História Diário de um Alguém - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amizade, Culpa, Drama, Romance, Tempo
Visualizações 7
Palavras 388
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Heterossexualidade, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 2 - Capítulo-1


Fanfic / Fanfiction Diário de um Alguém - Capítulo 2 - Capítulo-1

Por mais que quisesse ir, algo me prendia a ela. Perguntei ao socorristas para que hospital a levariam. Fui rapidamente até meu pequeno dormitório no campus, tomei um banho e fui para o hospital. 
   Quando Karine me disse aquilo, recordei-me de quando tinha 17 anos e conversava exatamente com uma amiga, também chamada Karine :


   "Flashback:
   - O que foi Nicolas?
   - Gosto que esteja fazendo novos amigos, mas tenho medo.
   - Medo de quê?
   - De que um dia você venha me substituir.
  - Eu nunca iria te substituir Nicolas, você é o meu melhor amigo. Eu lhe amo demais...
   - Promete?
   - É claro!
   - É né? Eu que estou sendo dramático demais...
   E essa lembrança me incomodava, pois só aquela Karine poderia saber disso..."


   E não era possível que depois de 5 anos, eu a reencontraria desse jeito. Depois desse dia nunca mais nos vimos e com o tempo nos afastamos. Não podia ser a mesma pessoa, ou podia?
   Eu estava tão confuso e tão angustiado ao mesmo tempo, que nem sabia o que perguntar para a recepcionista do hospital. Até que vi uma senhora totalmente transtornada, chorando, que lembrava muito a Karine do acidente. Me aproximei dela com muita cautela e perguntei:
   - A senhora é a mãe da Karine?
   Ela olhou para mim, enxugou as lágrimas, respirou fundo e disse:
   - Sim, meu jovem. Por quê? De onde você conhece a Karine?
   - Eu..., estava lá na hora do acidente, presenciei tudo. Juro que fiz tudo o que estava ao meu alcance para socorrê-la.
   - Eu creio que sim... - ela deu as costas e já estava indo embora, quando gritei:
   - Espera! Mas ela vai ficar bem? Ela está bem? - ela voltou-se para mim e disse:
   - Acho que infelizmente não. Mas você nem conhece minha filha, porque tanta preocupação?
   - Pior..., eu acho que a conheço, e até muito bem. Acho que eu e Karine éramos melhores amigos.
   
    "Flashback:
   - O que aconteceu Karine? Você não parece está nada bem.
   - Não é nada...
   - Você não é assim, triste, calada, cabisbaixa...
   - Eu vou ficar bem...
   - Não tem nada que eu possa fazer? Já que você não quer me contar...
   - Não é nada...
   - Vem aqui, não há nada que um abraço não resolva.
   E nos abraçamos."



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...