História Diabolik Lovers: Amor x ódio, amigos x namorados - Capítulo 11


Escrita por:

Postado
Categorias Diabolik Lovers, Lendas Urbanas
Personagens Ayato Sakamaki, Azusa Mukami, Carla Tsukinami, Kanato Sakamaki, Kou Mukami, Laito Sakamaki, Personagens Originais, Reiji Sakamaki, Ruki Mukami, Shin Tsukinami, Shu Sakamaki, Subaru Sakamaki, Tougo Sakamaki "Karlheinz", Yui Komori, Yuma Mukami
Tags Amizade, Amizade Colorida, Diabolik Lovers, Drama, Hentai, Incesto, Inimizade, Personagens Originais, Triângulo Amoroso, Yaoi
Visualizações 99
Palavras 1.584
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Fantasia, FemmeSlash, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Harem, Hentai, Lemon, LGBT, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Musical (Songfic), Orange, Poesias, Romance e Novela, Saga, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Slash, Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Cross-dresser, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Necrofilia, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Subaru-Atenção! Um aviso para todos que, por algum motivo desconhecido, gostam de ler esta história!

Shin-A autora, a D-va, vai...que que era mermu? Eu esqueci (::^ω^::)

Subaru-Que merda Shin! Se estrago tudo de novo!

Shin-discupa ╮(′~‵〞)╭

Subaru-Sem essa de "discupa" porque a gente ensaiou isto umas quinhentas vezes e você ainda não gravou o que é para dizer!

Shin-*começa a lacrimejar* (☍﹏⁰)

Subaru-Ah não, Shin pfv não chora! *Shin começa a chorar* *Subaru da um abraço nele*

Subaru-Com licença!

Boa leitura!

Capítulo 11 - Uma vez irmã, sempre irmã...


Fanfic / Fanfiction Diabolik Lovers: Amor x ódio, amigos x namorados - Capítulo 11 - Uma vez irmã, sempre irmã...

P.O.V's Carla

Tínhamos tido uma longa conversa com a garota de cabelos prateados, ela explicou bastante coisa para nós ou parte do que pode se lembrar. Eu sabia que ela não falou tudo por suas expressões e sua fala meio confusa e presa, talvez estivesse se sentindo pressionada por tentar falar um pouco do que aconteceu com sigo mesma antes de aparecer inconsciente e machucada no nosso jardim...Eu e Shin, e todo o resto, não queríamos ficar forçando a menina a dizer tudo que sabia, até porque não me senti bem em interrogar uma garota assustada, confusa e machucada que apareceu de repente no jardim da minha mansão e que dizia ser minha irmã.

Esta foi uma das coisas que mais me deixou intrigado. Como pode ela ser filha de um fundador? Ela não parecia estar mentindo, até porque ela sabia o nome do no nosso pai, Giesbach, e perguntou se eu e Shin éramos fundadores, como ela pode saber sobre os fundadores sendo que a maioria morreu numa guerra e apenas restou eu e Shin?! Falando naquele ruivo, ele parecia estar gostando daquela garota, consigo entendo este fato, ele e eu ficamos um tanto felizes por conhecer alguém que conhece nossa história (com isso estou falando da história dos fundadores.) e nunca tivemos uma "irmã", se é que posso chama-la assim. Mas eu só...me sinto um idiota por ter feito aquilo mais cedo com ele...Ele parecia preocupado comigo. Sinceramente, Shin é um ótimo irmão, mas muitas vezes ele age sem pensar e acaba se metendo numa grande encrenca. Tipo a vez em que ele brigou com uma gangue de beco, se eu não tivesse chegado lá, eu iria poder ir para a china e vender carne de cachorro ou de lobo.

Tanto faz, apesar disso tudo que ele me faz passar, eu gosto muito dele, mas não é um gostar normal, é como se...eu não o visse só como irmão, mais que um... Quero ele, quero ele só para mim, ele será só meu, não importa como! Ele será e é só meu e ninguém vai tirá-lo de mim!

—Só meu...-Murmurei baixo, ainda em estado de torpor, quando ouço alguém chamar por meu nome é sacudir meu corpo.

—Nii-san, nii-san! Acorde já esta tarde para você continuar dormindo!-Abri levemente meus olhos e vi Shin em cima de mim, ela estava com as mãos por cima do meu ombro e seu rosto estava um pouco próximo ao meu.

Assim que abri os olhos e encarei aqueles lindos olhos amarelos, iguais aos de um lobo. Nós ficamos parados nos olhando por um momento.

