História Diário de um Pai Solteiro - Capítulo 11


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bts, Comedia Romantica, Jikook, Yaoi
Visualizações 61
Palavras 1.221
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Fluffy, Lemon, Lírica, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Bom dia meus bebês como estão? Espero que estejam bem.
Vim melhorar o dia de vocês com mais um capítulo dessa belezinha aqui.

Ah já viram o trailer dela? Não???

Cooooorre no YouTube então porque ficou a coisa mais linda de todo o meu mundo.

Vou deixar o link nas notas finais 💕

Agora bora ler?

Capítulo 11 - Eu estava irradiante...


Chegamos a faculdade de mãos dadas, tomando toda a atenção dos alunos e nossos amigos que ao nos verem, correram em nossa direção.

- Eu não acredito que estou vendo Isso! - Taehyung falou com um sorriso de canto a canto na boca.

- É mesmo o que estamos pensando? - Jin perguntou com certa desconfiança, Jungkook se colocou por trás do meu corpo, entrelaçando os braços em minha barriga, pousei as mãos sobre as dele e virei o rosto para o beijar, fazendo com que os garotos gritassem nos abraçando. Porém, chamamos a atenção de mais duas pessoas, que nos encaravam. Yoongi e Namjoon.

- Como e quando foi isso? Contem tudo e não nos esconda nada. – Hoseok falou nos acompanhando até a cantina. Nos sentamos e contamos como decidimos nos dar uma chance.

- Então, agora você vai ficar com o bebê, não é Jimin? - Taehyung ainda tinha esperanças como os outros e Jungkook.

- Ainda não sei, Tae. Eu tenho sentido... – Não terminei a frase e Jin me cortou.

- Olha Jimin, somos amigos, sabe que pode contar com a gente. Você não está sozinho.

- Isso mesmo, somos um bando de malucos mas somos amigos acima de tudo. Nunca iremos abandonar você, sabe disso. – Taehyung completou segurando a mão do Hoseok que apertou os lábios dando um sorriso.

- Eu nem preciso dizer, você já sabe a minha opinião. – Jungkook suspirou após terminar a frase e mordeu o canto da boca, era o que ele sempre fazia quando se sentia incomodado e o seu incômodo tinha nome e sobrenome. Min Yoongi, que nos encarava de longe o tempo todo.

- Posso terminar o que eu ia dizer quando fui interrompido?

Todos me olharam e Tae deu uma risadinha. – Como eu estava dizendo, tenho me sentido bem com essa gravidez, tirando a parte dos enjoos constantes, o cansaço, a fome de uma draga, as dores, é bom sentir ele se mexer e ele não para quando o Jungkook tá perto. É muito engraçado.

Todos bateram palmas soltando gritos me fazendo passar vergonha pra variar. Jungkook olhou para mim com um sorriso tão encantador que quase me derreteu.

- Então, vamos ficar com ele? - Perguntou baixinho enquanto os garotos faziam arruaça. Sorri leve escondendo parte do rosto no braço e assenti com a cabeça. O sorriso que ele deu ao final da minha frase, foi a coisa mais linda que eu pude presenciar e tudo, a partir da minha declaração, virou festa para aqueles garotos malucos.

No fim da manhã, após as aulas terminarem, coloquei meus cadernos na mochila e Jungkook a pegou para irmos pra casa, quando Yoongi se aproximou de nós com toda a sua arrogância.

- Jimin, quero falar com você.

- Acho já não temos o que falar há muito tempo, Yoongi. – Falei segurando a mão de Jungkook que não gostou nem um pouco daquela situação.

- Soube que esse bebê que está esperando é meu.

Olhei para Jungkook que me colocou atrás de si encarando Yoongi. – Esse bebê é meu, Yoongi. Deixe o Jimin em paz!

Yoongi sorriu ironizando Jungkook que ficava cada vez mais puto, puxei sua mão com medo de que aquilo passasse dos limites. – Kook, deixa pra la. Vamos pra casa?

