História Diabolik Lovers (Laito x OC) I'll show you silly admiration. - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Diabolik Lovers
Personagens Ayato Sakamaki, Laito Sakamaki, Personagens Originais, Reiji Sakamaki
Tags Ayato, Ayato Sakamaki, Diabolik Lovers, Dialovers, Laito, Laito Sakamaki, Reiji, Reiji Sakamaki
Visualizações 217
Palavras 847
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Fantasia, Ficção Adolescente, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Violência
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Konnichiwaaa!
De volta pra mais um cap.
To morrendo aqui pela quantidade de visualizações nos 3 caps até agora... São 40 no total! É... Eu não tenho certeza se é uma boa ideia, mas, se chegar a 50 vizus antes de eu postar o cap 5, vou fazer tipo um especial depois do cap 5, mostrando um pouco dos passados da personagem. (Ou no caso flashback e aí ela lembra de uns trem, tô indecisa ainda.)

(EDITANDO -19:26 do dia 13/11- : Tô escrevendo o cap 5 agorinha~ eu iria postar o especial como se fosse um cap, então iria sair depois de amanhã, mas como já tem 58 vizus -quase 60- vou postar um cap e o especial juntos.)

Bom, sem mais enrolação, bora pro cap e boa leitura!!

Capítulo 4 - Coisas que me acalmam: Livros e músicas.


Fanfic / Fanfiction Diabolik Lovers (Laito x OC) I'll show you silly admiration. - Capítulo 4 - Coisas que me acalmam: Livros e músicas.

Por favor leiam as notas do autor. (Importante.)

POV: Laito.

"Ah, é mesmo? Não é o que parece." Eu digo provocando um pouco e percebi que ela corou mais ainda. 

"Tá mentindo?" Pergunto.

"E se eu estiver?" Ela pergunta séria e me encara. Essa tem coragem...

"Ah, é? Então vou entender isso como um sim." Seguro firme nos pulsos dela impedindo a mesma de fugir. Chego perto do ouvido dela.

"Você tem que aprender a não me desafiar... Aki-chan." Sussurro baixinho e percebo que ela se arrepiou.

"Não... Pode parar! Meu sangue não é água pra você beber o quanto quiser!" Ela diz, continuando com a teimosia. Ela tenta se soltar mas eu aperto seus pulsos mais forte, principalmente o esquerdo, que está sensível por causa do ferimento em seu braço, não é? Ela aperta os olhos por conta da dor me fazendo sorrir.

"Aonde pensa que vai? Eu ainda não terminei. Ia me deixar aqui sozinho? Que malvada você hein, Aki-chan." Digo de uma maneira meio manhosa e mordo o ombro esquerdo dela, por alguma razão o sangue dela ficou ainda mais quente e percebo que ela está tentando se soltar outra vez, mesmo ela já estando mais fraca. Teimosa pra caramba hein..

"Me.. Me solta Laito!" Ela tira força de onde eu não sei e me empurra pra longe dela enquanto a mesma dá alguns passos pra trás. Que dureza de se lidar, hm?

"Poxa, Bitch-chan! Agora que as coisas estavam ficando quentes.~" Reclamo limpando o sangue que estava escorrendo do canto da minha boca com as costas da minha mão direita, enquanto sorrio pervertidamente.  

"A única coisa que tava quente é essa sua mente pervertida mais acesa que pisca-pisca em época de Natal! Baaaka!" Ela diz colocando a mão direita em seu ombro esquerdo e logo em seguida corre para as escadas e volta para o quarto em que estava. 

"É, acho que por agora, tá bom." Pelo menos consegui alguma coisa... Já sei, o sangue dela estava quente porque ela ficou excitada! Hm~. Que safadinha essa Bitch-chan.

POV: Bitch-chan/Aki-chan/Akemi.  

"Droga!" Eu digo irritada enquanto bato a porta do quarto bem forte. Encosto na mesma e escorrego até encostar no chão aonde fico sentada, encarando o teto.