—Shin...

—N-Nii-san...-Nossos rostos iam se aproximando quando um estrondo foi ouvido e a porta do meu quarto foi aberta de repente.

—Onii-sama! Onii-chan! Rápido, tem algo...-Ela parou e nos fitou surpresa, mas nos olhou maliciosamente e disse—Acho que estou atrapalhando vocês...né?~Piscadinha~

Coramos violentamente e eu empurrei Shin o fazendo cair no meu lado direito.

—Gin! O que você esta fazendo aqui!?-Perguntei me sentando na cama e, logo em seguida, me levantando, vestindo minha camisa branca rapidamente colocando uma calça escura.

—Nada demais, apenas vim ver se precisava de ajuda ou precisavam-Ela se encostou na madeira da porta—Mas acho que estou ótimos e...-Ouvimos alguém gritar do lado de fora, parecia estar chamando a mim e ao Shin, e era uma voz masculina. "Por favor, que não seja nenhuma outra pessoa em nosso jardim".

Nós três corremos para o andar de baixo, indo até o lugar onde imaginávamos ter vindo o chamado e assim que olhamos, vimos que era Subaru. Ele parecia preocupado.

—Subaru-san? O que você esta fazendo aqui?-Perguntou minha "nee-chan". Vou demorar para me acostumar com isso.

—Gin? Gin!-Subaru veio correndo em direção a ela é pegou seu braço, mas Shin o impediu.

—Ei, Sakamaki! O que você quer com ela!?-Shin falou segurando o braço de Subaru.

—Preciso falar sério com ela! Agora solte-me!-Ele puxou seu braço, fazendo Shin o largar e Gin se afastou um pouco, segurando o braço que Subaru tinha agarrado.

—O que você quer falar com?

—É sobre a Zepphier!

Nós três o encaramos surpresos e assim pedimos para ele entrar e contar o que aconteceu.

(...Meia hora depois...)

P.O.V's Narradora

—E decidimos cuidar um pouco dela até se sentir melhor-O albino terminou de falar.

—Vocês estão com a Zepphier...Podiam ter me avisado...-A menina de cabelos pratas disse cruzando as pernas.

—Eu queria, mas queria contar quando tudo estivesse mais calmo.

—Pera um minuto-Falou Shin—Zepphier então é sua loba, que apareceu machucada no jardim dos Sakamaki, assim como você apareceu machucada no nosso jardim?-A menina e o albino confirmaram com a cabeça.—Uau!

—Uau mesmo-Afirmou Carla.

—Por favor, Subaru-san, você precisa me levar até ela! Zepphier é muito importante para mim! Eu estou te implorando Subaru- san, me leve até ela...-A garota pegou as mãos do albino e encarou-o com um olhar doce, dentro daqueles olhos vermelhos rubi, ele sentiu um grande conforto.

O garoto corou e cedeu ao pedido delicado da pequena menina.

—Ok, levarei você até a mansão Sakamaki para se encontrar com ela.-Os olhos da menina brilharam e ela pulou em cima de Subaru, o abraçando alegremente.

—Muito obrigada, Subaru-san!-O garoto levou um tempo para corresponder ao abraço eufórico da menina, mas correspondeu e deu dois tapinhas em suas costas, abrindo um sorriso tímido e pequeno.

—Ta bom, ta bom, pode me soltar agora-Gin obedeceu ao pedido do menino e o soltou, olhando para seu rosto um pouco corado e rindo logo em seguida.

—Então você vai lá com ele?-Perguntou o ruivo um pouco preocupado com a segurança da, agora, irmã.

—Só para ver a Zepphier. Eu vou voltar eu juro!

—Tudo bem. Subaru-Carla o chamou.

—Hai?

—Cuide dela, ok?

—Claro, eu não vou deixá-la sair de minha vista-O albino disse determinado.

(...Horas depois...)

Subaru levou Gin'no Bara para a mansão Sakamaki, mas durante o caminho, Gin disse a Subaru que o nome que ela usou, foi um apelido que ela ganhou, mas na verdade ele apenas podia chama-la de Rokku. De início, ele achou seu nome estranho, mas logo achou seu nome bonito e bem sentimental.

—Ok, Rokku, essa é a minha casa, você quer entrar agora ou...esperar?-Perguntou vampiro que a olhava no interior de seus olhos lindos e chamativos.

—Sim, vamos logo, quero muito rever minha meio-irmã!

