1. Spirit Fanfics >
  2. Diana e Jerry - Love Dream >
  3. A Boy, a Mess

História Diana e Jerry - Love Dream - Capítulo 24


Escrita por: e shinerstar


Capítulo 24 - A Boy, a Mess


Fanfic / Fanfiction Diana e Jerry - Love Dream - Capítulo 24 - A Boy, a Mess

Anne e Diana chegam à escola correndo. Foi incrível como Diana apareceu na hora quando a Anne mais precisava dela:

Anne: Mais devagar, Diana!

Diana: Desculpe, eu só estava com pressa de sair de lá

Anne: Amiga, obrigada por ter me defendido

Diana: De nada! Vamos entrar?

Anne: Eu vou tomar um ar, mas já tô indo

Diana: Ok!

Gilbert: Oi!

Anne: Ai! Que susto!

Gilbert: Desculpe! Mas te chamei e você não me ouviu

Anne: Perdão! Meu nome é Anne

Gilbert: Eu sou o...

Moody: Gilbert! E aí?

Gilbert: Oi!

Dean: Como foi no Distrito de Alberta? Você viu as montanhas rochosas?

Gilbert: Impossível não ver são montanhas

Seth: O seu pai está melhor?

Gilbert: Nós dois estamos felizes por voltar

Seth: Por que você veio com aquela órfã?

Gilbert: Por que não?

Seth: Ela é maluca

Gilbert: É o que você diz além disso não interessa de onde ela é uma garota bonita é uma garota bonita

As meninas comentam sobre Anne e Gilbert, mas ninguém fica mais arrasada do que a Ruby:

Josie: Essa garota realmente é um imã pra problemas

Ruby: Viu os olhares do Gilbert pra ela

Diana: Eu não vi nada

Josie: Sua opinião não conta, Diana, todas sabemos que você é amiga da esquisita

Stella: Eu também não vi nada

Josie: Não importa. Ela precisa saber qual o lugar dela

Jane: Josie, não acho que...

Josie: Vamos!

Pensamentos da Anne: Que garoto lindo!

Josie: O que deu na sua cabeça pra andar com Gilbert Blythe?

Anne: Eu...

Jane: Não deve falar com ele, Anne

Tillie: Não podem nem olhar pra ele

Anne: Por que?

Josie: Veja você mesma. A Ruby gosta dele há 3 anos, ela o viu antes

Ruby: É!

Josie: Pronto, Ruby. Essa garota malvada não sabe de nada como ontem com aquelas histórias inventadas

Diana: Meninas, eu tava com ela não foi de propósito. Ele simplesmente apareceu no lugar errado, na hora errada

Anne: É! Aconteceu

Ruby: Então não deixa acontecer de novo

Anne: E não vai. Eu prometo que não tenho nenhum interesse nele

Josie: Vamos, garotas.

Diana: Eu vou tentar pôr panos quentes

Anne: Tá!

Pensamentos da Stella e da Jane: Coitadinha!

Marilla vai até o mercado com o Matthew e encontra a sra. Bolter, que aparentemente sabia de certas coisas que com certeza manchariam o nome da Anne:

Sra. Bolter: Prontinho, senhor!

Marilla: Olá, senhora Bolter! Que prazer em revê-la

Sra. Bolter: Olá!

Marilla: Eu queria saber quando será a próxima reunião

Sra. Bolter: Na verdade, senhorita Cuthbert, achamos que o nosso grupo não é adequado para a senhora

Marilla: Eu entendo!

Sra. Bolter: Agora entendemos que a Anne vai precisar de toda a sua atenção, logo, terá bastante trabalho

Marilla: Toda a minha atenção?

Sra. Bolter: E sugerimos que ela estude em casa seria o melhor para todos os envolvidos, nós estamos preocupadas. Tenha um bom dia!

Matthew: Eu não pude deixar de ouvir, Marilla

Marilla: Eu não entendi muito

Matthew: O que será que aconteceu com a Anne que eles não a querem na escola?

Marilla: Saberemos em breve

~ Na escola ~

Chega a hora da leitura em voz alta. Anne estava feliz, pois ler era uma das coisas que ela sabia fazer muito bem, impossível ela cometer falhas naquele momento:

Sr. Philips: Abram seus livros na página 32, nós leremos em voz alta o poema “O Pescador’’ de Barry Cornwall

Anne: Finalmente uma coisa que eu sei fazer, Diana

Diana: Fico muito feliz por você, Anne

Sr. Philips: Diana Barry, levante-se e comece

Diana:

Uma vida venturosa e triste como a dele não há
Segue o pescador solitário no mar

Sr. Philips: Venturosa, de fato. Agora sente-se

Anne: Acho que você foi ótima

Diana: Valeu!

Sr. Philips: Garota nova, em pé e continue!

Anne:

Sobre as águas revoltas tão longe do seu lar
Por um salário de fome ele precisa se lançar
Poucos corações para encorajá-lo em sua vida agourenta
E ninguém para ajudá-lo a lutar contra a tormenta
Companheiro do mar e do ar silente
O pescador solitário deve seguir em frente

Gilbert: Ela é boa, fala com energia

Cole: Ela tem uma energia incrível

Stella: Intensa!

Anne:

Sem o conforto da esperança e amizade, assim
Ele olha a vida e só vê seu fim.

Sr. Philips: Sente-se!

Diana: Foi muito, muito bem!

Anne: Obrigada!

Josie: Não precisava gritar também

Anne: Diana, porque estão todos rindo de mim?

Diana: Bom, nem todos sabem valorizar as artes como você

Anne: Não acho que seja isso

Sr. Philips: Stella Rivers, peço abra o livro no poema de Walt Whitman e leia

Stella:

Às vezes com a pessoa a quem amo
Fico cheio de raiva
Por medo de estar só eu dando amor
Sem ser retribuído;
Agora eu penso que não pode haver amor
Sem retribuição, que a paga é certa
De uma forma ou de outra.
(Amei certa pessoa ardentemente
e meu amor não foi correspondido,
mas foi daí que tirei estes cantos.

Diana: Será que minha vida foi destinada a isso?

Anne: O que, Diana?

Diana: Nada! Só pensei alto

Pensamentos da Diana: E se o Jerry não sentir a mesma coisa que eu tipo será mais uma história de amor não correspondido

Marilla e Matthew chegam a Green Gables, ambos muito preocupados com o que pode ter acontecido com a Anne na escola:

Matthew: Eu preciso consertar um pedaço de cerca ali atrás há dias que eu estou pra fazer isso

Marilla: O almoço sai em uma hora

Matthew: É melhor eu fazer antes que me esqueça de novo, o Jerry ajuda a descarregar

Jerry: Sim, Matthew. Anda, Belle!

Marilla: Jerry, você sabe alguma coisa da Anne?

Jerry: Sei que é curiosa demais, fala demais, se intromete demais

Marilla: Bom, disso todos nós sabemos. Mas estou falando dela sobre a adaptação dela na escola

Jerry: Olha, Marilla, pelo o que a Anne me falou ontem parece que não gostaram muito dela, mas ela não especificou nada em si

Marilla: Assim fica mais difícil de fazer alguma coisa

Jerry: Ela está com problemas?

Marilla: Pode-se dizer que sim


Notas Finais


Gostaram? Mais tarde tem mais, minhas joias!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...