História Dia,Lugar e Hora. - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Shawn Mendes
Personagens Personagens Originais, Shawn Mendes
Tags Shawn Mendes
Visualizações 217
Palavras 2.362
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Romance e Novela

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


O Capítulo pode ter ficado chatinho,mas era importante pra desenrolar a história.
Boa leitura meus amores ,e desculpem algum erro na escrita.

aaah comentem o que estão achando bebês,é importante pra mim ta Bom?!! ❤

Capítulo 8 - Confia em mim .


Fanfic / Fanfiction Dia,Lugar e Hora. - Capítulo 8 - Confia em mim .

Shawn Mendes Narrando

Olhei no relógio ainda marcava oito horas da manhã, eu não consegui dormir mais do que isso , acho que meus pensamentos sobre a noite passada me deixaram assim. Hoje o dia ia ser corrido , Andrew tinha me mandado uma mensagem ontem explicando que hoje iríamos pro estúdio repassar algumas coisas do Álbum,a gravadora estava pegando no pé eles queriam revisar o Állbum quando fôssemos pra NYC semana que vem,já estava próximo ,então tínhamos que correr contra o tempo, eu estava dando cem por cento de mim pra esse Állbum, e sei que estava ficando melhor do que eu esperava. Tava a toa assistindo filme,quando escuto meu celular tocar.

- Lembra de levar o teu violão, tu levou ele pra casa naquele dia da nossa Social ,e hoje vai precisar dele.

Geoff disse,e eu me lembrei que esses dias fizemos um social em casa com o pessoal e eu trouxe meu violão e ficamos aqui tocando umas músicas.

- Não vou esquecer não, antes vou passar na loja que compramos aqueles instrumentos novos só pra confirmar o horário da entrega,e de lá eu vou.

Ele concordou e encerrou a chamada.

Tomei um banho e almocei , contratei uma mulher que minha mãe conhecia, ela que cuidava do meu apartamento e cozinhava quando eu estava em Toronto.Depois de organizar minhas coisas,peguei meu violão , uma garrafa de água,que eu não ficava sem e uma banana pra comer durante o caminho,eu gostava de frutas. Peguei o carro e segui passando na loja primeiro ,eles ficaram de levar tudo pro estúdio as 16:00 , eu aproveitei que estaríamos la pra receber tudo,depois segui caminho o pessoal ja estava me esperando.

- Desculpa a demora gente, passei na loja e eles ficaram de trazer tudo hoje ,aproveitei que estamos por aqui pra receber.

Falei entrando no estúdio e tirando o violão das costas.

- Tranquilo , então vamos começar,o dia hoje vai se estender, você sabe que a gravadora já ta pegando no nosso pé.

Andrew disse.

- Sei, então vamos mandar vê.

Eu disse já me posicionando onde estava o microfone pra gravar.

- Ainda bem que eu estou preparado pra hoje.

Teddy disse levantando um garrafa de café.

- Você sempre salva nossas madrugadas.

Falei e todos confirmaram rindo.

Começamos a passar as músicas, até que tivemos que dar uma pausa ,os instrumentos novos tinham chegado,Andrew e Geoff foram receber  ,enquanto o funcionário da loja descarregava ,aproveitei pra ir ao banheiro , e respirar um pouco, peguei meu celular e pensei em enviar uma mensagem pra ela,eu prometi que sempre falaria, mas hoje tava sendo tão corrido que ainda não tinha tido tempo pra enviar nenhuma mensagem.
Me lembrei que eu nunca tinha usado meu número pra falar com ela ,as vezes que eu liguei foram com o número do Geoff , eu não  me sentia seguro ,mas agora isso ja não era mais problema , então resolvi procurar por ela no Whatsapp, tinha salvado seu número como Nanda , fui passando pelos meus contatos até encontrar o dela ,e estava lá com uma foto de perfil que eu não resisti e abri pra olhar melhor,na foto ela estava encostada numa árvore olhando pro lado ,acho que era em um parque aqui de Toronto, ela usava um óculos de sol preto , moletom vermelho e uma touca preta de lã, e os cabelos pareciam voar, o sol batia no rosto dela, achei que ela estava mais bonita ainda daquele jeito distraída na luz do sol.