—Meio-irmã?-Subaru a olha confusa.

—Ela me acompanhou por tanto tempo que a considero como uma meio-irmã-Subaru deu um risinho e entrou na mansão junto de Rokku.

—Vem, eles devem estar na sala-O albino pegou na mão da garota e a guiou até a sala, onde encontravam-se Ayato, Shuu, Kanato, Yui e sua loba, Zepphier.

—~Cof~-Subaru finge uma tosse para chamar atenção e todos olham para o albino e a garota de cabelos prateados parados na porta.

—Heya Subaru e Gin!-Ayato diz com um sorriso gentil

Assim que Zepphier ouviu o "nome" da garota, olhou para a porta e viu a pessoa que mais acompanhou em toda sua vida. Ela se levantou feliz e foi em correndo em direção a Rokku e pulou, fazendo a mesma levar um sustos cair no chão, mas em seguida riu com as lambidelas da fiel companheira.

—H-Hey! Haha! Pare por favor! Eu também...haha...eu também estou feliz em te ver!-Ela abraça a amiga de tanto tempo e logo em seguida se levanta.

—Nossa, vocês realmente tem uma relação muito grande-Disse Yui surpresa pela grande demonstração de afeto da loba.

Todos se encantaram com elas duas.

—E você vai voltar para os Tsukinami agora?-Subaru olhou para a garota que acariciava o pescoço do grande animal.

—Ei, você vai levar a Zepphier com você?-Perguntou Ayato.

—Claro que não! Ela parece ter gostado muito de vocês e de tanto que Subaru-san me contou, ela não vai querer ir embora tão fácil ou tão cedo, hehe-Riu feliz.

—Isso quer dizer que a gente pode realmente ficar com ela!?-Os olhos de Ayato brilharam.

—Se é isso que ela quer...-Assim que o menina falou, sua loba deu um latido alto e feliz—Parece que ela amou todos vocês!

—Quem não amaria o ore-sama aqui?

Todos, com a exceção de Zepphier que apenas pôs a pata na frente do rosto o virando, levantaram a mão e disseram em uníssono "Eu!". Ayato bufou bravo e todos, exceto o ruivo, riram.

(...5 horas depois...)

Eles aviam se divertido praticamente a noite inteira e conheceram um pouco sobre Rokku, passaram também a chama-la pelo seu nome, e sobre Zepphier. Esqueceram a hora passar, mas Reiji veio lembra-los que já era a hora de dormirem, apesar de Shuu já estar fazendo isto. Todos foram para seus quartos, mas Subaru ficou preocupado em onde a menina dormiria.

—Ei, Rokku-Ele a chama e ela o olha

—Hai, Subaru-kun?

—Bem, onde você vai dormir?

—No sofá não seria ruim, eu acho-Ela se sentou e percebeu que o mesmo não era la muito confortável quanto imaginava.

—N-Não! Eu não vou deixar você dormir ai! Vai acordar com uma dor horrível nas costas!-Subaru exclamou para a garota que se assustou com a ação do albino—Talvez com...

—Você?-O interrompeu e fez o garoto a olhar, ela riu ao ver o semblante de surpresa do albino, que corou e desviou o olhar instantes depois.

—Por que não? Isso, vem comigo!

—N-não precisa, Suabru-kun. Eu posso...ah!-Subaru a puxa, impedindo-a de terminar sua frase e teleporta os dois para seu quarto.

—Um caixão!?-Rokku disse assustada.

—Sim, algum problema?-Subaru falou normalmente.

—Nenhum, mas me pergunto como nós dois saberemos ai...

—Assim-Subaru a pega em seus braços e a coloca dentro de seu caixão, entrando junto da menina.

—S-Subaru-kun!

—Shhh, esse caixão é um pouco, estreito tente não se mexer muito

—Mas...!-Olhou para o albino que já avia fechado os olhos.

A menina fechou os olhos, tentando adormecer, demorou, mas logo o sono chegou e ela adormeceu. Aconchegada ao vampiro, que abraçava sua cintura.

Todos adormeceram, mas a menina durante a noite teve um pesadelo e agarrava-se ao albino diversas vezes, chorando e clamando por ajuda.

Sofrer em um pesadelo, pode ser bem ruim....

(...Continua...)


Notas Finais


Subaru e Shin-*dormindo abraçados*

Bem...abrigada por ler e até a próxima. Vou cuidar desses meus menininhos...Eles dão um trabalho...

Obrigada por ler!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...