"Eu não consegui fazer nada! Até consegui mas- AAAHHH QUE ÓDIO LAITOOO!" Eu grito de raiva daquele idiota, pra falar a verdade, eu acho que ele tava pegando leve, as mordidas dele não doem tanto quanto eu achei que doessem, (Autora: M Neko-chan!~) a Yui que era uma fresca mesmo.

Do nada lembro que tem uma coisa que com certeza vai me acalmar. Vou até a biblioteca onde Reiji provavelmente está, chegando lá bato três vezes na porta.

 

"Entre." Isso! Ele tá aqui. Eu abro a porta e entro, fechando a mesma em seguida.

"O que você quer?" Ele pergunta sério enquanto faz um chá. Mano tanta coisa pro cara beber, ele vai beber chá. Por que não bebe, sei lá, suco de groselha?

"Se acha que vou servir chá a você-" Interrompo.

"Pra você colocar um trem com gosto ruim tipo um veneno que não mata? Não, não... Tô de boas, valeu pela oferta. Mas não é por isso que eu vim aqui." Ele me olha tipo: 'Como ela sabia?' e depois volta a preparar o chá com seu olhar sério e frio de sempre. "

 

"Pois então diga logo o que quer." Assim que é bom, direto ao ponto.

"Eu queria saber se você tem uma certa saga de livros, é em inglês." Eu digo meio esperançosa.

"E qual seria?" Ele pergunta.

"Warrior Cats do Erin Hunter." Eu digo um tanto baixo e coro um pouco com vergonha, acho que é mais pra crianças, mas eu adoro essa série, e de todas as pessoas que eu conheci, nenhuma delas conhece ou já ouviu falar dessa saga, até porque, é em inglês e sem querer me gabar, mas de todo mundo que eu conheci -acho, pois não lembro de ninguém- eu tenho o melhor conhecimento relacionado a inglês.

"Você lê isso?" Ele me olha surpreso.

"É-é! Tem os livros ou não?" Pergunto meio nervosa.

"Todos." Ele responde e meus olhos brilham.

"Por favor-

""Não." Ele logo responde.

"Só os cinco primeiros livros!" Insisto. 

"Não."

"Onegaiii!" Insisto com uma voz de criança manhosa.

"Não." Chatooo.

"Te devolvo em uma semana e três dias sem falta!"

"....." Ele suspira e coloca seu chá em uma mesinha, anda até uma estante com vários livros que nunca vi na vida e pega alguns no meio daquele monte de livros. Ele anda até mim e me entrega os cinco primeiros livros dessa saga incrível.

"Uma semana e três dias." Ele me lembra.

"A-arigatou Reiji-kun! Seu lindo!! TE AMUUU!" Grito e saio correndo pro quarto que eu estava antes. Coloco quatro livros em cima da cama e pego o primeiro, sento na beirada da cama e começo a ler. Como é tudo em inglês, tenho que me concentrar bastante pra não entender nada errado.

"Isso de perturbar alguém que não tem paciência até a pessoa concordar sempre dá certo.~" Sorte a minha.


Notas Finais


Esse raio dessa saga realmente existe se vcs forem pesquisar, eu já li o primeiro livro pela internet (em inglês), mas como eu queria ler o livro mesmo e não tenho dinheiro no momento pra comprar, eu parei quando terminei o primeiro. E quando eu tiver dinheiro suficiente vou comprar todos eles ;3;
(E olha q é caro pakas viu.. Só vendem de 5 em 5 ou 6 em 6 -n lembro agr- e é tipo, 135 reais. Caro d+ mas acho q pra quem tem dinheiro vale a pena.)

Bom, é isso aí, tô postando mais cedo pq eu já tinha adiantado esse cap ontem, e gente ansiosa igual a mim é fogo né, então resolvi postar logo de manhã pra quando eu voltar da escola, fazer o cap de amanhã.

Sayonara, e até amanhã!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...