- Vai continuar ai babando mesmo ou vai falar logo ?

Tomei um susto e no impulso joguei o celular no bolso do moletom. 

- Ficou louca Cara, e minha privacidade, não tenho mais né ?

Falei rindo ,só Geoff que fazia essas coisas comigo.

- Louco ta você por essa garota,depois quero saber como foi ontem heim. Agora larga de ficar ai só pensando e manda mensagem pra ela logo  ,acho que você ja viu que ela não vai te prejudicar com isso.

Ele disse e eu sorri sem jeito ,tirando o celular do bolso pra enviar uma mensagem pra ela.

Fernanda Narrando

Eu estava no shopping com Alice procurando uma sapatilha nova pra comprar,eu iria começar daqui a dois dias as aulas de dança,e não tinha comprado nada do que precisava ainda , se minha mãe estivesse aqui com certeza ja estaria me dando umas broncas ,ela sempre dizia que eu tenho essa mania horrivel de deixar tudo pra ultima hora ,e é  verdade,hoje ela ia fazer chamada de vídeo comigo , então eu tinha que ter tudo em mãos pra ela ver que eu estava preparada e não me dar nenhum sermão. Senti meu celular vibrar dentro da bolsa, quando peguei vi uma mensagem no Whatsapp.

"Número desconhecido: Boa noite Princesa."

Achei estranho não conhecia ninguem com esse número e o contato estava sem foto,mais minha curiosidade sempre falava mais alto,então respondi :

            " Boa noite , quem é? "

Na mesma hora o celular vibrou outra vez.

"Número desconhecido: Um admirador secreto."

Fiquei intrigada com isso,não gosto dessas brincadeiras, eu sou curiosa quero saber tudo na hora.

"Quem seria esse admirador secreto ?"

Enviei e guardei o celular na bolsa quando vi Alice se aproximar,ela tinha ido ao banheiro.  

- Ai amiga eu tô morrendo de fome,vamos comer algo antes que eu caia dura aqui. 

Ela disse já me puxando pelo braço.

- Calma esfomeada , quem vê pensa que faz dias que não come. 

Eu disse rindo do enxame que ela tava fazendo.

- Aaa você já sabe que minha boca é nervosa , e nesse momento ela tá gritando por um MC. 

Ela disse enquanto apontava pro Mc Donalds que tinha ali na praça de alimentação do shopping. 

- Eu vou ter que entrar na sua onda, quero matar a saudade do MC que a gente comia la no Brasil. 

Eu disse e então fomos pra fila fazer nossos pedidos ,pedi um Bic Mac, um suco e batata frita, Alice pediu a mesma coisa a diferença foi o refrigerante , eu não tomava porque sempre atacava meu estômago, já ela era viciada. 

- Isso é muito bom ,meu Deus obrigado por da vida a quem criou isso. 

Ela disse enquanto mordia o lanche ,e eu dava risada.

-  Eu poderia comer isso toda semana. 

Falei e ela assentiu tomando um gole do refrigerante. Senti meu celular vibrar outra vez,peguei ele que agora estava em cima da mesa ,e vi que aquele mesmo número tinha respondido a mensagem. 

"Número Desconhecido: Sou alguém que sabe que rosas vermelhas são suas preferidas . "

Senti meu coração disparar, só ele sabia que rosas vermelhas eram minhas preferidas,  então rapidamente salvei seu número e na mesma hora a sua foto apareceu ,e eu não consegui conter o sorriso.

"Você é louco Shawn Mendes."

Enviei e ele respondeu na mesma hora. 

