História Taylor Diaries (BTS) - Capítulo 6


Escrita por: ~

Visualizações 97
Palavras 835
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Magia, Mistério, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Mais um capítulo, espero que gostem 🤗
Desculpe-me por qualquer erro de digitação.
Boa leitura!

Capítulo 6 - Quero sangue, sangue fresco.


Fanfic / Fanfiction Taylor Diaries (BTS) - Capítulo 6 - Quero sangue, sangue fresco.

Foi golpe atrás do outro, me defendendo de todos eles.

Ainda bem que os meninos, como estavam todos assustados, se esconderam.

"Droga, vou ter que usar meus poderes pra valer."

Me transformei em quem eu realmente sou. Meus olhos mudaram de cor para o vermelho eo meu rosto ficou cheio de veias resaltadas. Eu podía sentir o poder pulsando. Todos eles, de vampira, bruxa e decendente de Olimpiano.

O monstro parou e ficou me encarando.

-Gegene: Hum, mas não é a decendente de Zeus, a híbrida - disse rindo maleficamente.

-Eu: O que você quer?

-Gegene: Você e esses semideuses e decendentes. Que bom que estavam todos juntos, assim pego todos de uma vez.

-Eu: Vai sonhando seu monstro nascido da terra! - gritei pra ele e parti pra cima.

Tentei com minha velocidade e força, lhe disferir um golfe com a espada de bronze celestial, mortal para os monstros.

Consegui, mas como ele se desviou, não fez muito estrago.

-Gegene: Haaahaaaa! - gritou ele com raiva e partiu pra cima de mim.

Droga, ele meio que me pegou desprevenida, e conseguiu fazer um grande corte no meu braço.

-J, JM, RM, Kook, Tae, JH e Suga: Não!

-Eu: Fiquem aí, não saiam daí! - gritei para eles.

Logo o meu corte se fecha, desaparecendo qualquer sinal de briga em meu corpo.

Os meninos viram e ficaram com os olhos arregalados, com cara de espanto. Só agora eles perceberam a minha face além da cura rápida, anormal para aquele mundo mortal.

Usei os poderes de "semideusa". O céu começou a relampejar com um barulho estrondoso.

Os meninos ficaram mais assustados ainda e se encolheram em seus esconderijos.

Invoquei os raios e usei o vento ao meu favor, e o direcionei ao monstro e lancei. O Gegene não estava esperando por isso. O atingi e ele caiu no chão. Me aproveitei  desse momento, e com minha força e velocidade sobrenatural, lhe enfiei a espada profundamente em seu corpo.

Nessa hora...

-Gegene: Haaahaaaa! - gritou - maldita!

O Gegene virou pó.

*

Os meninos saíram de seus esconderijos.

Eu estava com muita fome.

-RM: Você está bem? - disse se aproximando de mim, seguido dos meninos.

Eu me afastei.

-Eu: Vão para casa, vou ficar bem - disse e desapareci. 

*

Não fui pra casa. Estava com fome, consumi o meu lado caçador.

-Eu: preciso de sangue fresco, minha cabeça vai explodir.

*

Me direcionei à um lugar bem perigoso. 

No beco por ali perto ouvi uma garota gritando, e pelo jeito, ela ia ser violada.

Flutuei literalmente ao lugar de origem da aflição.

-Garota: Me deixem ir - disse chorando.

-Perseguidor1: Vamos só brincar.

-Perseguidor2: Seja boazinha.

-Garota: Por favor, Não!

Fiquei com muita raiva naquela hora. Que cena deplorável. Não pensei duas vezes e fui na direção deles.

-Eu: Não ouviu a moça? Ela não quer, deixe ela em paz - eles se assustaram e olharam para mim.

Eles estavam prensando a garota na parede e passando a mão no corpo da mesma.

-Perseguidor2: Mais uma para brincarmos, assim vai ser mais divertido - disse se aproximando de mim.

"Eles vão se ver comigo, hoje não estou afim de ser boazinha."

Parti pra cima do Perseguidor2, o pegando e enfiando meus dentes em seu pescoço e sugando seu sangue sem nenhuma piedade.

-Perseguidor2: Haaaaa! - gritou de dor.

-Perseguidor1: Mas o que é isso? - disse assustado largando a garota.

Acabei de me alimentar daquele peso morto e fui em direção ao outro.

-Perseguidor1: Não, por favor, não me mate - falou chorando e dando pequenos passos pra trás com desespero.

Não liguei para ele, eu queria sua essência e me vingar pelo que iam fazer com a garota. Como um vulto na velocidade da luz, eu já estava com minhas presas em seu pescoço, sugando sua vida.

Senti sua vida se esvaindo eo larguei. Todos os dois estavam no chão.

-Garota: Obrigado - disse chorando de joelhos - o que você é?

Cheguei perto dela. Minha boca estava cheia de sangue.

Ela chegou pra trás.

-Eu: Não fique com medo de mim, não vou lhe machucar, quero te ajudar - me agachei junto a ela, e a ajudei a se levantar.

-Garota: Obrigado.

Levei ela até a rua, saindo do beco escuro.

-Eu: Vou chamar um táxi, você precisa ir pra casa, não pode ficar na rua a essa hora e nesse estado.

Peguei meu celular e chamei o táxi, logo limpando minha boca do jeito que deu.

Não demorou muito eo táxi chegou. Abri a porta e a coloquei no acento do táxi e fechei.

-Eu: Se cuida.

-Garota: Obrigado mais uma vez.

Só acenei com a cabeça eo táxi partiu.

*

Fui pra casa. Chegando lá meu pai não estava. Agradeci aos deuses por isso, ele não podia ver meu estado.

Fui pro meu quarto, me despi e fui pro banheiro, tomar uma bela chuveirada.

Acabado o banho, me cubro com meu roupão, fui escovar os meus dentes. Saindo do banheiro coloquei minha roupa para dormir, pois hoje foi intenso.

Deitei na cama e afundei em pensamentos.

"Aqueles garotos são semideuses, o próprio Gegene confirmou. Isso quer dizer que estão em perigo. Como vou agir com eles agora? Eles viram quem sou." 

Acabei caindo no sono, o meu lado "humano" estava falando mais alto.

"Ha! Já ia esquecendo. Não me perguntem a aparência de um Gegene, pois não saberei explicar."


~Continua..





Notas Finais


Não esqueçam de deixar a opinião de vocês, pois ela é importante.
Não deixe de favoritar e colocá-la na lista de leitura.
obs: se estiverem gostando.

Até o próximo capítulo, beijos 😘 😘😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...