História Diamond - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, Sehun, Suho, Tao, Xiumin
Tags Abo, Chanbaek, Hunhan, Kaisoo, Sulay, Taoris, Xiuchen
Visualizações 413
Palavras 1.312
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Fantasia, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Cross-dresser, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - Ha-Na


Zhang Yixing

Minha filosofia de vida sempre foi baseada no amor. Na minha opinião tudo se resolve com uma boa conversa, amor e paciência, mas é uma grande pena que as pessoas não pensem desta maneira. Para mim, cada um deveria viver seu sonho, fazer aquilo que gosta e tomar decisões que querem sem se arrepender, foi assim comigo, mas tive que aguentar firme minhas consequências.

Desde a infância eu sempre fui apaixonado por dança e por música, amava estar no meio da arte e isso bastou para ser o motivo pelo qual eu cresci preso dentro de casa. Vim de uma família tradicional da China onde meu appa é um grande empresário e minha omma uma dama da alta sociedade. Eles sempre desejaram um filho alfa, e seus desejos foram atendidos quando nasci, porém, eu não era o tipo de alfa que me importava com comandos, poder ou dinheiro. Sempre achei horrível aquelas reuniões de homens poderosos que não conseguem enxergar nada fora dali, não tem um pingo de humanidade, não tentam ajudar os necessitados e ainda tratam os ômegas como se fossem meros escravos seus.

Sempre fui preso por esses motivos. Meu appa tentava me corrigir e achava uma vergonha que eu fosse "doce" do jeito que era, sempre abraçando as empregadas, tratando-as no maior respeito do mundo, afinal, eram meu único exemplo de seres humanos. Em um dos meus aniversários ganhei um violão delas, acabei aprendendo sozinho e escondido quando meus appas saíam, mas me lembro de uma vez não ter conseguido esconder, foi quando apanhei a primeira vez e depois que entrei na fase mais revoltada, nem sei quantas vezes mais eu apanhei ou escutei palavras nojentas até não aguentar e acabar pegando meu violão, um pouco de dinheiro, documentos e fugir de casa quando me tornei maior de idade. Acabei indo parar na Coréia, sem saber falar muito bem o idioma, mas consegui encontrar um garoto chinês no aeroporto, ele se compadeceu de mim e me levou para sua casa.

Luhan era um ômega e mais velho do que eu, morava sozinho a alguns anos e estava na faculdade, me ajudou com o idioma e a estudar para o vestibular, consegui entrar na faculdade de dança e de música, foram tempos difíceis pois eu me matava de estudar para conseguir fazer as duas ao mesmo tempo. Nesse período Luhan começou a namorar um alfa chamado Sehun, e no início ele tinha um pouco de ciúmes mas logo nos tornamos muito amigos, ele também era apaixonado por dança, mas era mais novo que nós dois então ainda estava terminando o colegial, o que foi estranho já que Luhan é bem mais velho.

Assim que terminei a faculdade Luhan me deu um espaço que comprou de presente, e foi ali que meu sonho começou, eu pude erguer a academia de dança que sempre sonhei, e assim que Sehun estava terminando a faculdade eu o coloquei como estagiário e logo depois professor junto comigo, contratamos também um outro alfa chamado Jongin, que logo passou a fazer parte da família. Fomos à competições e acabamos ganhando muitas, regionais, e inclusive o campeonato nacional de dança, isso tudo fez com que nossa academia ficasse muito famosa e cheia de alunos, sem querer eu tinha feito meu dinheiro e meu sucesso ao lado de Sehun e Kai.

Meus appas nunca entraram em contato nesse meio tempo, e eu não tinha notícia alguma sobre eles, mas estava feliz do meu jeito, porém, tinha uma coisa na minha vida que eu não tinha conquistado. O coração de um ômega. Eu já tinha namorado, mas nunca me entreguei, nunca consegui achar alguém com quem eu quisesse dividir minha vida e meus amigos já tinham falado muitas vezes que eu deveria tentar ser feliz com alguém, mas não dava, não era tão simples para mim. Por quê é tão complicado achar alguém que me queira por quem sou e não pelo dinheiro?

-Hyung? -Sehun me chamou e eu desviei o olhar da janela. -Você está bem distraído hoje.

