1. Spirit Fanfics >
  2. Diário de um Banana >
  3. Prazer, eu sou um Banana!.

História Diário de um Banana - Capítulo 1


Escrita por: e Jeon_Mi-Young


Notas do Autor


Olá caros desocupados.

(Poxa mano arrepiou tudo aqui)

Se você é novato, seja bem vindo a esse universo cheiroso a talco e cheia de piadas de tio do pavê. E se você é da casa, um cheiro em vossos traseiros. Amo todo mundo nesse carvalho <3

Enfim,

Boa leitura!!

Capítulo 1 - Prazer, eu sou um Banana!.


Eae man, gril, sllá!


Atenção!


Esse livro digital tem alto nível de comédia, fracassismo e iludismo,


deseja continuar?!




Não( ) 


Nunca ( ) 


É melhor ir para casa(×) 




Não tiro sua razão, eu faria à mesma coisa!


Seu teimoso, já gosto de você.




Sou kim Taehyung, um banana do ensino médio, virgem — o que é uma bosta! — iludido, — culpa da guria lá!, — retardado, — o que é que tem?! —, nerd, — uma maravilha! — máquina de palavrão — até acho que, tu não fala,— desenhista, — uma qualidade, dizemos, AMÉM IRMÃOS?! —, e etc… — Já digo que, não perca seu tempo! 




Ah, Taehyung — codinome bataman, — qual é a dá "guria"?!


Ah, S/n! — Suspiros, aplausos, suspiros, — S/n é uma líder de torcida, estudiosa para porra*, popular, linda, um amorzin de pessoa, é minha única amiga, — claro, tirando Jimin que é mais flopado do que eu, mas é lindo e popular, porém isso não vem ao caso. 


Jiminie não leia isso<3.




Voltando a falar, S/n, ela até que é um grude em mim, só que ela me enxerga como um grande feio amigo — Sad. 




Existem três motivos de eu amar ela.


— Ela um amor de pessoa.


— É linda


— A primeira justifica o resto. E eu já disse isto!




***

Minha humildade de cama nova.




Vinte quatro de Setembro de dois mil e dezessete. — Eu sou muito nerd.




— Taehyung, meu amor! O café tá pronto! — Minha linda mãe me chama.




Existem três motivos para viver:


— Minha omma.


— Jiminie. — Ps: Se eu morrer ele me mata —,


— S/n.






— Bom dia Omma! — Dei um beijo estalado em sua testa.


— Bom dia meu amor! Como vai a escola?! — Pergunta, servindo as panquecas douradas, logo o cheiro também, deliciosamente, me saúda.


— Super bom mãe, acho que até sou o mais popular da escola! — Forcei um sorriso.


Eu sei. É errado. Mas... 


Não vou dar desgosto à minha mãe de saber que eu sou um banana. 


Certo?! 


— Obs: Eu Tomei banho!




***






Prisão escolar Seoul elementary high school — inferno — 08:00 AM.




Ontem, depois de um mês voltei a escola.


Bom, eu tive uma crise de rinite e asma, tive que ficar um mês inteirinho em casa. — Já citei que Jiminie é popular, mas não anda nos grupos?! Ele não pediu para ser, mas é. Ainda me pergunto porquê ele anda comigo. Ele diz: " eu amo você besta e eles só são um bando de fúteis" — Eu não sei se acredito.


— Oii Tae tae! — Ok, isso soou gay. Jiminie se dirige a mim.


— Oi Chimy! Isso sooa gay! — Falei fechando a porta do meu armário.


— Hey, você sabe né, vai ter o baile de primavera, Halloween e é muito triste você aí, na merda, a gente vai se formar ano que vem e você não desencalhou! — Ele é humildade, porém sincero, se acostumem caros desocupados — nome do fandom :desocupados, se alguém tá lendo isso.


— Eu sei porra você acha que eu não sofro?! — Aponto para mim. — Eu sou um banana no 3° ano do colegial, e trouxa!


Eu sou dramático, obrigado.




— Depois da aula, na minha casa! — Jiminie passa a mão entre as madeixas louras e as meninas que passam suspiram pensando


"Jiminie é meu marido", 


"aí ele deve ser bom de cama" 


pena que não é dessas "fruta" que ele gosta. Sim, ele é gay! 


Só tem olhos para o Yoon dele.


Ah, Bataman quem é Yoon?!


Min Yoongi é um vampiro sem presas, porque ô bixinho anémico, só pode! Um carinha de cabelos azuis, mau humorado e namorado da peste do meu melhor amigo Jiminie.


