHeinz não deu ouvidos a Christa



KarlHeinz: Então querida? — acariciou seu rosto, gozando dentro dela


Christa: Não quero continuar


KarlHeinz: Mas já acabou viu como foi rápido.


Christa: ………. — começou a chorar silenciosamente.


KarlHeinz: Da próxima vez será melhor prometo — beija a testa dela e se vira para o outro lado — boa noite



Christa: Boa noite K-karlheinz-sama.


Notas Finais


Cordélia: a

Christa: Eu rapaliga? Você rapaliga.

ENTÃO NÉ POVO estou melhor agora tanto eu físico quanto emocional, eu tava muito preocupada antes mais as coisas melhoraram um pouco, meu irmão já está curado e minha mãe tá ficando melhor, eu só estou tendo um pouco de asma, mas tomar o inalador ela passa, as vezes nem tenho então é um bom sinal (•‿•) e estou voltando voltar a escrever my fanfics.

Outra coisa é que eu estou começando a escrever no wattpad também (✿^‿^) já postei no minha fic lá.

https://my.w.tt/uIdG3keGJ7
Espero que gostem dela é um imagine de uta no Prince sama, mas só assistir a primeira temporada que já da pra Entender pra quem nunca viu ( ꈍᴗꈍ)

Vocês podem me mandar mensagem por lá, ficarei feliz em responder (•‿•)

Comentem e favoritos onegaishimasu 😉♥️ .

Até a próxima leitores ♥️😉

Obs: Não desça a escada de guarda chuva ☂️🚫⚠️.

" Ai wo sasagewo ( ꈍᴗꈍ)"


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...