"Shawn: Eu acho que estou ficando. "

- Posso saber o que tanto você ri pra esse celular com essa cara de boba ? 

Tomei um susto quando Alice falou , tinha até me esquecido que ela estava ali bem na minha frente. 

- Não é nada menina , só to olhando as postagens do pessoal no Instagram. 

Ela me olhou desconfiada e eu peguei o celular pra olhar o que mais ele tinha enviado. 

"Shawn: Será que eu posso te ligar agora? ou você está ocupada? "

Puta merda,e agora,o que eu vou fazer pra Alice não perceber. 

"Espera um pouco."

Enviei. 

- Amiga eu preciso ir no banheiro ,prometo que não vou demorar. 

Falei me levantando apressada.

- Ai meu Deus vai me dizer que o Lanche ja fez efeito ? 

Ela disse e eu revirei os olhos rindo.

-Aff nojenta... claro que não,só preciso fazer o um palhaça. 

Falei e ela só disse um "sei" com tom de brincadeira , então peguei meu celular e sai em direção ao banheiro.

"Pode ligar agora."

Enviei pra ele,depois de alguns segundos meu celular já estava tocando com o nome dele na tela. 

- Oi.

Falei sem jeito,eu estava morrendo de vergonha.

- Oi linda, você ta bem ? 

As pessoas passavam por mim me olhando com curiosidade ,só porque eu estava falando no celular dentro do banheiro. 

- Eu estou bem sim e você? 

Falei. 

- Melhor agora ouvindo sua voz.

Ele disse e senti as borboletas no meu estômago acordarem. 

- Estou me sentindo importante por isso.

Falei e pude ouvir o ar de riso dele.

- É pra se sentir mesmo. Mais então,olha desculpa não ter mandado mensagem antes ou ter ligado ,é que hoje eu tô aqui no estúdio e ta meio corrido pra mim,to gravando pro novo Allbum,mas eu não esqueci você  viu?

Ele disse e eu sai do banheiro , estava ficando cheio e eu mal entendia o que ele falava. 

- Eu entendo você, e imagino como as coisas estão sendo corridas, não precisa se preocupar. 

Falei me sentando em um banquinho que tinha em frente a uma loja. 

- Que barulho é esse ? você ta em casa ?

Ele perguntou.

- Aaa não,eu tô no shopping ,eu vim comprar umas coisas que vou precisar usar nas aulas de dança,e justo hoje que tem bastante gente por aqui. 

Falei olhando as pessoas passando por ali.

- Você foi sozinha ?

Ele perguntou com um tom preocupado.

- Não , eu vim com minha amiga... Ai caramba ,minha amiga, eu esqueci.

Falei me lembrando que eu tava tão distraída falando com ele que esqueci que Alice tava me esperando. 

- O que foi que você aprontou com ela ?

Ele perguntou rindo depois que eu surtei,ela ia me matar. 

- Ela não sabe que eu estou falando com você agora ,ela pensa que eu fui no banheiro,eu esqueci que ela ta me esperando na praça de alimentação,que amiga eu sou. 

Falei colocando a mão na testa ,e escutei quando ele riu outra vez. 

- Eu sou o culpado, ela vai me odiar por isso um dia. 

Ele disse e eu assenti.

- Eu tenho que desligar também,os meus minutos de descanso acabaram e o pessoal ja ta me chamando,mas antes eu queria saber,você tem algum compromisso segunda ?

Ele perguntou,enquanto eu ia caminhando pra encontrar Alice. 

- Segunda começam as minhas aulas, como vai ser o primeiro dia,parece que eles vão apenas passar algumas  coisas, e vão nos liberar cedo. 

Falei e meus olhos ja encontraram Alice olhando a vitrine de uma loja. 

- Então segunda eu vou te buscar assim que você sair, quarta feira eu vou viajar, vou passar uns dias em NYC pra resolver algumas coisas do Állbum , mas eu não quero ir sem te ver antes. 

