História Diário da Red - Capítulo 16


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Tags Diário
Visualizações 17
Palavras 559
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Bishoujo, Bishounen, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Festa, Hentai, Lemon, LGBT, Poesias, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Shounen, Suspense, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


A verdade é que estou muito pixtola, pois estava quase acabando de escrever isso e acabei clicando sem querer em sair. OU SEJA, ESFORÇO EM VÃO.

Enfim, fiquem com o capítulo do diário

Capítulo 16 - Razoavelmente... Bom


 

--- Ontem ---

 

Acordei meio tonta e me levantei, e depois me arrumei para a escola, as vezes me encostando nas paredes. Fui para a cozinha. Ninguém. Então apenas fiz um miojo e comi bem rápido. Assim que o transporte chegou, saí de casa e entrei no mesmo. A pergunta era: minha mãe tinha saído para onde?. Fiquei escutando músicas da banda Glass Animals enquanto mexia em minha franja.

A minha franja cobre uma parte do meu olho, é a minha principal característica. Eu acho que fica estiloso, e combina comigo. Por algum motivo, ficar mexendo em minha franja me acalma. E a coisa mais importante: Quando estou sem a franja cobrindo uma parte do meu olho, dá para perceber que é a Thunder, e não eu. Então minha franja é útil para várias coisas, pelo menos para mim.

Também conversava com Mateus, ou como eu o chamo, Matt, um vizinho meu. Ele disse que tinha feito um tipo de tag, e que queria que eu fizesse e postasse. Bem, amanhã vou fazer. Esse gay maravilhoso é criativo demais.

Cheguei na escola e conversei enquanto escutava música com meus amigos. Pinalte estava meio estressada, então eu, mesmo preocupada, a deixei ter seu tempo a só. 

Quase não tive aulas, só de português, e era uma matéria boa, então eu não me importava. Os professores tinham faltado. A sala acabou brincando de "Cidade Dorme" por um bom tempo, e acredite, eu sou uma incrível anjo. Bem, eu apenas joguei pois estava sem sono para dormir, eu não sou de socializar, ainda mais com a minha sala. Também fiquei cantando "Old Town Road" com meus amigos Gustavo e João, e pior que nosso cover fica muito bom.

Depois tivemos um evento importante na escola, onde como em toda escola militar, tivemos que fazer comandos e cantar hinos chatos. Eu realmente odeio, mas foi engraçado quando um pai de um menino tinha sumido, pois todos da sala ficaram falando que o pai foi comprar cigarro. Foi engraçado. 

Minha mãe veio me pegar, já que ela tinha ido para a casa do meu pai, só para brigar. Fomos para casa e acabei madrugando, apenas jogando com o novo herói do Overwatch, Sigma. Acho que vou começar a jogar de tank. Se minha mãe deixou? Não, esperei ela dormir para jogar escondido, e ela nem desconfiou.

 

--- Hoje ---

 

Ontem tinha fechado o meu computador e fingido ter ido dormir, às 07:00. Eu acabei dormindo e fui acordada 11:00 pela minha mãe, ou seja, fiquei com sono o dia todo sem poder dormir para minha rotina não ficar uma merda. Não estava conseguindo pensar em nada direito pelo sono.

Almocei uma macarronada da minha mãe, e logo depois fui me sentar no sofá, pensando em algo para "Quatro Em Uma Escola". Consegui fazer um começo, mas o sono me atrapalhou em fazer o resto. Então comecei a ver umas animações de TomTord, ler fanfics... Enfim, coisas do tipo. E foi assim até a noite.

Combinei com o meu irmão de jogar Overwatch juntos, e assim fizemos, mas logo parei de jogar por ter ficado morrendo de sono, às 22:00. Então só vim fazer este capítulo do diário e ir para a cama dormir.

Resumindo: Os dias foram razoavelmente bons, tirando as besteiras da minha mãe.

Muito obrigada e até mais, velhos e doces amigos.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...