- Você tem um mecanismo de fazer crianças entre as pernas, Jungkook? E cresci pensando que você era uma menina. – Yoongi estava mesmo afim de irritar Jungkook e a mim, os alunos que estavam saindo da faculdade, viram a conversa calorosa ali e se aproximaram aos poucos. Jin, Hoseok e Tae vieram até nós e Namjoon ficou ao lado de Yoongi. – É, pelo visto a menininha precisa dos coleguinhas omega para o defender! - E completou a frase com deboche, precisei segurar Jungkook pelo braço para que ele não começasse a briga. O fiz olhar para mim e segurei em seu rosto.

- Kook, não vale a pena. Vamos pra casa. Nosso bebê está com fome pra variar. Vamos? - Falei dando um sorriso, acariciei suas bochechas com as pontas dos dedos e ele beijou minhas mãos, ajeitando as nossas mochilas em suas costas, segurou em minha cintura e falou:

- Vamos alimentar o nosso bebê então. – Sorriu lindamente para mim e encarou Yoongi com o olhar vitorioso, me levando para casa em seguida. Os garotos vieram conosco e antes de irmos, Namjoon gritou para Jin:

- Você vai mesmo com esses babacas, Jin?

- Os únicos que estão sendo babacas aqui são vocês dois, Namjoon. Mais tarde a gente se fala.

- Se você for com eles, nosso namoro está acabado.

Namjoon gritou, senti que não poderia deixar aquilo acontecer pois sabia o quanto Jin era apaixonado por ele. Segurei as mãos do meu melhor amigo e sorri:

- Tá tudo bem, Jin. Vá com ele. Estamos bem.

- Ele não me manda, Jimin. Esse Yoongi é um babaca! Vive fazendo a cabeça dele.

- Eu sei amigo, mas não precisa tomar minhas dores com o Namjoon. Sei o quanto você o ama e sei mais ainda o quanto ele te ama. Não quero ver isso terminar ainda mais por minha causa. Vá com ele, por favor?

Jin fez um bico fofo e me abraçou. – Me liga se precisar de qualquer coisa?

- Claro que ligo.

Sorri e me afastei dele indo em direção aos outros, o vi se aproximar de Namjoon o encarando e saindo em sua frente, Namjoon se despediu de Yoongi e logo foi atrás do namorado. Eles brigavam mas o amor que sentiam pelo outro era muito maior e naquela relação, não era Namjoon quem dizia a última palavra...

Chegamos em casa, enquanto eu trocava a roupa, os garotos conversavam na sala, puxei Taehyung pela mão para me ajudar no almoço enquanto Jungkook e Hoseok marcavam a data para fazermos um trabalho em grupo.

- E ai, como ele é? Me conta? - Taehyung perguntou descascando algumas batatas, o olhei confuso e me sentei em sua frente.

- Como assim?

- Como o Jungkook é, você sabe.... na cama.

Dei uma gargalhada, eu não aguentava aquela cara curiosa que ele fazia.

- Ele dorme que é uma beleza.. – Falei debochado e ele fez cara feia. – A gente não transou, Taehyung. Estamos nos conhecendo melhor.

- Jimin, pelo que me consta vocês se conhecem desde que usavam fraldas. Como estão se conhecendo melhor?

- Justamente Tae, eu conheço o Jungkook meu melhor amigo. Estou conhecendo agora o Jungkook... como você disse, maridinho.          – Falei dando uma risadinha ao final da frase.

- Então vai me contar quando rolar?

- Você deve ser doido, só pode! - Falei rindo da situação, me levantei voltando a fazer o almoço para nós.

- Vai me contar não é?    - Ele insistia naquele papo, então sorri e falei:

- Tá bom, Taehyung. Eu conto quando rolar. Agora descasca essas batatas pra eu fazer.

Voltei a cozinhar pensativo se realmente rolaria algo a mais entre nós, eu já estava com meus instintos a flor da pele, depois do Yoongi, não tive mais ninguém e Jungkook tinha um jeitinho de que era virgem, mas eu não poderia dar iniciativa. Teria que acontecer naturalmente porém, não queria pensar naquilo agora, não era momento, estávamos nos conhecendo melhor e com aquela barriga daquele tamanho, seria impossível rolar qualquer coisa a mais entre nós.


Notas Finais


https://youtu.be/Aswu41N2kS4

Esse é o trailer amores. Digam pra mim o que acharam ❤❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...