1. Spirit Fanfics >
  2. Diana e Jerry - Love Dream >
  3. New Friend

História Diana e Jerry - Love Dream - Capítulo 25


Escrita por: e shinerstar


Capítulo 25 - New Friend


Fanfic / Fanfiction Diana e Jerry - Love Dream - Capítulo 25 - New Friend

Na hora do almoço, Anne sentava sozinha, Cole estava a pelo menos um metro dela. Os dois trocavam olhares de vez em quando e sorriam um pro outro até que chega alguém para vê-la:

Anne: Oi! – ela acena suavemente para ele

Cole: Oi! – ele responde com um pouco de vergonha

Gilbert: Oi, pra você também!

Anne: Oi!

Gilbert: Eu achei que você poderia gostar, é da nossa horta e é bem doce

Anne: Vá embora!

Gilbert: O que disse?

Anne: Você tem que se afastar agora

Gilbert: Desculpe eu não entendi

Stella: Gilbert, não tá vendo que a menina não quer conversar agora?

Gilbert: Tudo bem, Stella?

Stella: Pode nos deixar sozinhas um minuto?

Gilbert: É claro!

Anne: Obrigada!

Stella: Não olha agora, mas as meninas estão te vigiando

Anne: Eu sei, porque você acha que eu quis manda-lo embora?

Stella: Posso sentar com você?

Anne: Mas, e as outras meninas?

Stella: Eu não acho certo te excluírem só por causa de uma paixonite platônica da Ruby, ela é extremamente dramática chega a ser insuportável às vezes

Anne: Acho que sim!

Stella: Eu sei como é ser diferente com todos os olhares voltados pra você

Anne: Eles nunca vão me aceitar, porque eu sou órfã

Stella: Sim, eles vão com o tempo

Anne: Como sabe disso?

Stella: Porque anos atrás passei pela mesma situação quando fui adotada

Anne: Você.... É uma órfã?

Stella: Ninguém sabe disso.... Quer dizer agora você

Anne: Mas como?

Stella: Eu fui abandonada em um cesto quando bebê na porta da mansão dos Rivers. A sra. River se afeiçoou a mim assim que me tomou em seus braços, daí me adotou

Anne: Nossa, Stella, eu não imaginava

Stella: Está tudo bem. Hoje eu tenho uma família que me ama e amigos que gostam de mim

Anne: Mas não te conhecem totalmente

Stella: Foi escolha minha esconder meu passado, mas você vai ter que aprender a viver com o seu e não deixar ele te assombrar

Anne: É um bom conselho!

Diana decide ficar sozinha na hora do almoço queria escrever no seu diário para ver em como podia ajudar a Anne:

Diana:

Querido diário esse é o meu segundo dia de aula esse ano. Claro que eu estou feliz em estar de volta, mas não sei como ajudar a Anne a se adaptar ainda mais depois de ontem com aquela história de relações intimas. Eu sei que a Anne não sabe o que é normal já que nunca teve uma vida digna para alguém da nossa idade, mas as outras pessoas não pensam assim para elas devemos ser caladas e puras.

Obviamente não condeno a Anne por ter a vida que teve e muito menos estou afastada dela porque quero, mas eu preciso manter a distância para convencer as outras meninas a entende-la. Talvez hoje eu vá visita-la para explicar que estou do lado dela, mesmo que as minhas amigas me odeiem pra sempre.

Seth: Olá, Diana!

Diana: Seth!

Seth: Como você está?

Diana: Bem, obrigada!

Seth: Que garota estranha essa novata, não?

Diana: A Anne passou por coisas que nem mesmo nós imaginaríamos

Seth: Dá pra perceber pelo que estão falando dela

Diana: Como assim?

Seth: Você ainda não sabe?

Diana: Do que?

Seth: Avonlea inteira já sabe do que ela falou ontem sobre a Prissy Andrews estão dizendo que essa Anne é a garota mais suja que já pisou nessa cidade

Diana: Meu Deus!

Seth: Diana, eu estava pensando se você não gostaria de dar uma volta comigo a margem do lago essa tarde

Diana: Seth, eu preciso resolver uma coisa. Com licença!

Seth: Tudo bem, fica para a próxima

Diana vai até a Anne e Stella. Ela percebe que a amiga estava um pouco mais feliz isso a deixa um pouco melhor:

Diana: Anne!

Anne: Diana!

Stella: Oi, Diana!

Diana: Stella, eu queria falar com a Anne um instante

Anne: Pode falar com ela aqui, Diana

Diana: Está bem! Todos da cidade já sabem dos boatos sobre a Prissy que comentamos ontem

Stella: Meu Deus!

Anne: O que eu vou fazer?

Diana: Amiga, você vai precisar de muita coragem, pois podem começar a te atacar

Anne: Me atacar como?

Diana: Tipo do jeito que falaram de você no piquenique da igreja

Anne: Eu vou ser massacrada

Diana: Você nunca vai ficar sozinha, eu te prometo

Anne: Mas e as outras meninas?

Diana: Bem... eu....

Josie: Diana! Stella!

Tillie: Venham meninas, estamos esperando vocês

Stella: Mas...

Anne: Não se preocupem comigo podem ir

Diana: Isso vai passar, tá?

Stella: Se mantenha forte!

Matthew vai até a casa da Rachel Lynde para saber o que de fato havia acontecido com a Anne, infelizmente as notícias não eram nem um pouco reconfortantes:

Matthew: Olá!

Rachel: Ora, Matthew Cuthbert, você por aqui

Matthew: É que a Anne...

Rachel: Não precisa dizer nada sei a história toda, entre!

Matthew: Eu já esperava por isso e na verdade eu preciso que me conte exatamente o que houve

Rachel: A Anne.... Digamos que ela fez um comentário impróprio sobre a filha dos Andrews

Matthew: Que tipo de comentário?

Rachel: Ela insinuou que Prissy Andrews e o professor da escola, o Sr. Philips estão copulando

Matthew: Meu Deus! Como ela sabe dessas coisas?

Rachel: Pelo que eu soube ela contou uma história para as meninas da escola sobre um antigo casal para quem ela havia trabalhado. Parece que esse casal tinha sexo como sobrenome e na maioria das vezes forçado

Matthew: Que horror!

Rachel: É sério que vocês não sabiam disso?

Matthew: Sabíamos que ela estava com problemas, mas não que era dessa natureza

Rachel: Melhor cuidarem dela senão ela pode se tornar uma párea nessa cidade. Os Andrews estão completamente furiosos

~ Em Green Gables ~

Matthew:

- E foi isso que ela me contou, os Andrews estão furiosos

- Espero não ter me intrometido demais, mas precisávamos saber e a Rachel sabe de tudo o que acontece

Marilla:

- Essa menina ainda me colocará no túmulo

- Não suporto pensar ela dizendo essas coisas

Matthew: Isso me preocupa demais

Marilla: Que desgraça! Espere até Avonlea inteira ficar sabendo se é que já não sabe

Matthew: Eu me preocupo é com a Anne

Marilla: Matthew, eu não te entendo. Essa menina é...

Matthew: Uma criança! Isso acaba comigo, uma menina de tão pouca idade não devia saber dessas coisas

Marilla: Sim, mas o que podemos fazer? Falar com ela?

Matthew: Talvez primeiro devêssemos falar com os Andrews

Marilla: Muito bem, eu faço isso


Notas Finais


Curtiram? Não percam o próximo capítulo!!!
#Derry


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...