1. Spirit Fanfics >
  2. Diário de um garoto nada popular (Taekook - Vkook) >
  3. Terça - Feira, 15 de Outubro

História Diário de um garoto nada popular (Taekook - Vkook) - Capítulo 6


Escrita por:


Notas do Autor


😄

Capítulo 6 - Terça - Feira, 15 de Outubro


Fanfic / Fanfiction Diário de um garoto nada popular (Taekook - Vkook) - Capítulo 6 - Terça - Feira, 15 de Outubro

AMO o quinto período, porque eu, o Jin e o Jimin trabalhamos como assistente de organização da biblioteca (AOBs) 🙂! 

Alguns alunos acham que a biblioteca é um lugar chato é quieto, frequentado apenas por nerds é excluídos, mas a gente sempre se diverte MUITO por ali! 

NÓS COLOCAMOS OS LIVROS DE VOLTA NAS PRATELEIRAS

- MAS RÁPIDO TAEHYUNG!!! 

ATENDEMOS O TELEFONE DA BIBLIOTECA

- É da lavanderia do Joe? Uma amiga queria saber se vocês TRABALHAM COM ROUPA... 

ORGANIZAMOS AS REVISTAS NOVAS

- Não acredito que eles voltaram... DE NOVO! 

- Hummm! Cheira essa amostra de perfume! 

- MEU DEUS! Ele é tãããão FOFO!!

AUTORIZAMOS AS PESSOAS A IR AO BANHEIRO

- Tá legal, nós só temos que preencher uma ficha antes. Preciso saber seu nome, série, data de nascimento e se você deseja fazer número 1, número 2 ou ambos... 

- 😖?!

E nossa bibliotecária, Sra. Peach, é superlegal. Às sextas-feiras, elas faz biscoitos com recheio duplo de chocolate e nozes para a gente. Delícia! 

Fiquei um pouco surpreso quando a sra. Peach me deixou um bilhete dizendo que eu deveria ir imediatamente à secretaria. 

É que meus pais estavam lá me esperando. Eles foram me buscar mais cedo no colégio porque queriam que eu fosse ao velório do sr. Wilbur Roach, um empresário local aposentado e ex-presidente da Associação de Dedetizadores de Westchester.

Não dava para acreditar que aquele era MESMO o sobrenome dele! Roach é barata em inglês! Coitado! 

Nem meus pais nem eu conhecíamos o sujeito. Mas, como dedetizadores do estado todo estariam lá com suas famílias, meu pai achou uma boa idéia irmos também

E eu, tipo: "QUE MARAVILHA ☹️!!" E, como se não fosse o bastante, tive que ouvir um CD supercafona do meu pai durante toda a viagem. 

Quando ele estava ouvindo a música "Mexe esse traseiro" pela trigésima nona vez consecutiva, eu queria me aturar pela janela no meio dos carros que passavam. 

A música é assim: "Mexe esse traseiro, é isso aí, mexe esse traseiro", e daí é só repetir essa parte 1.962 vezes até o fim da música. 

A experiência toda acabou sendo muito traumática para mim. Também fiquei um pouco preocupado porque estava com uma grande crise de soluço. E eram muito barulhentos.

Durante o velório, minha mãe ficava me olhando indignada, como se eu tivesse soluçando de propósito ou sei lá o quê. Mas eu realmente não podia fazer nada para parar aquilo. 

E teve um cara chamado sr. Hubert Dinkle que ficou muito emocionado enquanto prestava a sua homenagem. Minha mãe disse que é porque Wilbur Roach era o melhor amigo dele. 

Eu acho que os meus soluços o deixaram muito irritado, porque no meio do discurso ele parou, olhou feio para mim e rosnou.

NÃO estou mentindo! Ele realmente rosnou para mim! 

- Simples palavras não são capazes de expressar a dor de perder meu querido amigo, Wil... GRRRRRRRRRRRR!! 

- HIC! HIC! HIC! HIC! HIC! 

Meu soluço estava deixando todo mundo doido. 

Eu estava esperando o próprio Wilbur Roach se levantar do caixão e GRITAR comigo também!

- QUE SACO, GAROTO! SEU SOLUÇO É TÃO ALTO QUE É CAPAZ DE ACORDAR UM MORTO! 

ISSO sim teria me deixado completamente em pânico! Principalmente porque, tipo, ele deveria estar... MORTO!!! 

Enfim, meu soluço só piorava. Então, o Sr. Dinkle decidiu tomar uma atitude é acabou sendo muito GROSSO. 

- GULP!! 

Depois que o sr. Dinkle quase me MATOU de susto E me fez tomar um copo d'água enorme na frente de todo mundo, meu soluço finalmente passou. O que foi uma coisa ótima 🙂! 

Sempre me perguntei por que eles deixavam uma jarra de água em cima do altar. 

Quem poderia ter imaginado que se tratava de uma cura de emergência para um caso de soluço?! 

Depois de todo o drama naquele funeral, tenho certeza de que meus pais não vão me arrastar para outro tão cedo. 

Graças a Deus! 

Minha única preocupação agora é que, como o sr. Dinkle é supervelho é toca órgão na igreja, posso de repente encontrá-lo em outras ocasiões no futuro. 

E então ele vai poder se vingar DE VERDADE por eu ter arruinado seu discurso. 

A VINGANÇA DO SR. DINKLE

No céu... 

- Ora, ora!! Você por aqui?! O pequeno senhor Soluço! Você não está achando que vou deixá-lo entrar...? 

- 😬?!



Notas Finais


😗💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...