Ele disse e eu senti meu corpo se arrepiar ,só com a ideia de encontrar com ele outra vez. 

- Não sei não Shawn,você me buscar...isso é muito arriscado, não acha ? 

Eu disse,  não queria criar problemas pra ele, nem pra mim.

- Ei fica tranquila ta?vai dar certo, confia em mim!

Ele disse me passando segurança,não tinha como dizer não.

- Eu confio,mesmo você sendo um maluquinho. 

Ele riu,em seguida nos despedimos,já estava ouvindo o grito dos meninos do outro lado chamando por ele.  

Caminhei até onde Alice estava.

- Aleluia em minha filha ,achei que tivesse descido pela privada. 

Ela falou se virando pra mim.

- Deixa de ser besta mulher, a fila do banheiro tava grande. 

Falei enquanto íamos caminhado pra saída. 

- A sua sorte foi aquela vitrine que chamou minha atenção, se não eu teria ido embora sem você ta gata. 

Ela falou e eu ri revirando os olhos. 

Chegamos no ap,e eu fui guardar minhas coisas no meu quarto , Alice se ofereceu pra me ajudar, e ficamos ali ouvindo música e conversando coisas bobas ,ela toda animada pra as aulas dela que também iam começar segunda, e eu ficava rindo o tempo todo,até que meu celular começou a tocar,era minha mãe  numa chamada de vídeo.

- Oi mãe.

Falei sorrindo,estava morrendo de saudade.

- Oi meu bebê, como estão as coisas por ai ?

Ela perguntou .

- Ai tia ela anda aprontando todas por aqui, saiu sozinha hoje sem me falar nada.

Alice falou sentando na cama atras de mim.

- Que história é essa Dona Fernanda ? ta soltando as asinhas já? 

Minha mãe disse e eu revirei os olhos.

- Ai mãe você ainda acredita nas coisas que essa doida fala,até parece que não conhece ela.  

Falei dando um empurrãozinho no braço da Alice. 

- Você duas sei não viu , devem tá virando essa cidade de cabeça pra baixa.

Ela falou e nós rimos. Alice se despediu da minha mãe dizendo que ia tomar um banho ,os pais dela logo logo ligariam também.  

- E você minha filha ja organizou tudo pra segunda ? comprou o que precisava ?

Ela perguntou ,e claro eu não ia dizer que tinha ido comprar só hoje, se não ela ia me dar uma bronca daquelas. 

- Já ta tudo pronto mãe ,agora é só esperar começar, to tão ansiosa .

Falei me deitando , já estava ficando com sono ,tinha acordado cedo hoje e passei o dia todo na rua.

- Que bom filha, eu tô muito feliz por você, e seu pai tambem acredite,mesmo ele não demonstrando ,mas você sabe é o jeito dele. Que Deus te abençoe!

-Amém. E mãe eu sei como o pai é ,ele tem o jeito turrao mais no fundo ele só quer meu bem eu sei. 

Falei e ela concordou, meu pai já estava dormindo,ele acordava cedo pra trabalhar,então dormia cedo também. 

- Mãe amanhã quando o pai acordar diz que eu mandei um beijo e que estou com muita saudade,e pro meu irmão também. Eu vou dormir agora ta Bom? estou morrendo de sono ,hoje eu acordei super cedo.

- Tá bom filha , eu também vou dormir. Fica com Deus ,durma bem e se cuida! Amanhã nos falamos mais, a mãe te ama.

Ela disse e eu sorri de canto.

- Também te amo mãe, fiquem com Deus ,e durma bem também. 

Mandei um beijo pra ela ,ela retribuiu o gesto em seguida encerrou a chamada. Eu fui tomar um banho ja que tinha passado o dia todo na rua , precisava relaxar, depois me deitei e fiquei pensando nele ,a ligação que tinha recebido hoje , só de ouvir aquela voz meu coração ja acelerava, agora mais do que nunca eu queria que a segunda chegasse logo.









Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...