História Diabolik Lovers: LWV - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Diabolik Lovers
Personagens Personagens Originais
Visualizações 15
Palavras 668
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Romance e Novela, Sobrenatural, Terror e Horror
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Ayato fala mal de sua própria mãe e Yuuna resolve dar uma caminhada pra esquecer isso. Yuuna olha na foto da Cordelia no cômodo. Ayato estava prestes a sugar o sangue dela, mas Reiji impede e deixa a Yuuna ir. A narradora e personagem Yuuna passa pelo outro cômodo e vê o passado de Ayato. Ayato era criança e a mãe dele, Cordelia tratou ela mal. Ela não tinha paciência com crianças e ela tratava Ayato e seus filhos mal. Yuuna acorda e vê o Kanato.

Capítulo 7 - Episódio 7 - Cordelia


Fanfic / Fanfiction Diabolik Lovers: LWV - Capítulo 7 - Episódio 7 - Cordelia

Episódio 7 - Cordelia

Nesse exato momento eu acordei cedo demais e, como eu imaginava, está de noite. Eu me sentei no sofá, sem incomodar os outros vampiros, que estão na deles, entende? Aliás, o dia das mães já passou faz tempo e o Ayato está falando mal da própria mãe dele. Eu fiquei horrorizada com isso. Ele ficou dizendo aquelas palavras desagradáveis... Eu nem me atrevo a repetir. Aí eu continuei andando.

Yuuna(pensando): Que horror! Por que ele está falando mal da mãe dele? A mãe que fez tudo pra ele, que deu comida pra ele, que limpou a sujeirinha dele quando ele era pequeno... E Ele trata a mãe dele assim...? Infelizmente o mundo está perdido, mesmo!

Suspiro e vou andando até a um cômodo, onde achei uma foto de uma mulher maravilhosa e sensual. Ela tem cabelos roxos e olhos verdes. É uma vampira como os outros! Ela... Será que ela é a mãe do Ayato e dos outros vampiros? Acho que sim. Não sei. Eu só sei que levei um susto enorme depois que o Ayato apareceu atrás de mim.

Ayato: Pare de mexer nas coisas dos outros!

Yuuna: Oh Ayato! Que susto!

Ayato: Susto é você que vai levar depois que eu der um jeito em você, mocinha!

Yuuna: Eu não quero briga, Ayato! Me deixe em paz!

Ayato ri maldoso e arrogante.

Ayato: Esqueceu que você está nesta casa e que você é a noiva? Tem que me obedecer!

Yuuna: Tá bom... Mas...

Ayato: Eu sempre vou encher seu saco e sempre farei da sua vida um inferno. Vou sempre te incomodar e você não fale nada!

Yuuna: Por favor...

Ayato agarra Yuuna.

Ayato: Eu estou com sede.

Yuuna: Não!!

Ayato coloca a mão na minha boca. Sorri maldoso e ele estava prestes a sugar meu sangue. Só que Reiji impediu.

Reiji: Ayato!

Ayato me soltou e suspirou, já sem paciência.

Ayato: Reiji! Que saco!!

Reiji: Deixe a menina em paz. Ela está bem tensa.

Ayato suspira e sai andando. Só que antes ele olha pra mim e olha pra mim com aquele olhar ameaçador.

Ayato: Ainda não acabei, mocinha. Eu vou aparecer quando você menos esperar. Hehehe...

Ayato sorri e sai andando e aproveita pra comer um takoyaki. Reiji se aproxima de mim.

Reiji: O que tá fazendo?

Yuuna: Nada... Eu só tô olhando as coisas...

Reiji: Deixe-me ver o que está vendo.

Yuuna: Tá...

Estendi a mão pra ele e eu estava com uma foto daquela mulher e o Reiji viu.

Reiji: Essa mulher...

Yuuna: Ela é linda, né? Ou... Quem é ela?

Reiji: É a Cordelia... E ela não é nem um pouco legal... É desprezível... Não quero mais isso aqui na minha casa...

Reiji guarda a foto e fecha a gaveta com força.

Yuuna: Reiji... Tá tudo bem?

Reiji olha pra mim com aquela cara séria e eu já sinto medo.

Reiji: Yuuna...

Reiji sorri maldoso e eu saio andando de medo. Só que ele pegou forte no meu braço.

Yuuna: Ai!

Reiji: Não fale mais nessa mulher de novo, entendeu?

Yuuna: Tá... Entendi...

Reiji deixa eu ir embora e eu suspiro. Logo eu entro para um outro cômodo e estou num lugar todo embaçado e claro.

Yuuna: O que é aquilo? O Ayato! Mas quando ele era pequenininho! Awwwnt! Que gracinha! E a Cordelia...? Ah lá está ela! Ela está sentada numa cadeira chique perto da mansão e o pequeno Ayato fez um negócio bem legal e ele mostrou pra ela!

Yuuna se assusta e fica horrorizada depois de ver que a Cordelia jogou o negócio legal que o Ayato fez. E depois ela diz palavras ásperas para o Ayato, que fica triste.

Yuuna: Ah não! Não trate ele mal! Ele é ainda uma criança!

Indignada com a cena, Yuuna suspira.

Yuuna: Puxa vida! Agora entendo porque o Ayato odeia tanto essa mulher... Porque ela tratou o Ayato mal! Que dó do Ayato...

Logo eu acordo e eu vejo o Kanato.

Kanato: Hm?

Yuuna: Kanato?!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...