História Diabolik lovers: meu babá. - Capítulo 35


Escrita por:

Postado
Categorias Diabolik Lovers
Personagens Ayato Sakamaki, Azusa Mukami, Beatrix, Carla Tsukinami, Christa, Cordelia, Kanato Sakamaki, Kou Mukami, Laito Sakamaki, Personagens Originais, Reiji Sakamaki, Richter, Ruki Mukami, Seiji Komori, Shin Tsukinami, Shu Sakamaki, Subaru Sakamaki, Tougo Sakamaki "Karlheinz", Yui Komori, Yuma Mukami
Tags Diabolik Lovers
Visualizações 100
Palavras 542
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Cross-dresser, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Necrofilia, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Atenção alerta, Hot abaixo..

Eu estava olhando os comentários e vi a maioria das pessoas.. "EEEE!!! VAI TE PUTARIA!! FINALMENTE!!" eu em si nao ia escrever um Hot de Essei e Amai.. Mas eu pensei.. EU GOSTO MUITO DO ESSEI!! Mesmo sabendo que ele é considerado um personagem.. Mal.. Tenho mal gosto eu sei.. Mas ele é um dos meus favoritos.. Somente Desfrutem do conteúdo abaixo.. Não sabe a vergonha que eu passei escrevendo isso!! 👇

Capítulo 35 - Capítulo 35


Fanfic / Fanfiction Diabolik lovers: meu babá. - Capítulo 35 - Capítulo 35



Amai on..


As mãos de Essei foram descendo até minhas pernas as apertando fortemente.. Tentei o parar mas era impossível.. Essei é mil vezes mais forte que eu.. Subindo minha blusa dando leves beijos em minha barriga, suas mãos subiram por baixo de minha blusa remexendo na alça de meu sutiã..


Ayato.

Abre essa porra agora!! Eu vou entrar aí!!


Ayato!! Meu Salvador!!


Reiji.

Oque você está fazendo aqui Ayato!! Va dormir!!


Ferro!!


Ayato.

Eu não quero!! A Amai tá presa nesse quarto com o Essei!!.


Reiji.

Me engana que eu gosto.


Essei suspirou me pegando feito um saco de batata ambulante me levando para o banheiro..


Eu.

Oque está fazendo!!


Essei.

Calada, não gosto de barulhos ou interrupções quando estou tentando foder alguém..


Minhas bochechas ruborizaram, eu vou chorar de vergonha!! E se alguns desses malucos se teletransportarem para cá!! Ao entrar no banheiro Essei me largo no chão e avançou em mim me batendo contra a parede gelada do banheiro, assim me beijando novamente, em questões de minutos Essei já estava desferindo beijos pelo meu pescoço e dando fortes mordidas, se sentou na tampa do vaso e me puxou pela cintura para me sentar também virada para frente, senti seu membro ereto pinicar meu bumbum me fazendo gemer mais baixo o possível sua mão adentrou novamente por baixo de minha blusa já a tirando sem cerimônia um dos seu braço passou em torno de meu ombro para mim não fugir, lentamente Essei passou sua língua úmida pela saliva em todos os machucados de meu pescoço até ombro, fechei os olhos está doendo demais, Essei notou isso e mordeu meu pescoço fortemente, algo escorreu, SANGUE!! Mas que porr--- antes que meus pensamentos continuassem a o chingar sua mão desceu até minha saia adentrando nela, Essei com a outra Mão afastou minhas pernas, em seguida tocando em minha intimidade, gemi indo para atrás, mas como Essei estava atrás acabei por colar minhas costas em seu corpo assim dando visão ao Essei de meu sutiã, como o sutiã era de abrir na frente, ele conseguiu abrir somente com uma mão, ao tirá-lo, começou a massagealo com sua mão livre soltei milhares de gemidos.. Quando meu orgasmo estava vindo o maldito parou tudo que estava fazendo.. ¬.¬'

Somente se ergueu me pegando no colo e me levou para dentro do quarto novamente.. Esse cara que fica comigo aqui pra sempre só pode.. Ao me jogar na cama começou a se despir lentamente tirando peça por peça, PELO AMOR DE DEUS!! Após isso subiu em cima de mim e me virou, socorro!! Eu literalmente beijei o colchão.. Agora está tudo escuro, meus olhos estão tampados pelo colchão, e eu não faço questão de sair daqui.. Com as mãos Essei empinou meu bumbum e tirou minha saia, logo em seguida desferiu um tapa no mesmo que me fez gemer, claro.. Abafou por conta do colchão na cara, e não quero ver.. Em questão de segundos senti algo me penetrar me fazendo gemer alto, Essei deu leves beijos em minhas costas e quanto mais os beijos subiam mas ele adentrava dentro de mim, suas mãos gélidas passeavam pela minha barriga indo para minha cintura.. Começando a se locomover.. Isso é desconfortável, mas o que eu posso fazer? Eu fui obrigada a me casar com ele e eu acho que nada vai mudar isso no mundo..




Notas Finais


Meu Deus!! >\\\<


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...