-Deve estar pensando em alguém. -Luhan disse e Kai riu.

-Alguém quem hyung? Sabe que não tenho ninguém.

-Vim aqui chamar vocês para irem na nova cafeteria que abriu, na verdade é uma cafeteria diferente, tem um espaço para leitura e muitas flores. Achei uma super ideia, é um lugar muito fofo.

-Vejo que já foi conquistado.

-Sim... Vamos? -Assenti, talvez eu precisasse mesmo de um café. Fechei a academia e fomos andando, era na rua de trás e eu sequer sabia que haviam inaurado algo lá, vi a fachada e realmente parecia aconchegante. Assim que entramos o sino anunciou nossa entrada e um garoto que estava no balcão sorriu, ele era muito fofo, e um ômega, porém, senti cheiro de alfa indicando que já estava marcado.

-Oh, sejam bem-vindos, fiquem à vontade, eu me chamo Minseok, podem me chamar quando decidirem o que irão querer. -Ele era muito sorridente.

-Oh, Minseok hyung, eu trouxe meus amigos dessa vez. Esses são Yixing e Jongin e esse é meu alfa Sehun. -Fizemos uma breve reverência.

-Oh sim, eu sei quem são, vi eles na televisão, meus parabéns pela vitória.

-Obrigado. -Agradeci.

-Onde está o Myeon? Ele que gostaria de vê-los.

-Ou não, sabe como ele é, iria ficar todo vermelho e se esconder. -Eles estavam conversando entre si sobre uma terceira pessoa.

-Hm? -Sehun ficou confuso, e ele não era o único.

-Deixa eu explicar para vocês que não estão entendendo. Junmyeon é o meu cunhado e ele é um grande fã seu Yixing-ssi, quer dizer, das suas músicas. Ele tem todas e assiste a todos os seus campeonatos, e mesmo que a sua academia fique logo ali, ele é muito tímido e nunca na vida teria coragem de ir até lá pedir um simples autógrafo.

-Oh autógrafo? Eu nem sou famoso, mas avise que ele é bem-vindo em nossa academia para assistir, tem aulas que são abertas ao público.

-Pode deixar que um dia eu irei carregá-lo. -Minseok sorriu. Fizemos nossos pedidos e nos sentamos.

-Xing... O Junmyeon seria um ótimo namorado para você. -Luhan disse e Sehun riu.

-Você não tem jeito hyung, para de tentar arrumar namorado para mim, eu já disse que não é assim que as coisas funcionam. Eu quero que alguém goste de mim pelas minhas qualidades e defeitos, não quero ter um casamento igual ao dos meus appas.

-Eu sei. -Luhan resmungou. Ouvi aquele sino abrir e junto dele veio o melhor cheiro que já senti na minha vida, era doce sem ser enjoativo, um cheiro de rosas e um outro cheiro de morango. Avistei dois ômegas, um era bem baixinho, tinha os olhos grandes e sua boca formava um coração, já o outro parecia um anjo, ele era absurdamente lindo, tinha as bochechas vermelhas, parecia muito tímido e delicado, estava usando um casaco rosa bebê que parecia alguns números maior, uma saia branca e meias 3/4.

-Olá Min hyung. -O mais baixo falou, percebi que Kai nem piscava e Sehun e Luhan pareciam rir da nossa cara.

-Oi Soo.

-Parece que eu nem preciso falar nada, vocês já estão babando. -Luhan riu e eu desviei o olhar, ele se levantou e foi cumprimentar os garotos. -Oi meninos, venham comigo eu quero apresentar meu alfa.

-Oh, finalmente? -O baixinho disse rindo enquanto o outro olhava para o chão. Luhan os trouxe a nossa mesa e eu tentei me concentrar para não fazer nenhuma besteira.

-Meninos, esse é meu alfa Sehun e esses são nossos amigos Jongin e Yixing. -Na hora que ele pronunciou nossos nomes o menino corou mais ainda e finalmente me encarou, sorri ao ver que ele era ainda mais lindo de perto. -E garotos, esses são Kyungsoo e Junmyeon.

Então esse era o Junmyeon? Ninguém me disse que ele era um anjo.

Será que é possível mesmo amor à primeira vista?



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...