História Diabolik Lovers (Laito x OC) I'll show you silly admiration. - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Diabolik Lovers
Personagens Ayato Sakamaki, Laito Sakamaki, Personagens Originais, Reiji Sakamaki
Tags Ayato, Ayato Sakamaki, Diabolik Lovers, Dialovers, Laito, Laito Sakamaki, Reiji, Reiji Sakamaki
Visualizações 420
Palavras 748
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Fantasia, Ficção Adolescente, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Violência
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


(A menina da foto é a 'garota' não vou falar o nome pra não dar spoiler. A diferença é que um olho dela é roxo e o outro ciano do jeito que tá na imagem. Ela usa um óculos tipo o do Reiji, mas com as bordinhas maiores e vermelhas.)

(Editando: Esse primeiro cap é bem chatinho, mas garanto que os outros são bem melhores!)

Hello, minna! Essa é minha primeira fic, então se ficar meio ruim é só me dizer nos comentários que eu faço ajustes.
Bora pro cap, e boa leitura!

Capítulo 1 - Eu tô aonde? ......... Com quem?!


Fanfic / Fanfiction Diabolik Lovers (Laito x OC) I'll show you silly admiration. - Capítulo 1 - Eu tô aonde? ......... Com quem?!

POV: NarradorA. (Pq eu quero.)

 Ela corria e corria. Mesmo sem saber para onde ir. Eles sabiam que ela havia descoberto seu segredo, sendo ela o tipo de pessoa que o revelaria para tentar impedir que seu plano desse certo, eles decidiram que ela deveria 'desaparecer'. No meio da noite, em uma floresta, ferida, ela tentava seu melhor para despistar aqueles que a perseguiam, sem muito sucesso. Ela já havia perdido uma quantidade relevante de sangue pela facada que levara em seu braço esquerdo, mas não desistia. Ela nota algo diferente no ambiente e segue para a direita onde vê uma linda mansão. Uma que a mesma reconheceu imediatamente. 

 POV: ??? 

 Na mesma hora em que vi a enorme mansão, corri até a mesma desesperada por ajuda. Não acredito que vou tentar pedir ajuda aos Sakamakis... Em primeiro lugar: Não existe a Mansão Sakamaki na vida real, como ela está aqui, bem na minha frente?Isso não importa, quase não me aguento em pé, mas só mais um pouco, só até eu chegar lá... 

"Alguém! P-por favor, me ajuda!" Eu grito passando pela porta que por algum motivo se abriu sozinha antes de eu encostar na mesma. Depois disso, tudo ficou escuro. 

           •Algumas horas depois...• 

 Abro meus olhos e o que vejo acima de mim é um teto branco. Faço um pequeno esforço pra tentar me levantar, mas sinto meu braço esquerdo e o resto do meu corpo doer, o que me fez deitar 'novamente'. Olho em volta deitada mesmo... 

"Aonde é que eu..." Paro de falar ao escutar uma risada baixa, mas que me deu calafrios. 

 "Hmm~... Você tem um cheiro tão... Doce....." Uma voz próxima ao meu ouvido me diz de uma maneira não tão legal quanto eu gostaria. Me sento mesmo com dor, coloco meus óculos vermelhos e olho para o ser que acabou de falar comigo. 

"Me diz que isso não é um sonho, por favor!" Eu digo quase gritando. 

 "Pois não é.~" Ele diz. Dando um passo atrás, ficando em pé de um jeito eu diria estiloso. 

 "Mentira, mentira! Laito Sakamaki tá aqui, bem na minha frente! Pele, osso e pervertido! Meu Deus, por favor eu não quero acordar desse sonho maravilhoso." Eu digo a última parte baixinho, do meu jeito fã de ser. 

 "Hm? Como sabe meu nome?" Ops, como que eu digo que ele é, tipo, de um anime e tauz? Por agora vou inventar uma desculpa mesmo. 

 "Ouvi falar de você na minha antiga escola... Tinham até foto sua." Ele dá um sorriso de convencido, nossa, ele se acha muito mesmo né? É fogo esse garoto. Bom, pelo menos parece que ele acreditou. Aperto meus olhos ao sentir uma onda de dor, vinda do meu braço esquerdo, o qual está 'machucado'. Olho para o mesmo e percebo que está enfaixado. 

 "Ué... Quem foi que enfaixou? E quem me trouxe até aqui?" Pergunto pro Laito que já estava dando uma de safado e já tinha sentado do meu lado na cama. 

 "Quem te trouxe-" Interrompo ele. 

"Deixa eu adivinhar. Ayato me achou e chamou geral, e aí me trouxe pra cá. E quem enfaixou meu braço... Reiji?" Eu pergunto. 

"Boa dedução, Bitch-chan.~" Ele diz e eu faço uma cara fofa de quem adorou ser chamada de Bitch-chan, ainda mais pelo dono da frase de efeito né. 

 "Mas como conhece eles?" Opa... Como eu respondo?? 

 "É..." Eu tento, mas não veio nenhuma desculpa na cabeça. 

 "Então?" Então que eu sei lá, migo.

"Do mesmo jeito que conheci você?" Falei como se fosse óbvio pra parecer que não estava mentindo. 

"Hmm..." Dessa vez ele não pareceu acreditar muito, mas parece que ele não quer nem saber se eu tô mentindo, quer saber mesmo é do meu sangue. Ele chegou mais perto de mim, fechou os olhos e me cheirou parecendo um cachorro quando conhece algum amigo do seu dono. 

 "O-oi, vai com calma aí vampirinho esfomeado." Empurro ele um pouco pra trás. Não parece que ele gostou muito, mas eu tô fraca, e outra, perdi sangue, se ele vier tomar meu sangue como se fosse água num dia de verão eu vou morrer por falta de sangue, caramba. 

 "Então você sabe, hm?" Ele está se referindo sobre ele ser vampiro..? 

 "Sim, inclusive, sei mais do que você gostaria que eu soubesse." Digo de um jeito diferente, pra eu não ficar com medo pelo simples fato de estar na Mansão Sakamaki. Mais pra me encorajar mesmo, se eu ficar aqui, ninguém vai mandar em mim.


Notas Finais


E é isso aí. Vou tentar postar todo dia ou de 2 em 2 dias ou mais.
Espero que tenha gostado~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...