— Oi amor! — Yoongi beija Jiminie.


Pronto virei vela. Tocha olímpica.




— Ah, oi, jungkook?! Não, qual era o seu nome mesmo?! Taehyung?! — Fala cínico.


É ele me odeia, mentira, já é dele.




— Tome no cu. No caso, oh Jiminie é possessivo! — Rio sem mostrar os dentes.


— Ah, para de ser mau humorado Taehyung! — Yoongi suspira — Paz?! — Ele estende a mão e eu aperto


Paz! É isso que eu preciso.




— Tchauzinho Taetae, seu amor vem aí! — Jiminie acena de longe.


Puta que pariu.


Como ela tá linda!




S/n, vestia seu uniforme de animadora e vinha com suas "amigas"— cobras, tá mais para lombriga —, Rosé e Hwassa.


Ela muito inocente porque tá na cara que elas são umas vadias.


— Taehyung-ah! — isso sooa sexy?! Ok, sem comentários — Tá melhor?! Já tava com saudades! — Ela me abraça e dá um beijo na bochecha. 


— Eu também tava hooney! — Falei calmamente, — mentira —.


— Eu ainda não sei como ela fala com esse merda! — Rosé cochicha.


— Dá pena! — Hwassa cochicha de volta 



Concorda? fazer o'quê?!




— Oi, cobras 'cof cof — Debochei.


Isso soa infantil?! 


Eu sou Kim Taehyung: O BATAMAN!




— Tae… — S/n cochicha no meu ouvido. Vocês conseguem ver?! Caros desocupados?! 


Chega arrepiou.


— Só digo verdades! — Cochichei de volta.




***




Minha aula preferida, — sala dos merdas — 9h00 PM




Só há 3 motivos para estudar:


— Matemática


— Química


— Professor Jackson




Caros desocupados, ele é o melhor professor de matemática e química da face da terra!


— Bom dia alunos, oh, Taehyung tá melhor?! — Professor que vestia uma camisa com o nome Fucky me daddy.


Beleza...




— Estou melhor! — Sorri para ele e falei sem voz "professor à camisa" e imediatamente ele olha e cobre com um casaco e toda a sala ri.




Xx — Professor safadin!


Xxx —Humm, me foda!


Meus colegas de classe são uma bosta! 




— Lhe fodo com maior prazer... NA PROVA! — parabéns Wonho e jooheon pelo -5 — Professor Jack bate palmas.


— Hoje vamos fazer a prova em dupla… — Ele espera o tumulto, e sorri. 


— Você e Deus! 




Meu exemplo de tio do pavê, o que é? Não me julguem todos tem um tio do pavê caros desocupados.




***




Minha segunda casa, sofá cheio do perfume do Jimin. 2h00 PM




Há três motivos de eu amar a casa dos Park:


— Tia Park.


— Jimin.


— Um lugar para eu não ficar sozinho em casa, — minha mãe trabalha, de designer do jogos —.




— Jimin seu cachorro no cio, cabelo de vassoura, lagartixa dançante… — Eu amo a tia Park.


— Que é?! — Jimin grita.


E automaticamente uma sandália brota em sua cara fazendo-o cair para trás.




— Fale comigo direito! — Tia park finaliza.


— Aí omma! — Jiminie bota a mão no machucado que saía sangue.


— Eita cara e agora seu yoon não vai querer mais você! — Eu estava em uma crise tão grande de riso que fiquei vermelho. — e o mesmo estende o dedo do meio para mim.




***




Minha segunda casa, cama cheio do perfume do Jimin. — Ele é muito cheiroso, — 4h00 PM.




— Desembucha porra! — Silabei.


— Eu e o Yoon vamos te ajudar com à S/n!


— Como vai fazer isso?! É impossível! — Falei desanimado.


Não é ser dramático, é que realmente é impossível!




— Eu sou o Flash e você… 


— EU SOU O BATAMAN! — Falei com uma autoestima de 10%.


— TAEHYUNG CALA A BOCA!




***


Notas Finais


Aqui quem vos fala é a filha de Voldemort, Sope e Taegi, A Bitch que todo mundo ama, a autora mais flop porém legal, a que escreve beijos e nunca beijou, Sthe.

Obrigada a todo mundo que me apoiou e quis isso amo vcs<3

Gente, não vou errolar aqui não PORQUÊ NINGUÉM LÊ SA MERDA, então, thau


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...